História Bubblegum Bitch.com - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Cameron Dallas, Camila Cabello, Chord Overstreet, Dove Cameron, Fifth Harmony, Justin Bieber, Shawn Mendes, Troye Sivan
Personagens Ariana Grande, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Shawn Mendes, Troye Sivan
Tags Arte, Fotografia
Visualizações 123
Palavras 630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi galero voltei, já quero indicar minha nova fic super real life>>> https://www.spiritfanfiction.com/historia/os-donos-da-noite-13030087

Capítulo 19 - Baby girl


Meu peito subia e descia conforme minha respiração o levava. Minha mão descansava sobre meu corpo cansada e suado que se recuperava da melhor transa que eu já tive. Olhei para o lado, vendo Ariana de relance, soltei um suspiro satisfatório, logo após de um sorriso mais que animado.

Ariana respirava fundo deitada ao meu lado, seu corpo bronzeado nu ao meu lado era uma tentação para os meus olhos, aquela garota mexia com todos os meus sentidos, me deixava fora de mim, deixava-me pirado, alucinado e drogado pela perfeição do seu corpo.

Era inegável que eu estava apaixonado por aquela coisinha.

- Eu estou impressionada. – disse ela, sorrindo, olhando-me, virando-se na cama, ficando de bruços.

Acariciei seus cabelos macios.

- Você é demais. – sorri.

- Seu sorriso é lindo...

- Você é linda.

- Meu Deus... – Ariana colocou a mão nos olhos e deitou a cabeça, parecendo estar arrependida.

- O que foi? – perguntei.

- Isso foi errado de tantas maneiras... – disse ela.

- Ué, por quê? – questionei. Eu sabia o motivo, mas queria ouvi-la dizer que transou comigo enquanto sai com Justin, só para eu me sentir vitorioso.

- Porque você tá saindo com uma das minhas melhores amigas. – disse ela, franzi o cenho e virei-me na cama, ficando de lado para poder observa-la com mais atenção.

- O que?

- Não finge que não sabe do que eu estou falando. – citou, parecendo irritada.

- Eu realmente não sei.

- Ah, tá.

- Achei que ia dizer que isso é errado por causa de Justin. – disse.

Ela deu um sobressalto

- O que você sabe sobre nós? – indagou Ariana.

- Tudo.

Ela fez uma expressão de culpa.

- Calma, tá tudo bem, eu tô de boa... – disse, acariciando seu cabelo.

Ariana piscou lentamente e abriu a boca.

- Isso foi errado.

- Mas foi bom.

- O errado sempre parece mais gostoso. – disse ela. – E você também.

Sorri.

- Me acha gostoso?

- Pra caralho... – ela parou e pegou a câmera.

Ariana ajoelhou-se na cama, ficando sobre mim, sentando-se exatamente em cima do meu membro desnudo, deixando-me rapidamente excitado novamente. Sua mão veio até meu abdome e ela começou a me arranhar lentamente. Aquilo era excitante em um nível extremo.

Com a câmera no seu rosto, ela começou a me fotografar, fotografar sua mão sobre mim, fotografar meu corpo nu. Acabei ruborizando.

- Você tá coradinho, que coisa mais lindinha! – exclamou ela. Cada coisa que ela me dizia só me deixava mais louco por ela, ela devia saber que estava colocando sua mão no fogo. E que uma hora ela ia acabar por se queimar toda.

- Então você nunca ficou com a Dove? – perguntou ela.

- Quem diabos é Dove? – questionei.

Ela sorriu.

- Aquela vadia mentirosa...

Peguei em seu peito e apertei, ele era pequenininho, cabia na mão inteira, levantei-me, ficando sentado e dei um chupão em seu peito, mordendo sua pele com força, deixando uma marca roxa forte.

- Posso corresponder esse ato? – perguntou ela.

- Claro.

Ela me empurrou para que eu deitasse e começou a morder toda minha barriga, mordendo, chupando, sugando, lambendo. Ela era tão sexy, tão maravilhosa, tão excitante...

Totalmente despida, sobre meu corpo, com sua intimidade se roçando na minha, mordendo meu corpo todo, seu rosto de menininha acabava por esconder um mulherão com atitudes fortes e selvagens.

- Você só tem essa cara de garotinha inocente. É uma puta de um mulherão da porra. – disse, vendo-a levantar o rosto enquanto me provocava rebolando sobre meu membro.

Ela sorriu.

- Eu posso ser sua garotinha, Daddy... – disse ela, ainda rebolando.

- Você está me deixando excitado.

- So baby, fuck me harder, again... – sussurou ela com sensualidade em meu ouvido, arrepiando todo meu pescoço.

- Com prazer, minha baby girl.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...