História Caça aos Monstros - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias High School DxD, Kamen Rider
Personagens Akeno Himejima, Asia Argento, Azazel, Irina Shidou, Issei Hyoudou, Koneko Toujou, Kuroka, Millicas Gremory, Personagens Originais, Ravel Phenex, Rias Gremory, Rossweisse, Sirzechs Lucifer, Sona Sitri, Vali Lucifer, Xenovia Quarta, Yuuto Kiba
Visualizações 10
Palavras 2.720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - 5-Em dois tempos


Fanfic / Fanfiction Caça aos Monstros - Capítulo 5 - 5-Em dois tempos

Continuando...


Era um dia calmo,Akeno e Sento andavam juntos em direção a escola,mas tinha mais alguém ao lado deles,andando ao lado de Sento estava o Beagle do dia anterior,o cachorro que havia pegado sua chave inglesa

Akeno: Parece que ele gostou de você,Sento-kun - Ela falou sorrindo olhando para o cachorro

Sento: Ele até que é bem simpático quando não está roubando minhas ferramentas - Ele falou se agachando de frente para o cachorro,parando de andar

Akeno: Por que não pega ele pra você ? - Ela perguntou sorrindo,também parando de andar

Sento: Até que não é má ideia... - Ele falou com um sorriso de canto,colocando a mão na cabeça do cachorro,fazendo carinho na cabeça dele

Akeno: Ele precisa de um nome... - Ela falou sorrindo,se agachando de frente para Sento,olhando para o cachorro

Sento: Um nome... - Ele falou pensativo,pegando o cachorro com suas mãos,o levantando. O cachorro estava com a língua de fora,aparentemente feliz - Billy...você tem cara de Billy... Gostou desse nome,Akeno ?

Akeno: "Billy o Beagle",soa bem - Ela respondeu sorrindo

Sento: E você,gostou desse nome ? - Ele perguntou para o cachorro,que latiu feliz - Certo,então Billy será... - Ele falou pondo o cachorro no chão,e olhando para Akeno,não olhando para o rosto dela,mas olhando para dentro da saia dela

Akeno: Sen-to-kun... - Ela falou soletrando,com um sorriso provocativo - Se você quer ver minha calcinha...é só pedir que eu te mostro...

Sento: E-Eh !? - Ele exclamou surpreso,ficando corado,perdendo o equilíbrio e caindo sentado no chão

Akeno: Mas não posso te mostrar aqui nem agora... - Ela falou se levantando com um sorriso provocativo,dando uma risadinha - Você fica fofo envergonhado,Sento-kun,não se preocupe,eu não sou uma veterana que "caça" novatos...agora vamos pra escola,certo ?

Sento: Ce-Certo ! - Ele falou se levantando,ainda tenso com oque acabará de acontecer e os dois voltaram a andar,sendo seguidos pelo cachorro

~Enquanto isso~

Gentarou,Wataru,Yaguruma,Asia e Issei,também estavam andando na direção da escola,quando entraram em uma rua completamente vazia,puderam ver um homem em pé encostado no portão de uma casa,era Vali,ele olhou para eles com um sorriso de canto

Vali: Issei,justamente você protegendo um Kurenai...

Issei: Vali ! - Ele falou invocando a Boosted Gear em seu braço e Vali também invocou a sua

Gentarou: Quem é esse cara ? - Perguntou confuso

Asia: O nome dele é Vali,ele tem a Boosted Gear do dragão branco e ele é líder do time do qual a Kuroka faz parte - Ela respondeu olhando para Vali. Yaguruma andou com os braços cruzados e ficou do lado de Issei,olhando para Vali

Yaguruma: Vali...por que quer matar meu parceiro ? - Ele perguntou com uma expressão neutra

Vali: Eu não me preocupo com quem o Kurenai é,mas sim oque ele representa... - Ele falou olhando para Wataru - Kurenai Otoya...já humilhou a mim e a outros guerreiros,ele representa a força da humanidade...e isso é irritante

Yaguruma: Quer matar meu parceiro por mera vingança ? - Ele falou,fazendo o estranho cinto que ele usou para se transformar aparecer e o Hopper Zecter apareceu pulando,e caiu na mão dele

Gentarou: Yaguruma ! - Ele falou correndo na direção,largando a bolsa,parando do lado de Horobi e Issei,ele também usava um estranho cinto diferente do cinto de Yaguruma,o cinto tinha quatro "interruptores" que estavam pra cima,atrás dos interruptores existiam estranhos botões e na extremidade a direita tinha uma alavanca - Deixe que eu vou lutar ! Qualquer um que ameaça meus amigos,está me ameaçando também !

Yaguruma: Ainda com isso de amizade...ok...Issei,me ajude a proteger a Asia e o Wataru... - Ele falou soltando o Hopper Zecter,se virando e andando na direção de Wataru e Asia

Issei: Ele vai conseguir ? Esse cara...é extremamente forte - Ele perguntou,se virando e seguindo Yaguruma

Yaguruma: Não se preocupe,Gentarou vive quebrando os próprios limites,ele talvez não possa derrota-lo,mas vai conseguir entreter ele - Ele falou com um sorriso de canto

Vali: Parece que seus amigos acreditam muito em você... - Ele falou com um sorriso de canto

Gentarou: Claro esse é poder da amizade ! - Ele falou sorrindo animado

Vali: Poder da amizade...esse é tipo de coisa que só os personagens de Shounen falam...

Gentarou: Inclusive... - Ele se virou olhando para os outros - Vocês podem fazer aquilo quando eu me transformar ? Por favor ? - Ele pediu de maneira infantil

Wataru: Claro,Gentarou ! - Ele falou sorrindo

Yaguruma: Ok...será a última vez,certo ? - Ele falou bufando nervoso

Gentarou: Certo ! - Ele falou se virando novamente e olhando para Vali. Ele abaixou os "interruptores" no cinto

???: 3,2,1... - Falou a voz que saia do cinto

Gentarou: Henshin ! - Ele exclamou puxando a alavanca do cinto. De repente uma forte luz saiu do cinto,tampado a figura de Gentarou,depois uma fumaça branca apareceu,também escondendo Gentarou e quando a fumaça de desfez,ele estava com uma armadura estranha,parecida com um foguete

Gentarou,Yaguruma,Wataru: É hora do espaço !!! - Eles exclamaram juntos

Gentarou: O guerreiro do espaço,Kamen Rider Fourze ! Vamos resolver isso num mano a mano ! - Ele falou animado

Vali: Eu já enfrentei o mais forte dos Riders...vamos ver se você consegue me entreter... - Ele falou sorrindo e Gentarou pulou na direção dele,mas antes que pudesse atacar,Vali o atacou com um soco com as mãos nuas,acertando sua barriga em cheio,o jogando para trás. Gentarou apertou um dos botões em seu cinto

???: Rocket On - Falou a voz robótica saída do cinto e um foguete laranja apareceu na mão esquerda de Gentarou,o foguete tinha mesmo tamanho da perna de Gentarou,mas ele parecia se importar com peso e manuseava facilmente. Saiu fumaça da parte de trás do foguete,dando impulso para Gentarou que partiu para cima de Vali

Gentarou: Rocket Punch ! - Ele Exclamou acertando Vali,que se defendeu com seu braço,demonstrando sua força e resistência,mas foi empurrado para trás. Gentarou ficou em pé,empurrando ele mais pra trás

Vali: Vamos ? É só isso que você tem ? Onde está aquele poder da amizade que você falou ? - Ele falou o provocando enquanto se defendia

???: Launcher On - Falou a voz que vinha do cinto de Gentarou,e em sua perna esquerda apareceu um lança mísseis com três mísseis

Gentarou: Está aqui ! - Ele falou e o lança mísseis disparou na direção de Vali o acertando em cheio com os três mísseis,fazendo muita fumaça

???: Drill On - Falou a voz do cinto

Vali: Bom,mas não vai ser isso que vai me derrotar ! - Ele falou quando a fumaça se desfez,mas quando olhou ao redor não viu Gentarou em nenhum lugar - Para onde ele foi ?

Yaguruma: Ele está ali - Ele falou apontando para o céu e quando Vali olhou para cima viu Gentarou voando graças ao foguete em seu braço,e em sua perna direita existe uma broca amarela

???: Rocket Drill,Limit Break

Gentarou: Rocket Drill Kick ! - Ele exclamou usando o foguete para se direcionar para baixo na direção de Vali,acertando ele em cheio,com sua broca de fazendo uma grande explosão ocorrer

E quando a fumaça da explosão se desfez,Vali havia sumido e Gentarou estava ali de pé sozinho

Wataru: Gentarou,você conseguiu ! Você derrotou ele ! - Ele falou sorrindo se aproximando dele - O seu Fourze Belt é Incrível !

Gentarou: Não...ele pegou leve comigo - Ele falou fazendo sua armadura sumir

Yaguruma: Obviamente,ele não te matou porque não quis... - Ele falou com a mesma expressão neutra,andando na direção de Gentarou devolvendo a bolsa dele - Ele é extremamente forte,mas um péssimo mentiroso...

Issei: Como assim ? - Ele perguntou confuso

Yaguruma: Quando ele falou sobre Otoya...eu não pude sentir nenhum ódio vindo dele... - Ele olhou para o céu - A minha teoria,é que tanto o ataque ontem quanto hoje,foram testes...agora o porquê destes testes eu não sei...

~22 anos Atrás~

Lucifer e Otoya perseguiam um Fangire pela floresta,por mais que eles corressem não conseguiam atingir o monstro. Eles perseguiram o Fangire até uma clareira,onde pararam em posição de combate,mas cansados por causa da longa perseguição

Otoya: Desgraçado...isso pode ser uma piada de mau gosto...- Ele falou ofegante,mesmo trajando sua armadura IXA ele estava cansado

Lucifer: Esse Fangire é igual uma ovelha...mas é absurdamente rápido... - Ele falou ofegante segurando sua espada

???: Vamos ! Você já estão cansados !? - O Fangire dizia correndo em alta velocidade ao redor deles,caçoando do cansaço deles - Que ironia,não ? Ovelhas não são conhecidas por sua velocidade,mas eu tenho essa aparência e essa velocidade ! Talvez eu seja rápido demais ou talvez vocês sejam lerdos demais ! Se bem,que uma coisa não anula a outra !

???: Querem ajuda ? - Falou uma voz masculina aparentemente acima deles,e quando eles olharam para cima viram Vali voando com as asas de dragão

Otoya: Toda ajuda é bem vinda agora... - Ele falou olhando para vira cima

???: E você vai conseguir fazer oque ? Ninguém consegue me pegar,eu sou o mais rápido ! - Ele falou olhando para Vali,que pousou no chão

Vali: O mais rápido ? Vamos testar essa teoria ! - Ele falou avançando na direção do Fangire,e os dois começaram a trocar golpes em alta velocidade,correndo ao redor de Otoya e Lucifer

Lucifer: O-Otoya,você consegue ver eles ? - Ele perguntou nervoso e impressionado com a velocidade dos dois

Otoya: Consigo,mas bem pouco...se não fosse a armadura eu não veria nada - Ele falou tentando acompanhar os movimentos dos dois.

Quando eles pararam de correr,Vali parou na frente deles de costas,ele estava cansado e machucado,o Fangire estava alguns metros na frente dele e estava intacto,não tinha sofrido um dano sequer

???: Eu falei ! Eu sou o mais rápido ! - Ele falou se exibindo,ele estava ofegante por ter corrido tanto

Vali: Com certeza você é o mais rápido... - Ele falou com um sorriso de canto,ele também estava ofegante

???: Eu te avisei ! E agora você vai morrer por ter mexido comigo ! - Ele falou tentando dar um passo para frente,mas permanecendo no mesmo lugar - O-Oque ? Me-Meu corpo...tá congelado...

Vali: Demorou...mas eu consegui te atingir com uma magia de paralização... - Ele falou sorrindo ofegante - Eu disse que você era o mais rápido...mas não e o mais inteligente ! - Ele falou e olhou para trás,para Otoya e Lucifer - Vocês dois ! Agora acabem com ele,esse feitiço não vai durar muito tempo !

Otoya: Certo ! Vamos,Sirzechs ! - Ele falou e os dois correram na direção do Fangire,cortando o peito dele com suas espadas,fazendo um "x". Fazendo o Fangire cair no chão

???: Ma-Malditos ! - Ele falou se levantando com dificuldade,olhando para eles com medo - I-Isso vai ter volta ! - Ele falou se virando e fugindo em alta velocidade

Lucifer: Covarde ! - Ele Exclamou nervoso

Otoya: Não se preocupe quando os Fangires fogem,demoram a aparecer ou nem aparecem mais... - Ele falou fazendo sua armadura desaparecer e batendo uma mão na outra,como se estivesse as limpando - Agora...quem é você estranho ?

Vali: Meu nome é Vali,fiquei sabendo que o filho Zeoticus Gremory estava lutando ao lado de um humano para caçar criaturas estranhas...e ainda fiquei sabendo que ele era amigo e aprendiz desse humano... - Ele falou e deu uma risada cansada - Eu achei impossível e resolvi vir aqui verificar...

Lucifer: E também veio pela diversão de lutar contra essas criaturas misteriosas,certo ? - Ele falou fazendo sua espada sumir

Vali: Você me pegou...se esses bichos são um desafio para você,seriam um desafio pra mim também... - Ele falou sorrindo - E além disso eles caçam humanos inocentes,por isso eu vim pra cá,não só por diversão - Ele falou e olho para Otoya - E pelo que vi agora,vocês precisam de ajuda para lidar com esses monstros

Otoya: Certo,Vali você também será meu discípulo ! - Ele falou orgulhoso

Vali: O-Oque ? Não,você não me entendeu ! Eu não vim aqui aprender com você,a minha força com certeza supera a sua ! - Ele falou um pouco nervoso

Otoya: Sem desculpas ! Você já é meu discípulo e Temos muito oque fazer ! - Ele falou começando a andar,saindo da clareira,ignorando totalmente oque Vali tinha falado

Vali: Hã...Ele é sempre assim ? - Ele perguntou curioso e confuso

Lucifer: Bem... - Ele falou com um sorriso sem graça - As vezes ele é pior... - Ele falou começando a andar,seguindo Otoya e Vali foi seguindo os dois

~Algum tempo depois~

Os três estavam de frente para um restaurante que ficava na Cidade de Kuoh

Vali: "Restaurante Aozora",nunca tinha ouvido falar,por que viemos pra cá ?

Lucifer: Aqui é onde o Otoya consegue informações sobre os Fangires

Otoya: Mas agora eu só vim comer mesmo... - Ele falou e os outros olharam para ele decepcionados com aquela atitude infantil

Ele abriu a porta do restaurante e os três entraram juntos. Era um restaurante com um grande balcão que ia de uma extremidade a outra do restaurante,também tinham mesas quadras com quatro cadeiras cada. Mesmo sendo um restaurante grandes,tinha poucas pessoas comendo ali e em algumas mesas os garçons conversavam com as pessoas e anotavam seus pedidos

Os três sentaram na mesa mais ao fundo do restaurante. Um garçom se aproximou da mesa,segurando dois pratos

Garçom: Senhor Sirzechs,Senhor Otoya - Ele falou os cumprimentando,colocando os pratos na mesa deles e logo em seguida olhando para Vali - Senhor Otoya,esse homem está com vocês ?

Otoya: Sim,ele nos ajudou a eliminar um Fangire - Ele falou e olhou para Vali - Peça qualquer coisa Vali,aqui tem de tudo e não vou te por cobrar nada,pode pedir

Vali: Vou querer um capuccino,por favor - Ele falou estando sentado com os braços cruzados

Garçom: Sim,como o senhor desejar - Ele falou se afastando da mesa,indo na direção da cozinha dela

Vali: Por que ele trouxe isso para vocês sem vocês terem pedido ? - Ele perguntou apontando para o prato de Otoya - E oque é isso que vocês vão comer ?

Otoya: Eu já avisei para os cozinheiros e para os garçons que toda vez que nós viéssemos,eles já podem trazer o prato de sempre - Ele falou sorrindo e pegando uma colher

Lucifer: E isso é Omelete de Arroz,o prato preferido do Otoya - Ele falou também pegando uma colher - E ele fez com se torna-se meu prato preferido também... - Ele cortou um pedaço do Omelete e comeu - Eu resisti de início,mas até que é bem gostoso...

Otoya: Você é meu discípulo,tem que provar também - Ele falou tirando um pedaço do Omelete com a colher e aproximando a colher da boca de Vali - Diga "aah"

Vali: Eu não gosto de nada que tenha ovo,eu não vou provar isso... - Ele falou virando o rosto

Lucifer: Se eu fosse você provaria,você se vai se surpreender...E você não vai querer que ele te obrigue a provar... - Ele falou dando uma risada enquanto comia

Otoya: Ele tem razão,você não vai querer que eu te obrigue... - Ele falou com um olhar ameaçador

Vali: Hã...Ok,eu vou provar ! - Ele virou o rosto na direção de Otoya

Otoya: Abra a boca ! - Ele falou e assim Vali fez,abriu a boca mesmo não querendo provar e Otoya enfiou a colher na boca dele e soltou

Vali: Hã... - Ele falou enquanto saboreava - É surpreendentemente bom ! - Ele falou com a colher na boca e Otoya colocou se prato na frente de Vali

Otoya: Coma mais então...

Vali: Obrigado - Ele tirou a colher da boca e a usou para comer o omelete.

O garçom voltou com uma bandeja com uma pequena xícara com capuccino dentro

Garçom: Perdão,o senhor ainda vai querer o capuccino ? - Ele perguntou para Vali

Otoya: Não,mas deixa que eu tomo - Ele falou pegando a xícara e tomando um pouco do capuccino

Garçom: Senhor Otoya,tenho uma carta para o senhor - Ele falou estendendo a mão com uma carta,Otoya pegou a carta

Otoya: Certo,obrigado por isso,pode ir já - Ele falou e o garçom se afastou da mesa

Vali: Os garçons aqui são bem formais,gostei de ser tratado que como "senhor" - Ele falou sorrindo parando de comer

Lucifer: Eles tratam assim todos os membros da Gloriosa Organização Aozora e seus colaboradores... - Ele falou terminando de comer

Vali: Oque é essa carta ?

Lucifer: É o jeito da Organização Aozora dar as missões para o Otoya,eles informam o caso e o principal suspeito - Ele falou enquanto Otoya lia a carta

Otoya: Certo ! - Ele falou terminando de ler a carta - Vali,Lucifer,vocês gostam de concertos ?

Vali e Lucifer: Concertos ?


Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...