História Byun BaekHyun (One Shot) - Hentai - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun
Visualizações 189
Palavras 2.386
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


* Leiam as notas finais

Demorou um pouco mas ta aqui, espero que gostem c:

Capítulo 1 - I got Love


Fanfic / Fanfiction Byun BaekHyun (One Shot) - Hentai - Capítulo 1 - I got Love

Capitulo Único

 

 

 

Eu estava sozinha em casa, então aproveitei para praticar algumas coreografias. Já faz alguns anos que moro com BaekHyun, eu diria que não é uma das melhores coisas mas também não é uma das piores. Ele é um rapaz interessante e muito companheiro, mas é um pouco chato acordar completamente cansada porque as vadias dele simplesmente não sabem gemer baixo.

Mas é obvio que eu não ignoro o fato de que ele é bastante atraente e de vez em quando me provoca bastante e eu claramente resisto a ele, somos apenas amigos e eu não desejo ser uma de suas vadias.

Estava terminando de ensaiar quando Baekhyun chega completamente bêbado esbarrando em tudo, ele repetia meu nome sem parar – O que me deixou preocupada, eu tenho certeza que sou a última pessoa que ele pensaria nesses momentos.

– Baekhyun! Eu já não te disse para não exagerar na bebida, como você é teimoso – Tentei demonstrar preocupação e raiva ao mesmo tempo. Fechei a porta e o ajudei a caminhar até o sofá – Odeio que seja teimoso, vai acabar se metendo onde não deveria por beber demais!

– Tudo bem _______, eu não beberei mais. – Disse meio tonto – Obrigada por se preocupar comigo, eu amo você – Sorriu feito uma criança e me abraçou apertado. Ali era um bom lugar para se ficar, seu abraço era quente e aconchegante.

– Okay, okay! Você está mesmo muito bêbado, você precisa de um banho! – Ele fazia uma carinha de criança inocente, aquilo me fez rir mas eu sabia que aquilo só estava acontecendo porque ele estava bêbado. Temos brigado bastante de umas semanas pra cá – É sério Baek, me solta...Vou te ajudar com o banho.

– Não! – Fez birra – Não quero que me ajude, só quero que fique aqui...comigo! – Me puxou mais para si me sentando em suas pernas, um sorrisinho safado apareceu em seus lábios me fazendo ficar vermelha – Você fica linda com vergonha, sabia _________? Na verdade, é linda de todas as formas. Você tem um sorriso lindo, seus olhos são lindos, seus lábios...Tudo em você é bonito – Falou baixinho enquanto seus dedos tocavam com cuidado o meu rosto, fechei meus olhos desfrutando do momento que amanhã cedo já estaria no esquecimento

– V-v-ocê me acha linda? – O moreno fez que sim com a cabeça – O que deu em você ? Uma hora diz que me odeia, outra hora diz que me ama? Acha mesmo que pode fazer isso? – Falei ríspida. Tentei sair de cima do mesmo mas foi completamente em vão, ele era mais forte.

– Perdão pelo o que eu disse...Não suportei ver você tão próxima de alguém que não fosse eu – Sua voz aderiu um tom triste, ele me deixa confusa. Muito confusa – Eu amo você ________! Por favor, deixe-me provar que estou dizendo a verdade... – Abaixei um pouco a cabeça mostrando estar pensando. Talvez eu devesse dar uma chance a ele, é só uma noite mesmo.

– Tudo bem Baek, eu dou uma chance a você! – Sorriu contagiante. Baekhyun colocou uma mexa do meu cabelo atrás de minha orelha e olhou no fundo dos meus olhos me permitindo decifrar seus sentimentos escondidos.

Os lábios do moreno tocaram os meus cuidadosamente e então selaram se por fim, um beijo lento foi iniciado. Eu podia sentir a língua do mesmo dominar completamente a minha, sentia sua língua explorar cada vez mais o beijo. Enquanto isso me permiti me livrar da camisa do mais velho tendo então uma bela visão de seu maravilhoso abdômen.

Logo a falta de ar veio e nosso beijo teve seu fim, Baekhyun me tirou de cima dele e me sentou no sofá tirando minhas roupas até que eu ficasse completamente nua. O mesmo abriu minhas pernas levemente e passou seus dedos carinhosamente pela minha intimidade me fazendo dar gemidos baixos.

Enquanto nos envolvíamos eu percebi que não havia desligado a música, a música que tentava ao máximo se mostrar presente naquela sala parecia ser feita exatamente para aquele momento. I Got Love da Taeyeon me fazia querer desfrutar ainda mais da visão de ver Baek me chupando, de ver sua língua explorar cada canto da minha intimidade.

Yuineun shwiweo

I bameul bonael geu heunhan bangbeop

Geureogien urin jom dalla bunmyeong

~

A sedução é fácil

Um jeito comum para passar esta noite

Mas nós somos um pouco diferentes para isso, definitivamente

 

Eu me sinto estranha e ao mesmo tempo satisfeita, por essa noite eu tenho aquele que durante alguns anos eu tive que aturar trazendo mulheres para minha própria casa só para mim. Isso talvez seja errado, é certeza de que amanhã mesmo tudo esteja diferente entre nós mas eu finalmente eu tenho ele para mim e não existe nada mais maravilhoso do que ter Byun Baekhyun só para si, mesmo que por uma noite.

O moreno preparava seus dedos que brevemente estariam dentro de mim, sua expressão de satisfação após provas um pouco de meu gosto o deixava ainda mais atraente. Ele colocou dois de seus dedos dentro de mim me fazendo gemer mediano, os movimentos de entrar e sair começaram rapidamente aumentando meus arfares e gemidos.

Baek estava indo rápido demais e forte demais, estava claro que meu ponto G estava próximo, bem próximo. Soltei um gemido alto acompanhado do nome de Baekhyun e então ele retirou seus dedos de dentro de mim e os colocou na minha direção para que eu lambesse os mesmos.

Me aproximei um pouco do mais velho que estava sentado no chão de frente para mim, o mesmo se levantou deixando seu membro maravilhosamente ereto a poucos centímetros do meu rosto. Coloquei minhas mãos em seu membro e o apertei fazendo Byun gemer alto e sôfrego, me propus a estimular seu membro com as mãos por um tempo apenas para aumentar sua carência e então lambi carinhosamente sua glande, até que ele empurrasse minha cabeça me fazendo engolir seu membro por inteiro.

Fiz movimentos de ir e vir lentamente enquanto ele arfava sem parar, devo confessar que gosto de ouvir isso. Acelerei os movimentos transformando seus arfares em gemidos, não demorou muito para que seu liquido “doce” e quente estivesse sendo expelido dentro de minha boca.

– Você é mesmo muito linda! Me deixe ficar dentro de você... – Seus olhos pareciam implorar por isso. Eu estava em pé, meu rosto a pouco centímetros do meu, eu não poderia resistir. Fiz que sim com a cabeça e o mesmo me jogou no sofá e me colocou de quatro – Sempre quis te ver assim, sabia?

O moreno deixou um selar em minha bunda que logo fora seguido por um tapa, isso me fez gemer alto. O mesmo se posicionou atrás de mim e me penetrou, suas enormes mãos foram colocadas na minha cintura e então ele deu início aos movimentos.

Ele entrava e saia de mim lentamente, ao mesmo tempo meu quadril era movimentado em movimentos contrários. Os movimentos aumentavam intensificando o prazer de ambas as partes, sempre que eu tentava conter algum gemido ele vinha com mais força como forma de punição.

Senti meu corpo ferver, chegando ao meu ápice. Gozei em seu membro deixando o nome de Baekhyun escapar com um gemido alto suficiente para compensar todos aqueles que tentei conter. Ele saiu de dentro de mim e passou sua mão em minha testa completamente encharcada de suor.

– Parece que você não está satisfeito, ainda – Falei manhosa me sentando em suas pernas, comecei a me movimentar lentamente roçando nossas intimidades arrancando arfares e gemidos carentes do mais velho – Você me quer Byun ? – Sussurrei inocente em seu ouvido

– Quero que sente em mim e quero que sua bucetinha engula meu membro inteiro – Sorriu safado colocando suas mãos em meus seios e os apertando me fazendo gemer de dor e ao mesmo tempo de prazer – Quero que gema pra mim!

Me levantei um pouco e usei minha mão para ajudar a me encaixar direitinho, deslizei devagar deixando ele entrasse completamente dentro de mim. O moreno abocanhou um de meus seios e começou a chupa-lo enquanto eu cavalgava. Aquilo era mesmo tentador, uma enorme onda de prazer estava me consumindo, eu certamente ficaria louca.

Para garantir que ele ficaria completamente entregue a mim, mudei os movimentos e comecei a quicar em cima dele fazendo o mesmo gemer meu nome alto. Eu estava sendo corrompida pela sedução que vive dentro de Byun Baekhyun.

Geureoja bame mabeobi yongmangi dari soksagyeo

Gwaenchana honey

Eodumi gipeo bimireul deopeo jul teni

~

Então a mágica da noite, o desejo e a lua sussurram

Está tudo bem, amor

A escuridão é profunda e cobrirá os segredos

– É bom ouvir você gemer, é bom ver você completamente suada em cima de mim. Quero que isso dure para sempre. – Admitiu assim que seu trabalho em meu seio direito teve fim e antes que o trabalho em meu seio esquerdo começasse – Eu quero amar você pra sempre _______.

Essa frase foi o suficiente para que eu me sentisse gloriosa. A felicidade me estimulou a ir mais forte e mais rápido fazendo com que ele gozasse dentro de mim. Encostei minha cabeça em seu ombro e então me deixei ser preenchida pelo seu sêmen.

– E-eu também quero amar você pra sempre Baek – Sorri inocente, ele colocou sua mãos em meu rosto e me beijo novamente. Não foi um beijo feroz como antes, foi um beijo carinhoso e carregado de amor.

Baekhyun saiu de dentro de mim juntamente com meu gozo, eu estava exausta mas não queria parar e Baekhyun muito menos já que seu membro ainda estava ereto e grosso. Tentei sair de cima do mais velho mais impedida pois o mesmo me pegou em seu colo e me levou para o banheiro.

– Você precisa relaxar amor, não se preocupe a noite ainda não acabou – Me colocou no chão com cuidado e me ligou o chuveiro. Baekhyun pegou o sabonete e me ensaboou cuidadosamente, me colocou debaixo do chuveiro novamente para que a espuma saísse. Enquanto ele cuidava de mim pude perceber que ele chorava – Queria que me perdoasse ... Pela nossa discussão de ontem e por todas as outras antecedentes

– Eu perdoo você Baek ... – Limpei suas lágrimas com cuidado e selei nossos lábios rapidamente. Levei minha mão até seu membro e me propus a masturba-lo, Byun me puxou para um beijo novamente que vez ou outra era interrompido pelos seus gemidos – Alguém aqui está precisando de meus cuidados – Sorri maliciosa

– Ele precisa de você ________– Usou sua mão para roçar sua glande em minha intimidade, assenti e o mesmo me penetrou novamente. Baekhyun me pegou em seu colo e me encostou na parede, entrelacei minhas pernas em seu quadril e meus braços em seu pescoço.

O moreno iniciou os movimentos rápidos dando estocadas fortes, dessa vez não tentei conter gemido algum. Aproximei meu rosto de seu ouvido e passei a gemer por ali, bem próximo ao seu ouvido.

– B-baek! M-m-me preencha, por favor! – Implorei em meio a um gemido, o mesmo fez o que eu pedi deixando que seu membro fosse novamente engolido por mim. Baekhyun saiu de dentro de mim devagar e sussurrou um “perdão” me deixando confusa, logo ele entrou dentro de mim novamente só que com força me fazendo gemer alto suficiente para a vizinha ouvir.

Baekhyun ficou repetindo isso várias vezes, cada vez mais com mais força e agressividade. De inicio eu senti dor mas não durou muito, logo me acostumei e meu gemidos eram apenas de prazer. Ele gozou novamente dentro de mim e então saiu de dentro de mim.

O mais velho me colocou no chão, me virou de costas e levantou minha perna esquerda prendendo-a contra a parede. Senti o membro de Baekhyun bem próximo de minha intimidade novamente, eu já não estava nem aguentando em pé e mesmo ele iria me penetrar novamente.

Byun usou sua glande para fazer carinho em minha intimidade, aquilo era desesperador e excitante. Eu quero que ele me penetre logo ou ficarei louca. Eu estava completamente excitada, o membro de Byun estava completamente melado finalmente e então ele poderia em fim entrar dentro de mim.

Baekhyun entrou novamente dentro de mim, suas mãos massageavam meus seios e enquanto ele entrava e saia de dentro de mim fazendo com que as estocadas ficassem mais fortes. Eu estava sendo torturada com aquela enorme doze de prazer que a mim estava sendo direcionada, o nome de Byun estava mais frequente e meus gemidos altos também.

Não existia mais nada na minha mente além de desejo, meu cérebro, meu corpo, tudo em mim queria mais. Eu me sentia confusa e cansada mas ainda sim queria mais. O que Baekhyun está fazendo comigo ?

Baek finalmente gozou novamente e saiu de dentro de mim pela ultima vez. O mesmo me puxou para si e me abraçou apertado, sua respiração descompassada próximo a mim entregava sua exaustão. Tomamos um banho e fomos pro meu quarto.

– Você foi maravilhosa _______! – Falou baixinho com um certo sorriso bobo nos lábios – V-você promete pra mim que amanhã tudo será diferente?

– Prometo! E você? Promete que amanhã vai continuar me achando linda? – Minha voz saiu um pouco entristecida mas eu precisava saber

– Eu sempre achei e sempre vou achar você linda! Eu te amo – Fui envolvida em seu abraço quentinho e o mesmo deixou um selar em minha bochecha

– Eu também te amo – Sorri satisfeita. Fechei os olhos e me deixei ser envolvida pelo calor do seu abraço.

Acabei pegando no sono, mas antes que eu pudesse adormecer completamente dopada pelo cheiro de seus cabelos uma parte da música que até um tempo atrás tocara na sala veio em minha mente me fazendo então perceber que ela parecia ter sido feita para o momento que acabara de acontecer. Paixão. Nossa palavra secreta, escondida, que nos faz desejar um ao outro.

 

eonbu muneojige da noga beorige

Teomunieopshi michige hae

Come and turn me on

You don’t stop that fire

'Cause I got love, I got love, I got love

 

Ja malhae bwa want you baby, want you baby

Uju gateun ni aneuro need you closer

~

Então tudo desmorona e se dissolve

Me deixa incrivelmente louca

Venha e me excite

Você não pode apagar este fogo

Porque eu tenho amor, eu tenho amor, eu tenho amor

 

Então me diga agora: Eu te quero, eu te quero, amor

Estou atraída por você, como um universo, preciso de você mais perto

 

 

 


Notas Finais


Me perdoem não ter postado no dia marcado, é que a porcaria do cap apagou. Ele já estava prontinho, lindo e pleno só precisava ter tempo de postar (Por conta da escola, não tenho tempo). Tive que esperar a criatividade vir atona para escrever novamente e acho que nem ficou tão bom mas vale a intensão, beijinhos e eu realmente espero ter agradado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...