História BTS x Família, Amor e Fama - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Chichim, Chimichimi, Família, Gay, Hopekook, Hopemin, Hopeminkook, Hopev, Hosek, Jeon, Jhope, Jikook, Jimin, Jiminie, Jiminin, Jiminin-ah, Jimin-ssi, Jin, Jk&jm, Jm+jk, Jungkook, Jungkook-ah, Jungkook-ssi, Kook, Kookjin, Kookmin, Lemon, Lgbt, Min Yoongi, Minsuga, Namin, Namjin, Namjoon, Park, Park Jimin, Sope, Sopev, Suga, Tae, Taegi, Taehope, Taehyung, Taekook, Taenamjin, Vhope, Vi-ssi, Vjin, Vjk, Vkook, Vmin, Yaoi, Yoomin, Yoominkook, Yoominseok, Yoongi, Yoonkook, Yuri
Visualizações 323
Palavras 3.982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores! Não morri!
Estava estudando mais um pouco para fazer um conteúdo bom e com mais fatos verídicos para vocês!
Como já falei, não quero fazer uma Fic só da "minha cabeça", quero que assim como eu, vocês imaginem como foi muitos fatos de videos e situações que aconteceram com nossos meninos, por de trás de todas câmeras e produções! E com muitos loves e Shipes é claro!
Boa leitura!

Capítulo 19 - Ep. 19 - Friends


Fanfic / Fanfiction BTS x Família, Amor e Fama - Capítulo 19 - Ep. 19 - Friends

Capítulo 19

 

"Eu acho que no fundo eu sempre me senti responsável por todos. Por ser o primeiro a embarcar nessa jornada... Ou por conhecer o Bang Si-Hyuk antes de todos... Não sei... Talvez por ser o mais sério dentre todos esses jovens... Mas, eu não queria ser nada disso naquele momento! Seria muita responsabilidade em meus ombros decidir qual palavra dizer naquele momento! – Bang Si-Hyuk é um homem experiente e bem vivido, ele saberia de cara se eu mentisse! Mas também não poderia mentir, não gosto de mentiras e não acho justo fazer tal coisa com alguém como ele, que me deu apoio desde o dia que colocou os olhos em mim. – E o que faço? Digo a verdade então? E coloco o Manager na rua e arranjo problemas a carreira de Taehyung por dedurar sua crise emocional de existência?! – Eu queria poder simplesmente sumir daquele carro! E tudo o que eu conseguia fazer era o olhar com os olhos arregalado e totalmente perdidos em meus pensamentos!" 

Namjoon conseguiu finalmente olhar para baixo, mas isso o entregou mais ainda, Bang Si-Hyuk tratou de encarar o menor respirando fundo, demostrando sentir que estava certo quanto a sua preocupação. “Algo havia acontecido!”

- Eu... Não acho justo que eu... Fale. – Com uma voz muito baixa e engasgada, conseguiu dizer algo em meio ao silencio torturante que fizeram. Mas o pior é que Bang Si-Hyuk permaneceu quieto por mais um tempo e isso o angustiou mais ainda... O que se passava na cabeça de Bang Si-Hyuk?

“Ele havia zangado por não ouvir o que queria? Me mandaria embora do grupo por isso? “

Bang Si-Hyuk puxou o ar com muita vontade e respirou fundo fechando os olhos...- Namjoon levantou os olhos de vagar e encontrou os dele, como se buscasse palavras. Mesmo sendo uma defesa, ainda era algo certo.

 Você me ligou certo? – Perguntou Bang Si-Hyuk. – Sim. – E você quer me dizer que o motivo, não foi você, é isso? – Perguntou Bang Si-Hyuk demonstrando uma paciência, um pouco esgotada, mas, aturável... Namjoon assentiu com a cabeça. – Só me responda, aconteceu algo? – Perguntou o deixando desconfortável mais uma vez. – Se eu te responder sim, ou não, não vai aceitar não ouvir o motivo e como já disse, não foi nada comigo e acho injusto falar pelos outros. Se me julgar errado por não te contar o que quer ouvir, peço desculpas, mas eu não posso criar problemas por falar algo que não é problema meu. – Disse deixando Bang Si-Hyuk ainda mais confuso e intrigado! Mas Namjoon o desarmava com suas palavras!

- A quem devo perguntar então? – Perguntou sério, cruzado os braços. Namjoon o olhou de lado, demonstrando que ele continuava a perguntar de mais, algo que ele não iria falar. – Bang Si-Hyuk o olhava ainda sério e não acreditava que aquele menino era um tumulo daquela forma! E o deixaria intrigado! E de certa forma preocupado. Então, respirou fundo mais uma vez, só que dessa vez, como se recuperasse a paciência.

– Pensando bem, você está certo. Não posso jogar tudo isso em seus ombros, pelo que vejo, realmente o problema não foi, diretamente com você, mas... Talvez eu em seu lugar, fizesse o mesmo... Mas não é a você com quem devo conversar. – Disse ganhando um olhar assustado de Namjoon ao se dar conta que se referia ao Manager. – Bom! O importante é que seja lá o que aconteceu, está tudo bem certo? – Perguntou com um sorriso preocupante. – Sim, esta. – Afirmou Namjoon lhe devolvendo o sorriso, só que de nervoso... – Vamos, passar uma borracha nisso, ok? Vá se juntar aos meninos e cuidem um dos outros. Em breve entrarei em contato com vocês, e em breve também, vou estar aqui para a apresentação. – Disse se despedindo de Namjoon que tratou em sair do carro e deixar que ele fosse embora antes que pudesse lhe perguntar algo mais. Já havia conseguido se sustentar até ali, não poderia dar o mole de acabar por dizer algo comprometedor... – Mais seu ar voltou a ficar leve ao ver o carro de Bang Si-Hyuk sumir na curva. – Respirou fundo e se virou para entrar.

                                                    “”””””§§§”””””’

Ao entrar em casa encontrou Jin e o Manager o olharam com um olhar diferente, sacaram logo a dele! Já os meninos estavam com a cara no celular como se fosse a primeira vez que viram um! Bom, para muitos era a primeira vez...

- E então! Celulares novos para cada um! Nossa! – Disse Namjoon disfarçando. – É mais ninguém vai ficar com a cara neles não! Vamos ensaiar! Assim como ele pareceu hoje do nada, ele pode voltar e nos pegar novamente despreparados! – Disse Hoseok ganhando a atenção de todos. – Eu vou comprar umas coisas para o almoço, e acho que Hoseok está certo, devem surpreender Bang Si-Hyuk, meninos. – Disse o Manager pegando as coisas e saindo. - E assim fizeram.

Todos se reuniram na sala de ensaio. -  Jimin se olhava no espelho como se fiscalizasse cada detalhe seu... – Já Jungkook e Taehyung faziam caretas e se divertiam em outra parte do espelho. – Suga junto de Jin, Namjoon e Hoseok olhavam aquelas crianças brincando em uma hora seria!

- Gente... Cada segundo conta! – Disse Hoseok colocando seriedade na coisa, parando os meninos que os olharam. – Então, ele se colocou a frente posicionando os meninos em fileiras próximas e ficou na frente ao lado de Jimin. – Bem devagar, ele foi ensinando os passos aos meninos que ficavam atentos. -  Pá! Pá! Pá! – Hoseok gritava a cada passo dado! – Hoseok estava bem empenhado em ensinar aos meninos! Fingia não ver que Jimin tinha dificuldades, e se empenhava em ajudar Jin e Namjoon que estavam com mais problemas. Assim passaram a manhã toda! Só parando para almoçar.

- Vamos ter um descanso, não é? – Perguntou Suga já se jogando no sofá. – Nem pensar! Agora que consegui enfiar uns passos na cabeça de vocês! Vamos aproveitar! Ainda temos muito pela frente! – Disse Hoseok colocando todos para a sala de dança novamente. – Mesmo cansados, se esforçaram e Jimin continuava a chamar sua atenção por suas dificuldades. – Então, no fim do dia, eles pararam. Mortos de cansados! Suados e ofegantes! – Cada um foi tomar seu banho, exceto Jimin e Hoseok que permaneceram no salão.

 

Hoseok estava sem jeito de chegar em Jimin, mesmo que iniciaram uma conversa, não o deixava tranquilo quanto a falar com ele. – Jimin se demonstrava completamente incomodado com a presença de Hoseok ali! Ele sabia que estava indo mal, mas não queria que Hoseok continuasse a o lembrar o quão brilhante ele era e o quanto ruim se sentia ao seu lado. E Hoseok podia sentir isso.  Mesmo assim, se sentiu mal por ver que Jimin continuava a tentar fazer os passos. – Olhava fixo para o espelho e se empenhava em repeti-los com perfeição! Mas não os reproduzia tão bem... Que frustrante!

- Sabe quando comecei a conseguir reproduzir meus passos? – Pergunto Hoseok chamando atenção de Jimin, que o olhou enquanto parava de dançar, mas logo se voltou para o espelho, continuando. – Quando comecei a colocar sentimento no que fazia... Eu, sentia a letra da música! As batidas! Como demonstrar... Falar com corpo entende? – Falava com classe! Como um profissional que é. Fazendo Jimin revirar os olhos, se esquecendo dos espelhos. – Fácil para você falar! Está em um campo que sempre dominou! – Disse Jimim áspero. – Certo... Certo... Mas, compor e cantar é um campo também bem novo para mim e... Estou demonstrando que é algo que não tenho experiência como Suga e Namjoon e eles aceitaram isso e eu aceitei, e eu sei que vou consegui, por que estou dando o meu melhor. – Disse Hoseok irritado com a arrogância de Jimin. – Não sei qual é o seu estilo de dança, mas, seja qual for, sei que tem algo que te move a ela. Algo que te faz ser bom! Bom o bastante para estar aqui. – Disse Hoseok o deixando com aquelas palavras. – Jimin se lembrou de seu grande incentivo e paixão! Sua mãe... “Ele está certo...” Pensou para si mesmo. – Colocou seus fones de ouvidos, pondo uma música que o tocava... Deixou sua cabeça encontrar no espelho como se o consolasse e fechou os olhos. “ Sim, eu sinto a música... Eu sinto você mãe...” Pensou enquanto era tocado pela melodia, pela voz da cantora, por todo aquele sentimento que o tomava naquele momento. – Então, em meio aquele ritmo lento e envolvente, Jimin se afastou do espelho e ainda de olhos fechados, liberava passos impecável de dança contemporânea... Ele transbordava o que ouvia e sentia... Sabia que estava sozinho e tinha liberdade para isso.

                                                    

                                                         “”””””””§§§””””””””

- Eu vou dormir. – Disse Suga indo para o quarto. – Taehyung se jogou no chão da sala ligando o vídeo game e olhando para Jungkook que ainda o olhava chateado. – Ahhh! Vem! – Disse fazendo Aegyo para Jungkook que ficou sem ar por 2 segundos com aquela carinha fofa. Mas muito orgulhoso, apenas virou os olhos em direção a Namjoon e o Manager que chegavam na sala. Taehyung baixou os olhos tristes enquanto ligava as coisas. – Namjoon, pode ir comigo comprar os lanches para os meninos jantarem? Vamos dar um descanso ao cozinheiro, hoje foi um dia cheio para todos. – Disse ele pegando as chaves do carro e Namjoon o acompanhou.

Taehyung continuava com um olhar triste, como uma criança e Jungkook o olhava fixo. Não podia entender o que aquele garoto tinha! Não sabia explicar o porquê suas reações o incomodavam tanto! Não devia se importar... Certo? - Pensava até Taehyung lhe lançar mais um olhar piedoso... Então Jungkook respirou fundo se rendendo as carinhas dele! Se sentando ao seu lado e pegando a manete, enquanto Taehyung se sacodia de alegria! Não demorou muito para que Jungkook esquecesse o que o incomodava e estivessem rindo e se divertindo.

 

Jin não conseguia ficar quieto! Passou nos quartos dos meninos recolhendo as roupas sujas do banheiro e levando para a lavanderia. Não demorou para começar a lavar aquelas roupas, e rápido, queria descansar logo!

 

                                                           “””””’§§§”””””’

- Eu sei que e me chamou aqui para conversar então... Pode perguntar. – Disse Namjoon surpreendendo o Manager que não esperava ser tão obvio ou Namjoon tão esperto! – Não... Quero dizer... Sim, o chamei também para conversar sim. Sabe que quero saber da conversa com Bang Si-Hyuk. – Disse esperando os lanches ficarem prontos, enquanto aguardavam dentro do carro. – Ele me perguntou o que aconteceu. – Disse Namjoon franzindo a testa, fazendo uma pausa. – E??? – Perguntou o Manager ansioso! – Eaí que eu não falei nada. – O Manager não acreditou e o olhou desconfiado... – Olha, sei que Bang Si-Hyuk confia em mim e já imaginava que isso iria acontecer, mas, eu não acho que devo falar nada. Isso não é problema meu, é do Taehyung e seu com Bang Si-Hyuk. E, nada aconteceu. Acho, que é o que importa... – Disse surpreendendo o Manager. – Então está tudo bem? – Perguntou com um sorriso. – Não sei. – Namjoon disse deixando uma dúvida no ar. Namjoon sabia que Bang Si-Hyuk não deixaria aquilo quieto, mas também não iria discutir aquilo com o Manager sobre isso. E de certa forma seria bom saber que ele também está sendo observado.  – Está pronto! – Disse a atendente quebrando o clima de tensão e então dirigiram para casa.

 

                                                        “””””””§§§”””””””

 

- Ele não vai conseguir se sempre o virar as costas! – Disse Hoseok a si mesmo parando de caminhar e voltando a sala de dança. – Ao abrir a porta se deparou com Jimin de olhos fechados e fazendo aqueles passos impressionantes... Hoseok não conseguiu dar nenhum passo a mais. Apenas congelou na porta o olhando... – Jimin estava completamente envolvido na dança e música... Seus passos suaves e envolventes deixavam Hoseok sem respirar! Ele podia sentir sua dor em sua dança... Jimin era expressivo da cabeça aos pés... – De suave ele foi para passos agressivos! Sua dor se transformava em frustação e após três giros perfeitos, caiu de joelhos no chão, finalizando com um soco de punho cerrado no chão! – Estava ofegante e ainda com os olhos fechados...  Lentamente abriu os olhos com as sobrancelhas ainda juntas em um ar de raiva! E se deparou com o reflexo no espelho de Hoseok na porta com os olhos arregalados e a boca aberta!

 

                                                        “”””””’§§§”””””””

 

Jungkook largou a manete do nada e encarou Taehyung, que o olhou assustado pelo ato... Deu pausa no jogo e fez o mesmo o olhando confuso.

- O que foi? – Perguntou pela demora em dizer algo, ainda o encarando. – Eu sei que te salvei, mas não precisa ficar ao meu lado por isso. Não me deve um favor pelo que fiz. Essa não foi minha intenção quando pulei atrás de você. – Disse deixando Taehyung surpreso, agora o olhando com os olhos arregalados e aboca aberta. – Bom... – Disse Taehyung dando algumas piscadas... – Eu não sinto que te devo e não estou ao seu lado por nenhum desses motivos. – Disse ele agora deixando Jungkook supresso. – Então qual é o motivo?

-  Vocês não se cansam de jogar? – Disse o Manager entrando com a sacola de lanches e colocando na mesa de centro. – Os meninos se entreolharam e voltaram a olhar para o Manager. 

 

                                                               ““””””§§§’’’’’’’’’’’

A noite já havia caído e Namjoon que vinha mais atrás, ouviu um barulho nos fundos da casa e uma voz suave cantando. Sabia bem de quem era... – Caminhou até lá e encontrou Jin terminando de estender o ultimo balde de roupa. – O olhou surpreso e deu um sorriso bobo. – Não acredito que está fazendo isso... – Disse Namjoon o assustando! – Quer me matar?! Não o vi chegar! – Disse Jin se recompondo.

- Não devia fazer isso. – Disse Namjoon se aproximando dele. – O que? Lavar roupa? Vai dizer que não lava as suas? – Disse voltando a terminar seu trabalho. – Não me refiro a isso, bom... Também, mas, mais por ter sido um dia cansativo e devia estar descansando. – Disse Namjoon obtendo um sorriso escondido de Jin que permanecia de costas estendendo a roupa. – Namjoon foi até ele começou a ajuda-lo.

- Não precisa. – Disse Jin. – Não quero que coma um lanche frio. – Disse Namjoon o fazendo concordar com a ajuda. Um silencio se fez por alguns segundos... Namjoon não conseguia desembolar a roupa e a embolava ainda mais! Jin ria e pegou a roupa de usa mão. – Apenas me dê as roupas do balde, já vai ajudar. – Disse a ele que fez o que pediu.

Jin o olhou por uns segundos e Namjoon o encarou nos olhos. – O que foi? – Perguntou curioso por aquele olhar. – Bang Si-Hyuk te interrogou não foi? – Perguntou Jin deixando Namjoon surpreso por sua percepção. – Sim. Ele me perguntou o que eu temia. – Eaí? – Perguntou Jin parando por um instante para prestar a atenção. Namjoon respirou fundo. – Eu... Disse não poderia falar pelos outros. Que era injusto. – Jin concordou. – Mas eu tenho certeza que mesmo respeitando minha opinião, ele continuou com uma pulga atrás da orelha... Ele não vai deixar isso de lado. – Não vai. – Jin concordou. – Como acabaram, Jin guardou o balde e entraram.

                                                    “””””§§§””””””

 

- Ohhhh.... Ohhhh.... OHHHHH.... (0 0) – Hoseok suspirava deixando Jimin mais sem jeito ainda! – O que foi isso?! Isso foi... Foi... Incrível! Nossa! – Fazia um escândalo! Jimin se levantou agora se sentindo mal por ter deixado que Hoseok visse esse lado a qual mantia escondido. – Os meninos... – Você não viu nada! Ouviu! – Disse Jimin o encarando! – Tudo bem! Mais continua sendo incrível! – Disse Hoseok sorrindo. – Jimin saiu da sala o mais rápido que pode, fugindo de Hoseok que vinha atrás todo empolgado! – Se depararam com todos na sala comendo.

- Onde está o Suga? – Perguntou Namjoon com a boca cheia. – Eu o chamo. – Disse Jimin indo ao quarto dele. – Ao chegar no mesmo, o encontrou dormindo como um bebê. – Se aproximou de sua cama bem devagar e se abaixou ficando bem próximo. – Min-Yoongi... – Chamou suave, quase um sussurro... – Suga abriu os olhos na mesma hora que ouviu a voz de Jimin. – Sorriu de canto ao ver sua face e Jimim lhe deu um enorme sorriso. – Esta morto heim! – Ainda falava baixinho ao seu lado. – Sinto dor nas pernas... Não sou acostumado a me move tão rápido. Meu espirito não é tão jovem como aparenta. -  Disse Suga com sua voz grossa e baixa, fazendo Jimin rir. – Compraram lanches para todos, não vai comer? – Perguntou Jimin se levantando. – Eu, vou levantar daqui a pouco mesmo... Como depois. -  Disse se virando para o outro lado e se acomodando. Jimin então voltou para a sala. Recendendo um olhar de Taehyung que abriu um meio sorriso, o deixando corado. Logo se sentou. – Ele disse que quer comer depois. -  Então, cansados e com fome, decidiram comer apenas.

 Não demorou para que acabassem. E logo Jimin foi o primeiro a ir para o quarto, logo Hoseok atrás. – Namjoon junto de Jin recolheram as coisas da mesa e Taehyung já foi se posicionando para voltar a Jogar. – Nem pensar! Vão dormir, já chega...! – Disse o Manager se levantando e pegando a manete de Taehyung, em seguida desligando o vídeo game. – Amanhã, todos de pé cedo. Vão descansar. – Disse o Manager colocando os meninos para o quarto.

- E vocês deixem isso aí. – Disse o Manager a Jin e Namjoon que lavavam a louça. – Pode deixar, estamos acabando. Pode ir se deitar se quiser. – Jin disse fazendo Namjoon o olhar. – Eu lavo. – Insistia o Manager. – Estamos acabando. – Disse agora Namjoon. – Não demorem então, precisam descansar também. – Disse o manager saindo, caindo de sono.

- Posso te perguntar algo? – Disse Namjoon chamando a atenção de Jin que concordou com a cabeça. – Taehyung tem dormido fora do dormitório... E... Hoje descobri que ele tem dormido com Jungkook. Os encontrei na cama conversando E...  De mãos dadas... Hoje de manhã. – Disse meio sem jeito. – Devo ficar preocupado com isso? – Perguntou Namjoon fazendo Jin sorrir. -  Jimin disse que Taehyung deixou irmãos menores para trás e Jungkook é filho único e solitário. Acho que apenas a BigHit juntou um menino solitário e carente com um irmão mais velho carinhoso. Acho que... Vão fazer bem um para o outro. – Disse deixando Namjoon pensativo. – Mas com o que se preocuparia na verdade? – Perguntou Jin pensando mil coisas. – Não! Nada... – Disfarçou Namjoon secando as mãos finalizando o trabalho. – Estou morto de cansado! Vou dormir. – Disse recebendo um olhar penetrante de Jin. - Obrigado pela ajuda então. – Disse Jin enquanto Namjoon sumia.

 

                                                          “”””””§§§””””””

Jimin estava deitado virado de costas para Hoseok, que o olhava pensativo...

- Eu... Sei que talvez a última coisa que você queira ouvir antes de dormir seja a minha voz... – Disse Hoseok bem baixinho, não querendo o incomodar ainda mais. – Jimin permaneceu quieto, o que ele entendeu que poderia continuar falando. – Eu sabia que você era incrível e hoje pude ter certeza disso. – Disse ganhando um sorriso escondido de Jimin que inconscientemente se sentiu feliz com suas palavras. Hoseok tinha um jeito aconchegante de falar, fazia lembrar sua mãe. – Nossos objetivos e sentimentos que nos move. Vi como se movia hoje... Era disso que eu falava! Você só precisa ir lá e Pá! Pá! Pá! – Gritou fazendo Jimin sacodir os ombros rindo, sem querer! – Hoseok sorriu ao ver isso. – Mas seu silencio o fez ficar quieto também... – Obrigado. – Jimin surpreendeu Hoseok. Que o olhou surpreso! E logo sorriu. – Então foram dormir.

 

                                                         “””””””§§§”””””””

Jungkook olhava para a porta, deitado na cama. Sentiu vontade de tranca-la!. Ainda sentia raiva por Taehyung! Mas outra parte de sua cabeça estava ansiosa para que ela fosse aberta por ele. – Isso é ridículo! – Disse a si mesmo se virando para o canto da cama! Pegou o celular e começou a mexer logo se distraindo... – Uns vinte minutos de pois seus olhos estavam cansados e sentiu que seu corpo iria “desligar”. – Respirou fundo largando o celular cair no colchão. Em seguida deu mais uma olhada para a porta que permanecia fechada e com um silencio absurdo na casa. Com certeza estavam todos dormindo. – Revirou os olhos para seu lado “idiota” que esperava! E se cobriu cansado. Fechou os olhos e se lembrou que teria muito trabalho no dia seguinte!

A porta se abriu e logo Jungkook se descobriu assustado, como se ficasse surpreso com quem seria! Taehyung entrou e a fechou rapidamente, mas com cuidado para não fazer barulho. – Sorriu ao ver Jungkook acordado. Mesmo que o olhando ainda fechado. – Não conseguiria dormir sem te mostrar esse jogo! – Disse subindo na cama, ficando ao seu lado e colocando o celular em sua face. – Um jogo de desafios, a qual Taehyung não conseguia passar da primeira fase, o que fez Jungkook logo se sentar na cama pegando o celular. Em segundos, ele já havia dominado o jogo e estava agora alcançando os recordes, passando os internautas online! – Sorriu - Ser o melhor era algo que lhe dava prazer! – Não se lembrava de seus pensamentos ruins enquanto jogava e ria baixo com Taehyung. Eram apenas amigos nessas horas e nada mais importava.

Algumas horas depois, Já altas horas da madrugada, Taehyung caiu ao lado de Jungkook que concentrado no jogo, nem reparou que ele dormiu. – Olhou a hora e viu que já estava tarde demais. – Pensou em deixa-lo dormir ali, ao seu lado. Mas se lembrou que estava chateado e não podia deixar que se apegasse a esse costume. E também pensou que Bang Si-Hyuk apareceu do nada hoje, e era algo que não seria impossível de acontecer novamente. E se fosse questionado pelo motivo, não saberia o que dizer, e não saberia mesmo. – Então, jogou o celular de lado e se levantou o olhando. – Taehyung era do tamanho de Jungkook, e seu corpo era quase igual, exceto pelos ombros largos que Taehyung possuía e o rosto e cabelo é claro. – Taehyung tinha seus cabelos castanhos escuros e uma boca um pouco carnuda, para o costume de sua região. Era novo de mais, mas seu corpo era definido e tinha traços de um jovem mais velho. Era de uma beleza diferente para o físico que sempre se via em seu país. Ele era, único. – Jungkook deu umas piscadas acordando do tranze em que estava, analisando o maior. – Decidiu tirá-lo dali. – Forte! Pegou Taehyung no colo, o colocando em seus braços e com um pouco de dificuldade, o levou para seu quarto e o colocou na cama. Com cuidado para não acordar Namjoon. - Então voltou para o seu quarto e dormiu.

 

                                                         “””””””§§§””””””””

De manhã, um despertador tocou! Nem sabia que tinha isso em seu celular, pois não havia colocado! – Jungkook levantou sonolento e ainda com os olhos fechados, achou o celular por entre as cobertas e o desligou. – Abriu um olho apenas, se erguendo com dificuldade, seu corpo queria dormir mais... Ainda mais depois da madrugada que teve em claro! – Deu de cara com Taehyung dormindo ao seu lado! Não entendeu...

- Bom dia... – Disse Taehyung ainda de olhos fechados, sentindo que ele acordou. – Como você? Ahhh... Deixa pra lá... – Disse Jungkook não querendo entender mais nada, apenas levantou indo em direção ao banheiro. – Escovou os dentes e lavou o rosto como de costume. – Olhou para o canto do banheiro para pegar suas roupas sujas e separar para lavar mais tarde quando tomar banho, mas se deu conta que elas não estavam ali. – Olhou debaixo das coisas e nos cantos e não encontrou! Sua cara ficou vermelha e sua feição se fechou naquele instante! – Saiu do banheiro furioso! Procurando pelo quarto! Jogando as coisas longe e Taehyung logo se ergueu assustado com os barulhos! O olhou sem entender enquanto o via de uma lado para o outro bagunçando tudo naquele pequeno quarto... Então, Jungkook parou e ficou de olhos fechados em silencio. Seu rosto estava estranho, ele parecia realmente estar muito bravo, mas seu rosto congelado o deixava com uma expressão de dar medo. – O que houve? – Perguntou Taehyung preocupado com o que via. – Eu... Já... Avisei que... Não gosto, que mecham... Nas minhas coisas... – JungKook falou com dificuldade por entre os dentes!

“Isso não é normal”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...