História Bughead -True love - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Alice Cooper, Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Hal Cooper, Jason Blossom, Polly Cooper
Tags Bughead, Choni, Riverdale, Varchie
Visualizações 170
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal, eu vou postar menos episódios por dia porque estou em provas... Dependendo do feedback, eu tanto postar dois, mais a princípio, só vou postar um por dia. Espero que entendam ❤️

Capítulo 15 - Obrigada, Jug. Por tudo.


         * Betty on *

 

    Meus dias estão sendo muito turbulentos. Eu estou morando com Jug agora, porque onde estou, chamo menos atenção. Ele está sendo meu único conforto no momento. FP e minha mãe falaram para agirmos normalmente, como se nada tivesse acontecido. 

     Minha mãe anda se culpando e evitando falar comigo, então nossa relação está ruim. Ela continua morando na nossa casa e tenta ao máximo esconder todo o caos que estamos presenciando. Polly e Jason sumiram da cidade e logo todos começariam a falar sobre eles. Devido à isso, eu e Jug precisávamos urgentemente falar com Cheryl sobre seu irmão.

       Agora que estou melhor, Jug se voluntariou para dormir no colchão, pois achava que eu devia estar me sentindo desconfortável. Pelo contrário, tê-lo comigo durante a noite me dava uma tranquilidade maravilhosa. Para não ficar sem graça, eu disse que ele podia decidir, então ele está dormindo no colchão, pois continua achando que eu não estou me sentindo bem com sua presença.

     Naquela manhã eu acordei e tomei um banho. Como nós dois sumimos por uns três dias de todos os radares, V e Archie nos encheriam de perguntas. 

     Em menos de 20 minutos nós dois estávamos prontos e fomos para a escola com a moto do Jug. 

     Quando chegamos no colégio, todos os olhares se voltaram para nós e ele disse:

     - Sei que está tudo um caos, mas saiba que você pode contar comigo. Para qualquer coisa. - ele sorri, aperta minha mão e continuamos andando, normalmente.

      - JUGHEAD! BETTY! - Archie grita - QUE DIABOS ACONTECEU COM VOCÊS? 

     - Precisamos conversar num local mais reservado... - Eu disse.

     - Hum... - V começou a provocar- Aposto que estavam juntinhos...

     Nós andamos até a primeira sala vazia, entramos e a trancamos.

    - Se preparem porque é uma longa história... - eu narrava sobre todo o acontecimento com a Polly na minha casa, até que Jughead coloca a mão no meu ombro e sorrio para ele, retribuindo seu apoio. V e Archie nos encaram com uma cara estranha, mas continuamos a contar o que aconteceu.

      Eu falo sobre ter ligado pro Jug por coincidência e ele ter me resgatado em minha casa. Digo sobre o desaparecimento da Polly e  do Jason e sobre a guerra que estava prestes a acontecer. 

     - Caramba B! Que coisa horrível! Realmente, Jughead é seu herói... Não sei o que eu faria se você tivesse morrido...

     - Também não... - responde Jug, me fazendo corar.

     Eu explico sobre toda a minha situação: estou morando com Jug, tentando agir normalmente e evitar ao máximo mais conflitos. Explico que a situação tá tão " difícil " que nós dois que  estamos dormindo na mesma cama...

     - No final, Jug está é com sorte... - Archie não fala mais nada, pois Veronica dá uma cotovelada nele. 

      O sinal bate e tento procurar Cheryl em algum lugar, até que eu a vejo com Toni no canto do corredor...

     - CHERYL! - ela se assusta- Preciso falar com você urgentemente. E sobre seu irmão.

      - Ela pode ir lá para casa então Toni? - na hora fiquei confusa, e ela percebendo minha cara disse:

      - Sim, Bets! Estamos morando juntas... Lembra que Toni se ofereceu?

      - Sim, claro... Agora estou morando com Jughead Jones! Então, quem sou eu para julgar? 

       - Calma, você e Jughead? O que aconteceu? - eu falo e vou me afastando de lá- Betty! Hoje à noite na minha casa!

      Eu sorrio para ela e vou para minha aula. Estava tão distraída com outros assuntos que nem percebo as aulas passando! 

      No recreio, nós nos encontramos novamente e Archie diz:

      - Gente, eu acho que no momento que estamos, não seria uma boa ideia a viagem agora... 

      - Realmente, - Eu disse- não estou num clima para viagem.

       Depois de muito conversarmos, V me puxa para um canto e diz:

      - Agora que estamos a sós, me fala! Como está sendo morar com Jughead?

      - Ele é tão cavalheiro... Se preocupa tanto comigo. Ele está sendo um porto  seguro em minha vida...

       - Ai! Meu Bughead tá assumindo!

       - O que é isso? 

       - Deixa quieto... mas fala mais!

       - Na noite que tudo aconteceu, ele se ofereceu para dormir comigo, pois estava tendo pesadelo... Outro dia, preparou um café da manhã todo caprichado para mim.

      - Não fala mais nada B, porque eu estou ficando com inveja!

      - E a questão não são esses gestos somente. Ele aquece meu coração, tirando todas as sombras que estão sobre ele agora. 

      - Que fofura! Ele está apaixonado por você, Betty! Como você não perceber?

      - Você está viajando! 

      - Hum, sei...

 

     * Jughead on *

 

   Quando as meninas saíram, Archie disse:

    - Cara, fecha a boca... Tem baba escorrendo! 

    - Archie, você tem umas ideias que pelo amor de Deus....

     - Mas admite! Você sente algo por Betty.

     - Sinto. Ela é especial. Mas não precisa ficar reafirmando isso!

     - Como está sendo morar com ela?

     - Ela está fragilizada com tudo que aconteceu, então estou tentando ajudá-la de qualquer forma possível. Quero que ela se sinto segura comigo.

      - Jughead, se você continuar assim, todas as garotas vão te querer!

      - Não provoca Archie! 

      - Estou brincando, mas você tem toda razão. Você a salvou. Como alguém não se sentiria seguro?

 

      As garotas chegaram na mesa e todos continuaram a conversar, porém minha atenção estava em somente um coisa: Betty Cooper. Ele percebeu que eu estava  a encarando e me olhou de volta, ela sorriu e disse muito baixo para mim "Obrigada, Jug. Por tudo". E com aquelas palavras, meu dia foi ganho, mesmo sabendo que eu encontraria novamente novamente aquela menina loira, que só de existir, fazia do meu dia mais especial.

 

***********************************

 


Notas Finais


E aí, o que estão achando?
Love you, Duda <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...