História C R I M I N A L - Jenlisa (G!P) - Capítulo 14


Escrita por: e BdeBarney

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Kim Taehyung (V), Lisa, Personagens Originais, Rosé
Visualizações 184
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, LGBT, Luta, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Not Again


Fanfic / Fanfiction C R I M I N A L - Jenlisa (G!P) - Capítulo 14 - Not Again

        De Novo Não

Jennie dormia profundamente ainda agarrada no moletom de Lalisa. O sonho estava ótimo até ouvir o despertador tocar. A morena deu um pulo da cama de olhos arregalados, olhou para o despertador e: atrasada!

— Mais que coisa! – Esbravejou correndo para o banheiro – Meu sonho estava tão bom! Na melhor parte essa merda toca – Resmungava colocando a pasta na escova. – Oh não... Eu sonhei com ela de novo!

              ~°~

Jennie finalmente chegou na delegacia logo vendo Taehyung.

— Atrasada raio de sol.

— Eu sei! Perdi a hora! – Falou bufando.

— Bonito o moletom – Falou apontando para o casaco – Eu nunca tinha visto você com ele – Se aproximou da morena – E nem lembrava que você tinha um cheiro amadeirado. – Ergueu a sombrancelha.

— E-eu decidi mudar meu perfume – Falou e se praguejou por gaguejar em um momento como esse.

— Você não sabe mentir não é mesmo!? – Taehyung semicerrou os olhos – Enfim... Mudando de assunto Joy disse que quer falar com você.

A morena automáticamente arregalou os olhos. Era isso que ela estava se esquecendo, estava tão distraída com a presença da tatuada que esqueceu sua amiga no meio daquela confusão. Saiu correndo ao encontro de Joy e a viu sentada em sua mesa.

— Joy! – A morena praticamente se jogou nos braços da mulher – Me desculpa eu larguei você lá!

— Hey relaxa eu estou bem! – Joy afastou ela minimamente.

— Como conseguiu sair?

— Bom depois que eu pedi para você ficar de vigia eu encontrei uma porta, estava entrando quando ouvi tiros, voltei para ver o que estava acontecendo mais então ouvi passos atrás de mim e me escondi em um vão. Vários homens armados saíram do final do corredor – Suspirou para pegar fôlego – Depois que saíram eu decidi voltar para a delegacia mais quando sai você não estava mais lá logo me preocupei achei que algo tivesse acontecido com você, mais quando sai do beco e notei que a viatura não estava mais lá conclui que seu medo pode ter falado mais alto e você deu o fora dali. Mais ainda não tenho explicação para os tiros que eu ouvi por isso te chamei aqui. Quero saber o que aconteceu?.

— Calma Joy muita coisa para processar – Jennie pois a mão na cabeça – Bom os tiros que você ouviu foi dois caras se não me engano que queriam me acertar. Mas eu fui salva – Sorriu boba ao se lembrar.

— Salva por quem? – Joy arqueou uma sombrancelha.

— Eu não sei...– Engoliu em seco. – Estava de mascara e me mandou sair dali.

— Sei... Enfim mais está tudo bem certo? – A morena assentiu – Moletom legal.

                   ~°~

— EU DEIXO VOCE SOZINHA POR UM DIA SÓ E ALEM DE CHEGAR MACHUCADA COMEU A POLICIAL!? – Jisoo gritava dentro do apartamento abandonado.

— PORRA EU JA DISSE QUE NAO COMI ELA!!!! E OUTRA NINGUEM MANDOU VOCE IR EMBORA! – Lalisa rebateu.

— Eu fui embora por que você estava me barrando – Deu de ombros.

— E você é surda a que ponto que não ouviu os tiros?

— Eu até ouvi mais achei que era só mais uma da suas atividades de gângster – A fitou por alguns segundos – Hey cadê o seu moletom, se me lembro bem você estava com ele.

— Agora que você percebeu!? Se não estivesse dormindo que nem uma pedra teria notado antes!

— Eu tenho que descansar minha beleza! Mais e aí cadê seu moletom?

— Por que está tão preocupada com meu moletom? – Falou se jogando no sofá.

Jisoo se aproximou de Lalisa semicerrando os olhos.

— Não me diga que... Além de comer a policial VOCÊ DEU SEU MOLETOM PARA ELA!?

— Para de gritar caralho! – Falou com as mãos nos ouvidos – E eu já disse que não comi ela.

— Qual é Lalisa! Não me diga que a ajudou por que se importa. – Falou irônica e obteve silêncio como resposta – Você enlouqueceu de vez! Ela é uma policial que está atrás de você! Que pode te por atrás das grades novamente!

— Por que o surto? Eu nem falei nada!

— O silêncio já foi o suficiente para confirma minha suspeita. Você gost...

— Não ouse terminar essa frase – Lalisa falou pegando no pescoço de Jisoo – Eu sou incapaz de gostar ou até mesmo amar alguém entendeu!? – Apertou mais o pescoço da púrpura que assentiu com falta de ar.

Lalisa soltou o pescoço de Jisoo e voltou a se sentar no sofá.

— Quando é que você vai superar aquilo? – Falou tocindo um pouco – Bom de qualquer forma não se envolva com uma policial – Foi em direção ao sofá e deu um beijo na bochecha da acastanhada – De novo não ok.

                 ~°~

Jennie, Taehyung e Rose estavam na sala do delegado.

— Bom chamei vocês aqui para dar continuidade no caso da assassina. Tenho novas fotos dela mas no momento não lhe mostrarei pois ainda não as analisei. De qualquer forma estejam prontos para quando eu chamar

— Sim senhor chefe – Falaram os três em unissom.

— Podem ir.

Estava saindo mais o delegado chamou Jennie

— Pois não senhor?

— Legal o moletom mas...

— Oh me desculpa eu vou tiralo... Que hoje estava um pouco mais friozinho.

— Não é isso. – O delegado Suspirou passando a mão pelos cabelos – Só... Onde conseguiu?

— Eu.. – Jennie mordeu o lábio – Uma amiga emprestou. Por que?

— Nada... Só tenho a sensação que já vi esse moletom em algum lugar – Jennie engoliu em seco – Deve ser só impressão. Pode ir Jennie.

— Com licença.

O delegado Suspirou e abriu a gaveta de sua mesa pegando fotos atuais da assassina. Algumas de costas outras de perfil mais uma em específico lhe chamou atenção. Era a assassina de frente e com um moletom lilás.

— Esse Moletom. – Olhou para foto e depois olhou para a jánela de vidro de sua sala vendo Jennie com seu típico sorriso gengival enquanto conversava com Taehyung – É o mesmo que o da assassina.

Continua


Notas Finais


Eita ;-;

Até amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...