História Business - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Jiraiya, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Anime, Itachi, Itadei, Kibaneji, Narusasu, Naruto, Romance, Sasuke, Sasunaru, Shikaino, Uchiha, Uzumaki, Yaoi
Visualizações 30
Palavras 1.858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, LGBT, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi, gente!
essa é a minha primeira fanfic, espero que gostem!

Capítulo 1 - Trocas


já passava das onze quando suigetsu ligava pela décima vez para sasuke, ja que o moreno não dava sinal de vida desde a noite passada, na qual estava com o melhor amigo comemorando o término da faculdade.

sasuke havia acabado de se formar em finanças, com o intuito de abrir seu próprio negócio, pois tinha deixado bem claro a toda sua familia que não seria seguiria a tão respeitada e famosa hierarquia dos uchiha na empresa da família.

o hozuki já estava desesperado.

sabia que sasuke dormia como se estivesse morrido depois que bebia ou transava, e como havia feito as duas coisas ontem, estaria literalmente morto na cama e so voltaria ao seu estado vivo depois das três da tarde e olhe lá.

ligou mais uma, duas e finalmente a ligação foi atendida.

o loiro quase pulou de alegria e alívio quando ouviu a voz do melhor amigo do outro lado da linha:

- suigetsu... - disse em um misto de sono e irritação - porra, o que você quer?!

o hozuki quase gritou de raiva quando viu que o amigo realmente não sabia o que teria hoje.

- bom dia pra você também, sasuke. - suigetsu apesar de sempre ser uma pessoa muito hiperativa e extrovertida, possuia um tom de voz muito neutro e isso, na maioria das vezes, o ajudava em momentos como aquele. - por acaso sabe que dia é hoje?

sasuke pulou da cama tão rápido que foi incrível não ter tropeçado e caído.

- quarta-feira... o meu primeiro dia no trabalho. - ja estava com a toalha nos braços enquanto tirava as roupas do corpo.

- agradeça o melhor amigo que você tem, uchiha desgraçado, se não fosse eu, você perderia o caralho do emprego que tanto lutou pra conseguir, seu filho da puta! - sasuke revirava os olhos a cada palavra dita por suigetsu, ele era insuportável quando queria. - você não é nada parecido com a sua família, seu bastardo, eu to tão puto por estar me preocupando com você qu-

- suigetsu, para. - sasuke disse firme, encostado no batente da porta do banheiro. - você fala como se itachi fosse melhor que eu, e pelo amor de deus, eu nunca me atraso pra nada, hoje foi uma excessão, tenho que me arrumar, tchau, eu amo você. - assim, a ligaçao foi encerrada.

sasuke nunca foi de demonstrar seus sentimentos para ninguém, ninguém mesmo, isso sempre foi um obstáculo e tanto pra ele, já que as pessoas nunca entenderam sua maneira de amar, apenas suigetsu, seus pais e irmão.

o uchiha demorou muito pra desenvolver essa liberdade com o melhor amigo, apesar do hozuki ser muito aberto e sentimental, sasuke não conseguira isso tão facilmente, então cada vez que ele fala "eu te amo" ou algo assim, é realmente recíproco e especial.

tomou banho correndo, escolheu uma calça jeans de lavagem escura que agarrava seu quadril, uma camiseta toda branca e uma bota de cano baixo de couro preta.

sasuke sempre teve um bom gosto, seja para roupas, musica, filmes, móveis, sempre fora um rapaz muito organizado e centrado, por isso todo o clã uchiha depositava o império nas costas do menino, mesmo ele mostrando que não seguiria com nada daquilo.

celular, chaves do carro e carteira pegos, trancou seu apartamento mediano, porém de classe alta, e pegou o elevador, indo para a garagem e entrando no seu mitsubishi lancer preto.

o uchiha veio de familia rica, por isso nunca se importou em mostrar sua condição para ninguém, gostava de ter dinheiro e trabalhava por si próprio para não depender de seus meios familiares.

após pouco mais de vinte minutos estava no prédio do seu novo emprego.

sasuke entrou no local, observando tudo e todos, e se dirigiu até um balcão extenso, pigarreando para atrair a atenção da moça de olhos perolados que mexia no computador.

o moreno leu "hyuuga hinata" no crachá e estranhou, conhecia aquele sobrenome.

- boa tarde, no que posso ajudá-lo? - apesar da hyuuga ter um jeito timido e delicado, era muito educada e inteligente, e possuia uma postura impecável.

- boa tarde, sou sasuke uchiha, vim p-

foi interrompido com uma mão em seu ombro, se virou rapidamente, dando de cara com um homem alto, de cabelos brancos, que aparentava ter por volta dos 50 e possuia um sorriso amistoso no rosto.

- sou jiraya, seu chefe de hoje em diante! - o mais velho disse com ânimo, dando ao uchiha uma boa sensação de conforto. - venha filho, vou te apresentar tudo e depois vamos resolver algumas coisas na minha sala.

sasuke concordou com um sorriso sem mostrar os dentes, andando ao lado do mais velho.

[...]

após o moreno ter conhecido toda a empresa e alguns de seus futuros colegas de trabalho, sasuke estava na sala de jiraya, conversando e tirando algumas duvidas quando gritos começaram a ecoar no local.

- SENSEI, EU NÃO AGUENTO MAIS A SAKURA! - um jovem de aproximadamente 20 anos, de cabelos loiros, brilhantes olhos azuis e curiosas marcas de bigode de raposa nas bochechas chegou gritando, batendo as portas da sala do sennin.

sasuke se sentiu intrigado com a presença do loiro, e torceu o nariz, mostrando sua irritação com o barulho, o uchiha odiava pessoas barulhentas demais, o que era contraditório pois suigetsu, seu melhor amigo, era a propria personificação de barulho e bagunça.

- naruto! sua mãe não te ensinou a ter educação? por que está gritando desse jeito, moleque? - o de cabelos brancos perguntou com preocupação e um pouco de indignação pelo barulho feito.

- sensei, a sakura é in-su-por-ta-vel! - disse pausadamente, passando a mão pelos raivosos fios dourados. - ela acha que pode mandar em mim, só fica reclamando de tudo o que eu faço, quero que o senhor troque-a de sala!

sasuke não estava entendo absolutamente nada do que naruto dizia mas estava achando engraçado o jeito eufórico do loiro, parecia uma criança.

jiraya massageou as têmporas e respirou fundo antes de falar:

- naruto... é a terceira vez que você quer trocar... - disse olhando fixamente para o de cabelos loiros.

- logico, o senhor só me coloca com porre, primeiro foi com neji, aquele hyuuga desgraçado e depois com sakura, aquela descontrolada! - naruto dizia genticulando de forma agitada.

sasuke ligou os pontos, sabia que conhecia o sobrenome hyuuga de algum lugar, conhecia neji.

hinata deveria ser a irmã mais nova que ele havia comentado com sasuke antes de se atracarem feito coelhos na boate que o uchiha tinha ido com suigetsu na noite de terça-feira.

- você conhece o neji? - fora a vez de sasuke entrar no meio da conversa.

- aquele imbecil de cabelos longos? ah, conheço! - naruto disse fazendo uma careta antes de encarar o moreno. - espera... quem é você?

- esse é sasuke uchiha, ele irá ficar na mesma sala que você. - jiraya disse, já sem muita paciencia. - sasuke, esse é naruto uzumaki, a partir de hoje vocês dividirão uma sala.

sasuke fechou a cara.

o corvo não gostava nenhum pouco de compartilhar suas coisas com terceiros, ainda mais com um garoto bagunçeiro e barulhento.

- naruto, agora leve o sasuke para a sala de vocês, ajude-o a arrumar tudo e peça para a haruno vir aqui. - jiraya disse, acenando para os dois jovens.

o uchiha se levantou, fazendo uma breve reverência e se retirando da sala junto ao uzumaki.

os dois seguiram para o escritório em silêncio, num clima de estranheza.

ao entrarem, sakura estava concentrada escrevendo algo em uma planilha.

a de cabelos rosa os encarou, mais especificamente encarou sasuke, praticamente comeu o moreno com os olhos de cima a baixo.

- sakura, felizmente eu não preciso mais dividir essa sala com você-

foi interrompido pela rosada:

- ja entendi naruto... pode ir, eu me viro com o meu novo colega de escritório - disse, encarando sasuke de forma descarada.

o uchiha olhou para naruto, meio que pedindo ajuda via olhar.

o loiro riu, passando a mão na cabeça da rosada.

- sakura, sakura... você não existe.   - naruto disse negando algumas vezes com a cabeça. - sasuke é meu colega. agora pode ir, jiraya quer falar contigo.

a haruno encarou naruto, estava com raiva, queria muito dividir a sala com o moreno bonito, mas como sempre jiraya deixava naruto fazer o que quisesse.

- uzumaki insuportável. - a jovem pegou sua bolsa e praticamente jogou todas as suas coisas dentro e saiu, batendo a porta com uma força questionável para uma mulher daquela altura.

naruto sorriu aliviado, encostando-se na sua mesa com os braços cruzados, dirigindo o olhar para o uchiha que parecia ignorar a existencia de si.

- sasuke... então você é o caçula dos uchiha, sempre tive vontade de conhecer um de vocês, sua família é bem famosa... - o loiro disse, num tom debochado e meio entediado, sorrindo ladino.

o moreno, que era alguns poucos centímetros mais alto que naruto, o encarou, dando um riso soprado.

- fico feliz em ser o primeiro uchiha que você teve a honra de conhecer, uzumaki. - sasuke sorriu arteiro, se sentando em sua cadeira.

[...]

naruto estava intrigado com a presença de sasuke ali, já se passava algumas horas que eles estavam na mesma sala, o moreno estava concentrado anotando algo e parecia ter esquecido que havia outra pessoa consigo.

"ele sequer disse uma palavra...", naruto pensou, perguntando-se o que se passava na cabeça do mais velho.

- ei, uchiha. - o loiro disse, atraindo a atenção do corvo. - por que decidiu trabalhar aqui? pelo o que eu sei, você deveria seguir com o legado do seu clã...

sasuke o encarou, soltando a caneta que possuía em mãos, encostando as costas na cadeira e soltando um breve suspiro, antes de responder:

- não vou prosseguir com os negócios do papai, sempre tentei deixar isso claro pra minha família e pra mídia em geral, mas acho que não funcionou... - sasuke disse, tamborilando levemente os dedos sobre a superfície da mesa.

o sobrenome uchiha é conhecido em todo país, quase a família inteira é do ramo da mídia, sua mãe, uchiha mikoto, é uma das estilistas mais renomadas do japão, seu irmão mais velho, itachi, é modelo e de vez em quando desfilava ou posava com as roupas desenhadas pela mãe.

- entendo... - o uzumaki respondeu, meio pensativo, queria saber mais sobre o moreno, mas não queria invadir seu espaço. - e qual a sua com o neji? de onde você conhece o idiota?

sasuke encarou o uzumaki, mordendo a língua para não rir da curiosidade indisfarçada do rapaz loiro e de bonitos olhos azuis.

- hn. - resmungou, irritando naruto. - conheci o hyuuga numa... festa. somos conhecidos. - falou de forma direta, com seu tom de voz firme e profundo, deixando naruto ainda mais curioso e ansioso.

várias coisas passavam pela mente do uzumaki, sasuke o intrigava, ele queria saber mais e mais sobre o rapaz alto, bonito e tão misterioso, não sabia o porquê da presença do uchiha o afetava tanto, mas sabia que os dois ainda iriam se aproximar, de incontáveis formas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...