1. Spirit Fanfics >
  2. BunnyGirl- Castiel Amor Doce >
  3. Capítulo Três

História BunnyGirl- Castiel Amor Doce - Capítulo 3


Escrita por: serenadocete e b0onnie

Capítulo 3 - Capítulo Três


Fanfic / Fanfiction BunnyGirl- Castiel Amor Doce - Capítulo 3 - Capítulo Três

Castiel levantou e ficou de frente ao tal Lysandre.

— Você está sujando sua própria imagem, Castiel.— Disse Lysandre.— O que faremos? Me diga? O que iremos dizer?— Indagou o mesmo.

— Eu não não deitei com ela! — Se defendeu.

— Mas não foi isso que aquela foto mostrou.— Castiel revirou os olhos. Eu me levanto em cima da cama e vou até os dois.

— É melhor eu ir.— Sugeri, Castiel levou sua visão para mim e estava me olhando sério dessa vez. Aquele seu olhar com a pupila dilatada e o olhar de luxúria de hoje de manhã desapareceu.

— É melhor mesmo.— Concordou ele falando de um jeito ríspido.

— Ela não vai a lugar nenhum— Disse Lysandre.

— O que está dizendo?– Indagou Castiel cruzando os braços contra o seu peitoral.

— Você vai pagar pelas suas ações. Olha garota, você vem com a gente.

— Você não vai dizer o que vai fazer?— Lysandre apenas ignorou Castiel, e fez um sinal com os dedos pedindo para seguirmos. Eu sigo o Lysandre e saímos da casa de prostituição pelos fundos, onde não tinha ninguém, e um carro preto, uma BMW. Entramos dentro do carro, e estávamos sentados no banco de trás do carro.

Lysandre na frente, e Castiel sentado do meu lado com cara feia.

— Bom, primeiramente. Essa merda está se espalhando.— Comentou Lysandre.— Vamos para minha casa, e vamos resolver essa merda. Tive uma ideia para livrar a sua barra, Castiel. Mas isso depende da puta que você comeu.

— E-Eu não sou puta!— Me defendo, eu espero o Castiel me defender, mas o mesmo ficou de bico calado.— E-Eu já fiz o meu trabalho, quero ir para minha casa, e quero o meu dinheiro.

— Você nem se deitou comigo!!— Gritou Castiel para mim com a testa franzida.

— Por que você não quis!— Eu gritei de volta.

— Silêncio vocês dois!— Gritou Lysandre de volta.— Não interessa se transaram ou não. A carreira de Castiel está em jogo. Vocês poderiam parar com isso e ficarem quietos?— Eu revirei os olhos, e levei as mãos aos meus cabelos, tentando fazer um coque.

— Que saco, nunca faço o que eu quero.— Resmungou Castiel falando baixinho.

Ao chegarmos no apartamento de Lysandre, me sento no sofá preto, Castiel sentou em uma poltrona preta. Lysandre apenas se apoia numa mesa encarando nós dois.

— Bom, a cagada já está feita.

— Nossa! Muito obrigado por me lembrar, o velho de Alzheimer finalmente lembrou de algo completamente inútil — Retrucou Castiel.

— É o seguinte, eu tive essa ideia bem de repente. 

— Desembucha.— Castiel ainda estava sem camisa, e se inclinou curioso com o que o Lysandre iria falar.

— Vocês dois fingirem namorar pelo menos em 3 meses.

—  COMO QUE É O NEGÓCIO?!— Gritou Castiel. 

— Vocês dois me ouviram.

— Eu não vou conseguir viver com o Castiel se ele me tratar dessa maneira e outra coisa, quer saber? Não vou participar desse teatro!!— Falei grossa e ríspida.

— A Serena não quer— O Castiel deu um sorriso vitorioso enquanto eu me levantei.

— Serena, podemos fazer um acordo.— Propôs Lysandre. 

Engoli a seco e volto a me sentar.

— Que tipo de acordo?— Perguntei.

— Você vai fingir ser namorada de Castiel por 3 meses, em troca de 150 mil dólares para você se sustentar. Não vai precisar trabalhar em uma casa de prostituição e...— Eu o interrompo.

— Quero 150 mil dólares, e quero comprar um restaurante.— Lysandre ficou sem o que dizer, mas no final concordou.

— Bom, então está resolvido. — Diz Lysandre. —  Vamos levar você para casa, e amanhã resolvemos tudo, tudo bem?— Eu apenas assenti com a cabeça..

Saí do apartamento de Lysandre e voltei para casa, tomei um banho e fui fazer meu almoço. Fiquei o dia todo sem fazer nada.

Estava entediada e pensativa sobre o que aconteceu hoje mais cedo.

Ainda não acredito que vou fingir um relacionamento com um cantor que do nada ficou grosseiro comigo em troca de dinheiro.

Irei comprar um restaurante por dois motivos: primeiro eu amo cozinhas e segundo era o meu sonho desde meus 15 anos.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...