História BTS x Família, Amor e Fama - Capítulo 20


Escrita por:

Visualizações 31
Palavras 3.479
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amoras! (^^)
Aproveitei meu dia de folga, para tirar o atraso e postar mais um!

Bom, nossos meninos vão começar a ver que suas diferenças não vão deixar que tudo seja um mar de rosas como imaginavam!

Boa leitura!

Capítulo 20 - O que é meu, é meu!


Fanfic / Fanfiction BTS x Família, Amor e Fama - Capítulo 20 - O que é meu, é meu!

Capítulo 20

 

“Minha cabeça doía! Eu estava sentindo minhas mãos formigarem e meu coração estava a mil por hora! – Faz muito tempo que não me sinto assim... Bom, a última vez que estive dessa forma, foi quando meu pai pegou meu videogame! Dei febre por quase uma semana, pensei que fosse morrer! Minha mãe era a única quem eu deixava tocar em algo que eu descriminasse “meu”. Depois de um tempo até ela foi tendo restrições quanto a “minhas coisas” e foi quando eu tive uma primeira consulta. – Achei aquilo tudo bobagem! - Todos tempos manias e acho que temos que respeitá-las! - Eu avisei quando chegamos que não suporto que mexam no que é meu! – Então por que mexeram?!”

Minha cabeça dava curto enquanto ficava parado no mesmo lugar, com os olhos arregalados fixos no nada! Paralisado! Brincava com meus dedos sem parar! Parecia não respirar! – Taehyung se levantou ficando na frente dele sem saber o que fazer! – Parecia que ele estava prestes a fazer algo ruim!

- Ei cara! Calma... – Dizia inutilmente... – Jungkook parecia ter acordado do traze, o deixou falando sozinho se virando e saindo do quarto! - Viu pela janela que Jin estava nos fundos com a ajuda de Namjoon recolhendo as roupas no varal e viu suas peças penduradas. – Passou pelos meninos tomando café os deixando no vácuo enquanto davam bom dia ao menor que andava bravo e de cara fechada em direção aos fundos da casa. – Taehyung saiu correndo atrás dele com medo do que iria acontecer. – Jungkook era um garoto doce, mas sério, e o que viu a uns segundos atrás o fez desconhecer a pessoa com quem estava esses dias. – Todos a mesa apenas se entreolharam sem entender nada.

 Jungkook chegou mudo ainda com a feição ruim! – Começou a puxar suas roupas do varal quase arrancando tudo!  - Jin e Namjoon se viraram a ele o encarando sem entender o que estava acontecendo... – Jungkook sem se importar com as olhadas continuava a arrancar as suas coisas do varal com toda força! - Taehyung olhava a cara dos meninos e não sabia o que dizer e nem se soubesse diria diante de um Jungkook furioso! – Quando acabou de pegar suas coisas encarou Jin e Namjoon com os olhos em fogo de raiva!  - Já avisei para não mexerem nas minhas coisas! – Os encarou e saiu sem mais nem menos. – Taehyung apenas o seguiu sem conseguir ainda se pronunciar. – A face de Jin ficou vermelha!  - Com quem esse garoto acha que está falando?! – Disse Jin jogando as roupas nos braços de Namjoon que rapidamente o segurou! – Ei... Ei... Calma... – Disse o encarando.

 Jungkook passou com as roupas nas mãos pelos hyungs, ainda com a cara péssima! – Jimin segurou pelo braço de Taehyung o parando. – Ei! O que está acontecendo?! – Perguntou nervoso com toda confusão. – Depois eu falo... – Disse Taehyung se apressando para ver Jungkook, mas quando chegou próximo ao quarto a porta foi fechada com ignorância! Ecoando na casa o estrondo! – Então os meninos correram para fora ao encontro de Namjoon e Jin que estava com o rosto e as orelhas vermelhas de raiva! Namjoon ainda o segurava.

- Mas o que houve? – Perguntou Hoseok agora vendo que algo realmente sério aconteceu. – Aquele garoto doido que veio aqui e quase destruiu o varal arrancando as roupas que lavei com carinho! – Os meninos olharam suas roupas muito bem lavadas no varal e se surpreenderam, não esperavam! – Ao invés de me agradecer! Gritou que avisou que não quer que mexam em suas coisas!  - Jin gritava aquelas palavras sem pausa! Ficando mais vermelho ainda pela falta de ar!  - Todos se entreolharam sem entender menos ainda... – Ta né... – Disse Hoseok franzindo a sobrancelhas...

- Ele realmente disse isso quando chegamos aqui...- Disse Namjoon o dando razão deixado Jin mais furioso! – Está defendendo ele?! – Gritou. – Não... Não, mas... Ele realmente pediu isso. – Namjoon baixou os olhos diante e Jin que se balançava furioso! – Ele é louco, mas eu também já disse que não gosto de me acordem. E ficaria muito bravo se isso acontecesse. – Disse Suga também como um aviso. – Jimin o olhou sem entender, pois, havia feito isso ontem e ele não pareceu estar bravo. Suga apenas entendeu seu olhar e o deu um meio sorriso, como se ele fosse uma exceção, e Jimin franziu a sobrancelhas estranhando, mas logo sorriu escondido.

- Que ótimos estamos em uma casa cheia de loucos! – Gritou bravo e Suga o encarou. – Ah não me diga que não tem esquisitices! Eu o ouvi dizer uma lista de coisas que não gosta! E não soou tão louco quanto está tentado fazendo agora! – Suga disse o calando. – Está nervoso... Se acalme, ele é só uma criança... – Disse Namjoon o puxado pelo ombro para dentro de casa. – O Manager apareceu secado o cabelo de um banho os olhando sem entender nada, como se estivesse acabado de aterrissar ali.

- Mas que caras são essas? Aconteceu algo? – Perguntou confuso. – O Jin descobriu que somo loucos. – Disse Suga entrando primeiro com Jimin atrás que não conseguiu segurar a risada diante de sua língua afiada. Hoseok entrou logo atrás revirando os olhos para as tretas.  – Nada... Já passou... – Disse Namjoon olhando fixo para Jin ainda o acalmando enquanto o levava para dentro.

- Vamos tomar um café. – Disse Namjoon sentando Jin na cadeira, ainda de cara fechada!

                                                    “”””””§§§”””””””

 

- Jungkook... – Taehyung chamava, com toda cautela do mundo. Havia muito silencio doutro lado da porta e isso o torturava... – Eu vou entender se quiser ficar sozinho, mas... Posso ficar com você se quiser... – Disse mais carinhoso ainda. – Mas o silencio permanecia. – Respirou fundo... Decidiu respeitá-lo. – Se afastou da porta ainda preocupado, virou, se retirando. -  O barulho das chaves virando o pararam. Rapidamente voltou e delicadamente abriu a porta... – Quando entrou Jungkook o assustou encolhido no canto da cama no chão, agarrado as roupas e com a cabeça por entre as pernas. – Taehyung fechou a porta e se aproximou dele devagar.

- Jungkook... – O chamou suave, mesmo com sua voz grave. – Jungkook permaneceu como estava. – Então se sentou no chão ficando em sua frente. – Ainda o olhava sem saber o que fazer... Apenas deixou que permanecesse quieto como queria. – Será que seria difícil não mexer no que é meu? Já disse que o que é meu é meu! – Sussurrou por entre as pernas e Taehyung não sabia como lidar com aquelas palavras. Jungkook havia se transformado em uma criança bem na sua frente! Sua voz já não era mais pesada e séria! Era triste! Estava realmente chateado com aquele simples feito. Era algo tão bobo que ele nem sabia o que falar para Jungkook...

 Taehyung se sentiu como se estivesse frente a um de seus pequenos irmãos. – Deu um meio sorriso e em um ato de costume com seus pequenos, elevou a mão aos cabelos negros de Jungkook, mais precisamente na sua nuca e fez um cafuné o confortando. – Jungkook ficou bem quieto. – Já está com suas coisas não está? E já os avisou também, agora está tudo bem... – Disse como sua mãe quando seu pai ou alguém o deixava assim. – Jungkook fechou os olhos por uns segundos e sentiu paz... – Mas do nada levantou os olhos e encarou Taehyung que tirou suas mãos do mesmo. – Ainda não está tudo bem. – Disse o surpreendendo! Ficou quieto para o ouvir, o que mais havia?! – Não achei minha cueca hyung! – Disse fazendo Taehyung cair na gargalhada não se aguentando! Jungkook ficou bravo o dando um leve empurrão. - Não é para rir hyung! – Disse bravo e Taehyung caia no chão rindo! – Ashhh! – Reclamou se levantando. – Quer de volta? Eu acho pra você! – Disse rindo. – Agora não quero mais! – Disse sentido nojo só de pensar que poderiam ter a usado! Taehyung voltou a rir achando engraçado seu incomodo, e Jungkook voltou a encará-lo!

– Que foi? É engraçado... – Tae disse tentando segurar o riso e Jungkook ainda lhe dava seu olhar fixo! – O que é engraçado? – Jungkook perguntou achando estranho sua reação, sempre o olhavam como louco depois de ver sua reação possesiva...  – Você. Você é engraçado. – Disse parando de rir e lhe dando um sorriso agora diferente. – Jungkook mudou sua feição brava para de uma surpresa! Taehyung o olhava daquela forma estranha denovo e Jungkook estava hipnotizado com aquilo. – Você é diferente... – Disse com um meio sorriso, se aproximando do maior que o olhava nos olhos. -  Você é único. – Disse agora mirando a boca de Jungkook que franziu as sobrancelhas estranhando seu comportamento! Estava mesmo acontecendo o que parecia ser?

A porta bate e Taehyung se afasta voltando a realidade! – Jungkook? – A voz do Manager estava por de trás da porta e Taehyung se levantou enquanto Jungkook permanecia imóvel sem entender o que havia acabado de acontecer. – Taehyung estava com uma cara péssima! – Por um lado confuso e com medo da reação de Jungkook ao que ele quase fez, e ao mesmo tempo com medo de perder sua confiança caso receba uma rejeição do mesmo. – Abriu a porta cabisbaixo e o Manager franziu a testa ao vê-lo ali dentro. – Taehyung saiu sem dar uma palavra. – O Manager mesmo sem entender entrou no quarto, e Jungkook estava no canto do chão encolhido, só que dessa vez, havia uma expressão vazia em seu rosto... Olhava para o nada, mas com a cabeça cheia de pensamentos... – O Manager fechou a porta e se aproximou dele.

- Aconteceu algo de errado? – Perguntou delicado. – Jungkook continuava imóvel e longe... – “Ainda se perguntava o que havia acontecido ali segundos atrás e porque não fez nada! Poderia também ter sido só coisa da sua cabeça... Mas afinal de contas, o que estava acontecendo? – Se perguntava dentro de si. “

- Jungkook? – Chamou o Manager à sua atenção e o mesmo deu umas piscada o olhando sem entender nada do que ele disse ou o por que dele estar ali em sua frente.  – Não ouviu nada do que eu disse, não é? – Perguntou agora um pouco impaciente. Respirou fundo e o olhou com mais calma. – Aconteceu alguma coisa? – Perguntou novamente a Jungkook que o olhou ainda meio longe. – Porque está perguntando isso? – Jungkook o deixou mais confuso do que já estava – Algo aconteceu entre você e o Jin hoje de manhã? – Jungkook o olhou agora fixo nos olhos. – Não aconteceu nada. Apenas pedi que não mexesse em minhas coisas. Não aceito. O que é meu é meu e ninguém toca. Havia avisado isso quando conversamos todos. Só lembrei a ele. Só isso. – Disse rebelde! O Manager não gostou da personalidade dele naquele momento. – Quero que venha aqui. – Disse o Manager se levantando. Jungkook o encarou por achar que mandava nele. – Por favor Jungkook. Você pode me acompanhar? – Perguntou educado por entre os dentes, mas com toda paciência do mudo. – Jungkook  então se levantou e o seguiu até a sala onde estavam todos juntos.

Ao ver Jungkook, Jin virou o rosto! – Não me trouxe aqui para pedir desculpas, não é? Se foi o que pensou, perdeu seu tempo. -  Jungkook disse seco, virando o rosto e girando os olhos para aquela situação. – O Manager o encarou junto de todos que acharam um absurdo suas ignorâncias!

 - Eu achava que você estava certo. Agora vejo por sua arrogância que é só infantil. – Suga quebrou o silencio das encaradas, ganhando um olhar mortal de Jungkook!  - Olha! Não o trouxe aqui para ouvir isso e nem o trouxe aqui para dizer essas coisas Jungkook. – Disse o Manager calando todos.

- Jin. – Disse o Manager fazendo Jungkook protestar! O encarou negando que ele falasse! O Manager mais alto o encarou pior, e Jungkook não por medo, mas por um resto de respeito, se calou. – Jin olhava aquela cena esperando Jungkook acabar com o teatro. – Pode falar. – Disse o Manager.

 – Eu não fiz nada demais. Apenas lavei a roupa dos meninos. Não que eu vá fazer isso sempre. Mas... Ia lavar a minha, estavam todos cansados e já que ia gastar tempo, água, luz, eu peguei então a de todos e fiz uma coisa só. Aí pela manhã esse moleque me aparece quase destruindo o varal arrancando as roupas dele e ainda se achou no direito de falar o que quis e dar as costas! – Jin afalava sem uma pausa sequer! Estava vermelho novamente e furioso! Jungkook o encarou pelo “moleque” que ouviu ser chamado! – Veja lá como fala comigo! – Jungkook falou baixo e bem afiado. Seus olhos fuzilavam Jin e ele o mesmo. – É por isso que estou aqui! Por que você tem que ver bem como fala! Sou mais velho que todos você, com exceção do Manager! E você tem que me respeitar! Ok... Não quer que eu mexa nas suas coisas, tudo bem! Mas custava falar direito comigo? Ou achava que eu estava afim de “te perturbar”? Eu apenas fiz algo legal para todos! Assim como preparo o almoço! Como faço seu café da manhã! – Gritava com razão e todos sabiam que ele estava certo! – Não pelas coisas que faço! Mas pelo que sou! Sou um dos Hyungs ser respeitado aqui! Principalmente por você sendo o mais novo! E não vou aceitar que fale como quer comigo! Entendeu?! – Gritava agora se levantando e o encarando nos olhos! Jungkook pode ver que estava errado e todos visivelmente concordavam com Jin. Então só pode continuar com sua pose seria, mas calado. – Se vamos ser um grupo, uma família, ou seja lá o que for, tem que ter respeito! E se não for assim então isso aqui não passará do ‘Treinee”! – Disse em um tom superior, levantando a cabeça ainda o encarando.

Todos fizeram um “-Ohhh” escondido e baixo! Ele fala bem! – Jin deu as costas a Jungkook. – Temos muito o que treinar, chega de perder tempo. – Disse Jin saindo eme direção a sala de ensaio e em seguida todos o seguiram, exceto Taehyung que ficou de coração partido vendo Jungkook ir rapidamente para o quarto após ser massacrado com palavras! – Vamos. – Disse Jimin o pegando pela mão. Taehyung não poderia voltar e ficar rodeando Jungkook novamente... Ele tinha que acompanhar os demais e fazer o que vieram fazer ali.

                                                         “”””””’’’’§§§”’’’’”””’’’

Jungkook chorou escondido trancado no quarto. Era orgulhoso, mas não gostava de seu jeito. Ele sabe quantas pessoas afastou ou machucou por ser assim. E não foi para isso que ele estava ali.

Jin caminhava de cabeça erguida, sabia que estava certo. – Namjoon se aproximou dele enquanto se aqueciam. – Não tiro sua razão, mas ele é só um garoto... – Sussurrou para Jin em particular e o mesmo o encarou! – Já disse para não defender ele! – Sussurrou e volta com uma encarada. Namjoon respirou fundo...  – Já disse que não estou dando razão a ele... Apenas quero que entenda o que quero dizer, somo todos diferentes e cheios de manias que pode ser, estranho, para uns e outros... – Namjoon! – Jin o calou. - Não brigamos por causa das manias dele! Foi pela falta de respeito! – Disse Jin agora com raiva da insistência de Namjoon em dizer que foi pesado com o menor. – Acredito que ele deve estar chorando em seu quarto agora... – Disse Namjoon o olhando de baixo, com suas covinhas amostra. Jin quem respirou fundo agora... – E o que quer? Que eu vá pedir desculpas? – Disse irônico, irritando um pouco Namjoon. -  Não... Não, quero que, faça isso, só quero que se lembre que somos os mais velhos aqui e isso não vai dar certo se perder a cabeça com todas as criancices dos menores. – Disse agora o encarando de leve. Queria que se lembrasse de sua idade e parasse de se trocar com o mais novo! – Jin ficou quieto, ele estava certo, por mais que odiasse admitir isso. – Só... Tente entende-los e pronto! Pelo bem do grupo e da nossa convivência. Alguém tem que ceder e não vou esperar isso dele. – Disse agora o fazendo refletir. – Bom, galera! Vamos começar o ensaio! – Disse Hoseok ligando o som e iniciando os passos. Logo todos em seguida.

Mesmo focados, havia um “buraco” no ar... – Jungkook mesmo errado fazia falta e isso era sentido por todos. -  Não acreditaram quando ele abriu a porta e adentrou a sala surpreendendo a todos! – Quieto e sem olhar para ninguém, se juntou aos meninos com os passos e mesmo se entreolhando, continuaram como se nada estivesse acontecido. – Taehyung tratou de se mover para perto dele e o deu um meio sorriso por vê-lo, mas Jungkook não o retribuiu, apenas continuou. – Assim dançaram o dia todo!

Quando acabou o ensaio, estavam cansados e suados! Doido para tomar banho, comer e descansar. – Hoseok pegava pesado com os meninos e não dava trégua! Ele parecia uma máquina, não demonstrava cansaço algum! – O clima ainda era pesado e estavam todos sem saber o quer dizer, preferiam continuar calados. Jin foi o primeiro a se levantar para sair dali! Estava visivelmente incomodado com a presença de Jungkook.  

- Eu odeio fazer isso, mas... Aproveitando que todos estão aqui, eu quero pedir desculpas, por, minha ignorância. – Jungkook deixou todos parados quando começou a falar, mesmo sentado olhando para o chão. Sua atitude surpreendeu a todos! Principalmente a Jin. – Eu... Ainda estou aprendendo a lidar com meus, defeitos, e... Peço que não me levem a mal... Somos um grupo e... Fui errado. – Taehyung sorriu com suas palavras, achava bonito ele conseguir quebrar seu orgulho e fazer o que estava fazendo. – Devo respeito a vocês, hyungs, e admito meu erro. – Disse ele olhando para Jin que não soube reagir diante de suas desculpas, também é orgulhoso e apenas permaneceu em pé o olhando sério.

- Talvez você não seja tão infantil assim, só... Maluquinho mesmo. O que é menos pior.  – Disse Suga irônico e todos riram. Até Jungkook deu um pequeno meio sorriso, segurado. Queria permanece forte – O clima permaneceu pesado -  Taehyung se levantou fazendo com que todos o olhassem. – Ligou o rádio novamente e colocou uma música dançante!

– OHHHH!!! É disso o que estamos precisando! – Gritou fazendo caretas sentindo as batidas! Então começou a dançar! – Todos o olhavam sem entender nada! – Mais um maluco... – Suga disse para Jimin ao seu lado que caiu na gargalhada! – Jin permanecia em pé próximo a ele o olhando como se fosse um aliem! –Todos caíram na gargalhada com sua forma engraçada de dançar... - Você está precisando se divertir! – Disse Tae agora se aproximando de Jin. Veio rebolando e começou a dançar colado ao corpo de Jin que o olhava assustado! – Jungkook e Namjoon fecharam o sorriso. – Vem! – Gritou Taehyung puxando Jimin para o meio da pista. – Mas a música trocou para uma sexy e Taehyung fez um escândalo! Já viu o amigo dançando algo assim uma vez e iria adorar ver mais uma vez! Jimin ficou tímido na mesma hora! Corado tentava soltar os braços de Taehyung de si! Mas era impossível!  - Então viu que todos estavam sorrindo sentiu um clima bom, sua timidez passou e começou a dançar e muito bem para a surpresa de todos, já que o som não era algo comum! – Taehyung amou ver Jimin acabando com tudo!  - Sexy, Jimin teve sua feição fofa sumir do rosto! Seu olhar agora era penetrante e sua boca exibia um sorriso malicioso! Com suas curvas a mostra em um short pequeno de ensaio ele abusava de passos ousados e todos não sabiam se ficavam mais impressionados por seu corpo muito mole exibindo um rebolado sensual! Ou por sua personalidade mudada bem na frente de todos! – Taehyung estava de boca aberta sorrindo! Mas seu sorriso se desmanchou ao ver que Jungkook estava completamente hipnotizado... Nem piscava. – Hoseok pulou no meio da pista começando a dançar  também e fez todos rirem enquanto rebolava e fazia caras e bocas! Namjoon surpreendeu a todos se levantando também e quando se deram conta, todos estavam na pista, exceto suga e Jungkook. – Apenas observavam os meninos se divertirem.

– O Manager apareceu abrindo a porta e sorriu ao ver os meninos naquele espiro bom de harmonia e risada. – Taehyung foi rebolando em sua direção e o puxou para pista de dança, mas só ria e não dava um passo sequer! – Não meninos, não sei dançar... – Disse rindo. – Apenas vim chama-los para comer, a janta está pronta. – Disse fazendo todos pararem. – Está maravilhoso, mas estou morrendo de fome! – Disse Jin sendo o primeiro a sair e em seguida todos.

A mesa comiam como se estivessem presos! -  Em segundos estavam todos cheios... – Cada um se encostou na cadeira, cansados mas felizes, se sentiam bem por tudo estar bem.

- Fico feliz por ter terminado tudo em paz... – Hoseok sussurrou para Jimin. – Só estaria completo se tivéssemos a honra de ter seus passos contemporâneos naquela pista hoje! – Sussurrou empolgado fazendo Jimin dar um sorriso escondido. – Taehyung que estava ao seu lado ao ouvir o que Hoseok disse o encarou!

- O que disse?! – Falou para eles, claramente irritado e decepcionado! – Pensei que isso era um segredo só nosso Jimin!

(...) 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...