1. Spirit Fanfics >
  2. Buddie ( Buck e Eddie) >
  3. CAPITULO SEIS: Sustos

História Buddie ( Buck e Eddie) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - CAPITULO SEIS: Sustos


BUCK 

E mais uma vez eu estou aqui, Fazem Tres dias que eu venho visitá -lo e ele não reage, Os médicos dizem que ele entrou em coma por causa das dores, Depois da cirurgia dele muita coisa aconteceu, A tia dele decidiu abrir um processo contra mim, Eu tenho uma audiência com um juiz daqui a dois dias, E se eles atestaram negligência minha no trabalho eu serei expulso da corporação, E não poderei voltar a trabalhar nunca mais, A família de Eddie está me impedindo de ver o Chris E eu estou tão, Mais tao estressado que eu sou capaz de assassinar alguém 

- Ei cara, Você tem que acordar, Eu não sei mais o que fazer, Sem você aqui eu estou quase tendo um surto psicótico, Maddie passa bastante tempo tentando me ajudar, Ela diz que meditação ajuda, Onde já se viu, Um cara como eu fazendo meditação, Eu sou hiperativo, Não consigo ficar quieto, Meditação, só me causaria mais estresse - Digo mesmo sabendo que ele não tá me escutando 

- Sabe sinto falta de quando eu era criança e não tinha que me preocupada com nada, Tudo era tão fácil, Eu não precisaria surtar a cada batimento descompassado do meu melhor amigo- Digo e dou um leve riso 

- Eu devo ser o único maluco, pra ficar conversando com um cara que nem me responde, Talvez eu devesse me internar numa clínica para doentes mentais- Digo 

Eu estava sentado na poltrona, Segurando a mão dele, Quando eu ia continuar falando a porta do quarto dele se abre e eu escuto a voz que eu menos gostaria de escutar agora 

- O que está fazendo aqui- Diz a tia dele 

- Estou conversando com ele- Digo como se fosse óbvio 

- Não queremos você perto da nossa família- Ela diz adentrando o quarto

- A senhora já me processou, Não me deixa ver o Chris , Vai tirar ele de mim também - Digo ainda de costas para ela 

- Olhe para mim quando estivermos falando, Não seja impertinente rapaz- Ela diz e eu solto a mão dele e me levanto ficando de frente para ela 

- O que a senhora quer de mim? -  Pergunto 

- Eu quero que você entenda, Você não faz bem pra eles, Nenhum deles, Primeiro você perde o Christopher e depois deixa o seu parceiro levar dois tiros- Ela diz 

- E você acha que eu não me culpo todos os dias por isso, Eu também tenho problemas, Eu quase fiquei sem a minha perna, A minha irmã foi sequestrada pelo ex marido psicótico dela, Perdi o filho de um cara importante pra mim num tsunami, E esse mesmo cara está deitado numa cama de hospital com cabos ligados ao seu corpo, Então não fale comigo como se eu não soubesse o que é culpa - Digo ríspido 

- Você é um irresponsável, Eu tive algumas informações sobre você senhor Buckley, Não acho adequado o senhor transar no telhado do 118 com uma garota que o senhor salvou- Ela diz 

- Você andou me investigando? - Pergunto 

- Claro, Quero saber quem é o parceiro do meu sobrinho- Ela diz com sarcasmo e eu reviro os olhos 

- Eu cometi erros, E...- Ela me Interrompe

- Não foram erros senhor Buckley, Foram escolhas, E essas escolhas resultaram nisso que estamos vivendo hoje- Ela diz Aumentando a voz

Eu estou tentando ao máximo manter o meu auto controle, Mais eu estou sentindo que eu vou surtar a qualquer momento, Saiu dos meus pensamentos com a porta abrindo novamente 

Dessa vez é Maddie

- O que está acontecendo aqui? - Ela pergunta 

- Só estou tendo umas palavrinhas com o irresponsável do seu irmão- ela diz 

- Chega! - Maddie diz- Agora a senhora se retire, Eddie precisa de um local de paz, Um local que tenha harmonia, Para que ele possa se recuperar - Elas complementa 

- Como você sabe?- A tia dele pergunta 

- Porque era enfermeira, Trabalhei sete anos nessa área, Então deixe meu irmão em paz, Ou Também processaremos a senhora por perseguição, Ok? - Ela diz e a tia dele sai 

Dou um suspiro longo e cansado, me sento novamente na poltrona e pego na mão de Eddie 

Sinto meus olhos se encheram de lágrimas e aquele desespero bate novamente 

Estou tão exausto, três dias sem dormir

Sinto a mão de Maddie em meu ombro e a olho 

- Estou cansado Maddie- Digo ainda com os olhos cheios de água 

- Buck Tente se controlar, Sei que as coisas não estão boas para você, mas de tempo ao tempo - Ela diz 

- Maddie talvez esteja na hora de eu sair dos bombeiros- Digo e ela me olha espantada 

- Está louco ou o que Ewan, Você morre por esse trabalho, E agora quer abandona-lo ? - Ela diz 

- Muitas pessoas se machucaram Maddie, Eu não consigo salvar mais ninguém- Digo 

- Buck É claro que consegue, Você é ótimo nisso, Você é um dos melhores bombeiros daquela corporação- Ela diz tentando me animar 

- Maddie, Eu era um ótimo bombeiro, Agora eu sou só o Ewan, O cara frustrado, Que tinha uma namorada que nem namorada era mais, Que quase ficou sem a perna, Que deixou o parceiro sozinho, E que perdeu uma criança no tsunami, Vamos ser realistas Maddie, Depois de Abby eu não sou o mesmo, E todo mundo percebeu isso - Digo e ela da um longo suspiro passando seus braços envolta do meu pescoço 

- Buck, Você lutou muito por esse trabalho, Voce brigou com muitas pessoas por ele, Nossos pais sempre foram contra esse serviço e mesmo assim você disse que faria, Eles estão até hoje sem falar com você por isso, E mesmo assim você continuo trabalhando, Você quase perdeu a perna, Mas mesmo assim continuo trabalhando, Mesmo sentindo dores você tentou ao máximo proteger o Chris - Ela diz 

- É, E olha agora, Eu não posso nem me aproximar dele - Digo com a voz embargada

Não vou chorar, Não agora, Digo 

- Vou voltar para Hersey- Digo e ela me solta 

- Você só pode ter Indoidado- Ela diz - Não pode, Você irá abandonar o Eddie, Chris, O batalhão, Todos?- Ela pergunta 

- Eles estão melhor sem mim - Digo 

Então do nada o corpo do Eddie começa a se mexer, Ele estava tendo uma convulsão, Eu levantei correndo e tentei segurar ele, Enquanto Maddie foi Chamar o Médico 

Assim que ele entrou junto dos enfermeiros, Eles me colocaram pra fora, Contra a minha vontade 

Eu estava a ponto de socar qualquer um que chegasse perto de mim 

Então sinto Maddie me.puxar para uma sala vazia que tinha ali perto

Ela fechou a porta e me deixou trancado lá dentro 

Então eu me viro para um parede e começo a soca-la, E soca-la, Fico fazendo isso não sei por quanto tempo, Só sei que eu só parei quando vi marcas de sangue na parede, Depois disso eu me sento no chão, Chorando 

Fico assim por mais um tempo e depois escuto a porta sendo destranacada, Levanto seco minhas lágrimas e me saiu da sala

Vou até Maddie e ela me olha calma 

- Eu falei com o médico- Ela diz 

- E aí, Ele tá bem ? - Pergunto e ela fica em silêncio por uns segundos 

- Ele tá estável agora, Mas....

- Mas o que Maddie? - Pergunto 

- O coração dele parou duas vezes-Ela diz e eu suspiro 

- Posso vê-lo ? - Pergunto 

- Pode sim- Ela diz e eu entro no quarto 

Me aproximo de sua cama e ele está de olhos fechados, Sereno 

Me aproximo de seu rosto e dou um beijo em sua testa e nos seus lábios, Me sento na cadeira e deito a cabeca na coxa dele

Fico fazendo carinho nele e nem percebo que quando durmo 


Continua...




Notas Finais


Mais um aí pessoal, Para não deixar vocês na espera

Espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...