História Bughead - My Angel - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Kevin Keller, Personagens Originais, Polly Cooper, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Bughead, Riverdale
Visualizações 129
Palavras 422
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vocês viram o tiro de sprousehart?
aí mano, meu coração não aguenta.

Capítulo 41 - Meu amor


* Jughead on *

Hoje é dia de visitar a faculdade, eu tô meio nervoso, tanto eu quanto a Betty vamos fazer jornalismo.

Me levanto, me arrumo, tomo meu café, vou até a casa da Betty e bato na porta:

- bom dia Jughead! - a Sra. Cooper diz dando espaço pra mim entrar

- bom dia Sra. Cooper, cadê a Betty? - pergunto enquanto ela fecha a porta

- vou chamá-la pra você - eu assenti com a cabeça e ela foi

* Betty on *

Enquanto estou me maquiando minha mãe entra no meu quarto:

- filha, o Jughead está aí manda ele subir? - ela pergunta abrindo a porta

- pode mandar subir - afirmo sem mesmo olhar para mãe

Uns 3 minutos depois Jughead chegou na porta do quarto:

- bom dia lerdinha - ele diz se apoiando na porta

- bom dia invasor de casas - digo dando uma última ajeitada no cabelo e indo em sua direção

- eii, eu não invadi sua casa - ele diz pegando na minha cintura

- uma hora dessas você estar na minha casa é invasão sim! - falo pondo as mãos no seu pescoço - e outra eu não sou lerda

- então tá né ?! - ele me dá um selinho - se você diz - ele diz se virando e pegando na minha mão

- ridículo, sai - dou um empurrãozinho de leve nele e ando na sua frente

- para de bobeira, Betty! - ele diz vindo atrás de mim

- o que houve gente? - minha mãe diz pondo o café na mesa

- esse ridículo me chamou de lerda só porque eu ainda estava me maquiando - respondo me sentando na mesa

- ué filha, o Jughead está certo - minha mãe diz se sentando também

- mãe! - fala surpresa pq esperava que ela me defendesse e Jughead da uma risadinha baixa.

Um tempo depois...

Depois de ter visto a faculdade

Estamos indo em direção ao carro porque nós tínhamos vindo com o da minha mãe e Jughead pergunta:

- Bee - ele diz destravando o carro e abrindo a porta do carro para mim, espero ele entrar no carro para eu poder responder

- oi Jug - falo enquanto ele entra no carro

- aquela proposta do apartamento ainda está de pé? - ele pergunta olhando para mim

- você ainda quer? - pergunto como se fosse óbvio que ele não queria

- claro que eu quero Bee, mas e você? - ele diz e põe suas mãos no meu rosto

- eu claro que meu amor - dou um selinho no mesmo e ele dá partida no carro logo em seguida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...