História Bunny Boy - Capítulo 73


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Sistar
Personagens Jimin, Jungkook, Soyou, Suga, V
Tags Assassinato, Assassino, Jikook, Jimin, Jungkook, Suga, Suspense, Vkook, Vkookmin, Vmin, Yoongi
Visualizações 44
Palavras 395
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 73 - Sorry dad


Fanfic / Fanfiction Bunny Boy - Capítulo 73 - Sorry dad

O tempo foi passando, e com ele, TaeHyung começou a "sair" mais. Ele frequentava a casa dos Jung e os mesmos frequentavam a sua casa, esse era o tipo de liberdade que TaeHyung sempre sonhou em ter, e que só conquistou, graças a sua primeira fuga e pela mentira de seu pai, que foi desmascarada dá pior forma que o homem pudesse imaginar!

Com o tempo, os meninos se tornaram melhores amigos, dormiam um na casa do outro, saiam juntos, e os Jung até convenceram sua mãe de os mudar para a mesma escola de TaeHyung, e é claro que o menino ficou muito feliz em chegar na escola e encontrar seu amigo no mesmo lugar.

O fato era, quanto mais o tempo passava, mais curioso em relação ao mundo TaeHyung ficava, e mais preocupado seus pais ficavam. O mundo era novo para Tae, agir como uma pessoa dá idade dele, era mais novo ainda, e ter amigos então...

4 anos depois

- Mãe, cheguei..

Eram oito e meia dá noite de uma quarta feira, as quartas TaeHyung estudava na biblioteca local junto com Yoongi e Hoseok, seus pais estavam acostumados com isso mas, diferente dos outros dias, os pais do garoto não pareciam estar em casa.

A janta estava pronta, mas a mesa não estava posta. O garoto então comeu rapidamente e subiu para seu quarto, onde terminou suas atividades escolares e em seguida tomou seu banho. Já eram quase onze e meia dá noite quando TaeHyung se deitou para dormir, mas nada de seus pais! Eles não atendiam o celular e não respondiam suas mensagens, o garoto estava de fato preocupado..

Era madrugada quando o menino acordou com o barulho dá porta de seu quarto sendo aberta, era sua mãe, a mulher que tinha os cabelos recentemente descoloridos não carregava mais um sorriso no rosto, apenas tristeza e lágrimas. O garoto se levantou rapidamente e foi até a mãe, a abraçando, preocupado com o que poderia ter acontecido.

Foi então que a mulher explicou a situação, haviam assaltado o pai do menor enquanto o mesmo voltava para a casa, o assaltante atirou no homem que não resistiu. De fato, TaeHyung estava chocado e triste, ele amava o pai, mesmo com todos os defeitos do mesmo, ele o amava, e agora, mais do que nunca, sentia que devia ajudar e proteger a mãe de tudo e de todos a sua volta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...