1. Spirit Fanfics >
  2. Caça Aberrações - Yaoi'' Romance gay >
  3. Lobos

História Caça Aberrações - Yaoi'' Romance gay - Capítulo 4


Escrita por: _Vamp_dark_

Notas do Autor


A capa é um desenho meu de como seria o Caleb, tenho vontade de desenhar o Jack também, talvez eu coloque em algum próximo capítulo.

Capítulo 4 - Lobos


Fanfic / Fanfiction Caça Aberrações - Yaoi'' Romance gay - Capítulo 4 - Lobos

O mundo é muito pequeno mas mesmo assim extraordinário, desde as profundezas das águas até tudo que toda no solo, animais e criaturas que as pessoas do planeta não chegam nem perto de descobrir sobre as maravilhas que estão a sua volta, escondidas nas partes mais escuras das florestas, tocas, cavernas, tudo para manterem sua existência em segredo.

Jack se maravilhava com tudo e nunca imaginaria que os personagens dos seus livros preferidos de ficção pudessem ser reais no seu mundo, não os personagens mas sim suas espécies. Se vampiros eram reais isso significa que existem outros? Como lobisomens, bruxas e até mesmo demônios? Era hora de começar a questionar sobre magia e o desconhecido.

Aquela tarde foi tão vibrante que se esqueceu sobre seu pai e a caça, afinal tinha algum modo de parar 230 pessoas quando o evento é protegido pelo próprio governo? Eram perguntas demais e nenhuma resposta, Jack decidiu começar a pensar como os cientistas que tanto admirava, se não tem resposta para algo, ele mesmo iria procurar.

Quando chegou em casa não viu seu pai, ele já deveria ter saído a uns 30 minutos, seu irmão estava deitado no sofá e quando notou a presença do mais velho, se alegrou.

-- Jack!! Eu estava te esperando, faz tempo que não passamos tempo juntos e desde de ontem você não me dá nem bom dia, eu fiz alguma coisa? -- Jeff diz saindo da sua posição de conforto. Jack queria contar o que aconteceu mas não podia, sem a permissão de Caleb era melhor não abrir a boca.

-- Me desculpe, eu estou estudando dobrado por causa da faculdade, minha cabeça anda nas nuvens, podemos assistir alguma série se você quiser.

-- Não... Pelo menos hoje não, podemos fazer isso na sexta como antigamente né? -- Jeff não era tão novo mas sua voz ainda era doce e fofa, ele e Jack eram bem parecidos de aparência tirando o fato do cabelo do mais velho não ser natural.

-- Claro! Combinado então, agora eu preciso voltar pro quarto, estudos sabe? -- pela primeira vez na vida Jack estava mentindo sobre ir estudar, na verdade iria mandar mensagem para seu amigo vampiro e jogar conversa fora.

O quarto dele era uma bagunça que só, nunca se importou para esse fato e seus pais eram ocupados demais para prestar atenção nisso, tinha um telescópio desmontado no chão, pilhas enormes de papéis na escrivaninha junto com livros, a cama não tinha nem lençou por baixo da coberta porque o Jack se meche tanto que isso sai e ele nem percebe.

O garoto se sentou de frente para a escrivaninha e pegou o celular, o contato do Caleb estava salvo como " Gatão de presas ", Jack sorriu quando viu o nome e começou a digitar sua mensagem, por um segundo ele ficou nervoso sobre o que iria falar mas não recuou.

" Oii "

" É o Jack, tudo bem? "

Fazia tanto tempo que não falava com alguém por mensagem que já tinha esquecido como começar. Nem 5 minutos tinham se passado até Caleb responder.

" Oi, eu estou bem sim e vc? "

" Fiquei me perguntando se você tinha conseguido chegar em casa com segurança "

" Quem deveria fazer essa pergunta sou eu, mas sim, eu estou bem e cheguei bem "

A cada palavra a conversa ia se desenrolando, a cada frase era um conhecimento diferente sobre o outro. Jack descobriu que o Caleb sabe tocar vários instrumentos e que gosta de ler ficção-científica, eles até que tem coisas em comum mas ainda são bem distintos um do outro, coisas que os completam.

" Para ter aprendido a tocar tudo isso você deve ser um ancião "

" Na vdd só tenho 19 anos, se você está esperando encontrar um Edward Cullen é melhor desistir "

" ai que saco, entendi a referência "

Passaram a madrugada toda conversando só dando uma pausa para tomar banho, os dois tinham um laço tão forte que chegava a parecer um filme clichê de romance, claro que nenhum tinha notado isso.

Jack iria encontrar Caleb no mesmo horário do dia anterior, sentia borboletas no estomago e estava ansioso, a onde Caleb o levaria? Por que ele estava se arriscando para encontrar um humano nada especial quando seu mundo é rodeado de pessoas incríveis? A autoestima do Jack começou a decolar para baixo quando começou a se comparar com seres mágicos, ele até pode ser considerado um gênio pela sua família e colegas da escola, mas afinal o que é mais interessante? Inteligência ou nascer com poderes fodas que te transformam em praticamente um super-herói.

Mas o fato de serem incríveis não tinham privilégios na sociedade como os heróis de filmes e HQ's, era impossível sair da cidade sem passar por infinitos guardas, todo mundo que queria visitar algum parente ou apenas se mudar, eram revistadas e precisavam de autorização do governo para sair, Jack caiu na real quando se lembrou dessas coisas, nem com magia era possível escapar, viver nas sombras para não morrer e ainda mais no mês onde era para ser celebrado o natal e a união dos cidadãos, isso era horrível, para que poderes se não pode usa-los sem ser caçado?.

~~~

Era hora de chegarem ao encontro, Jack tinha se arrumado mais do que o costume, como pedido ele não levou nada além do celular e um ligeiro sorriso.

Estava meio escuro no meio daquelas árvores, pode ser loucura mas Davies se sentia acolhido no meio daquela escuridão, principalmente sabendo que em algum lugar ali, Caleb estava o esperando.

-- Oi! Que bom que conseguiu chegar, bem, nós meio que vamos até o lugar que quero te mostrar de uma forma diferente... -- as palavras de Caleb deixaram o outro apreensivo mas ansioso.

-- Oi, que tipo de forma seria essa? -- Caleb fez um sorriso de canto com a pergunta e novamente segurou o humano nos braços, saíram voado em uma velocidade sobre-humana, a brisa no rosto e a sensação de uma montanha-russa dava frio na barriga mas era bom. Em poucos segundos já estavam no destino.

Jack ficou boquiaberto e impressionado, aquele era o mesmo lugar que viu no seu sonho, as árvores mais bonitas que já viu na vida, pequenas criaturas aladas brilhando e dançando em volta de uma das árvores, animais que nunca tinha visto na vida e flores bonitas demais para serem desse mundo.

-- Era isso que queria te mostrar, eu acho essa parte da floresta tão bela quanto seus olhos, senti que precisava ser apreciada por você -- Caleb estava com a voz doce e calma, seus olhos brilhavam e deslizavam por cada canto do rosto de Jack.

-- Isso é muito lindo, é fantástico, é tão... Ai eu não sei nem como descrever, muito obrigado por me trazer aqui, estara na minha mente pelo resto da vida.

-- Que bom que... COF COF gostou.

-- Ei, você está bem? -- a visão de Caleb se contorcendo de dor enquanto tossia era agoniante, o garoto mais novo começou a se preocupar e estava pronto para ajudar -- Sim eu estou, eu meio que não posso voar tão rápido assim ainda mais carregando peso, não precisa se preocupar.

-- Óbvio que vou me preocupar, se você não pode fazer isso, não faça, por favor...

-- Mas eu queria te dar uma boa experiência, essa caixinha de sangue artificial não serve para nada, pensava que poderia vir rápido pelo menos por uns segundos.

-- Qualquer segundo com você já é uma experiência maravilhosa, não quero que se force por minha causa -- Jack pegou a mão do vampiro como uma forma de apoio e encostou sua cabeça no peitoral do mesmo.

-- Tudo bem...

Aquele momento foi interrompido por uma fada azul voando em volta dos dois, ela estava animada e feliz com a visita, sua euforia se veio ao fato de sentir uma aura apaixonante cobrindo eles.

-- ELA É TÃO LINDA!! -- exclamou Jack.

-- Sim! Todas elas são, parece que gostou de você. Sabe, essa parte da floresta é protegida pelas fadas por isso nenhum mau intencionado pode entrar, é tudo tão mágico e bonito aqui por causa delas -- Caleb comentou, tinha um sorriso bonito que não saia do seu rosto, ver Jack brincando com a fada azul era um colírio para os olhos.

-- Obrigado novamente, por me trazer aqui, eu nunca tive um amigo antes sabe... -- dessa vez foi Jack que se pronunciou, uma voz meiga e um cheiro viciante emanava  dele, aquilo tudo estava perfeito.

-- Agora tem... Ei, preciso te contar uma coisa que aconteceu comigo, quando eu era criança costumava vir aqui sempre com minha irmã, teve um dia em que ela sem querer pisou em uma das fadas, mesmo a fada tendo desculpado, ela chorou muito e não conseguiu voltar durante uma semana porque se sentia culpada.

-- Nossa, imagino que eu também ficaria.

Caleb começou a se aproximar de Jack para contar uma coisa mais confidencial quando são interrompidos por três grandes sombras atrás do lago cristalizado.

-- Ora ora o que temos aqui, alguém quebrando as regras pela décima vez, você não aprende a lição né Callen -- era uma garota muito bonita usando roupas com pelagem e típicas de alguém poderoso, era a imagem que ela passava, assim como Caleb ela tem presas, ou seria caninos? Olhos profundos e a expressão de um matador, atrás dela tinham outros dois muito parecidos com a mesma.

-- Bem que eu senti cheiro de cachorro -- respondeu Caleb sarcástico.

-- Queremos você e seu namoradinho fora, as fadas podem não notar mas eu sei quando tem alguém tentando bagunçar nosso território, essa parte da floresta pertence aos lobos -- assim que a garota terminou a ultima parte, sua aparência começou a se transformar, em um segundo depois já não era mais uma pessoa bonita e sim um lobo grande e com pelagem marrom assim como era a cor do seu cabelo, os outros dois seguiram e fizeram o mesmo.

Jack começou a se desesperar por dentro, como um humano e um vampiro incapaz de lutarem venceriam três grandes lobos com fome de carne? Uma quarta pessoa se aproximou e Caleb pareceu reconhecer ela.

-- Layla para de graça, você e seus capangas não assustam nem mosca -- era uma menina de braços cruzados, seus olhos reviraram, era a Celi.

  Continua...


Notas Finais


Só um adentro, callen se le " kelen" para não confundirem com o sobrenome dos vampiros em crepúsculo, só notei a semelhança agora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...