História Caçadores sobrenatural( Carrossel) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Carrossel, Cúmplices de um Resgate, Garota conhece o Mundo (Girl Meets World), Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Alícia Gusman, Daniel Zapata, Joaquim Vaz, Jorge Cavalieri, Katniss Everdeen, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Maya Hart, Paulo Guerra, Valéria Ferreira
Tags Carrossel Paulicia
Visualizações 58
Palavras 2.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou de volta com um capítulo novinho pra oces.

Boa leitura

Capítulo 16 - A espiã


Fanfic / Fanfiction Caçadores sobrenatural( Carrossel) - Capítulo 16 - A espiã

Terça-feira (05:30 da tarde)

Alícia narrando:

Duas semanas...duas semanas para o fim, duas semanas que passam se arrastado nos deixando cada vez mais preocupados.Nesse momento estamos reunidos na sala de treinamento eu,Paulo e Valéria resolvemos falá para todos sobre a fenda temporal e sobre o que eu vi quando estivi no submundo,qual sera a reação deles? Só a uma forma de sabe.

Victor: Então filha,porque nos chamou aqui?_perguntou.

Eu: Bom eu quis que todos estivesse aqui reunidos para falá de algo que eu, Paulo e Valéria descobrimos ontem enquanto fazíamos a limpeza de uma dos quarto..._ Valéria pede pra continua.

Valéria: Ai quando terminamos  a gente percebeu que faltava limpa uma das pintura que havia no quarto, ate ai tudo bem ,foi quando o Paulo foi limpa a pintura e a deixou cair..._ Valéria foi interrompida.

Kethyny:vcs fizeram esse mistério todo pra nos dizer que o Paulo quebrou uma pintura, mim poupem...era cará pelo menos._ o garotinha enjoada ,eu em.

Paulo: Da pra deixa elas continuarem, obrigada._ toma_ continua Valéria.

Valéria: como eu estava dizendo antes de ser humildemente interrompida sqn, atrás da pintura tinha uma porta secreta que estava coberta pelo papel de parede.

Victor: Uma porta secreta? Como nunca a encontrei?.

Paulo: achamos que foi construída pelo antigo proprietário da casa.

Miguel: Espera...Victor VC não comprou essa casa do nick?

Victor: sim,ele nunca mim falou dessa porta,mais mudando de assunto, vcs entraram lá? O que tinha do outro lado?._pergunta por fim.

Eu: No começa era apenas um enorme corredor escuro mais depois de andamos um pouco chegamos em lugar repleto de caverna subterrânea ,eu andava distraída e acabei entrando numa espécie de fenda temporal.

Marga: fenda temporal? Tipo as que eu crio?

Paulo: Não marga, essa fenda temporal não é possível ser vista e as suas são.

Marga: ah,ta.

Eu: e além do mais as fendas que VC criá marga VC sabe exatamente os destinos delas,já essa ninguém imaginá aonde eu fui para.

Jorge: Vcs estão mim deixando nervoso, aonde esse coisa te levou?. _ pergunta sem paciência,típico dele.

Alícia: para o submundo._ quando Fechei minha boca a de todos estava aberta em um perfeito " O".

Major: oi? VC disse submundo? Comassim?

Daniel: vcs só podem esta de brincadeira, não é?

Valéria: Bem que queríamos que fosse meu amor.

Mário: então quer dizer que vc..._ disse apontado pra eu_ esteve realmente no submundo?

Paulo: oh cara tu é surdo ou se faz ,ela acabou de fala isso._ disse com toda delicadeza do mundo... Sqn  rsrs.

Mário: a conversa é entre A e B o C não se metê._ uou por essa eu não esperava rsrs.

Paulo: Ai essa doeu até na alma, aprendeu comigo._ diz convencido.

Eu: respondendo sua pergunta Mario, sim eu estive no submundo e não foi só isso ,eu vi algo muito estranho naquele lugar.

João: vindo do submundo coisa boa não é._ diz se levantando.

Victor: O que VC viu?

Eu: Eu vi um grupo de criaturas marchando em direção a um castelo enorme ,elas pararam e de dentro do castelo saii uma garota encapuzada, não deu pra vê o rosto mais ela era família.

Miguel: VC a conhecê?

Eu: eu não sei,a única coisa que eu percebi foi uma tatuagem de meia lua no pulso dela.

Victor: Então devemos fazer o seguinte..._ meu pai se levanta e vai ate uma computador e pesquisa algo_ o quarto continuará trancado e com entrada proibida OK.

Jorge: Victor esse portal pode nos ser útil_ falou deixando alguns confusos.

Victor: Como Jorge?

Jorge: podemos usa-lo para estudo o nosso inimigo,assim ganhamos vantagem.

Maya: é uma boa ideia ,pois fendas temporais são bem difícil de se encontra, Alícia teve um pouco de sorte vamos dizer assim.

Victor: OK ,vamos fazer isso, mais só os mais experientes vão comigo, não quero que se machuquem.

Miguel: Eu já escolhi as que irão com o senhor.

Marce: então fala logo uê.

Miguel: oh delicadeza desse povo nam, quem vai com o Victor é Jorge,marga,Paulo e Brenda.

Brenda: prometo fazer o meu melhor senhor._ falou com voz fofa,acho que não foi uma boa ideia indica-lá ela e experiente mais muito jovem.

Alícia off:

Paulo narrando:

Eu gostei de ter sido escolhido para essa missão mais também sei as os perigos que ela esconde, estou preocupado com as meninas principalmente com minha irmã. O Victor disse que só iríamos depois de amanhã para termos tempo de nos prepará melhor, a Alícia levou o Victor e o Miguel até a fenda para que eles marcasse exatamente o local da fenda, para que não tenhamos dificuldades de encontra-lo da próxima vez.

(...)

O pessoal estão todos divididos pela casa,alguns assistido outros conversando na cozinha e os mais tímidos nos quarto ,eu e minha turma estamos em volta da fogueira comendo maxmellor e conversando.

Valéria: oh Daniel esse era meu po..._ ele tapá a boca dela com a mão.

Daniel: sem palavrões vida.

Marce: Valéria para de ser gulosa, tem muito maxmellor aqui rsrsrs.

Eu: deixa ela Marce,Depois diz que não ta gorda._ falo arrancando risadas de alguns e um olhar mortal de Valéria, é meu fim.

Valéria: retira o que disse Paulo Hart._ ela se teletransporta pra cima de mim.

Eu: sai de cima ,eu não vou retira nada._ela estava tentando mim enfocar, só tentando mesmo pois não fazia nem Córsega rsrsrs.

Valéria: A VC vai retirar sim ou ei conto pra todos que VC e a..._ a interrompi já sabendo o que ele ia fala.

Eu: ta ,eu retiro ,sua chantagista.

Valéria: obrigado._ se teletransporta novamente pro seu Lugar perto de Daniel.

Eu: De nada._ mostrei a língua pra ela.

Valéria: infantil._ cantarolou.

Eu: mimada._ todos já estava irritados com nossa briguinha.

Daniel: já chega ,vcs parecem duas criança.

Eu e Valéria: foi ela( ele) que começou.

Eu: Daniel da para controla sua namorada.

Daniel: impossível, se a Alícia que convive com ela a vida toda não conseguiu, eu é que não vou rsrsrs.

Valéria: é o que Daniel? ._ o encará de forma ameaçandora.

Daniel: nada não amor.

Jorge:falando na Alícia nem percebi que ela saiu.

Eu: verdade ,pra onde ela foi?

Marga: Eu vi quando ela saiu ,acho que foi dormir.

Marce: nossa tão cedo.

Marga: pois é._ falou dando de ombro, eu ia procura a Alícia mais decide espera um pouco pra evitar perguntas.

Paulo off:

Xxx narrando:

Nossa mais esses  "escolhidos"  são muito idiotas mesmo,acham que suas idéias são suficiente pra derrota o poderoso senhor das sombras, agora uma infiltrada na CDs tem plano melhor que esse... Com certeza não rsrsrs ,se bem que a Alícia é bem espertinha,ela mim viu no submundo mais mesmo não sabe quem eu sou, Eles são uns tolos em achá que o planinho deles vai dá certo, coitadinhos.

Eu estava na cozinha com aquele bando de trouxas que só falam merdas,sai de lá sem que ninguém mim visse e fui em direção aos quarto e entrei em um em especial.

Xxx off:

Alícia narrando:

Sai da fogueira e fui andá um pouco depois entrei em casa ,passei na cozinha e dei boa noite pro pessoal fiz o mesmo na sala,estava indo pro meu quarto quando passo em frente ao quarto onde encontramos o portal e estranhei a porta estava semi aberta ou melhor a maçaneta estava derretida só ai tive a certeza que alguém invadiu o quarto, mais quem?

Entrei no quarto e parecia tudo normal ,foi ai que notei que a porta que dava acesso as cavernas também estava só encostada e tinha sinal de arrombamento, comecei a suar frio quando sentir uma respiração na minha nuca ,mim virei assustada...

Eu: ah é você.

Alícia off:

( um pouco antes)

Paulo narrando:

Estava entediado, queria sair para procura Alícia só que o pessoal começou uma brincadeira mó chata e eu tive que participar corrigindo eles mim obrigarão... Em um momento de distração ou melhor de discussão dos meus amigos aproveitei e dei no pé e fui procura quem realmente me interessa, passei na cozinha e perguntei a Jack e ao Bryan se elas viram Alícia e em resposta disseram que ela foi pro quarto, fui em direção ao quarto de Alícia mais parei no meio do trajeto ao percebe que a porta do quarto no qual a entrada esta proibida  estava aberto, movido por fossas maior a curiosidade entreino mesmo e vi Alícia de costa segurando a maçaneta da porta secreta ,não sei o que faz aqui mais vou aproveita  a oportunidade de assusta, mim aproximei silenciosamente da sua nuca e fiquei parado até ela notá minha presença o que não demorou muito, rapidamente ela vira e mim encará como se estivesse aliviada.

Alícia: ah é você.

Eu: Oi Paulo tudo bem com você? Estou ótimo obrigada por pergunta._ falei com ironia e ela revira os olhos.

Alícia: foi mal ,você mim assustou.

Eu: Ah ,mais o que faz aqui?

Alícia: É estranho... Mais é como se alguém tivesse entrado aqui.

Eu: sério? Como chegou a essa conclusão?

Alícia: pelo simples fato da maçaneta da porta esta praticamente transformada  em ferro derretido e essa esta  só encostada._ falou e percebi que ela estava certa.

Eu: VC tem razão ,então quem entrou ainda deve esta ai dentro.

Alícia: também acho, vamos olha,se estive um espião aqui vamos descobrir.

Ligamos a lanternas dis nossos celulares e entramos... Novamente estávamos naquele corredor enorme ,esse lugar nunca vai deixa de ser estranho ,caminhamos mais um pouco e chegamos até a fenda e tudo parecia normal.

Eu: Não tem nada aqui,se alguém entrou aqui não deixou rastro nenhum.

Alícia: ah deixou sim,olha._ ela se abaixá e pega algo no chão ,é uma medalha com pingente de meia lua.

Eu: Nossa de quem sera essa medalha?

Alícia: não sei,mais essa lua eu conheço, só não sei de onde.

Eu: Alícia como era a tatuagem da garota que você viu no submundo mesmo?

Alícia: Uma meia lu...é dela Paulo ,ela esteve aqui._ eu e Alícia nos olhavam apreensivos.

Eu: mais quem sera ela?

Alícia: Não sei,mais temos que descobrir quem é com certeza é uma espiã, nesse momento não podemos confia nos novos escolhidos ate sabemos a verdade.

Eu: é, precisamos falá com o Victor e com o Miguel ,tenho certeza que a essa hora o senhor das sombras já sabe do nosso plano.

Alícia: VC tem razão, não podemos arriscar ...vamos.

Saímos de lá e fomos  para sala, todos foram dormir também já passá da meia noite, nos sentamos no sofa não demorou muito e Victor e Miguel aparece acompanhados por Valéria, pareciam preocupados.

Valéria: Onde Vocês estavam ? Procuramos por toda casa.

Miguel: estão aprontando alguma coisa?_ diz rindo.

Alícia: Não Miguel é algo muito sério.

Victor: do que se tratá Alícia ?_ RI ao ler seu pensamento e sabe o que ele pensá que Alícia vai dizer.

Alícia: Eu e o Paulo descobrimos que tem uma espião entre nos.

Eu: ou melhor uma espiã.

Valéria: Como? Uma espiã isso é um absurdo.

Eu: ah e VC acha que brincariamos com algo assim._ fui meio grosso rsrs.

Valéria: grosso.

Victor: chega vcs dóis, Alícia explique melhor esse papo de espião.

Alícia: a maçaneta da porta interditada estava derretida ,eu e Paulo fomos até as cavernas subterrânea e encontramos isso perto do portal por isso deduzimos ser uma mulher.

Ela mostra a medalha aos três e diz que é a mesma tatuagem da garota do submundo.

Victor: uma espiã? Precisamos descobrir quem é o mais rápido possível não temos muito tempo o senhor das sombras esta mais perto do que nunca._ fala se levantando_ vamos Miguel temos muito trabalho no laboratório... Ah e vcs três vão dormir já está tarde.

Eles saíram e nos ficamos mais um pouco conversando sobre quem poderia ser a espiã.

Valéria:  se a maçaneta estava derretida é porque a espiã tem poder de fogo, literalmente.

Alícia: também pessei nisso , os únicos com essa habilidades são três.

Eu: Mário, Miranda e kethyny.

Valéria: como o espião é uma mulher descartamos o Mário.

Eu: é óbvio oh .

Estávamos distraído mais mesmo assim notamos uma presença de alguém.

Alícia: kethyny? O que faz aqui essa hora?

Kethyny: é...é... Eu fui toma um ar lá fora ta muito calor ...é boa noite ._ subiu as escadas e sumio.

 Valéria: garota estranha ,eu em.

Eu: concordo, vcs viram que ela não tirava a mão do pescoço.

Alícia: eu percebi ,mais  o que que tem?

Valéria: também percebi, acho que ela está com Torcicolo rsrsrs.

Eu : ou queria esconde algo.

Valéria: tipo o que?

Eu: sei lá,uma mancha ou uma marcá ._ sorri 

Alícia: marcá de quer garoto?

Eu: vai sabe né, um vampiro é que não foi _ sorrir malicioso.

Valéria: rsrs eita Paulo, VC não presta.

Alícia : concordo, mais agora vamos dormir né.

Paulo off:

Alícia narrando:

Eu estava indo dormir e um ser me seguía ,entrei no meu quarto e ele entrou atrás.

Eu: pra onde o queridinho pensá que vai?  Que eu saiba seu quarto não é aqui.

Paulo: vou dormir aqui hoje ._ falou dando de ombro.

Eu: a mais não vai mesmo, se meu pai te pegá dormindo comigo é teu fim rsrsrs.

Paulo: kkkkk não tenho medo do seu pai._ diz sorrindo.

Eu: Mais eu tenho né RS.

Paulo: A toda poderosa Alícia com medinho, fala a verdade Alícia seu medo é que seu  pai nos pegue juntos ou que aconteça algo entre a gente?_ perguntou com uma voz sedutora e se aproximá mim arrepiando.

Alícia: Paulo._ o repreende e ele mim da um selinho e se afasta sorrindo de lado,esse menino é a perdição em pessoa.

Paulo: Relaxá ,hoje eu só quero dormir mesmo._ fala se deitando na  minha cama e mim chama.

Alícia: Paulo você é louco rsrs._ deito do lado dele.

Paulo: sou louco por VC,boa noite Calen .

Eu: Boa noite Hart._ ele mim da um selinho eu mim deito no seu peito  e dormir ouvindo o seu coração.


Continua...
















Notas Finais


Mistério quem será a espiã em.
Uai o climinha esquentou ali or😏😇
Erros ignorem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...