História Butterflies... - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson
Visualizações 26
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💖
Comentem 💖

Capítulo 42 - Deu ruim!


-Eu já estava enlouquecendo de ciúmes ali atrás isolado e tudo chegou a gota d'água quando Nayara o abraçou e lhe deu um beijo na bochecha, qual é o problema da Nay? Por que está fazendo isso comigo?

-Michael vem pra cá! -Jessie me chamou.

-Não! Tudo bem, eu estou bem onde estou obrigada! -Ela entendeu e aceitou, Nayara nem pra olhar pra mim ela não olha! O jeito foi continuar os observando pois não queria me passar por namorado ciumento!

-Jessie e o Eduardo? Ele não viria com vocês? -Nayara perguntou ao largar de Lucas.

-Sim eu já ia me esquecendo de dizer que ele não poderia vir! Ele aprontou e precisou trabalhar até hoje para cumprir com o suas tarefas!

-Ah! -Ouvi tudo bem ali atrás.

Alguns minutos depois...

-Estava super hipnotizado no filme mais Nayara interrompeu ao levantar de seu lugar.

-Lucas você me ajuda a fazer a pipoca? -Perguntou ela.

-Claro! -O mesmo levantou e então seguiram para a cozinha, eu tentei não ligar muito mais foi inevitável soltar uma bufada de ciúmes que até Jessie e Vitória perceberam.

-Os minutos iam passando e passando o filme estava na metade para o final e os dois não apareciam, eu não fui o único a perceber.

-Nossa como eles estão demorando! -Jessie comentou.

-Verdade!

-Acho que vou até lá! Você vem comigo Michael? -Perguntou.

-Eu irei sim! -Falei nervoso já imaginando coisas. Jessie eu então seguimos também para a cozinha mais antes mesmo de chegar lá vimos o Lucas e a Nayara sentados no sofá da sala... Se beijando??

-O que significa isso? -Perguntei sem acreditar e ao me aproximar, Jessie estava com a mão na boca de surpresa.

-Mi-Michael? -Nayara gaguejou.

-Não é nada do que você tá pensando! -Lucas levantou para se aproximar de mim mais o empurrei de volta no sofá.

-EU NÃO SOU IDIOTA! -Gritei bravo.

-Michael se acalma! -Jessie pediu mais a essa altura eu já não aguentava segurar a raiva e o ciúmes.

-Jessie por favor não me pessa para me acalmar! E vocês eu quero que me expliquem que merda estavam fazendo?

-Nós estávamos conversando você que viu algo a mais! -Tentou se explicar.

-Nayara eu não estou ficando louco muito menos cego! Eu vi o que eu vi!

-Michael você precisa se acalmar ou vai acabar fazendo uma besteira! -Lucas pôs sua mão em meu ombro enquanto falava, eu apenas olhei para sua mão e em seguida para seu rosto.

-Não me pessa para me acalmar! -Lhe dei um soco no estômago, agoniado caiu no sofá, Jessie correu para me segurar enquanto Nayara, se aproximou  para ter certeza de que eu não havia feito algo pior ao Lucas.

-Michael calma é só uma trollagem! -Jessie falava e eu não sabia o que pensar.

-Michael você tá ficando louco? -Nayara perguntou um pouco brava.

-E-eu vo-vou embora! -Falei e em seguida me dirigi até o quarto de Nayara, peguei a chave do meu carro e sai tão apressado que ninguém pode me impedir.

Por Nayara...

-Ele realmente havia caído na pegadinha! Estava tão bravo que falou um palavrão, coisa que ele só fala quando está sentindo prazer ou no caso, quando está com raiva! Eu não esperava que Michael iria dar um soco no estômago do Lucas, a culpa era minha por ter brincado com ele.

-Me desculpe Lucas! Não sabia que ele iria reagir desse jeito! -Falava para Lucas que estava deitado ao sofá agonizando de dor.

-Tu-tudo bem Nay! Não esperávamos por isso! -Sorriu mais ainda sim me senti culpada, Vickie logo apareceu e perguntou o que estava acontecendo, eu não pude dizer nada apenas ajudei Lucas a tomar um remédio para dormir enquanto com a ajuda de Vickie, Jessie massageava com cuidado o vermelhidão que ficou em sua barriga.

(...)

-Logo que as coisas se acalmaram de fato eu e as meninas fomos conversar, Lucas estava dormindo no quarto de hóspedes, era o efeito que o remédio para dor causava.

-Oh meu Deus estou tão envergonhada! -Comentei com a mão na cabeça.

-Calma Nay! A culpa não é sua!

-É sim Jessie! Fui eu quem tive essa idéia louca e agora o Lucas está com um enorme machucado na barriga e Michael sumiu!

-O Lucas vai ficar bem! E o Michael deve ter ido para casa de tão envergonhado que ficou, calma Nay, isso só prova o quanto Michael é louco por você! -Vickie sorriu ao dizer tudo aquilo o que me deixou super bem.

-Ah amiga! -Lhe abracei.

-Agora vá atrás dele, ficaremos aqui e se o Lucas acordar iremos cuidar dele okay?

-Tá bem! -Sorri para as duas e com a roupa do corpo sai, peguei minha moto e sai.

Chegando a casa de Michael...

-Estacionei a moto e desci, corri até a porta de sua casa e bati nervosa a sua procura.

-Michael você tá aí? -Não obtive respostas. -Michael por favor abre a porta! -Pedi, esperei alguns minutos mais nada até que desisti e já iria voltar para casa quando o ouvi a abrir a porta, olhei para trás e então me aproximei, ele estava de cabeça baixa. -O que você tem?

-Estou bastante envergonhado! 

-Amor me desculpe! A culpa não foi sua.

-Não! Eu nunca bati em ninguém Nay! Bom... Pelo que eu me lembro em ninguém mesmo!

-Foi só uma brincadeira, esqueça disso! -Pedi.

-Mais e o Lucas? Ele não está com raiva de mim? 

-Claro que não! -Segurou em seus braços pois já começará a ver Michael derramar algumas lágrimas, era tão chorão quanto eu!

-Não sei se devo voltar!

-Você deve! E você vai! -O puxei para levá-lo.

-Nay! -Tentava ficar.

-Nada disso! Vamos agora para casa!

-Mais...

-Psiu! -O pus na moto e em seguida subi, logo nos dirigimos a minha casa.

Chegando em casa...

-Novamente estacionei a moto e desci, Michael fez em seguida e então entramos, tudo estava silencioso, procurei pelas meninas e as encontrei no quarto dormindo juntas, Lucas também continuava a dormir eu apenas os deixei descansar.

-Viu? Ele está bem! -Disse ao entregar um copo de água para ele.

-Eu espero...

-Vamos dormir e esquecer de tudo okay?

-Okay! -Assim que ele terminou sua água peguei em sua mão e juntos fomos para o quarto, deitamos e com algumas carícias Michael logo dormiu, sorri boba ao observar ele dormir e então devagar peguei no sono.


Notas Finais


Meninas que Michael chorão!😁 Tadinho ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...