1. Spirit Fanfics >
  2. Bughead - All Of Me II >
  3. Aquele dia em que eles se casaram

História Bughead - All Of Me II - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Imagine que nessa imagem são Elisabeth Cooper e Forsythe Pendleton Jones III (Jughead)

Capítulo 9 - Aquele dia em que eles se casaram


Fanfic / Fanfiction Bughead - All Of Me II - Capítulo 9 - Aquele dia em que eles se casaram

-Eu e Cheryl estamos namorando!

Meu queixo caiu. Abracei as duas correndo, e logo depois, Polly as abraçou.

-Estamos tão felizes! Qual vai ser o nome? Veryl? Chev? - perguntei entusiasmada.

-Cheronica! - Cheryl afirmou.

...

Então , hoje é o grande dia. O dia em que eu e Jughead selaremos nosso amor pra todo sempre. Depois de tudo isso... Da minha tentativa de suicídio... Do Archie... Eu finalmente vou casar com o amor da minha vida: Jughead Jones.

Josie era a minha maquiadora . Ela também ajudava com o vestido, e dava detalhes no meu cabelo.

-Um pouco de blush rosa, seu batom vermelho e tudo estará perfeito. Oh não! Não , não , não. Um fio solto! Eu vou dar um jeito nisso Betty , pode deixar! - Jodie certamente estava mais preocupada com minha aparência do que eu. 

-Josie, não precisa se preocupar tanto...

-Claro que preciso! É seu casamento!

-Mas...

-Mas Nada!

Achei melhor calar a boca, antes que ela me desse um tapa na cara.

Meu olho estava perfeito. Silios postiços, Sombra nude em degrade... Cara, eu estava tão linda! E aquele iluminador...

POV Jughead Jones

-Kevin, eu não preciso de maqui- ia dizendo quando o garoto passou pó compacto na minha boca, me fazendo quase engolir a maquiagem.

-Jughead, deixa comigo. Você também tem que estar lindo, viado! 

Eu estava ansioso. Meus pelos estavam levantados. Minha mão cheia de veias, tremia rapidamente. A quantidade de gel absurda no meu cabelo , não me dava a confiança de que meu cabelo não ia ficar em pé quando ela dissesse "sim" . Mas caro leitor, eu não estava com medo de casar. Eu estava nervoso, pois, Betty é a mulher da minha vida. Ela é a única que eu vou amar e querer segurar as mãos no parque. Que eu quero carinhar a barrigona que guarda um novo amor na minha vida. A que eu quero beijar o tempo todo, até quando ela acorda. E Deus, eu tenho tanto medo dela enjoar de mim! 

-Jughead? Jughead?

-Desculpa , Kevin. O que foi?

-Fecha os olhos, eu vou passar corretivo.


Da outra sala, eu ouvia as madrinhas gritando. Elas estavam realmente muiro empolgadas com a Betty. E comigo também! Até Jake (ex Jellybean) estava lá com sua namorada, Polly. "WOOOO! VAI SER O MELHOR. CASAMENTO. EVEEEER!" eu ouvia elas gritarem, e as risadas do meu irmão ao fundo. Eles estavam quase tão felizes quanto eu, mas ninguém está mais feliz que eu! Ninguém nunca esteve e nunca estará mais feliz que eu! Eu sou o homem mais sortudo do mundo por ter Elisabeth Cooper. 

POV Betty Cooper

Meu vestido branco rodava. Meus olhos, iluminados pela luz que Jodie estava usando, brilhava. E enquanto isso, 3 fotógrafos tiraram fotos minhas em frente à penteadeira. Estava tudo correndo perfeito: madrinhas e padrinhos prontos, bufê maravilhoso, todos convidados compareceram... Ia ser o melhor casamento. 

.

Então, chegou a hora. Jughead, meu lindo noivo, e quase marido, me esperava no altar. Todas as pessoas sentadas em bancos de madeira olhavam para mim e meu pai. Meu véu se arrastava no chão. Típica cena de filme romântico. 

-Noivos caríssimos,  viestes à casa da Igreja  para que o vosso propósito de contrair Matrimónio  seja firmado com o sagrado selo de Deus,  perante o ministro da Igreja e na presença da comunidade cristã.  Cristo vai abençoar o vosso amor conjugal.  Ele, que já vos consagrou pelo santo Baptismo,  vai agora dotar-vos e fortalecer-vos  com a graça especial de um novo Sacramento  para poderdes assumir o dever de mútua e perpétua fidelidade  e as demais obrigações do Matrimónio. Diante da Igreja, vou, pois, interrogar-vos sobre as vossas disposições. 

(Eu e  Jughead nos olhávamos e lágrimas corriam sobre meu rosto, manchando levemente minha maquiagem)

 Forsythe "Jughead" Pendleton Jones III e Elisabeth Cooper, viestes aqui para celebrar o vosso Matrimónio. 

É de vossa livre vontade e de todo o coração que pretendeis fazê-lo?  

  É, sim. - falamos juntos.  

Vós que seguis o caminho do Matrimónio, estais decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vossa vida?  

-Estou, sim. - novamente, dizemos juntos.

Estais dispostos a receber amorosamente os filhos como dom de Deus e a educá-los segundo a lei de Cristo e da sua Igreja? 

-Estou, sim. 

Uma vez que é vosso propósito contrair o santo Matrimónio, uni as mãos direitas e manifestai o vosso consentimento na presença de Deus e da sua Igreja

Unimos as mãos direitas.

 -Eu Forsythe Pendleton Jones III, recebo-te por minha esposa  a ti Elisabeth Cooper, e prometo ser-te fiel,  amar-te e respeitar-te,  na alegria e na tristeza,  na saúde e na doença,  todos os dias da nossa vida. 

-Eu Elisabeth Cooper, recebo-te por meu esposo  a ti Forsythe Panfletos Jones III, e prometo ser-te fiel,  amar-te e respeitar-te,  na alegria e na tristeza,  na saúde e na doença,  todos os dias da nossa vida. 

Confirme o Senhor, benignamente,  o consentimento que manifestastes perante a sua Igreja,  e Se digne enriquecer-vos com a sua bênção.  Não separe o homem o que Deus uniu.  O sacerdote convida os presentes ao louvor de Deus  Bendigamos ao Senhor. 

 -Graças a Deus.  

Nossos votos: 

-Estava me lembrando como tudo que começou, a imensa felicidade que senti. Você me completa em todas as formas, de todos os jeitos, com todos os tipos de felicidade possíveis. Não existe vida longe do teu amor, não existe vida longe de você. Te quero ao meu lado, para sempre e mais se nós for possível. Eu te amo para sempre, Jughead Jones. 

-Foi um milagre encontrar a paz e a felicidade que você tem me dado. Eu olho para você e vejo minha melhor amiga. Sua energia e paixão me inspiram de formas que eu nunca imaginei possíveis. Sua beleza interior é tão forte que eu não tenho mais medo de ser eu mesma. Eu não temo nada. Nunca pensei que iria encontrar alguém para amar que me amasse incondicionalmente. Eu te amo eternamente, Elisabeth Cooper. 

-Confirme o Senhor, benignamente, o consentimento que manifestastes perante a sua Igreja, e Se digne enriquecer-vos com a sua bênção. Não separe o homem o que Deus uniu.

Recebe esta aliançam como sinal do meu amor e da minha fidelidade. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Trocamos as alianças. 

-Pode beijar a noiva.


Notas Finais


AAAAAWNT! QUE FOFIIIIINHO! ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!
Ainda tem mais um cap, que vai ser menor, vai mostrar eles na lua de mel (não vai ter hot galera) e uma revelação ae... Vai ser legal também... Essa fic Não teve mtos fav então acho que não vai ter parte 3, só se vocês pedirem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...