História Button of Poetry - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga)
Tags Bts, Min Yoongi, One-shot, Prévia, Suga
Visualizações 7
Palavras 594
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, essa super short short short One Shot é uma especie de pedaço de uma fic que eu tenho do Suga que nunca publiquei, e nem pretendo publicar tão cedo, mas já adianto que o nome da fic é Noceur e o Yoongi vai ter um irão gêmeo.
Há muitos anos atrás eu tinha um projeto de One shots de k-idols, acho que a unica que eu publiquei dessa série, foi Post it ( com Jongdae do EXO) e tenho um apreço imenso por aquela fanfic.
Button of Poetry não tem quase nada a ver com Noceur, a personalidade do Suga é um pouquinho diferente nela. enfim. Acabei de escrever isso, e é só! Espero que seus olhos não sangrem!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Niuth abriu e fechou pela décima vez consecutiva o seu laptop. A inspiração não vinha, e seus pensamentos sussurravam na sua cabeça. Olhava para si mesmo no reflexo da parede de vidro que separava a lanchonete do pátio e sentia-se não menos que miserável. Colocou um fone em apenas um dos ouvidos e apertou o play, deixando a voz de IU embalar seu dia. Repetia vez ou outra em pensamento:

 

“Se não sair de ti a explodir, não o faças.”

 

Era um dia nublado, desses que nunca saberemos se irá chover ou não, sentada  na lanchonete da faculdade, ela parou sua repetição para olhar os alunos passarem. Era um hábito comum para ela, observar as pessoas, notar seus trejeitos e pensar em como aquela pessoa ali na sua frente se encaixaria nas suas histórias e seu personagem favorito sempre estava lá, estirando num banco sob uma árvore, com um livro de literatura na cara tentando recuperar o sono perdido na noite.

— fanfarrão.

Ela disse para si mesma.

Era assim que Niuth o imaginava. Min Yoongi era um fanfarrão que vivia nas noitadas,  pois estava sempre jogado em algum lugar do campus, com um livro na face. Ela abriu o laptop e escreveu.

 

Noceur.

Fanfarrão.

Animal de festas, gosta de festejar o prazer em excesso.

Belos cabelos pretos, e um sorriso matador.

Yoongi.

 

— O que está escrevendo? - Yoongi pergunta atrás de Niuth que com um impulso fechou o laptop com força. Quando e virou-se para o rapaz. E se assustou mais ainda quando notou de quem se tratava.

—  O qu-que??

Yoongi riu e sentou-se na frente dela e girou o livro sobre a mesa. Recostou lentamente na cadeira e cruzou os braços sobre o peito, sem tirar os olhos da face de Niuth, que queria morrer, torturando-se com a possibilidade dele ter visto o que ela escrevera.

— você sempre está sentada aqui, escrevendo, observando as pessoas…

—  eu?? Não… eu não! - Niuth negou com Veemência, mas sabia que estava mentindo.

—  O que está escrevendo? - insistiu.

— sobre amor! - mentiu.

— Ah o amor… posso ler?

—  Não! - ela respondeu abraçando o notebook contra si.

Yoongi abriu o livro que carregava , e leu em voz alta o que tinha em uma página aleatória:

—  Eu sabia exatamente como era o amor - na sétima série. Mesmo sem nunca tê-lo conhecido,

se o amor entrasse na minha sala,  eu o teria reconhecido à primeira vista.

 

Niuth ficou quieta um tempo. Enquanto o rapaz lia e lia como se já não se importasse com a presença dela ali. E ela o observou, todas as voltas que seus lábios davam quando falava. Daquela mínima distância ela podia sentir seu perfume, cheirava a Pomelo.

O rapaz parou de ler e tornou a olhar pra ela. Constrangida por estar olhando-o demais, Niuth desviou o olhar:

— eu te empresto esse livro se você quiser. Ele me ajuda muito quando eu quero escrever. Depois você me devolve.

Disse a ela e depois saiu, deixando o livro sobre a mesa. Niuth custou a pegar o livro, e ficou uns minutos apenas o encarando ali. O título era: “ Botton of Poetry”.

Ela  pegou o livro com cuidado e vagarosamente o folheou. Na página do poema que Yoongi recitou, estava um papel azul escrito:

“Troco minhas noites viradas jogando videogame,

Por nem que seja uma noite ao seu lado observando as estrelas.

Você pode dizer, ‘Seja bem vindo’??”

Niuth sorriu e mordeu o lábio. Olhou ao redor procurando-o, mas Yoongi já estava longe de suas vistas, então balançou a cabeça e disse baixinho:

Noceur.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...