1. Spirit Fanfics >
  2. Bunny Jump - Aidan Gallagher >
  3. A última morte...

História Bunny Jump - Aidan Gallagher - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️*aviso* isso é só uma fanfic ok? Não estou sexualizando ninguém, todos aqui são maiores de idade,e apenas uso o nome para compor uma história fictícia⚠️

*galera, vamos pra igreja comigo? Quem quer ir??, tô presisandoo*

Capítulo 13 - A última morte...


Fanfic / Fanfiction Bunny Jump - Aidan Gallagher - Capítulo 13 - A última morte...

Ainda naquela noite...

(⚠️⚠️se não gosta ou se sente desconfortável com HOT, desça até onde tiver outro aviso feito esse⚠️⚠️)

Aidan me pegou no colo e me levou até o seu quarto no andar de cima, chegando lá, ele me jogou em cima da cama, porém como sou esperta, inverti as coisas e fiquei por cima do mesmo, acabei tirando meu moletom graças ao calor, ficando apenas com minha regata, não tinha nenhuma intenção quando fiz isso, porém percebi oque fiz quando aidan me lançou um olhar malicioso.                                                                  Eu começei a o-beijar, até que ele se sentou ainda comigo sobre seu colo, ele arrancou minha blusa e admirou a "paisagem" por uns segundos, eu não costumava usar sutiã então...é...., eu fiz o mesmo com a camiseta que ele estava me dando a visão de seu peitoral; ele modiscava e chupava cada extremidade do meu corpo, com exclusividade meu pescoço, não demorou muito para que tirássemos nossas calças, e em um ato rápido aidan me deitou na cama e ficou por cima de mim, ele me beijava como se precisasse daquilo, até que uma de suas mãos desce até a minha amiguinha de baixo, ele massageava meu clitóris sobre o tecido da minha calcinha com movimentos circulares, oque era intensamente prazeroso.

--não vai gozar s/n?-- perguntou aidan provocativo 

--não-- disse s/n provocativa 

--ah não vai?-- sussurrou  aidan.

Dizendo aquilo ele arrancou minha calcinha e massageava meu clitóris usando dois dedos, eu tentava conter meus gemidos oque era quase impossivel, eu apertava os lençóis e mordia meus lábios para tentar os conter, tentativa falha.

--você me deixa maluco-- disse aidan avançando o pescoço de s/n

--a-h, a-aidan-- disse s/n entre gemidos

Quanto mais eu gemia mais ele sorria, e ele abriu um sorriso enorme quando sentiu que eu gozei.

--pareçe que acabou se molhando-- disse aidan erguendo a mão com o líquido. 

--não se preocupe, já chega sua vez-- disse s/n provocativa

Finalmente ele tirou a única peça de roupa que o faltava, eu sentia como se soubesse oque fazer,Pareçe que as aulas de ciências não foram tão inúteis afinal...inverti as posições e começei a cavalgar sobre o garoto, ele jogava sua cabeça para trás e apertava os travesseiros enquanto tentava segurar seus gemidos graças ao vizinho que já estava a-dormir, ver ele se contorcendo para não gemer era incrivelmente bom.

--a-ah s-s/n a-h-- disse o garoto entre gemidos.

Eu percebi que ele estava prestes a gozar, então parei oque estava fazendo.

--porque v-você parou?-- perguntou aidan ofegante.

--pode controlar agora-- disse s/n provocativa.

Aidan deu um sorriso de lado, e segurou firme em minha cintura, ele controlava com movimentos lentos, porém a intensidade ia aumentando cada vez mais, ele revirava  os olhos, oque me deixava extremamente excitada, até que sinto que ele finalmente gozou então fui até seu ouvido e sussurrei.

--eu disse-- sussurou s/n provocativa.

Todo o corpo dele se arrepiou.

--ah é?-- disse aidan.

Ele me colocou na posição do cachorro, e pegou um preservativo que estava no bolso da calça que o mesmo estava vestido minutos atrás.

--você trouxe um desses mesmo?-- perguntou s/n

--qual É! Minha mãe literalmente me obriga-- disse aidan fazendo ambos rirem.

Enquanto estávamos rindo, ele entrou em mim sem avisar, eu não pude conter meus gemidos e ele também não, começou com movimentos lentos de vai e vem.

--aidan-- disse s/n

--sim?-- perguntou o garoto 

--mais r-rápido-- disse s/n

--estava esperando você pedir-- disse aidan com AQUELE sorriso.

O ritmo estava rápido, e quanto mais ele aprofundava mais os nossos gemidos eram altos,o som de nossos corpos se chocando junto dos nossos gemidos ecoavam pelo quarto como música,até que finalmente os dois gozaram,já cansados, nos deitamos na cama e fiquei com minha cabeça encaixada em seu peitoral,ele fazia carinho em minha cintura e eu em seu cabelo, dali acabamos dormindo.

(⚠️⚠️pode ler a partir daqui⚠️⚠️)

No outro dia...

Eu acordei, aidan ainda estava do meu lado, ele dormia feito um bebê, tentei me mexer devagar para o mesmo não acordar, mais senti sua mão apertar minha cintura.

--já acordou?-- disse aidan com voz de sono.

--sim, e acho melhor se levantar-- disse s/n

--porquê?-- perguntou o garoto.

--já são 11:37-- disse a garota.

--e daí?-- perguntou aidan.

--temos que ir pra casa seu idiota-- disse s/n se levantando e indo até o banheiro.

Ainda estava sem roupa mais assim que me olhei no espelho as manchas roxas em em meu pescoço eram oque mais reluziam em mim.

--aidan-- disse s/n 

--oi?-- disse aidan.

--você viu oque fez com meu pescoço?-- perguntou s/n olhando para aidan pelo espelho.

--eu posso fazer denovo se reclamar-- disse aidan 

Eu reviriei os olhos e fui tomar banho.

Dias depois...

Dias se passaram e com eles, as pessoas também foram sendo mortas por mim e aidan, hoje finalmente será última pessoas que iremos matar, e por conhecidência, é uma mulher...como sei disso? Bem...vamos voltar para o presente... eu e aidan entramos na casa da última pessoa que vamos matar, ela estava fazendo maquiagem em seu rosto para algum evento certamente.

--hoje você fala-- sussurrou aidan.

--oi?-- sussurrou s/n

--deve ter alguma frase legal aí dentro, agora vai-- sussurou aidan

Ele literalmente me jogou atrás da moça, então apenas com a cara e a coragem, disse a primeira coisa que veio em minha cabeça.

--ah, tutorial de maquiagem? Me desculpe, não faço desses-- disse s/n brincando com sua arma

--AAAH!-- se assustou a mulher.

--mais...eu posso te oferecer meu preferido agora mesmo! Ele se chama..."assassinato"-- disse s/n apontando a arma para a mulher.

Aidan apareceu atrás de mim sem muita  enrolação. 

--não porfavor! Eu não!eu não mereço-- disse a mulher já em prantos

--ei, shii, tá tudo bem, se acalma-- disse s/n abraçando a mulher.

--obrigada por me entender-- disse a mulher ainda chorando.

--eu vou acabar com a sua dor agora mesmo-- disse s/n

Dizendo isso eu enfiei a faca que aidan me entregou segundos atrás nas costas da moça, e quando retirei a mesma caiu no chão ainda com vida.

--boa noite-- disse s/n atirando na cabeça da moça.

Agora sim! Ela estava morta, finalmente! Eu não aguentava mais matar pessoas innocentes, como não nos sujamos de sangue voltamos diretamente para a cada de Elizabeth.

Mais tarde....

Já estava deitada em minha cama com kiara do meu lado até que a porta do meu quarto se abre, era aidan! Ele veio até minha cama e eu me sentei.

--atrapalhei?-- perguntou aidan

--ah, não não, eu estava indo dormir agora,mais oque quer?-- disse s/n

--só vim dar um boa noite-- disse aidan.

--tá...boa noite-- disse s/n seca

--você me entendeu...nem um beijinho de boa noite?-- disse aidan.

Eu me aproximei da boca do garoto o fazendo não saber oque fazer, mais ao chegar perto dela eu ameaçei o beijar, mais não fiz isso.

-tá legal, provocar é uma coisa, mais isso já é maldade-- disse aidan e ambos riram

Dei um selinho demorado nele

--feliz?-- perguntou s/n

--não sabe o quanto-- disse aidan encerrando o beijo com um selinho rápido.

--até amanhã-- os dois disseram e riram ao perceber isso.

Ele saiu do meu quarto e kiara ficou literalmete com os olhos fixados em mim, por um segundo achei que ela estava me julgando sei lá, eu me deitei ao lado dela e peguei no sono 


CONTINUA........?????????




Notas Finais


⚠️*aviso* isso é só uma fanfic ok? Não estou sexualizando ninguém, todos aqui são maiores de idade,e apenas uso o nome para compor uma história fictícia, FICTÍCIA⚠️

*é a segunda vez q tô escrevendo está joça, pq o spirit me odeia*

*vo mijarKKKKKK cara vamos p igrejaa*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...