História Bullshit - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang
Personagens G-Dragon, T.O.P
Tags Gtop, Top
Visualizações 43
Palavras 1.895
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello, primeira vez que posto uma one shot e ela não foi betada então por favor ignorem os erros, boa leitura e espero que gostem!!

Capítulo 1 - Act.I



O dia começava monótono como sempre,os cabelos dele estavam mais bagunçados que o normal,ele resmungava não apenas pelo barulho irritante do despertador e sim pelas dores que lhe causei noite passada,o pescoço tatuado havia recebido a coloração arroxeada por conta das marcas que ganhará.


-Seunghyun,seu cretino! -Jiyong falava irritado enquanto vestia a camisa que a mim pertencia.


Um sorriso minimo preencheu meus lábios vendo a forma em que ele se encontrava,sabia que ele me odiaria novamente por isso.


-Devia estar feliz por eu ter tido alguma relação com você!-Falei o olhando, Jiyong me olhou bravo mas logo baixou a cabeça.


-Pare de me fazer lembrar do que aconteceu,imbecil! -Disse irritado e levantando andando em passos largos ao banheiro.


Jiyong havia dito que me odiava a exatos quinze dias, não que eu não saiba mas o garoto mudou muito desde que voltou do exterior, disse que não havia acontecido nada lá mas eu sabia que havia algo errado.

Ele antes era dócil,adorava ser chamado de "gatinho" por mim e agora está sempre com raiva, não me diz absolutamente nada sobre ele e faz o possível para estar longe...virou um cachorro raivoso.


-Pare de me olhar desse jeito,idiota! -E novamente eu era xingado por Jiyong naquela manhã.


-Sabe,Kwon,acho que você deveria ser mais dócil como antes,pode continuar sendo esse cachorro que é mas por favor me poupe do seu mau humor matinal!-Falei pegando a escova de dentes e a pondo na boca.


Eu senti os olhos de Jiyong me queimarem vivos,e após isso ouvi um resmungo de dentro do box,agora coberto pelo vapor da água quente.

Sai do banheiro após fazer tudo o que era preciso,contando tirar a paciência nada duradoura do Kwon.


-Seunghyun, eu quero o divórcio!-Jiyong falou em alto e bom som,me fazendo o olhar assustado.


- Divórcio? -Digo rindo baixo.


-É! -Falou bravo pegando uma xícara e a enchendo mais do que conseguiria tomar com café.


-Para quê divórcio por algo que não temos? -Falei de forma seria e o vi resmungar.


Jiyong me olhou frustrado logo pondo as mãos no rosto e suspirando.


-Pensei que tivessemos algo! -Ele disse agora levando a xícara a boca.


-Você disse a quinze dias atrás após me xingar de coisas absurdas que não tinhamos nada e que eu era bom apenas em uma coisa...-Falei o olhando- Quer que eu repita tudo?


-Se tiver coragem repita, eu não lembro nem mesmo de metade... eu não ligo! -Ele parecia furioso e eu ri.


-Primeiro você me xingou dizendo que eu era um tremendo filho de uma puta, imbecil,babaca,lindo, idiota,mau amado,sem noção e gostoso...nem tudo era xingamento mas,tudo bem,segundo disse que eu era bom em foder com você em todos os sentidos que eu sabia muito bem como te fazer gemer! -Falei rindo- e terceiro você me pediu para que eu jamais deixasse de transar com você mesmo você sendo um babaca alcoólatra e deprimido quando quer!


Ele me olhava estático,rindo vez ou outra e suspirando em seguida.


-Fora que disse que não tinhamos nada além de um caso de sexo! -Disse baixo indo até a pia.


-Desculpe!-Jiyong falou baixo.


-Por que está pedindo desculpas?- Suspiro e o olha largando os pratos.


-Por que eu sou um bêbado medíocre que não pensa em nada e ninguém, Seunghyun você sempre esteve ao meu lado...como um pude ser tão babaca?-Ele falava pensativo- Sinto saudades de ser o seu gatinho....eu odeio quando me chama de cachorro raivoso ou cão sem dono...


Jiyong realmente era um idiota bipolar,ele batia o próprio recorde de quantas vezes fazia isso no dia,mas não dúvido que estejam sendo sincero.


-Tudo bem...vem cá!-Falei o puxando para perto e beijando sua testa.


-Esse seu perfuma é uma bela porcaria, Seunghyun!-Ele disse bravo e me olhou-Aonde foi parar o perfume francês que eu te dei,huh?


Suspiro e o puxo novamente para meus braços rindo baixo, não diria que o perfume que ele acabou de reclamar era o perfume francês.


-Você é mais bonito de boca fechada,gatinho!-Falei baixo.


-E você é um babaca com um perfume fedido!-Rebateu apertando os braços em torno de mim.


-E você me ama assim mesmo!-Ri baixo


-Eu te amo mesmo!-Falou calmamente e me olhou em seguida-Eu realmente te amo!


Ele não é flor que se cheire mas quando se tratava de sentimentos, Jiyong não brincava,ele odiava quando brincavam com ele e sabia que era errado.


-Por que pediu um "divórcio"se me ama?-Pergunto acariciando seus cabelos.


-Para assim poder largar essa relação idiota que temos e ter algo fixo!-Ele disse contornando minha clavícula com os dedos.


-Você é realmente um cachorro, Jiyong!-Falei rindo e o beijando-Vamos ter uma relação fixa...pode ter certeza...vamos prolongar para as tardes também!


Ele era um cachorro,e eu era o dono dele e o amava mais que tudo,sabia que o fato de ele ser um idiota mimado era culpa minha que zelava por ele sempre mesmo sabendo que não tinhamos nada nem mesmo uma relação para chamar de nossa,eram apenas noites e as vezes prolongando para as manhãs mas jamais,em hipótese alguma deixavamos de nos ver todos os dias.


Ele riu baixo e me abraçou contornando minha nuca com os dedos finos e sorriu.


-Vai querer tomar o resto do seu café?-Falo o olhando e sorrio de canto.


-Não...eu quero brincar com você! -Um sorriso sacana e de mau gosto se fez presente em seus lábios.


Eu ria baixo,adorava ter ele daquela forma,assim suspiro e roubo os lábios do mais novo enquanto descia uma de minhas mãos por seu corpo apertando o mesmo,sorrindo entre o beijo ao ouvir resmungos do pequeno Kwon.


-Vamos para o seu quarto, hyung! -Ele dizia baixo me puxando pelo pulso.


E lá estavamos nós novamente,entrando no quarto ainda bagunçado da noite passada,as roupas de jiyong ainda se encontravam no chão e suspiro vendo aquilo tudo.


-Vem hyung! -Ele dizia manhoso sentado na cama enquanto me olhava.


Jiyong era um homem sexy e eu não negava ficar excitado lembrando das feições de prazer dele, não negava nem mesmo ter relações sexuais com ele,mas aos olhos de muitos eu era hétero mas Jiyong era o único que sabia o quão homossexual eu era.


-Seunghyun?....ei... Tabi?-Jiyong falava parando em minha frente tocando meu rosto.


Eu ri baixo e olhei o mais novo,assim o puxando para perto e roubando seus lábios para assim o derrubar na cama ficando sobre ele,os lábios de jiyong eram um tanto quanto quanto viciantes,eu não cansava de beijar ele.


-Tabi...-Ele disse baixinho mordendo o lábio e pondo uma das pernas em torno de minha cintura.


-Gosto quando me chama assim!-Sorri e tirei a camisa do mesmo a jogando ali no chão -Acho que essa minha camisa fica linda em você mas...melhor ainda no chão!


Ri baixo e logo beijava o pescoço de Jiyong deixando novos chupões em seu pescoço e sorrindo ao ouvir o gemido baixo dele,assim desci os beijos para sua clavícula beijando ali enquanto sentia as mãos dele em meus cabelos.


-S-SeungHyun! -Um gemido baixo se fez presente.


Ah!Os gemidos dele eram maravilhosos,eu sabia muito bem como arrancar alguns do mesmo.

Meus lábios e lingua brincavam sobre os mamilos do mais novo enquanto ele gemia baixo.

Digamos que Jiyong seja um tanto quanto sensível mesmo não demonstrando ele realmente fica bastante "animado" dependendo aonde se toca.

Um gemido alto dele preencheu o quarto quando finalmente pus minhas mãos sobre o membro do garoto,ele estava mais duro que pedra.


-Hyun...ah!-Foram algumas coisas assim que sairam dos lábios dele.


-Shiii...o Hyung vai cuidar de você...como sempre faz!-Disse beijando seu queixo.


Os beijos foram descendo e logo eu estava ali próximo a virilha dele deixando beijos e chupões no local,eu adorava ver a pele dele se arrepiar ali.


-Hyung... não demore!-Disse manhoso e suspirando.


Eu ri baixo,achava uma graça quando ele fazia manha, Jiyong era um bom ator e eu amava muito me iludir com isso tudo,meus lábios tocaram seu membro já desperto e ouvi uma risada baixa vinda do mesmo.


-Eu gosto quando beija ai! -Ele dizia baixo logo arfando.


Eu sugava lentamente o membro do mais novo ouvindo gemidos e pedidos para que eu fosse mais rápido,assim parei e o ajeitei na cama ficando sobre ele e beijando seus lábios algumas vezes, enquanto beijava o mais novo como se fosse a última vez em minha vida introduzia alguns dígitos dentro dele ouvindo resmungos,mas sabia que ele logo pediria mais do que dois dedos ali e foi isso que aconteceu.


-Seung.... Seunghyun...ah... você vai me deixar louco assim idiota!-Ele falava entre gemidos- S-Se não me foder direito nem comece a me atiçar!


E foi assim que penetrei Kwon Jiyong sem nem mesmo avisar que faria tal coisa.


-Filho da ...ah... tão grande....-Jiyong falou alto mas logo diminuiu o tom de voz.


Meus movimentos eram lentos,eu amava ouvir os gemidos manhosos do menor,aquilo realmente era excitante mas quando ele pedia por mais era o auge da excitação.

Passei a fazer movimentos mais rápidos e certeiros ouvindo os gemidos manhosos e baixos de antes se tornarem "gritos" de prazer e juras de amor e morte.


-Por deus....ahm...eu vou matar você....Vai mais rápido!-Ele dizia em meio a gemidos.


-Então peça direitinho!-Disse voltando a me mover devagar.


Eu ri baixo ao ver a expressão de desgosto do mais novo e ouvi um suspirar.


-Vai mais rápido Tabi...por favorzinho,amor!-Falou baixo acariciando minha nuca.


Eu sorri de canto e passei a me mover o mais rápido possível enquanto beijava seu corpo e tocava seu membro, Jiyong era uma droga e eu era completamente viciado nele, não nega que estava me apegando cada vez mais a ele.


-AHHHM! -Jiyong praticamente gritou e arqueou as costas.


Eu soube ali que havia acertado a próstata do mais novo, Jiyong era realmente escandaloso quando se tratava de sentir prazer!

Meus movimentos passaram a ser mais certeiros e logo ouço a voz do mais novo.


-Eu...eu quero ficar por cima! -Dizia tentando me fazer parar.


-Dá ultima vez não deu muito certo,fique quietinho ai!-Falei o olhando.


-Por favoooor!-Disse manhoso e gemendo baixo.


Eu suspirei e parei tudo,sai lentamente de dentro dele e me sentei na cama o olhando, Jiyong resmungou e sentou em meu colo gemendo baixo ao se sentar direito.


-Vou rebolar gostoso para você, espere só para ver! -Disse baixo levando minhas mãos até as nádegas dele.


Eu não deixava de sorrir vendo a cena, Jiyong já havia tentado ficar naquela posição mas acabou com a perna dormente e reclamou a transa inteira-Mesmo que entre gemidos- que não sentia a perna.

Ele começou a se mover ali com certa dificuldade mas logo estava subindo e descendo perfeitamente enquanto gemia manhoso próximo a meu ouvido.


-Tabi...se continuar assim.... eu vou...viu chegar "lá" logo!-Disse manhoso escondendo o rosto em meu pescoço.


-Então chegue...-Falei beijando seu ombro.


Foram ditas aquelas palavras e Jiyong ejaculou,eu sabia que não demoraria muito a respiração dele estava descompensada e eu me movia ainda dentro dele mas logo o derrubei na cama e cheguei a meu ápice,sorri de canto e deitei ao lado dele o abraçando.


-Eu te amo,Hyung!-Jiyong falou baixo e sorriu.


-Eu também te amo,gatinho!-Falei acariciando seus cabelos.


Os lábios de Jiyong foram de encontro aos meus e ele sorriu da forma mais doce que eu já havia visto.


-Seunghyun, já pensou em ter um cachorro?-Ele dizia me olhando calmamente.


-Eu não preciso de um!-Disse acariciando seus cabelos.


-E por que não precisa?-Perguntou curioso se aninhando em meus braços como um gatinho.


-Eu prefiro gatos!-Ri baixo.


Ele suspirou e beijou meu rosto logo rindo.


-Eu estou cansado,hyung!-Falou baixo.


-Durma,vai ser melhor!-Falei calmamente.


E foi assim que eu atualmente namoro Kwon Jiyong,um cão em pele de gato.

Normalmente diriam que ele é um lobo em pele de cordeiro mas não tem porte para ser um lobo,no mínimo ele seria um yorkshire micro de uma mulher rica mas eu o vejo como um grande Hotwaller que é mais dócil que um gato siamês.

Eu não entendo muito sobre animais mas posso afirmar que o meu cão está bem preso...


...



Quem deixou os cachorros sairem??




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...