História Butterfly - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook)
Tags Bangtan Boys, Bts, Butterfly, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 18
Palavras 672
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá de novo, bom, mais uma oneshot no mesmo estilo de Awake, escrevi a algum tempo essa também, espero que gostem, fiz com muito carinho e já chorei lendo e relendo ela várias vezes, a música é linda, escrevi uma situação que me veio em mente ao ler sua letra.
Boa leitura.
Plágio é crime.

Capítulo 1 - Butterfly


Não pense em nada

Não diga nem uma palavra

Eo, oh

Apensas sorria para mim 

Eh 


A observava esperando alguma reação de sua parte, algo que demonstrasse algum sinal de um sorriso lindo que só ela saberia dar e parecia que eu estava sendo ignorado, apenas pensei em mais uma de minhas piadas idiotas para contá-la esperando uma gargalhada sua.


Ainda não consigo acreditar

Tudo isso parece que foi um sonho

Eo, oh

Não tente desaparecer

Yeah


Aconteceu tudo tão rápido, em um momento estávamos felizes um com o outro.
O amor transbordava a cada olhar que dávamos, quem visse de fora diria que era algo clichê ou até mesmo fofo demais, sentia sua mão na minha, seu calor, seus lábios, seus sentimentos, pena que tudo isso acabou.

É verdade? É verdade?

Você, você

Você é tão linda que tenho medo

falso, falso

Você, você, você


Observei seu rosto, milimetricamente desenhado e lindo na medida certa, senti uma mão em meu ombro e observei um dos meus melhores amigos sentar ao meu lado e a observar junto comigo.


- Ela é tão linda, não é mesmo? - Perguntei mesmo já sabendo a resposta, ele me encarou e apenas balançou a cabeça concordando - Hyung acha que ela continua me amando? olhe para ela, está tão distante - Ele desviou seu olhar do meu e a observou.


- Ela sempre irá te amar, lembra Jungkook? Ela sempre repetia isso na frente de todos para que soubessem que você é só dela - Jimin respondeu me fazendo abaixar a cabeça sorrindo levemente diante da lembrança que se passava como um filme em minha cabeça.


- Queria que tudo o que aconteceu não passasse de um pesadelo, aquilo foi real? Estava tudo tão perfeito e acabou tão rapidamente - Algumas lágrimas rolaram por minha face e meu amigo me abraçou.


- Queria eu poder dizer que é só um pesadelo - Ele apertou meu ombro me dando um sorriso de conforto e em seguida levantou e saiu de perto de mim, voltei a observá-la e decidi me aproximar, ainda a meio caminho observei sua beleza estonteante, seus lábios apesar de secos continuavam vermelhos e bonitos fazendo mais lembranças surgirem em minha mente e assim me aproximei ainda mais, chegando tão próximo a ela que conseguia sentir seu perfume inebriante.


Você vai ficar ao meu lado?

Vai me prometer?

Se eu soltar sua mão, você vai voar para longe

Vai desaparecer, tenho medo


Segurei em sua mão fria e ela não demonstrou reação, nem ao menos me olhou, sua mão continuava macia me dando vontade de a beijar, e assim fiz, dei um leve beijo em sua mão esquerda esperei alguma reação de sua parte, mas mesmo assim ela continuou sem reação ao me ter ali diante de si.


Você vai parar o tempo?

Tenho medo de que se esse momento passe

Isso não vai ter acontecido 

Vai desaparecer, tenho medo


Lembrei de nossos momentos juntos, de tudo o que passamos e de tudo que poderíamos ter passado, meu maior medo veio como um soco em meu rosto e como um tiro em seu coração, foi tão rápido e tão doloroso, lágrimas começaram a escorrer de meus olhos que antes tinham o seu brilho refletido e agora estavam opacos e sem vida, uma vontade enorme de gritar veio e eu não permiti aguentar mais e tentei aliviar meu desespero e mesmo assim a mão que eu apertava não teve reação alguma, senti pessoas tentando me afastar dela, mas eu não deixei e me mantive firme, meus amigos me olhavam e lágrimas escorriam de suas faces, mas nada tiraria minha atenção dela, ali e diante de mim, sem qualquer resquício de vida e amor.


Depois de alguns momentos obriguei minhas pernas a se afastarem e eu soltei sua mão, observei seu rosto pela última vez antes que aquele enorme caixão se fechasse com a única pessoa que eu amei em minha vida, seu rosto para sempre em minha memória estaria fotografado, mas nesse momento a permiti voar como uma borboleta, exatamente como uma borboleta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...