1. Spirit Fanfics >
  2. Caçador De Monstros á Força >
  3. O Diário

História Caçador De Monstros á Força - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - O Diário


 

James acordou cedo num domingo, não havia nada para fazer. Então, se levantou, se arrumou e foi até um bosque próximo de sua casa, onde geralmente era calmo e vazio, como o rapaz gostava. Tudo parecia perfeito até que um vulto passou rapidamente.

— O quê era aquilo? — James seguiu aquilo como se não houvesse nada de estranho na forma da sombra, era sem pernas, metade corpo humano, metade réptil. As chances de ser algo mortal, eram grandes, mas não havia mais como voltar.
 

Ouve-se sons de cobra por todos os lados. Mas algo chama a atenção de James, lá onde sempre passava, havia uma estátua com formato humano, como se fosse viva, quebrada e com estrutura de uma criança com 11 anos, lamentando e sofrendo. Com sua cabeça petrificada caída no chão, braços esticados e com musgo, vinhas, até algumas flores com espinhos que apertavam com força aquele corpo cinzento.  Pareciam ter vida ou serem controladas pelo ódio de algum líder misterioso, que planeja sua vingança contra humanos, até que a última geração de descendentes humanos fossem extintas da terra.

— P*ta merda... como isso apareceu aqui? sempre passei por esta parte do bosque e nunca vi essa... essa coisa...

— Ssssss, Parece que você encontrou um novo amiguinho, pedaço de lixo —  Um garoto com um nariz fino e ligeiramente levantado, desceu de uma árvore, de sua cintura para baixo, era uma cauda de cobra gigante ao invés de pernas. Seu cabelo, era composto de cobras corais de variados tamanhos, também não usava nenhuma roupa, mas tinha uma aparência jovem, como se tivesse 13 anos, mas seus olhos brilhavam e suas pupilas pontudas não mentiam sobre seu desejo de sangue.  O garoto olhava para James e o mesmo sentia suas pernas como se estivessem congelando, ele consiguiu fugir, mas logo caiu em um livro em que nem pensou duas vezes, pegou e se pôs a correr o mais rápido que conseguia.
Ao chegar em sua casa, abriu o livro e começou a folhear as páginas, até que o mesmo garoto aparecia em uma das páginas com anotações e outras informações sobre o mesmo

Crianças  Híbridas

estes seres quase me mataram, mas transformaram tudo que havia feito com as minhas pesquisas em pedra, é como se tivessem total controle de seus poderes, vi isso acontecer em humanos, animais e objetos. Estou assustado com tudo que pode ou não acontecer comigo entre essas  ̵̡̡̨̡̛̛̲͕̼̺̜̱̼̱̹̩̘̱̞̟̰̟͙̫͎͎͈̹͚͕̘͎̗͕̩̫͕̳͍͇̞̮̯̗̰̟̠͖͈̮͎͔̽͌͗͂̀͆̏͑͗̉͗̃̌̿͗̿̓̓̀̃́͑͘͠͝ ̷̨̨̡̰͉͖̰̲̮͇͓͈̜͍̩̩̳̱̻̤͇͙͎̼͓̹̞̳̳͇̜̝̩̅̅͆̑̅̀̌͒̊͌̒̔̓̊̉̒͂͑̋͒͗̅́͐̌͘̕̕̚͜͠͝͝͝͠͝ͅ ̴̭͖͍̝̼̻̯̞̙̮̹̲͈̦̣̼͚͉͎̮̣̩̭̅̿̑́̐̋͊̉͒͐͛̔͘̚͘ ̵̢̨̨̛̝̩̥̫̖͈̱̱̜̪͓͔͇͔̤̜̣̞͖͖͇͈̣̻̞͎̬͉̘̼̳̪̱̩͙̐͒́͊̉̐͂̏͌̑̉̆͐͌̓̔̄͌̽͂͛̾̏̇̐̑͑͌͌̽̒̿̕̕̕͜͝͠͝͝ͅ ̵̡͔͓͉̥̥̮̥̻̤͙̘̲̗́̐͋̆͛̈ͅͅ ̵̡̻̥̝̬͔̖͑̿̽̋͗̄̕ͅ ̸̠̅̄͂̈́̋̂̓͆̎̍̌ ̶̢̛̖͓͖͓̬̙͔͚̣͖̗͚͙͚̤̪͇̺͎͇͍̝̹͎̽̀̅̏̈́̊̒̈́̔͌̉̾̊̀͊̀͋́͗̂̽͊̈́͋̇̾́̽̀̾̎͊̂͘͜͝͝͝͝ ̷̡̛̩̤͈͖̪͓̭͇̪̣͍̄̂̅̈́̔̊̆̊͛͐̑̄̅̑̆̊̏̔̊̒́̔̀̕͝ ̷̡̖͙̗͚͇͈̱̱͖͓̫͕͕̭̀̒̌̀̔̆̓̾̑̓̿̒̒̐̈́̄̽̍̉̀̋̋̑̈́͐̏̑̓̆̄͊̋͊̀̽̄͂̈̅̈́͋̌̚̕͠͝͝ ̸̢̨̜͓̯̠̰͓͙̝̻̩͓͚̘̫͖̗͎̞̑̎̃̓͐̾͂̀̆̔̽̉̏̒͛̀̓̎̉̑̈́̚̕̚͠͠ ̵̢̢̨̨̢̢̧̡̤̻̩̯̗͕͈͕̞̫̦̫̤̥̩̲̖̠̺̻͙̲͕̭̬̤̬͙̮̺̲̦͔̥̯̗̙̀̈́͜͜ ̵̧̢̜̦̠̟̪̣͎̖͎͔̖͇͈͍̙̟̝͒̈́̓̇̅́͂̏͗̎̉̈́͒̉͐͑̂̏̀̓̑̎́̽͘͘̚͝͠͝ͅ ̴̛̼͖͕͎̞̀̀͒͑̽̅͋͋̋͛̒̊̂̊̀̏͛͋̔̓͛̽̽̑̾̃́̊̏̏̅̈́̋̇̎̓̀̍͘͘̚͠͠͠ ̴̧̢̨̢͖̘̣̝͉̣̤̤̺͓͕͖̬͚̭̯̦̝̹͉̞̻͉͇̺͇̖̻̻̯̮̠͕͔͕̊͊̈́̏͗̀̒͜͠ͅͅ ̴̛̛̦͓̅̈́̑̆͗͑͌̐͋̃̽͒͑̔ ̴̢̡̧̢͎̫̞̝̰̪͖͇̗̱̣̙͙͍̞̱̟̝̇́̉̉̿͑̅͛̀̈̅̊̔̌͛̑͊͋̓̂̓̉͊̈̈̽̀̒̄͛̏͒̀͘̕̚̕̚͝͝ ̴̧̛͍̦̥̞̖̗̀͆͐̽͊͗͑̀͋̑̋̄̃̐̇̊̓̊̑͒͘͠ ̶̛̛̰̺̯͓̞͇̫̘̼̄̔̈̏͑̐͂̉̉́͛͘͘ ̴̛̛̤̞̜̗̫͈́͒͆͑͋̈́͋̂̍̔̾͆̈́̓́̔̅̄̎̂̀͋̾̑̾̽̅͗̚̚͘͝͝͝ ̶͈̭̼̹͍̩̩̳̣̻̳̭̜̦̯̠͈̩̇̽̆̆̌̽̂̓́̔̉͆̾͜͝ ̸̛̛͇̜͍̬̮̯̤̩̦͕̄̾͋́̊̀̄́͆̿̈́͒̇͊̄͛̾̓͊͛̈́̇̋̈̄̔͑͂́̂͘̕͝ ̷̨̨̧̢̨̢̨̧̯̫̮̤͔̰͉̺͈̻͎̲͈̬͎̳̜̖̤͍̹͙͇͓͕̯̞̪͓̯̳̻̹̲̻̟̮̰͇̖͌̇͌̀̓͆̋͗̉̈́͋̍͆̄́̌̈́͑̂̇͌̔̈́̃̊͆̏̈́̈́͑́̿̑́̚̚͘͜͝͝ ̵̨̢̡̧̛̛̛̛̛̛̠̬̘̝̫̫̞͚͚̼̯̫̼͚͔͙̣͚͎̪̰̰̘̳̪̙̖̩̥̺̠̟̱͇̭̫̖̳̩̑̈́́͊̈͗́́̀̆̏̆͂̈́̂̓́̉͛̈́͑̂͋̃͒̐͊̅͐̑̊̀̽͒̆̀̕̕̚͘͘͜͝͝͠ ̵̡̧̛̬̼͎̠̮̰̞̝̗̥͚͙̩͙̱͚̠̼̬̜̮̰̰̠͆̈́̉̿̋̾͆͗̽̌͊̽̀͑̀̍̋͋̕͘̚͜͜ ̷̧̨̨̨̬͉̟͖̟̟̟̻̼͖̟̰̰͈̟͓͉̯̤̙͈̪͙̭̯̺̜̙̗̗̞̰̙̝̹̙͙͉̫̺̻̥̼̜͇͌̒́͒̀̀͗̈̆̈͊̒̎̐̓̋͌͗͋͂̌̿̑̕͠͝͝͠ ̶̨̛̛̼͖̜͈̬̜͔̣̣̱̯͉͕͚̠͍͚͈̬̖̖̤̖̤̹͔̲͔̥̩͇̺̱͇͍̲̫̬̲̺͓͔̺̙͚̳̃͐͐̾̅̆̎̒̆̏̆̓̈̊̂͆͑̍̃̀̑̿́̈̓̃̌̈́͂̈́̈̆͋̈́̄̎̐̈́̅̍̒̚͘͜͠͝ͅ ̵̢̨̞̳̻͕̭̬̟̖̺̤̞͈̞̣̖̺̜̣̝̘͕̦̼̞̰͌̔̇̀̈́̑͌̇̑̃̓̃̈̄̑̍͗͗̿͛͂͋͘͘͜͠͝ ̷̡̨̝͖̬̥͚̮̖͙̮̹̖͙̮͕̳̤͇̭̙̯̮̮͙͕̺̹̯̻̦̱͇̖̦̹͎͇̪̗̝̱̎̌́͆͒̍̏̈̈͐̀̆̀͐̌͛̀͌̈͛̐̕̚͝͝

 

 

 

— Essas? Essas o quê?!... — ele se perguntava sem parar, mas não chegava a lugar nenhum por mais que tentasse de tudo.

 

 

 

 

 

 

 

FIM         


Notas Finais


Obrigado por ler, quero trazer mais dessa história, mas por enquanto é só isso, diga o que achou e se devo continuar ;]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...