1. Spirit Fanfics >
  2. By Me >
  3. The Happiest Man In This World

História By Me - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Olá anjos voltei!!! Espero que gostem do capítulo de hoje!!!

Foto da capa é uma montagem JiKook perfeita!

Espero que gostem...

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
🐥🍼🐇

Capítulo 31 - The Happiest Man In This World


Fanfic / Fanfiction By Me - Capítulo 31 - The Happiest Man In This World

Capítulo 31

São gêmeas

Todos estavam felizes com a novidade principalmente o casal, eles sempre quiseram ter um filho e agora irão ter dois, irônico não? 


Parabéns hyung - Tae disse o abraçando - E meninos vocês devem cinquenta reais para mim e para o Jimin

O que? - Namjoon perguntou confuso 

Apostamos sobre o sexo do bebê - Jungkook explicou enquanto me abraçava por trás - Eu, Yoongi e Hoseok achamos ser menino, mas o Jimin e o Tae apostaram que era menina 

Eu sabia que estava certo, nesses últimos meses eu estava muito atraído pela beleza do SeokJin. - Expliquei vendo todos me olharem - Isso explica por que meu bebê é menino e o dele e menina

Atraído pelo Jin? - Jeon repetiu enciumado

Sim amor, mas não é desse jeito que está pensando - Falei rindo - O Jin hyung estava com um brilho diferente

Eu sempre tive um brilho diferente, isso faz parte de ser mundialmente bonito - SeokJin disse nos fazendo rir

E claro que faz meu amor - Namjoon respondeu enquanto beijava o marido - Eu te amo

Eu também - Jin disse sorrindo

Parem com isso eu estou sensível - Falei secando as lágrimas

E então.. Hora do bolo! - Hoseok anunciou animado como sempre

Vocês fizeram bolo? - SeokJin perguntou curioso

Na verdade nós compramos o bolo - Tae respondeu - Mas o que vale é a intenção

Obrigado pelo carinho que vocês estão tendo com a gente, significa muito ter vocês ao nosso lado em um momento tão importante - Namjoon disse nos fazendo sorrir

Hyungs nós somos uma família - Falei o vendo concorda - Estaremos sempre juntos

Friends forever - Yoongi se pronunciou nos fazendo o encarar

Olha gente, meu marido arrasando no inglês - Tae disse o abraçando 

Estou orgulhoso - Nam brincou vendo o Suga fazer uma careta engraçada

Quer saber de uma coisa.. - Iniciei - Não importe quanto o tempo passe, ainda somos os mesmo adolescentes que se conheceram e em pouco tempo se tornaram amigos, não importa quanto os anos passam nós sempre seremos os mesmos amigos

Um brinde por isso - Jin disse levantando seu copo de suco

A amizade e o amor - Taehyung completou sorrindo

Algumas pessoas entram em sua vida e saem sem deixar saudades, algumas nunca mais vão embora. A amizade entre nós era incrível, nos tratamos como uma família, sempre protegendo e amando uns aos outros 

Bolo! - Jin gritou de forma fofa - Eu estou louco para comer o bolo

Que fofo ainda tem velas - Namjoon falou sorrindo

Quando eles iam assoprar as velas o Tae assoprou, ele tem costume de fazer isso. No início nós ficávamos irritado com ele, mas agora com tanto tempo de amizade nós já acostumamos


De novo Taehyung - Jin disse o encarando

Esse é o marido que eu amo - Yoon respondeu começando a rir 

Estou ficando com ciúmes - Hoseok disse cruzando os braços

Eu amo vocês dois - Yoongi abraçou os seus maridos 

Nós ficamos conversando e brincando um com o outro enquanto fazíamos planos para o futuro, quando o relógio marcava as onze todos fomos embora já que teríamos que acordar cedo no outro dia 

Desci do carro e assisti Kookie estacionar o carro da garagem e depois entramos, no caminho para nosso quarto eu fiz uma pausa pela cozinha e peguei uma tigela de vidro e enchi de morangos e segui meu caminho

Abri a porta e me sentei na cama enquanto ouvia o barulho do chuveiro, Jungkook estava no banho e não vou mentir que pensei em entrar e o fazer companhia porém eu preferi ficar sentado na cama me deliciando do sabor azedo do morango

Tirei minhas roupas que eram um pouco desconfortáveis e vesti uma calça moletom. Peguei meu celular e entrei no twitter para saber de algumas notícias e ver algumas publicações, e fico feliz em dizer que não recebo mais mensagens de fãs revoltadas por causa do nosso relacionamento, acho que elas finalmente aceitaram. 

Eu iria ver apenas as notícias, mas acabei me distraindo em algumas fotos de quarto de bebês, era tudo tão fofo e lindo. Eu não via a hora de arrumar o quarto do meu filho.

Jaehyun - Falei acariciando minha barriga - Eu estou tão ansioso para te ver, sinceramente você foi a melhor coisa que aconteceu comigo. Eu te amo tanto Jae.

Essa é com toda a certeza a coisa mais linda que eu já vi - Ouvi a voz de Jungkook e o olhei parado na porta

Ouvindo nossa conversa? - Perguntei o vendo rir

Sabe o que é.. - Ele enquanto vinha em minha direção - Já virou costume 

Eu percebi - Falei rindo 

Vocês dois se tornaram as coisas mais importantes da minha vida - Jungkook admitiu me fazendo sorrir

Eu te amo - Falei o beijando

Jungkook me olhava daquela forma doce mais uma vez, como se eu fosse a pedra mais preciosamente única do mundo inteiro, enquanto acariciava meu rosto, agora na palma das suas mãos longas.  

Hoje eu não tenho dúvidas que vocês dois se tornaram as pessoas mais importantes da minha vida. - Se aproximando, ele sussurrou contra meu rosto, ficando a um centímetro de meus lábios que, naquele momento, já salivavam por sua boca desenhada. - Eu te amo.  

Sorri pequeno quando vi seus lábios se esticarem em um sorriso ainda maior, antes de beijar minha boca com carinho.  Eu sem dívidas tenho sorte em ter Jungkook ao meu lado e o abracei com amor, trazendo seu corpo para mais perto, como se meu mundo inteirinho estivesse em meus braços, e estavam. Ali, bem à minha frente, estavam ele e também meu filho, ainda em mim. E, eu ainda não havia dito, mas agora ele também faz parte das pessoas mais importantes da minha vida. Me sentia finalmente completo. 

Nós ainda sorriamos enquanto nos beijávamos docemente, sua língua sutilmente enrolou na minha e eu achava simplesmente fofo a forma carinhosa, ao mesmo tempo que cuidadosa que Jungkook me tocava com tanto zelo. Ele me tratava como um boneco de porcelana e ri fraquinho quando caminhamos de olhos fechados, sem nos separar, até que senti sua mão frear meu corpo, antes que se chocasse a parede do quarto.  

Seus olhos se abriram, encarando meu rosto e buscando algum sinal de desconforto. Mas ele apenas encontrou meu sorriso por achar seu jeito tão bobo e fofo ao mesmo tempo.  

Eu não vou quebrar, Jeon. -  Ele sorriu pequeno a minha frase e com todo cuidado voltou a prensar meu corpo ao dele.  

Eu não quero te machucar...  - Jungkook surrurrou

Não vai. - Sussurrei contra seus lábios, encarando seus olhos com todo o desejo que me consumia naquele instante.

 Eu o queria e confiava 100% em todo seu carinho e amor por mim. Ele finalmente cedeu um pouco, esquecendo o medo e voltando a beijar minha boca, sugando meus lábios e apertando levemente minha carne. Estávamos quentes e a temperatura só aumentava. Meu corpo já era todo dele e respondia facilmente aos seus toques, então sorri quando percebi os mesmos sinais no corpo dele.  

Sua pele, assim como a minha, arrepiou toda quando sua ereção já formada apertou contra minha cintura e foi a gota que faltava para meu balde transbordar. Entrei com os dedos em seus fios de cabelo e apertei seu rosto contra o meu, o beijando com mais euforia. Ele sorriu pequeno e segurou meu rosto ao dele, enquanto com a outra mão segurou uma de minhas pernas, me fazendo sentir mais de seu corpo. 

Faz amor comigo...  - Pedi, sedento, não escondendo nenhum pouco disso enquanto agora encarava seus olhos incertos. Ele ainda estava inseguro quando a prosseguir. - Por favor... 

Sussurrei, enquanto sugava seus lábios novamente.  Ele fechou forte os olhos e umedeci meus lábios quando entrei com as mãos em suas costas fortes e apertei minhas unhas em sua carne, mordendo seu maxilar com desejo.  

 

Jimin... - Ele gemeu meu nome, ainda inseguro, e então encarei seu rosto até que abrisse os olhos e olhasse para mim. 

Ele precisava entender o que eu sentia por ele. Entender tudo o que eu sentia naquele instante. 

Eu te amo. - O disse com toda certeza em meu coração e vi todos os medos desaparecerem dos seus olhos.

 Segurei uma de suas mãos e o trouxe para a cama, enquanto me sentava no colchão o fazendo ficar a minha frente, ainda de pé. Toquei a borda da sua camisa, levantando um pouco do tecido, revelando sua pele e sem perda de tempo a beijei, empurrando sua camisa até que ele a tirou. 

Segundos depois senti suas mãos em minha blusa e após outro beijo quente ela estava no chão, juntos de suas calças e então só de cueca ele subiu na cama.  Eu estava certo do que queria, mesmo assim meu coração batia forte quando ele se acomodou ao meu lado, se deitando e me trazendo com ele para fazer o mesmo. 

Ficamos alguns segundos trocando beijos e carícias dessa forma. Mas eu queria mais dele e fui um pouco ousado em deixar seus lábios para me virar na outra direção, entrando novamente meus dedos em seus fios de cabelo e trazendo seus lábios para o meu pescoço enquanto seu corpo colou ao meu.   

Suas mãos firmes e grandes seguraram minha cintura enquanto eu me inclinava contra seu corpo. Mas achei que fosse enlouquecer de vez quando sua língua úmida e quente tomou minha orelha de uma forma deliciosa. Sorri, antes de inclinar meu rosto na sua direção e tomar seus lábios em mais beijos.  

Senti seus dedos longos adentrarem minha calça de moletom e o ajudei com pequenos movimentos a retirando de meu corpo. Sem parar de me beijar ele fez o mesmo com sua roupa íntima e com todo carinho do mundo fez amor comigo daquela forma.  

Vez ou outra sussurrando em meu ouvido o quanto me amava... O quando eu era lindo... O quanto eu o enlouquecia...  E quando chegamos juntos ao orgasmo, perdi as contas de quantas vezes beijou meus lábios, meu pescoço, minhas bochechas, repetindo o quanto eu era precioso para ele, me deixando com um sorriso bobo completamente fixo no rosto, porque, eu definitivamente o amo. Muito.  

Jungkook me levou para o banheiro e tomamos banho juntos. Ele fez questão de me ensaboar e me secar depois de nos enxaguarmos. E quando vestidos apenas com nossas cuecas, com a pele cheirando a sabonete e os cabelos úmidos ele beijou minha boca, antes de se abaixar e beijar minha barriga inúmeras vezes, até me fazer sorrir.    

Oi, Jaehyun... - Ele sussurrou contra minha pele, enquanto ainda me acariciava. - Eu amo muito você também.  

Sorri com sua declaração sincera, antes de acariciar seus cabelos ainda molhados.  

Obrigado. - O disse, de coração e logo ele se colocou de pé, juntando as sobrancelhas confuso a minha palavra inesperada. Em seguida me abraçou, enquanto eu continuei - Obrigado por tudo.  

Eu quem agradeço. - Ele disse, deixando um selinho em meus lábios e me fazendo sorrir por deixar outro na pontinha do meu nariz. - Por me fazer o homem mais feliz desse mundo.


Notas Finais


Anjos preciso avisar algo

A alguns capítulos atrás eu falei que estava pensando em acabar a fanfic no nascimento do bebê do Jimin, porém não irei fazer isso. A fanfic terá mais capítulos e mais treta.. Então preparecem!

Obrigado por tudo anjos! Chegamos a 5.000 visualizações e eu ainda estou surtando!! Obrigado por tudo anjos. Tudo mesmo

Vou deixar o link do grupo para quem quiser entrar, lá eu aviso os dias que eu posto capítulo. Falo sobre a fanfic e sobre minhas futuras obras, e as pessoas podem compartilhar fanfic
https://chat.whatsapp.com/Lu0JwASJ74L1Kx4W6LIg3T

Obrigado por tudo

Até o próximo capítulo

Amo vocês 💛🍼💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...