História Busan Detectives - TaeJenKook - Capítulo 3


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Ciclo, Jennie, Jungkook, Mistério, Outubro, Project_kpopers, Viih_mochi13
Visualizações 18
Palavras 826
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, mochis

Turu pão?

Faltam mais dois capitulozinhos...pru

Capítulo 3 - Jeongsan


Fanfic / Fanfiction Busan Detectives - TaeJenKook - Capítulo 3 - Jeongsan


— vamos aproveitar que a delegacia está vazia e vamos lá agora. Não vamos descansar até descobrirmos o que aconteceu, Jen! — disse Taehyung de forma carinhosa. Lhe partia o coração ver Jennie tão frágil — vamos só se quiser, se você não estiver com cabeça para isso podemos descansar!

— Não! Vamos na delegacia. Vamos também até a casa de Jeon — disse Jennie decidida.

— Acho melhor não. Não temos um mandato para isso...— Taehyung coçou a nuca nervoso. Estava sob um muro, da qual não sabia para qual lado cair.

— Taehyung! Meu emprego está em jogo, sabe o quanto amo fazer isso. Esse caso realmente está mexendo comigo, não só comigo, mas com você também. E tem um homem morto no meu portão. Taehyung não posso deixar mais pessoas morrerem, não posso deixar que matem você.

— Vamos pelos fundos. Não vai chamar atenção de nenhum policial, ainda não está tão tarde. Se formos rápido podemos conversar com o Senhor Jeon, enquanto vocês falam com ele eu analiso a casa! — uma outra voz surgiu na conversa. Jennie e Taehyung olharam para trás assustados e viram Namjoon pegando a chave do carro — Que foi? Eu também quero ajudar, é meu trabalho também.

— Sim! Vamos pelos fundos. — Jennie afirmou guiando os Kims até os fundos da casa. Foram ligeiramente até o carro de Namjoon que estava do outro lado da rua. Jennie se sentou atrás e Taehyung e Namjoon foram sentando na frente, com Namjoon dirigindo.

— Avistamos Park Jimin hoje. Ele estava estranho, na floresta, tentamos falar com ele gentilmente, mas ele não estava afim de conversar! — Jennie comentou com Namjoon mentindo na parte do "gentilmente" .

— Fala sério. Acham que irei cair nessa? Aposto que correram atrás do menino, jogaram ele no chão e ameaçaram ele! — supôs Namjoon de forma confiante, Conhecia seus colegas de trabalho.

— Você não está errado, mas pelo menos eu joguei ele no chão de forma gentil. — Taehyung disse antes de cair na risada sendo acompanhado por Jennie e Namjoon. Mesmo com um caso sério não conseguiam parar de brincar. Isso era muito estranho, Namjoon era o mais centrado entre eles e agora ria como se essa fosse a piada do ano.

Ao chegarem na mansão Jeon, saíram do carro e tocaram a campanhia. A porta foi aberta por Jeongsan, o irmão mais novo de Jeon Jungkook.

— Somos os detetives de Busan. Poderíamos falar com o seu pai? — disse Taehyung sério — estamos reabrindo o caso de Jeon Jungkook.

— p-por que estão reabrindo o caso? Seus...— Jeongsan iria fechar a porta, mas Jennie colocou o pé na mesma impedindo que a mesma fosse fechada.

— Chame o Senhor Jeon! — ordenou e o garoto de 17 anos engoliu a seco.

— O que querem comigo? — Senhor Jeon apareceu na porta curioso. Com o seu terno preto feito sob medida, sua postura arrogante não muda, assim como sua cara fechada.

— Boa noite. Somos os detetives de Busan, estamos aqui para rever o caso Jeon Jungkook. Poderíamos falar com o senhor? O caso foi reaberto — disse Jennie.

— Não quero que o caso seja reaberto. Jungkook está morto, vimos o corpo dele sem vida!— alegou o Pai de Jungkook.

— Senhor, não precisamos de sua permissão. Vamos descobrir o que aconteceu custe o que custar! — Taehyung respondeu sem paciência.

— Eu vou chamar a polícia se não sair daqui! — Senhor Jeon se alterou batendo o pé no chão irritado.

— Bom... Nós somos a polícia! — NamJoon se pronunciou pela primeira vez desde que chegaram.

O celular de Jennie e Taehyung tocou. Uma notificação de que uma mensagem de voz havia chego

Os Kims se entreolharam aflitos, enquanto Sr Jeon os encarava sem paciência.

— Vieram aqui para tirar o meu sono? — perguntou impaciente.

— Desculpa Senhor, mas acho que ninguém em sã consciência iria dormir de terno. — Taehyung disse desbloqueando o celular para ver o que era. Assim como Jennie também fazia.

"Que divertido. Vamos brincar, okay? Querem saber o que aconteceu...mas.... não será tão fácil. Tente nos achar detetives patéticos de Busan, tão idiotas..."

Jennie mostrou a mensagem para Namjoon e tirou print, só para ter certeza de que não perderia

— Vocês tem um mandato? — Indagou Jeongsan

— Não, mas não estamos invadindo a casa de vocês — ainda — e vocês tinham a opção de nos receber...isso foi escolha de vocês.

— Cachorra! Cala a boca, você que colocou o pé na porta — Jeongsan se exaltou. Sr Jeon nada dizia, apenas observava.

— Cachorra? Isso deveria ser ofensivo? Os cachorros são tão legais. Vou levar isso como um elogio — Jennie sorriu provocativa.

De repente os Kims ouviram disparos e se entreolharam curiosos

— Não vão ver o que é? — Jeongsan perguntou sorrindo — se eu fosse você eu me preocuparia.


Notas Finais


Logo a fic não será mais de minha autoria...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...