1. Spirit Fanfics >
  2. By Your Side >
  3. Três

História By Your Side - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Era pra ser o capítulo do encontroooo, mas as cenas desse ficaram maiores do que imaginei ausjajsjs, então o encontro fica pro capítulo 4

Capítulo 3 - Três


Baekhyun entrou na biblioteca se amaldiçoando por ter perdido tanto tempo para chegar ali, era a época das provas iniciais do semestre e como sempre, chegar cedo era pré-requisito para conseguir um bom lugar, já que o espaço vivia lotado em período avaliativo. Suspirou, caminhando pelas mesas lotadas, até mesmo os espaços para estudo individual estavam preenchidos, já estava a ponto de desistir e ir para o calor dos bancos da quadra poliesportiva ao ver alguém conhecido em uma das salas de estudo em grupo.

Jongin tirou sua atenção das apostilas espalhadas sobre a mesa ao escutar leves batidinhas no vidro da sala onde estava, sorriu, vendo Baekhyun ali e fez sinal para que entrasse.

— Eu aqui sofrendo sem conseguir um lugar e você com uma sala só pra você. — Baekhyun brincou, colocando os livros que segurava sobre a mesa e se sentando em uma das cadeiras de frente ao ômega. — Posso ficar aqui com você, tem uma vaguinha sobrando pra mim? — Pediu, com seu melhor sorriso fazendo o outro rir e assentir.

— Claro que pode, Bae, não é como se eu fosse sofrer uma mutação e me multiplicar pra usar todos os assentos. — Ironizou, vendo o rir.

— Na verdade, eu achei que você estivesse esperando alguém. Seu namorado talvez. — Baekhyun não gostava de ser invasivo, mas desde que pegara carona com Jongin e o namorado, uma semana atrás, vinha se perguntando sobre o ômega que os acompanhava. — Ou o Chanyeol… — Completou, vendo o ômega dar de ombros antes de responde-lo.

— O Chan não curte ambientes muito cheios assim e o Xing ta terminando um trabalho em grupo no laboratório de informática e deve ir ficar com ele nas arquibancadas depois. — Falou simples, folheando algumas anotações que estavam espalhadas sobre a mesa. 

— Não te incomoda? — Baekhyun perguntou, atraindo novamente a atenção de Jongin. Poderia estar sendo um pouco invasivo, mas acreditava que sua amizade o permitia isso. — Quer dizer, o Yixing parece dar muita atenção ao Chanyeol, não te incomoda ele ir encontrar o amigo pra estudar e não você?

— Sim, às vezes incomoda. — Jongin foi sincero, diversas vezes aconteceram momentos que o incomodaram, mas em todas as vezes ele sempre teve abertura para conversar sobre isso com o namorado. — Mas eu entendo, o Chanyeol às vezes precisa dessa atenção, ele já passou por muita coisa e em nenhum momento eu me ponho em comparativo com ele sabe, ele é o melhor amigo do Yixing e eu o namorado, não estamos competindo por atenção ou algo do tipo e ele não é uma pessoa invasiva no nosso relacionamento além de termos nos tornado bons amigos também.

— Não sabia que você era tão maduro. — Baekhyun comentou, rindo junto ao outro.

— E não sou, eu só entendo a situação, de verdade e apesar do Xing ser bem protetor com o Chan, ele também sabe os limites do comportamento dele e respeita isso, assim como eu respeito a relação e amizade deles e assim como o Chanyoel respeita o nosso relacionamento.

— Você disse que o Chanyeol às vezes precisa disso e que você entende a situação... — Baekhyun começou, se lembrava do clima meio estranho no carro semana passada, quando havia pego carona, o tempo todo Yixing dirigia olhares para o ômega que passou o caminho todo calado e Jongin tentava manter o clima descontraído, cantando junto com todas as músicas da playlist que tocava no rádio. — Aconteceu algo com ele? — Perguntou por fim vendo o amigo suspirar.

— Da pra se dizer que sim, aconteceram várias coisas com ele, mas esse não é um assunto que te diz respeito Baek e nem que eu possa estar comentando por aí. — Falou sincero, tentando não soar grosseiro, não via motivo pra contar as experiências traumáticas de Chanyeol para outra pessoa, somente ele tinha o direito a isso. — O que posso te dizer é que ele tem uma fobia, isso eu posso falar porque nunca foi um segredo e ele já deixou claro que não se importa das pessoas saberem.

— Que fobia? — Baekhyun quis sabe, não se sentia ofendido pela fala anterior do amigo.

— Alphafobia. — Jongin respondeu e Baekhyun não precisou de explicação para saber o que a palavra significava.

— Ele tem medo de alfas e naquele dia, vocês me deram carona, meu deus, me desculpa, se eu soubesse não teria ido. — Começou, mas Jongin sorriu para si, negando.

— Ele que quis que você fosse Baek, pode não parecer mas o Chan é muito forte e decidido, ele tá em tratamento faz algum tempo e tem se esforçado bastante pra vencer isso, então não trate ele como algo que tem que ser protegido do mundo e mantido longe do alcance de alfas. — Explicou, vendo o alfa assentir. — Ele conhece os próprios limites, mas agora chega de papo né senhor Baekhyun, porque você veio pra aqui estudar e não me impedir de fazer isso. — Brincou, quebrando o clima ruim.

Baekhyun abriu o caderno para começar a estudar, colocou os fones de ouvido observando Jongin fazer o mesmo e sorriu, pensando nas palavras do amigo, Chanyeol era realmente alguém a ser levado em consideração.

***

Uma semana depois

Baekhyun puxou um dos braços, alongando-o por sobre a cabeça, estava exausto, havia acabado de sair da sua última avaliação, sendo o primeiro a entregar, a verdade é que não sabia praticamente nada da matéria e não se orgulhava disso, precisaria estudar três vezes mais pra conseguir se recuperar e não reprova-la no semestre, mas no momento, só queria ter o direito de se sentir aliviado por ter sobrevivido a semana infernal de provas.

Observou a praça de alimentação praticamente vazia e sorriu ao encontrar um rosto conhecido em uma de as grandes mesas isolada no canto, se aproximou sem saber muito bem se deveria ou não por fim se aproximou, ficando na extremidade oposta a do ômega afim de manter certa distância.

— Chanyeol? — Chamou, vendo o ômega levantar o olhar do livro que tinha em mãos e o observar apreensivo. — Oi, tudo bem? Eu sou o Baekhyun, não sei se você lembra de mim. — Falou, se sentindo meio idiota de repente, ainda mantinha distância, mas não sabia qual seria a reação do ômega, começou a se sentir nervoso se perguntando se deveria estar mesmo ali.

— Oi, Baekhyun, lembro sim. — Chanyeol sorriu, não era um alfa desconhecido embora ainda fosse alguém com que não tinha nenhuma proximidade, mesmo que um certo alerta soasse em sua mente, ele tentava reprimir isso.

— Ah, desculpa. — Baekhyun pediu sem saber ao certo o porque e se amaldiçoou por isso. — Quer dizer, tudo bem?

Chanyeol começou a rir, vendo o alfa nervoso parado na ponta da mesa, ele já tinha visto muitas reações de alfas, mas ver alguém tão nervoso perto de si era a primeira vez, geralmente era ele quem estava daquela forma perto de alfas. Respirou fundo, fechando o livro e o colocando sobre a mesa, talvez ele pudesse treinar dar esse passo, uma conversa.

— Tudo sim, e você, está bem? — Perguntou por fim, vendo o alfa soltar o ar dos pulmões como se o estivesse segurando até aquele momento, Baekhyun era meio engraçado. 

— Pra ser sincero, acho que acabei de fazer a pior prova da minha vida. — Resmungou, vendo o ômega rir e se sentiu mais tranquilo. — É sério, além de tudo precisei servir de exemplo de "estudem ou sejam como ele". — Imitou a fala da professora fazendo aspas com os dedos.

— Sua professora disse isso? — Chanyeol quis saber e achou graça quando o alfa assentiu com uma careta. — Que horror, parecem os professores do Yixing.

— Pior de tudo é que nem posso ir pra casa chorar na minha cama e me sentir um lixo, porque preciso esperar uns colegas saírem pra gente finalizar um trabalho. — Falou gesticulando de forma exagerada.

— Eu tô esperando o Jongin e o Yixing pra irmos embora. — Chanyeol comentou observando o alfa ainda em pé na ponta da mesa e começou a repensar se tomava ou não a atitude a seguir, se sentia preparado ou não, no fim só tentou não pensar demais no assunto e falou de uma vez. — Por que você não senta um pouco.

— Você tem certeza? — Baekhyun perguntou surpreso e Chanyeol riu, percebendo que ele sabia e agradecendo um pouco pelo cuidado nas atitudes do alfa.

— O Jongin já te contou né? — Perguntou simples e viu o outro sorrir sem jeito. — Tudo bem, não era um segredo e obrigada pela consideração, se você não se sentir a vontade, não precis-. — Chanyeol parou de falar ao ver o alfa se sentar rapidamente e sorrir para si, ele havia sentando no banco mais distante e lhe olhava um pouco sem graça.

— Esse livro. — Baekhyun apontou para o livro e Chanyeol o ergue exibindo a capa que mostrava o nome, O Conto da Aia. — Eu já ouvi fala um pouco dele, tem uma série baseada nele né? — Perguntou curioso e também a fim de quebrar o clima de constrangimento.

— Tem? — Chanyeol olhou do alfa para o livro com curiosidade. — Pra ser bem sincero eu comprei em uma super promoção e comecei a ler agora, então ainda não sei muito sobre ele além de que a narrativa é muito boa. — Sorriu. — Você se importa se eu voltar a ler? — Perguntou timidamente vendo o outro assentir e pegar o celular, não é que quisesse ser mal educado, apenas sentia que já havia gastado muita energia com aquele simples diálogo, estava conversando com um alfa, sorriu, antes de voltar a leitura, estava sentado na mesma mesa que um alfa e isso já era um passo gigantesco para si.

Baekhyun observava Chanyeol lendo calmamente, as feições do ômega mudavam a medida que ele ia lendo o que causava certo divertimento no alfa, parecia que ele ele estava sentindo cada emoçãozinha do livro e isso era meio encantador, saiu dos seus devaneio quando alguém bateu com força na mesa e se jogou sobre si, assustando não só a ele mas ao ômega também, empurrou o corpo se virando para observar e revirou os olhos ao ver Sehun.

— Cai fora, Sehun. — Reclamou empurrando o alfa que sorria se jogando novamente contra seu corpo.

— Não acredito que você ainda está chateado comigo por aquele dia, já fazem duas semanas Bae e eu já pedi desculpas. — Falou, seguindo a atenção do amigo até o ômega que arrumava suas coisas rapidamente na mesa.

— Preciso ir, tchau Baekhyun. — Chanyeol falou sem encarar os alfas e saiu pelo outro lado com pressa, seu coração havia disparado pelo susto que levou quando o outro alfa chegou e precisava sair dali o mais rápido possível para que conseguisse se acalmar.

Sehun observou o ômega sair sem muito interesse e apenas voltou sua atenção para o amigo o empurrando e pedindo que o mesmo o desculpasse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...