História Burn FireBlaze - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias High School DxD, Naruto
Visualizações 1.410
Palavras 2.925
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


1) FILHO& DA P&U&T.A! EU VOU DEGUSTAR SEU TRASEIRO! Sim, vc mesmo QUE PLAGIOU MINHA FIC E COM TODA CARA DE PAU DIZ PARA OUTROS VIADOS QUE FOI VC QUEM TEVE A PORRA DA IDEIA! VOU! ESPERO QUE MORRA ATROPELADO, FI DE EXU!
2) Meu pc deu problema e eu quase perdi td, então por isso demorei.
3)VOU LEVAR TODA SUA FAMILIA DE BARCO PARA O INFERNO, [email protected]Ç@DO!
4)Alguém leu minha fic: Deuses Coelhos? KaguxNaru? Consegue sentir semelhança a uma fic atual, escrita por um [email protected]? Não vou citar nomes, mas saiba que o nome do fi de exu começa com "Sa.." e termina com aquele sobrenome famoso|: "Uzumaki"
5)Só não vou denunciar porque exclui minha fic antiga... Ai vc ia ver. Eu passei foi meses escrevendo naquela merda. Planejando e remodelando, e não foi pra vc simplesmente se meter e roubar tudo! Mudou o nome dos deuses, e algumas ações. Mas minha pic!
APROVEITE O CAPÍTULO, ESSE KRL CONTINUA LÁ NAS NOTAS FINAIS! ((SE VC VIAJINH0 COMENTAR NESSA P0.RA, EU VOU TE ENXER DE XINGAMENTO, VC VAI APRENDER UNS 500 QUE NÃO CONHECIA!!!))

Capítulo 6 - Noite Quente


Naruto gentilmente se deitou em cima dela sem fazer, peso, e a beijou.

A garota retribuiu com felicidade, enquanto sentia Naruto começar a fazer pequenos movimentos dentro dela. Ela fechou os olhos, e abraçou-se ao loiro com mais força, enquanto soltava suspiros e gemidos de prazer. Seus lábios curvados para cima, e sua expressão graciosa a tornava tão bela que mesmo Naruto estava enfeitiçado.

Enquanto ele metia devagar nela, uma das mãos de Naruto se moveu até a cabeça de Kuroka a agarrou pelo pescoço de leve, enquanto empurrando-se para trás, se colocou sentado, com a Nekoshou em seu colo. A garota tinha as pernas firmemente agarradas ao redor da cintura dele, enquanto suas mãos abraçava sua cabeça com força, o puxando para mais perto.

E enquanto ela fazia isso, a mão dele saiu da nuca dela, e foi até as orelhas de gato, onde ele começou a acariciar perto do cabelo. No mesmo momento, Kuroka levantou o rosto, e abriu os olhos.

Ela encarou Naruto, e sorriu.

-Eu te... Arh... amo, Naruto ~ sama... Arh... - Ela disse, levando Naruto a sorrir.

O loiro apenas sorriu de volta. Não era segredo que ela o amava, e também não era segredo que ele amava ela. Os dois diziam isso constantemente, e só não haviam tido relações intimas antes por causa da promessa de Akeno e dela.

-Também te amo, Kuroka. - Ele falou, antes de beijar ela, enquanto continuava a acariciar sua cabeça. A outra mão viajando pelas costas dela, antes de chegar nos dois rabos que balançavam agradavelmente atrás dela. Ele os agarrou com delicadeza, e passou a ter sua mão subindo e descendo de leve por eles, fazendo o corpo de Nekoshou se encolher de prazer. Todos seus musculos estavam se contraindo em ondas.

Naruto não pode deixar de notar que Kuroka e Akeno, apesar de parecidas, ambas eram muito diferentes. Kuroka era amavel, e Akeno sedutora. Kuroka era animada, e Akeno mais retraida. Kuroka preferia coisas com calma, e Akeno mais rápidas. Kuroka gostava de coisas românticas, e Akeno de coisas selvagens. Kuroka era uma Nekoshou, um gato, e Akeno, um Anjo Caido, um passaro.

A única coisa parecida nas duas, eram a beleza, o seus corpos fabulosos, seu amor por Naruto, e seu cabelos pretos.

Já fazia cerca de 15 minutos que os dois estavam unidos em um, e até agora a velocidade ainda estava no normal, Naruto não tinha aumentado. As estocadas eram calmas e macias, da forma que ele sabia que Kuroka estava gostando.

Mas isso significava que ele estava ao ponto de enlouquecer, por isso, aos poucos a velocidade foi aumentando. Ele deu uma estocada, em seguida outra, tão rápido que Kuroka nem entendeu direito, antes de sentir-se sendo pressionada para cima mais uma vez.

-Kuro-chan... Desculpa, não consigo mais aguentar... - Ele falou, enquanto desceu suas mãos, e ficou segurando a cintura da garota.

Kuroka não disse nada, enquanto apenas se agarrou mais fortemente ao loiro, e deixou ele estocar mais depressa, enquanto suas mãos faziam ela subir e descer. Mordendo os lábios, Kuroka tentou reprimir os gemidos deliciosas.

-Não os segure, Kuro-chan... Eles são tão sexys e fofos de se ouvir... - Naruto pediu, e Kuroka não hesitou em soltar a língua. Seus gemidos passaram a se tornar mais e mais alto, e isso só parecia deixar ambos excitados.

A cada segundo, uma metida mais rápida iria sobrepor a outra, e sob esse tipo de pressão, Kuroka só poderia gemer, enquanto aos poucos o sentimento de mais um orgasmo chegando tocou-lhe.

-Vou gozar... Naruto-sama... Nya ~~ - Ela disse, enquanto sua bucetinha se apertou ainda mais ao redor do pau de Naruto, e um guicho forte saiu por ele, lubrificando ainda mais o pau, e permitindo-o ir ainda mais rápido.

O corpo de Kuroka caiu se forças sobre o de Naruto, que gentilmente a deitou de costas no chão e continuou metendo. Os peitos de Kuroka livres, ficavam subindo e descendo o corpo, tentando acompanhar a velocidade das estocadas rápidas.

A boca de Kuroka estava aberta em '0' perfeito, enquanto gemia sem parar. Um de seus olhos estavam semi-aberto e o outro fechado, e uma de suas mãos estava segurando a do loiro que segurava a cintura dela, e a outra sob o peito dele, como uma forma de o sentir-se mais perto dela.

-K-Kuroka-chan... - Naruto disse, a voz embreagada pelo prazer. - V-Vou gozar...

-G-Goze, g-goze... Arh... Tudo dentro de minha bucetinha, Naruto-sama... - Ela disse, a voz embreagada também.

Naruto nem sequer tentou segurar, quando a hora chegou ele gozou aos montes. Gozou tudo que tinha para jogar para fora, e ainda um pouco mais, enquanto completamente dentro dela, ele tentava brocar uma nova abertura, já que ele batia no útero da garota.

Kuroka soltou um gemido alto, enquanto aproveitou o sentimento de ser completamente preenchida.

Nessa hora, Naruto se abaixou e a beijou profundamente, enquanto dava ainda pequenas estocadas, como se colocando todo o restante que tinha para dentro do útero de Kuroka.

As pernas de Kuroka ainda estavam firmemente presas ao redor da cintura, como se ela se recusasse a larga-lo. Como se ela quisesse o manter para sempre com ela, dentro dela, sendo dela.

-Eu te amo, Kuro-chan. - Naruto disse, de repente.

-Também... Te amo, Naruto-kun. - Ela falou. Não era a primeira vez que ela chamava ele de 'Naruto-kun', mas era muito raro ainda. - Quer... Terminar de tomar banho?

-... Podemos ter mais dentro d'água? - Essa pergunta assustou um pouco Kuroka, na verdade... Só agora ela percebeu que ele na verdade ainda estava duro.

-... Se você for um bom garoto, e me chupar mais um pouco... Então, sim, nya~ ~

(…) Enquanto Isso... Mansão Gremory (…)

Adentrando na sua Primavera Quente particular, Rias não ficou chocada em ver Akeno ali dentro se banhando, o que realmente a deixou chocada, foi o fato de Akeno estar com suas duas asas de Fallen Angel para fora, enquanto dobradas para frente as acariciava.

Ao perceber que Rias havia entrado, Akeno tomou um leve, susto antes de se recompor.

-Buchou... - Ela disse, enquanto via Rias sentar-se ao seu lado, olhando para ela com curiosidade. Rias não disse nada, ela esperou Akeno dizer primeiro. - Você acha minhas assas belas?

-I-Isso... - A ruiva teve uma perda momentaria de sua fala. Ela não sabia se Akeno queria a resposta verdadeira, sim, ou a falsa, não.

Mas antes mesmo de poder responder, Akeno falou novamente.

-Naruto-kun... Ele disse que elas eram lindas, e que pareciam com as asas de um corvo... Sabe, eu gosto de corvos... Será que ele sabia disso? - Ela falava mas para si mesma, do que para Rias. Um sorriso bobo no rosto, enquanto acariciava suas asas. - Eu... Pareço uma adolescente boba apaixonada...

-Mas é isso que você é, não é? - Rias perguntou, séria.

Akeno riu suavemente.

-Sim... E me sinto tão feliz e bem por ser assim... Eu quero ser para sempre assim, e eu sei que é Naruto-kun que faz isso comigo... Eu o amo tanto, Rias... - Akeno falava, olhando para suas asas e para sua amiga. - Eu não quero que ele me deixa jamais.

-Conhecendo Naruto, duvido que ele te deixe algum dia... - Ela falou, uma pitada de ressentimento na voz.

As duas cairam em um silêncio breve.

Rias olhou para sua amiga, e depois abaixou o olhar, antes de abrir a boca. Alguns segundos se passarma, antes dela reunir coragem suficiente.

-E-E como foi... Você sabe... - Ela disse, envergonhada.

-Quando eu perdi minha virgindade? - Akeno disse, os olhos brilhando. - Foi perfeito... Ele era carinhoso, amoroso e perfeito... Ele me abraçou, e me dizia que me amava... Ele me acariciou e me masturbou, me chupou e até me fez gozar...

Os olhos de Rias cresceram, enquanto seu rosto ficou vermelho.

-Ele até mesmo me deixou ficar por cima depois. - Ela disse, com um sorriso. - Foi a melhor cena da minha vida. Naruto-kun me olhando por baixo, enquanto eu subia e descia, totalmente no controle...

-Não precisa descrever, Akeno. - Rias disse, com uma face séria.

Akeno olhou para ela, e dando um sorriso atrevido, respondeu.

-Desculpe, esqueci que você tem ciúmes. - Ela disse rindo.

-E-Eu não tenho ciúmes. - Rias respondeu, sua voz fraquejando.

-Ah, claro, buchou. - Ela sorriu. - E eu sou virgem.

Uma gota caiu da cabeça de Rias.

-... Você parece muito feliz com isso, não é? - Ela perguntou, um pouco sem graça.

Akeno riu de leve.

-Ufufu, claro que sim, Rias. - Ela disse, um rubor no rosto. - Nosso sexo ontem foi a prova máxima de amor entre nós dois... A forma como ele me agarrou e me beijou apaixonadamente... Foi tudo tãooo ~~~ - Ela suspirou, e não continuou.

Rias a encarou, e depois suspirou também, de forma triste.

-O que foi, Rias? - Akeno perguntou, com carinho e cuidado.

-Nada... É só que... Eu fiquei pensando se minha primeira vez seria assim também... Até que me lembrei que vou me casar com... - Cara de nojo, e um tremor de espinha nas duas. - Rizer...

Akeno riu.

-Eu duvido muito que você se case com ele, Naruto-kun não iria permitir. - Ela disse. - Ele nunca deixaria sua melhor amiga se casar contra sua vontade.

-Pensei que a melhor amiga era você, já que é a namorada dele... - Rias falou, ressentimento na voz.

-Ara? Como eu poderia competir com alguém que sempre esteve com ele? - Ela perguntou. - Nós dois sermos namorados é apenas.. Laço do destino? Aposto que você seria se não fosse eu... Claro, você ainda teria que o dividir com Kuroka.

-Hpft! Eu certamente não vou me casar com Rizer, e certamente meu marido não terá outra além de mim. - Rias falou, séria. - Agora vamos mudar de assunto, porque esse esta meio estranho.

-Oh, claro. - Akeno imediatamente concordou. - Você já estudou para a prova que vamos ter amanhã?

-... Pode ser outro assunto?

(…)

Sentada na beira da banheira, com as pernas bem abertas e com uma cabeça cheia de cabelos loiros, entre elas, estava Kuroka. Que no momento tinha sua intimidade chupada por Naruto.

-Arh! Nya, i-isso! A-A-Agh! M-Mais forte! M-Mais forte! - Ela gemia alto, suas mãos parecendo querer arrancar o couro cabeludo do loiro, de tão forte que ela apertava. - SIM! Naruto-sama~~! C-Continua chupando! Kuroka-chan vai gozar! Vou gozar! E-Eu... Nyaa~~~~!!! - Soltando um gemido felino alto, o corpo de Kuroka convulcionou, enquanto ela esticou as pernas tanto quanto possível, parecendo querer as quebrar com a própria força do corpo.

Um tremor percorreu toda a extensão de seu ser, enquanto mais e mais liquido adentrava na boca de Naruto, que chupava ainda com força, mesmo enquanto ela gozava.

-Oh meu Deuuuusss! - Ela gritou em delirio, e nem mesmo o choque em sua mente a fez perder o prazer que sentia. -E-Eu vou gozar de novo, nya ~ ~ aaa! - Ela gritou bem alto, enquanto novamente mais uma onda de prazer chegou até ela como uma onda quebrando em um pedra alta.

Dessa vez, ela não esticou eu corpo, ela o encolheu, parecendo querer se tornar o menor possível. Ela fechou suas pernas ao redor da cabeça de Naruto, enquanto curvou seu corpo para frente, colocando os seios acima da cabeça dele, e sua cabeça apoiando sim neles. Seus lábios tremia, enquanto ela deixava gemidos de prazer escapar.

-Oh, fuck! - Ela gritou. - Arh~~~ I-I-Isso é tão bom! Não pare Naruto-saaamaa~~! - Ela gritava enquanto o orgasmo continuava.

A língua de Naruto ainda dentro dela, brincava por toda sua extensão, hora ou outra saindo e passando pelas coxas cheia de chupão e pelo clitoris excitado. A sua bucetinha, nunca parando de emanar o liquido de amor, que fazia o loiro tão excitado.

-Nya~~~~aaaa! - Finalmente terminando de gozar, Kuroka soltou um gemido alto de prazer, enquanto manteve-se apertada contra Naruto. Toda sua buceta latejava, e ela sentia-se como se seu corpo estivesse banhado em águas quentes e ao mesmo tempo frias.

Seu corpo resistiu nessa posição durante alguns segundos, antes de finalmente se soltar e cair deitada no chão de madeira ao lado da banheira. Ela soltou algumas respirações pesadas, antes de voltar para dentro da água, onde Naruto estava olhando para ela maliciosamente. Seu membro duro era visivel abaixo d'água.

-Gostou Kuroka-chan? - Naruto perguntou.

-Kuroka-chan gostou. - Ela falou se aproximando, e encostando o corpo contra o dele. Uma de suas mãos no peito dele, e a outra segurando seu membro, e o acariciando de leve. - Por isso, Kuroka-chan vai lhe dar um prêmio, Naruto-sama~~

Virando-se Kuroka, agora ficou de costas para Naruto. O membro dele esfregou contra sua bunda rechonchuda, e pulsou.

Ela apertou-se mais contra ele, fazendo-o soltar um rosnado de prazer, enquanto envolvendo suas mãos ao redor do corpo dela.

Mas antes de poder terminar o processo de a envolver em um abraço, a mesma se afastou e foi novamente para a borda, onde ela ficou de costas para Naruto, e deitando a parte superior de seu corpo sobre a borda, ela deixou sua bunda ainda mais notavel.

Ela colocou um braço como apoio, enquanto virando o rosto para olhar para o loiro, ela estendeu uma de suas mãos, e puxou uma banda de sua bunda. Abrindo seu cuzinho rosado.

-Aqui Naruto-sama... Experimente esse buraquinho apertado de Kuroka-chan, nya~~... - Ela gemeu de leve devido sua própria estimulação. Seu cuzinho abrindo e fechando de leve, fez os olhos de Naruto quase virar para trás de desejo.

Ele se aproximou segurando seu membro, e colocou na entrada do cuzinho de Kuroka, fazendo um pouco de pressão, e depois soltando.

-Nya ~~ a… - Ela gemeu enquanto fechando os olhos, e mordendo os lábios. Naruto fez um pouco mais de pressão, e mais um gemido saiu da boca dela. - Nya ~ ~

Ela fechou fortemente os olhos esperando aquela dor aguda sobre a qual ela tinha lido, mas ela não veio.

Ela olhou para trás sem entender.

-Porque parou, Nya? - Ela perguntou. - Achei que fosse comer minha bundinha...

-E vou. - O loiro sorriu, enquanto se levantando da água, e ajudando Kuroka a se levantar também. Ele estendeu a mão e pegou duas toalhas, na qual entregou uma para ela, e outra para ele próprio. - Só acho que você deveria perder pelo menos uma virgindade na cama, não pensa o mesmo?

Kuroka olhou para a cama, que era visivel devido a porta do quarto esta aberta, e acenou.

-Sim, acho que lá pode ser bom também. - Ela concordou. - Mas nós vamos ter que reiniciar. - Ela disse de repente.

-Reiniciar, como assim? - O loiro não entendeu.

-Começar do inicio, nya. - Ela falou. - Primeiro nos beijamos, depois vem você chupar meus peitos, eu apertar seus cabelos, depois você chupa minha bucetinha, ai eu te chupo, e depois você se coloca entre minha pernas. Nós fazemos sexo, ambos gozamos, ai depois você me coloca de bruços, me excita, e em seguida penetra minha bundinha.

O loiro sorriu.

-Ou... - Ele falou, enquanto que em um movimento rápido, suas mãos agora estava apertando os seios de Kuroka, enquanto ela própria estava com as mãos e o rosto na parede do banheiro. O loiro se colou atrás dela, seu pau roçando sua bunda. - Eu poderia simplesmente te comer aqui.

Kuroka soltou um gemido.

-I-Isso... Também é aceitavel... - Ela falou, um gemido soltando de seus lábios a cada palavra. - Nya~~~

O loiro sorriu, antes de a soltar e ir andando em direção a cama.

-Não, prefiro na cama. - Ele sorriu.

Kuroka ficou parad aum instante, antes de olhar para ele, novamente confusa, antesde com uma falsa raiva.

-Idiota! Não brinque comigo assim! - Ela reclamou. - Só por causa disso, agora eu estou com vontade de dormir, nyaa! Não quero mais fazer sexo com você!

Naruto olhou para ela, surpreso.

-Sério?

Kuroka sorriu.

-Não, mas eu poderia! - Ela disse, enquanto de jogando na cama debaixo dos lençóis. Naruto retirou a toalha e se juntou a ela, a abraçando com força. - Eu te amo, Naruto-sama... - Ela falou, sentindo a respiração e o corpo quente de Naruto tocando suas costas e pele. Ela soltou um suspiro misturado com um gemido leve com isso.

-Também te amo... - Ele respondeu, enquanto uma de suas mãos guiava seu pau em direção a bunda de Kuroka, onde ele começou a fazer pressão. Kuroka utilizou uma das mãos para puxar metade da bunda para um lado, deixando-a mais espaçosa para o pau entrar.

Naruto com cuidado penetrou lentamente, abrindo pouco a pouco toda a extensão anal de Kuroka.

-Arh... Naruto-saaamaa... - Ela gemia levemente, o rubor em seu rosto a deixava linda. -

-Desculpe por fazer doer... Kuroka-chan. - Naruto disse, ao terminar de penetrar completamente.

Uma de suas mãos viajou pela cintura dela, e passou entre suas pernas, tocando sua bucetinha, onde ele começou a acariciar lentamente as bordas.

-Naruto-sama... Me masturbando... - Ela gemeu feliz. - Isso é tão... B ~ o ~ m

-Você gosta, Kuroka-chan? - Ele sorriu, enquanto começou a puxar a cintura para trás. No mesmo instante o cuzinho de Kuroka sentiu uma pequena dor aguda. Ela mordeu o lábio, sabendo que o loiro tinha iniciado os movimento de vai e vem. - Eu vou começar devagar, ok?

E em meio a noite... Os gemidos de Kuroka começaram a se propagar pelo quarto.


Notas Finais


Alias, vou denunciar essa porra sim. Eu ainda tenho a fic no Nyah, posso usar o link e comparar trechos e ideias.
Putaço! NÃO TEM CAPÍTULO EM KARALHO NENHUM ATÉ EU DECIDIR QUE TO MENOS PUTO!
FILHO DE UMA SENHORA RESPONSAVEL, QUE SATISFAZ OS BRODI NA CAMA... NO CHÃO, PQ SUA MÃE É UMA BOA PESSOA NO QUE FAZ! ELA SABE CM MEXER O KRL DA LINGUA!

VC DESGRAÇADO! MORRA! VOU LEVAR TODA SUA FAMILIA COMIGO PRO INFERNO! DESGRAAAAA...AAAAA! TO MUITO PUTT0!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...