História Butterfly - Capítulo 17


Escrita por: e Tuan_Tuan

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7
Visualizações 7
Palavras 1.983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, pessoas. Como estão? Aqui mais um capitulo para vocês! Espero que estejam gostando. E sim, esse vai ser o final para o começo, digamos assim!
Espero mesmo que tenham gostado até aqui, muito obrigada a todos que nos acompanharam e foi uma emoção só escrever isso. Já que eu nem Tuan havíamos feito algo parecido.
Continuem conosco para as coisas que viram!!

Capítulo 17 - Só estão começando.


Fanfic / Fanfiction Butterfly - Capítulo 17 - Só estão começando.

Depois de todo o ocorrido, nossas vidas puderam “voltar ao normal”. Se é que posso dizer assim. Enfim, TaeHyung estava no auge de suas poses e fotografias, já que sua beleza era totalmente utilizada. Depois de um tempo, alguns empresários e revistas que patrocinavam ao mesmo convidou a mim e Bruna, junto de nossos namorados, para estampar as capas das mesmas. “Os casais do ano”, era como nos chamavam.

Jimin estava com mais trabalho em sua agencia, já que isso nunca iria parar. Ele tinha que resolver alguns avanços da mesma, algumas evoluções e afins para que a mesma continuasse a fluir. Vez ou outra ele tinha que viajar para diversos países para reuniões, algumas dessas viagens ele me levava, mas eu tinha que trabalhar também.

Jeon também estava mais ocupado, já que diversos casos haviam vindo para nossa agencia, nos tornamos mais conhecidos diante as grandes cabeças de tudo aquilo. Algumas coisas estavam mudando por todo o lugar em que trabalhávamos, já que o mesmo corria para um lado a outro para contratos com outras agencias fora do país. E, bem, nossa sede era nos EUA, as reuniões gerais também eram por lá. Enfim, ele tinha que estar lá por longas semanas para decidir as melhores opções para que conseguíssemos resolver os casos que chegavam.

NamJoon estava ocupado com sua empresa também, já que outras sedes exigiam bastante de sua grande sabedoria e seus sócios estavam apressando para novidades o mais rápido que fosse possível que ele fizesse. Ele também estava começando a escrever uma saga de livros sobre assuntos de empresas. YoonGi também pulava de um país a outro, já que diversos atores queriam que suas cirurgias fossem feitas pelas habilidosas mãos do mesmo. Ele também fora chamado para ser o professor em um canal, ensinando táticas e processos sobre cirurgias na televisão.

HoSeok estava sendo chamado para diversos MV’s, já que suas danças eram atingidas por todos. Seu corpo conseguia transmitir tudo que o mesmo sentia, já que esse era um de seus dons mais utilizados. Ele também abriu uma escola de dança. Jimin o ajudava muito, já que o mesmo também possuía um dom incrível para dançar. Eu e Bruna também íamos até sua escola para distrairmos um pouco a mente de casos tão sufocantes, na qual estavam chegando a todo o momento. Que no caso, nós amávamos.

SeokJin não é o menos atarefado, já que seus dons culinários se espalharam rapidamente, depois que ele foi chamado para um concurso que estava havendo em São Paulo, no Brasil. Ele pediu que eu e Bruna fossemos juntamente com ele para esse tal concurso. Jeon e os meninos pediram uma semana de folga e nós fomos visitar o Brasil. Por fim, Jin acabou por conhecer minha irmã e se encantar com ela, ele não sabia direito o que dizer sobre como se apaixonou por ela. Tinham tantas características que era impossível ele decidir uma, palavras dele.

Eles mantêm um relacionamento a distancia, mas nada que eles não consigam suportar. Minha irmã realmente estava animada com isso, já que ela nunca foi muito de se abrir para um relacionamento. Digamos que ela sempre foi uma cebola, temos que descascar para chegar ao miolo e consumir o produto.

Depois dessa historia toda, já estávamos em Julho do ano seguinte. Faltavam dois meses para dar um ano em nossos relacionamentos.

Eu estava anima, mas eu via uma expressão um pouco desconfortável por parte de Bruna. Jeon ultimamente não estava conseguindo parar em casa, não conseguindo dar muita atenção a sua amada. Quando os mesmos tinham um pouco de contato, seja por chamadas de vídeo, eram apenas alguns minutos, já que ele vivia do outro lado do mundo e os horários eram diferentes. Ou ela estava trabalhando, ou ele. Jeon lamentava ter que sempre viajar para sede e uma vez ele comentou comigo que dependendo do que os cabeças conversavam, ele teria que se mudar para lá, pois havia alguns rumores de que ele seria promovido para ser chefe de um dos departamentos dali. Ele não havia comentado com Bruna, mas ele queria minha opinião sobre o caso.

Enfim, eu não podia ajudar muito, eu sabia que Bruna era sensível com essas coisas, não que ela não entendia, mas que ela não suportava ficar sem contato com algumas coisas. Ela sempre se martelava com saudades de casa e principalmente de seu irmão mais novo.

-*-*-

Mais dois meses se passaram, as coisas em relação a todos estavam se acalmando já que as novidades estavam sendo lançadas gradativamente. Jeon até conseguiu ficar mais tempo com Bruna, já que os rumores não foram totalmente esclarecidos. Jimin também estava menos ocupado, conseguindo se concentrar junto de Hoseok nas aulas de dança e me dar atenção. Nosso primeiro aniversário de namoro veio para nossa alegria. Jeon fez uma surpresa incrível para Bruna, com direito a câmeras e filmagens para serem postadas.

Esse ano, eu e Jimin decidimos que seria algo mais secreto, sem muita atenção, como fora o pedido de namoro. Enfim, nós fizemos uma festinha entre nós dois e com direito a muito sorvete e amor.

-*-*-

Amanda, minha irmã, mais conhecida como Amy. Decidiu que viria para cá para fazer bacharel em direito e magistratura, queria ser juíza. Mais uns concursos que a mesma teria que prestar. Já que eu tinha alguns contatos, eu e Bruna conseguimos trazê-la para que pudesse imediatamente começar sua escolha. Sabíamos que tinha um Jin envolvido nessa decisão.

Ela viria em Novembro e nós estávamos nos mudando para um apartamento maior para que coubesse a mesma. Henno e Haru estavam enormes, não sabíamos que eles cresceriam tanto. E, eles eram um dos motivos para nossa mudança. Castramos Haru, não queríamos mais filhotes, não caberia ali. Todos os exames dos mesmos estavam em dia e vacinas também. Henno era um revoltado, sempre mordendo e quebrando algo. Haru havia se tornado calma, era uma dócil cadela que de vez em quando, se juntava ao irmão para causar.

Enfim, passaram-se os meses, nós já estávamos em nosso novo apartamento e Amy já estava conosco. Ela também já estava fazendo o bacharel. Jin e ela se tornaram o casal da vez, os dois cozinhavam muito bem e quando decidiam tocar seus violões, faziam uma ótima dupla.

O único problema era Jeon e Bruna.

-Eu disse que tinha que ir a reunião! –Jeon tentou explica-se.

-De novo? E pra que? Você já não fala mais as coisas! JungKook, era nosso jantar, você havia dito que iria! –Ela gritou na sala, eu e Amy tentávamos não fazer barulho em meu quarto. –VOCÊ NÃO ME AVISOU!

-SIM, EU AVISEI! –Jeon passou a mão entre os fios de cabelos suspirando pesadamente. –EU VI VOCÊ SAINDO COM O MARK! ME EXPLIQUE ISSO!

-SOMOS AMIGOS.

-AMIGOS NÃO FICAM RINDO DAQUELA FORMA QUE VOCÊS DOIS ESTAVAM!

-NÃO ACREDITO, JUNGKOOK. VOCÊ ESTÁ DESCONFIANDO DE MIM?

Enfim, as coisas não estavam boas para eles. Eu estava com medo que eles terminassem e as coisas ficassem mais feias ainda. Mark estava dando algumas investidas para Bruna, ele sabia que o relacionamento dela estava ruim, uma chance para ele se aproximar. Ele tinha um bom papo e conseguia acalmar Bruna, mas eu estava sentindo um cheiro ruim de tudo isso.

-*-*-

Então, algumas semanas passaram e Bruna resolveu terminar com Jeon, e não sem tentativas do mesmo para que voltassem, mas todas falhas. Ele havia machucado Bruna no momento que começou a desconfiar demais dela. Ela estava acabada e Jeon não estava diferente, Jimin tentava consolá-lo e eu a ela.

Passaram-se um mês e Jeon foi chamado para ser um dos diretores de um dos departamentos em Los Angeles, ele sem hesitar foi. Ele mantinha contato conosco, mas víamos a mudança no comportamento do mesmo, ele estava bem mais serio. Bruna estava suportando, Mark sempre a apoiava em tudo e demonstrava um lado diferente das coisas. Ou melhor, tentava. Ela havia mesmo se apaixonado perdidamente por Jeon, mas certas circunstancias fizeram o amor se esfriar.

E então, já era o ano seguinte. Amy estava mais apaixonada a cada dia por Jin, NamJoon começou um caso com sua secretária, TaeHyung não estava ligando muito para essas coisas e Hoseok não tinha tempo, todas na qual ele tentava algo, não suportavam a agenda cheia que o mesmo possuía. YoonGi estava namorando a dona de uma cafeteria perto de minha agencia, eles tinham se conhecido porque eu insisti em ir comprar café e puxei ele para ir comigo. Fernanda arranjando altos namoros para os amigos.

Bruna estava em um tipo de relacionamento enrolado com Mark, não se sabia o que tinham, já que ela não queria começar algo tão recentemente. Mas, eu sabia sobre alguns amassos que os mesmos davam ao fim de alguns encontros que tinham. Ela não media esforços quando o assunto era contar para mim e Amy sobre suas emoções com o novo Crush.

E, eu e Jimin? Tornamos-nos o típico casal apaixonado, mas que mesmo com a rotina comum, não paramos de inovar nossa relação. Tudo sempre era perfeito quando decidíamos fazer algo, e mesmo que as coisas saíssem de nossos controles ou não davam certo, nós conseguíamos um jeito para que no final as coisas terminassem divertidas e românticas.

Haru e Henno estavam sempre a bagunçar, o que rendia boas broncas e risadas. Tudo estava enfim, em seus devidos lugares. As diversões e as emoções não faltavam. Vez ou outra nos encontrávamos todos para sair e ir aos parques de diversões, Jeon vinha para nos acompanhar. Ele e Bruna, num desses encontros que fazíamos, fizeram as pazes e estavam começando uma amizade forte. E no que diz ela, era somente aquilo.

E, se nosso trabalho estava mais atarefado, que o diga agora que nos unimos com mais agencias. Vinha caso um atrás do outro. Era divertido, eu e Bruna tínhamos nossas manhas para resolvê-los e sempre conseguíamos coisas novas.

-*-*-

Depois de um ano que o relacionamento de Bruna e Jeon terminou, e as tentativas de Mark, dia 02/02, eles oficializaram o relacionamento com uma grande festa. Para mim não era novidade, mas era algo espetacular. Ele consegui abrir novamente o coração da pequena Bruna, que agora tinha o apelido de Tuan!

Eu e Jimin fizemos dois anos juntos, Amy e Jin um ano e enfim, Bruna e Mark estavam iniciando suas aventuras.

NamJoon anunciou o casamento dele com a secretária Alice, juntamente com o anuncio de que teríamos um novo membrozinho para a família. YoonGi continuava com o relacionamento sereno com Hanna, a dona da cafeteria do lado, ela sempre me dava cafés grátis, já estava em meu coração. Hoseok conseguiu uma princesa para a vida dele, ela era uma dançaria incrível e era uma garota doce, Momo, como chamávamos. TaeHyung continuava solteiro, mas sabíamos de suas pegações pelos países que passava. E bem, no final, Jeon encontrou a metade de sua laranja, uma americana muito simpática, Stela.

-*-*-

Por fim, nós pudemos voar juntos como borboletas que voam sobre as flores. As diversidades sempre nos rodeiam a onde quer que vamos ou estejamos, mas temos que ter a força de vontade para sairmos do casulo e abrirmos nossas asas. Mostrando o quão maravilhosos somos nas primeiras batidas que as mesmas dão. Voar, é isso que nós estamos fazendo. Voando como Borboletas. Butterfly!

No final, as coisas continuaram bens. Mas, pêra. Quem disse que esse é um final? É simplesmente o começo!

As verdadeiras aventuras estão por vir!

 (Olá, pessoas. Aqui é a Pup. Vim informar-lhes que, a partir de agora, as coisas vão ocorrer diferentes. Obviamente será a continuação da vida dos personagens e etc, mas terá também o envolvimento da vida profissional deles. Eu e Tuan iremos revezar os capítulos, falando nossas posições como histórias de quadrinhos, mas relacionadas. Enquanto vamos escrevendo, vocês vão entender. Espero que gostem! Até esse capitulo foi o começo de todos os casais. Para as aventuras que vão seguir. Serão aventuras mesmo.)


Notas Finais


Me perdoem caso haja erros. Obrigada pela consideração de todos!
E não, esse não é o fim. Essa fanfic tomará um rumo diferente, mas com a continuação de tudo que vocês leram.
Muito obrigada mesmo a todos que nos acompanharam. Um beijo em seus corações.
Não esqueçam de comentar o que acharam e de favoritar. Até o próximo e FLW!
De Tuan e Pup!!! E uma possível Amy!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...