História Caçadores do Deserto- INTERATIVA - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Interativa, Magia, Totens, Velho-oeste
Visualizações 27
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


desculpem a demora estava em período de prova e esperando mais fichas

Capítulo 2 - Briga de Bar


Alexander gira o corpo acertando a garrafa de vodca no rosto do homem que estava atrás dele quebrando-a e rasgando o rosto do homem com milhares de cacos, com o gargalo perfurante ele acerta o pescoço de outro homem que estava próximo! Ele olha ao redor do bar procurando sua parceira encrenqueira, ele vê a garota brigando perto a porta do bar a garota dava um chute aéreo no homem que estava a sua frente.   Chinatsu Gore, Chinatsu tem por volta de 1.45cm de muita explosão, ou melhor, quero dizer... De altura. Chinatsu tem cabelos brancos, num tom próximo a um azul claro. Tem um corpo pequeno, tendo de busto tamanho médio/pequeno, cintura fina, e uma bunda desenhada proporcional ( um pouco maior talvez) ao seu corpo, sendo arrebitada. Seus olhos tem cor lilás, sendo acompanhados de um delineado. Sua pele é clara, quase um rosinha claro, enquanto sua boca apresenta uma cor negra nos lábios, junto de um piercing no lado inferior direito de sua boca. Aquela piveta briguenta só tinha arranjando confusão! Alexander tem que voltar sua atenção a um homem que tenta o esfaquear, Alex gira o punho do homem pegando a faca e a acertando no pescoço de outro atacante que vinha pelas suas costas, rapidamente ele retira a faca do pescoço do homem e a enfia na mão de algum gaiato que tentava pegar uma pistola que estava em cima do balcão, o homem urra de dor ao ter sua pela atravessada pela lamina, Alex pega a cabeça do homem e a acerta duas vezes no balcão fazendo-o desmaiar. Outro homem tenta atacar Alexander de mãos nuas, esse por sua vez saca rapidamente um par de socos inglês desferindo um uppercut no queixo do homem é possível ouvir o barulho de osso quebrando ao impacto do aço. Alex pega o revolver que estava em cima do balcão. Ao abrir o tambor da arma ele vê que só tem três balas. ’’Tem que servir’’ pensa Alex ele atira no rosto do homem mais próximo, outro tenta acetar ele com uma faca, ele gira rapidamente a arma a segurando pelo cano e acertando um golpe com a coronha da arma no rosto do rapaz pegando sua faca e dando um corte rápido na têmpora do mesmo. Mais um tenta o ataca-lo ele enfia a faca na garganta do home e gira o corpo dele de modo que possa o usar como escudo, ele faz outros dois disparos matando os homens que protegiam a saída do bar, ele retira a faca da garganta e acerta mais dois brigões que estavam por perto ele olha novamente em direção a Chinatsu, ele vê que um homem que tentava sorrateiramente atacar a pequena pelas costas enquanto ela estava lutando com mais dois atacantes. Alex arremessa a faca a cravando na cabeça do homem. Ele se vira ao escutar um barulho de espingarda sendo carregada, o dono do bar parece ter cansado de toda aquela confusão no seu estabelecimento e resolveu tomar as dores. Sem hesitar ele avança sobre o inimigo, antes que possa atirar o dono do bar é acertado por um soco no nariz pelo soco inglês do garoto, ele acerta o soco quebrando o nariz do homem que cai já inconsciente no chão. Ele pega a arma de cano duplo e parte no resgate da menina menor. Ele corre e aceta a perna do homem mais próximo com a arma fazendo-o cair, o homem que estava mais perno da menina ele derruba com um golpe na cabeça. Ele coloca a garota nas costas e começa a correr, ele faz dois disparos rápidos derrubando mais dois e acerta um terceiro homem com uma porrada na rosto ele solta a espingarda e diz a menina.

Alexander: passa seu suor nos pilares perto da porta!

Sem questionar a menina passa o suor de suas mãos nos pilares do bar. Alexander ao sair pela porta do bar joga um fosforo aceso  que ao encostar no suor da garota causa uma enorme explosão que acaba propulsionando o corpo dos dois para frente.

Do lado de fora em uma carroça os outros dois parceiros de Alexander o esperavam para sair o mais rápido possível daquele lugar Bill Skitchy, Bill possui cabelos curtos e castanhos claro, barba razoavelmente grande, pele clara, uma cicatriz no olho esquerdo, um chapéu marrom e uma roupa comum da época e com um cobertor vermelho onde cobria o seu peito, o seu ombro até metade das suas costas. E um relógio quebrado com uma antiga foto de sua mãe.

Bill: chefe é melhor a gente sair daqui!

Ao lado de Bill estava Liyana Matsuo uma menina que tem cabelos azuis bem curtos, possui heterocromia sendo que um dos olhos tende a variar de cor com seu humor, normalmente o direito é vermelho e fica escondido por seu cabelo e o esquerdo é azul claro (neutra), mas muda para azul cobalto (quando apaixonada), ciano (extremamente alegre), azul tempestade (com raiva), azul celeste (triste),  pele clara, boca rosada, seios médios, bunda média.

Liyana: Alexander, Chinatsu vamos embora.

Chinatsu: Porra Alexander! Por que não me deixou matar mais daqueles filhos da puta!

Alexander da um cascudo na cabeça da menor que lhe manda um olhar furioso, porém não faz nada ao ver o olhar sério do maior.

Alexander: você é idiota filhote de jaguatirica! Tinha mais de cinquenta nego nesse bar! A gente deve ter matado uns trinta, matamos até o pobre do dono do bar! Na próxima vez que você criar problema eu te amarro e te jogo da carroça!

Chinatsu: ok, ok! Foi mal retardado! MAS NUNCA MAIS ME BATA!

Alexander: vai para carroça.

Alex pega as rédeas dos cavalos.

Alexander: fiquem de olho em qualquer movimento suspeito!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ ENQUANTO ISSO...~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O bar estava animado até Connie entrar.  O clima fica tenso e todos param de falar o jovem vai até o balcão onde o barman estava tranquilo atrás do seu balcão o único ali que não demonstrava medo! Connie senta no balcão e o barman serve uma caneca de cerveja.

Homem: ei Connie você já sabe? O White Wolf explodiu um bar em uma cidadezinha ao leste daqui! Parece que ele começou a caçar os PeaceMakers! É melhor se cuidar ein?

Connie aponta um dos seus revolveres em direção ao homem- quem te deu permissão para falar ein pedaço de bosta?

Nesse momento Connie sente uma força enorme o erguendo pelo pescoço, o Barman havia o erguido e estava o estrangulando!

Homem: calmo Clint! Você vai acabar matando ele.

Clint era o dono do bar e ex-mercenário conhecido por ser um dos usuários do totem da serpente mais poderosos, ostentavam uma tatuagem de cascavel que ia desde sua nunca até sua mão onde havia o a cabeça da serpente. Sua barba era espessa e tinha um corte moicano símbolo da sua amizade com os indígenas.

Clint: sem violência dentro do meu bar seu pedaço de bosta com pernas!

Clint solta Connie que por um momento pensa em reagir mais ao ver a expressão maníaca e aterrorizante do homem recua.

Connie: não vou perder meu tempo com um peixe pequeno igual ao Alexander! Vou mandar alguém acabar com a alegria daquele merda!


Notas Finais


deixem comentários e mandem fichas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...