História Caçadores sobrenatural( Carrossel) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Carrossel, Cúmplices de um Resgate, Garota conhece o Mundo (Girl Meets World), Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Alícia Gusman, Daniel Zapata, Joaquim Vaz, Jorge Cavalieri, Katniss Everdeen, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Maya Hart, Paulo Guerra, Valéria Ferreira
Tags Carrossel Paulicia
Visualizações 76
Palavras 3.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou aqui com mais capítulo pra vcs .
Boa leitura

Capítulo 17 - A batalha antes da guerra


Fanfic / Fanfiction Caçadores sobrenatural( Carrossel) - Capítulo 17 - A batalha antes da guerra

Quarta-feira 03:00 da madrugada

Paulo narrando:

Eu acordo cedo e noto que não estou no meu quarto olho para meu lado e vejo Alícia que ainda dormia sorrir ao lembra da reação dela quando disse que ia Dormir aqui,olho que horas são no meu celular,acho melhor volta para o meu quarto antes que alguém mim veja aqui, não é porque ontem eu disse a Alícia que não tenho medo do paí dela que é verdade! Pelo contrário aquele senhor de cabelos grisalho da um certo medo sim rsrsrs.Mim levantei da cama coloquei meu celular no bolso dou um beijo na testa de Alícia que se mexê um pouco mais não acordá, saio do quarto e vou toma água na cozinha quando chego na sala que olho para varanda vejo que tem alguém lá fora como estava escuro não consegui ver quem era,mim apróximo da porta e saio para fora a pessoa sente minha presença e vira pra mim assustada.

Kethyny: Paulo?._ pergunta aparentemente nervosa.

Eu: O que faz aqui essa hora?._ pergunto mim aproximando.

Kethyny: é.. Eu ouvir um barulho e vim olha o que era._ela não falava a verdade eu podia ver em seus olhos o nervosismo.

Eu: Sozinha? _ tento ler seus pensamentos mais estavam sendo bloqueados.

Kethyny: eu estava indo toma água quando ouvir o barulho.

Eu: Acho melhor voce entra,não é seguro aqui fora.

Kethyny: Eu já estava indo._ ela passa apressada por mim e foi para o quarto.

Eu fiquei mais um pouco olhando pro nada e depois entro devagar e vou até a cozinha tomei água e mim sentei no balcão e fico pensando no porque não conseguir ler os pensamentos de kethyny e o que ela realmente fazia lá fora ,estava tão distraído que o tempo passou e pessoal começa a chega para toma café.

João: Acho que ainda estou dormindo ,o Paulo acordado as 5:00 da manhã._ diz olhando o relógio no pulso.

Jorge:  Caiu da cama Paulo?_ fala indo até a geladeira.

Eu: Ai como vcs são engraçados, acordei cedo porque eu quis._ falei sem da importância.

João: Teve uma noite ruim ?_ pergunta se sentando a mesa acompanhado por Jorge.

Eu : Não que seja da sua conta mais minha noite foi ótima, o ruim foi tê que acordá e vê a cará feia de vcs logo cedo.

Jorge: podemos sabe o porque sua noite foi ótima._ fala ignorando meu cometário.

Eu : Como eu disse  não é da sua conta._ falo pondo um ponto final naquela conversa.

Valéria entra na cozinha toda animada.

Valéria: Bom dia meninos.

Jorge: bom dia val._ diz sorrindo

João: bom dia ._ fala com a boca cheia de pão.

Eu: Bom dia._ disse seco.

Valéria: Nossa ,quer que deu nele?. _ pergunta tomando o pão da mão de João.

Jorge: Paulo sendo Paulo né Valéria.

Valéria: ah,ta mais mudando de assunto Paulo alguma novidade sobre a espiã?._  ela pergunta e eu a encaro  essa mina é doida.

Jorge: espiã? Que espiã?._ oh Valéria da bocona ná.

Eu: Valéria não era pra conta agora.

Valéria: ai foi mal acabei esquecendo.

Eu: tanto faz, já falou mesmo.

João: Que espiã? falem logo.

Eu: Eu e Alícia descobrirmos que tem uma espiã entre a gente e que esta passando informações para o submundo.

Jorge : Nossa isso é muito sério, o Victor esta sabendo?

Eu: esta sim ele e o Miguel estão investigando.

João: VCs tem alguma ideia de quem seja?

Valéria: Não a única pista que temos é uma medalha que Alícia encontrou perto da fenda.

Jorge: Então  a espiã já esteve no submundo! Então com certeza o Mivok já sabê do nosso plano._ diz com a mão no queixo.

Eu: tudo levá a crê que sim.

João: precisamos descobrir quem é.

Alícia entra na cozinha e nos da um bom dia .

Alícia: O que precisamos descobrir João?_ diz se sentado ao lado de Valéria.

João : Quem é a espiã.

Alícia: Então VCs já estão sabendo?_ diz olhando para Valéria

Jorge: sim a Valéria deixou escapar rsrs.

Alícia: rsrs tudo bem, só vou pedir que não cometem com ninguém sobre esse assunto ,quanto mais gente soube mais difícil sera descobrir quem é a espiã.

Jorge: tudo bem ,não falaremos para ninguém.

Eu: Alícia podemos conversa... a sóis? _ pergunto atraindo os olhares de João ,Jorge e Valéria.

Alícia:  Sim ,vem comigo._ ela sai pra fora da casa pela porta da cozinha e eu a acompanho.

Paulo off

Alícia narrando:

Sair da casa acompanhada por Paulo e não Fasso a menor ideia do que ele quer fala comigo, Páramos em um passarela  de madeira que tem no lago.

Eu:  O que quer mim dizer?._ pergunto parando em sua frente.

Paulo: é só uma suspeita...eu desconfio de quem possa ser a espiã.

Eu: De quem VC esta falando?

Paulo: a novata que veio da Flórida com Bryan e Bryana.

Eu: A kethyny?_ pergunto já sabendo a resposta.

Paulo: sim ela mesma, não confio nela e quando saí do seu quarto hoje de madrugada ela estava aqui fora.

Eu: isso é muito sério Paulo ,VC tem certeza do que esta dizendo? _ eu falei merda e ele mim olha e faz uma cara de reprovação.

Paulo: é bom sabê que não acredita em mim Alícia._ ele parece chateado.

Eu: Não é isso Paulo,VC entendeu errado é só que se ela for realmente a espiã precisamos ficá atentos._ disse tentando amenizar o clima.

Paulo: Desculpa eu fiquei irritado, foi mal._ ele se desculpa passando a mão no rosto.

Eu: Não precisa pedir desculpas,eu  acabei mim expressando mal.

Paulo: Então VC mim desculpa?._ ele pergunta fazendo cara fofa.

Eu: só se VC mim perdoá primeiro.

Paulo: Tudo bem eu te desculpo._ diz se aproximando.

Eu: então eu também te desculpo...  ._ ele mim da um selinho e depois se afasta rindo._ ...que foi?

Paulo: Nos fugimos totalmente do assunto._ diz sorrindo

Eu: verdade rsrs... Mais mim conta , VC viu mais alguma coisa quando a kethyny estava aqui?.

Paulo: tinha algo de estranho eu tentei ler os pensamentos dela mais não consegui era com se estivessem sendo bloqueados ou algo do tipo.

Eu: Isso só pode ser coisa do senhor das sombras._ falo fitando o lago.

Paulo: também acho... Vamos entra?

Eu: vamos._

Ele pegá em minha mão e voltamos pra dentro assim que entramos eu solto nossas mãos e ele sorrir.

Paulo: vou para o treinamento,a gente se vê depois._ ele da um beijo em minha bochechas e sai.

Alícia off

Marga narrando:

Já se passava do meio dia eu estava treinando com o Paulo ,Jorge e bryana a pedido do Victor ,ele disse que nos temos que esta bem preparados quando fomos para o submundo, confessor que estou com medo do que possa acontece enquanto estivemos lá.

O treino tinha acabado e eu estava sentada no chão estava muito cansada, fico olhando em volta e vejo Paulo que ainda treinava que bom que ele vai comigo, olho para o outro lado e vejo bryana rindo de Miguel que tenta ficá sério mais não consegui rsrsrs sou tirada dos meus devaneios quando alguém senta do meu lado, era o Jorge.

Jorge: Eles ainda estão rindo?_ pergunta olhando para bryana e Miguel.

Eu: Não rsrsrs acho que a bryana ou fez ou contou algo muito engraçado pra ele.

Jorge: pois é... VC estava distante ,no que tanto pensava?_ pergunta olhando para mim.

Eu: Ah nessa missão ,confesso que estou um pouco assustada._ forço um sorriso.

Jorge: Não se preocupe não vai acontece nada e VC não estará lá sozinha...até acho que não vamos mais._

Eu: Porque acha isso ? Está sabendo de algo?.

Jorge: VC logo vai sabe._ diz sorrindo.

Eu: ta bom então._ falo sem entender.

Jorge: olha seu irmão não tirá o olho da gente rsrs._ eu olho para Paulo que faz uma careta e depois sorrir e sai do laboratório.

Eu: Não estamos fazendo nada de mais._ falo o encarando

Jorge: porque VC não colabora né?..._ fala se aproximando e eu mim Afasto e ele  sorrir de lado._ ...Quando VC quiser marga.

Eu; é vamos ,só esta a gente aqui._ falo nervosa e acho que ele percebeu.

Jorge: vamos rsrs.

Voltamos para sala e encontramos Alícia sentada na poltrona, Paulo esparamado no sofá a mharessa estava sentada no outro sofá e Valéria deitada no tapete nos juntamos a eles e ficamos conversando.

Marga off

Valéria narrando:

Eu esta de boa assistido um documentário junto com Alícia até que Paulo chega todo molhado e pula no sofá mim derrubando no chão Alícia e mhare ficam rindo eu estava tão concentrada na TV que nem dei importância que estava no chão, vejo que Jorge e marga se junto a nos aonde esses dois estavam ?...O documentário termina pego o controle e começo a mudá de canal freneticamente.

Paulo: oh Valéria da pra deixa em um canal e pronto._ fala se sentado.

Eu: Não estou com vontade._ continuou a muda de canal até que marga grita.

Paulo: Que foi marga?

Marga: Valéria volta dóis canais ,por favor._ fiz o que ela pediu e parei em um noticiário.

Alícia: O que VC viu nesse jornal?

Marga: Escutem ._ eu aumentei o volume.

Repórter Xxx: Estamos a uma distância segurá do portal que se abriu no céu de Manhattan a mais ou menos três dias,O portal esta se contraindo e houve algumas explosões no seu interior,não sabemos o que esta acontecendo as autoridades já estão evacuando os prédios próximos a zonas de risco, Voltaremos com mais informações depois dos comercias ,repórter Xxx para jornal news.

Baixei o volume da TV e encarando Alícia.

Eu: O que isso quer dizer?

Alícia: Não sei ,mais talvez o mivok tenho adiado seus planos de vingança, Jorge vá chama meu pai e o Miguel._ele usar a super velocidade e vai e volta em questão de segundos.

Miguel: Odeio quando ele faz isso._ fala arrumando o cabelo.

Jorge: foi mal._ diz sorrindo fraco.

Victor : filha porque nos chamou com tanta presa?

Alícia: A uma movimentação estranha no portal em Manhattan,creio que o mivok vai começa sua vingança mais cedo.

Maya: não é bem assim Alícia,a realmente algo vindo mais é o nick e um exército ._ diz chegando na sala um pouco assustada.

Paulo: Como é que é maya ,um exército?

Maya: sim Paulo eu tive uma visão e vi o nick shezer a frente de um exército de criaturas sobrenaturais a mando do próprio senhor das sombras.

Vejo que Alícia esta distraída olhando para kethyny que procurava algo perto da escada nem vir quando essa garota entrou ,ela continua com a mão no pescoço e olhando disfarçadamente para o chão.

Alícia: procurando alguma coisa kethyny?. _ diz se aproximando da garota que a encará.

Kethyny: Não é nada não, depois eu procuro._ diz subindo as escadas só que Alícia pega no seu braço com força.

Alícia: Sera que é isso que VC procura kethyny.

 Fala tirando uma medalha de dentro do bolso e mostrando para ela que arregala os olhos, todos já olhava para duas curiosos menos Paulo que parece que ele sabe de algo.

Kethyny: eu nunca vi essa medalha na minha vida._ vejo que Paulo da uma risadinha sarcástica e se aproxima das duas.

Paulo: e porque sera que VC tem a mesma tatuada aqui._ 

Paulo subiu a maga da blusa dela revelado uma tatuagem de meia  idêntica a medalha ,todos olhava para kethyny e ela não dizia nada ,que ela é a espiã isso é fato ,todos já estava na sala ate os novatos e eles estavam boiando.

Alícia: Não tente nos enganar agora ,já está bem claro que VC é a espiã._ diz saindo de perto de kethyny acompanhada por Paulo.

Major: espiã ,mais o que eu perdi?._ pergunta sem entende .

Mário: como assim a kethyny é uma espiã.

Paulo: tudo começou quando Alícia percebeu que o quarto da fenda foi arrombado e a pessoa que fez isso tem poder de fogo pois a maçaneta estava derretida.

Alícia: depois eu encontrei essa medalha perto da fenda temporal e agora a tatuagem dela é a mesma da garota do submundo.

Todos estavam surpreso com a revelação principalmente maya que alem de não ter visto nada kethyny ainda era sua amiga.

Kethyny: Pelo visto já não tenho mais como enganar vcs ,então se afastem de mim ou eu coloco fogo nessa casa._ diz ameaçando com chamas nas mãos.

Mhare: VC não vai fazer nada.

mharessa estava próximo de kethyny e ao percebê o que a garota iria fazer pega no braço dela com certa velocidade e força observe todo o poder de kethyny a deixando indefesa Alícia imobilizá kethyny e depois Miguel a amará ,mharessa cai e Nico chega perto pra ajuda_lá.

Nico: VC esta bem ? ._ pergunta com ela deitada em sua pernas.

Mhare: sim estou,foi só que quando absorve as habilidades dela muito rápido acabei trazendo algumas lembranças junto.

Paulo: O que faremos com ela?._ diz apontado para kethyny.

Mhare: Alícia escuta o que ela tem a dizer._ disse como se soubesse de algo.

Alícia: tudo bem ....kethyny porque fez isso?.  _ pergunta se virando pra garota amarrada no sofá.

Kethyny: não vou fala nada,VC já sabe que eu sou a espiã porque não mim matá logo Alícia._ diz com muita raiva sentanda no soltá.

Valéria: colabora garota ninguém vai te matá ,embora a vontade não falte._ falei só a verdade.

Major: Valéria ! Ela nunca vai fala nada desse jeito._ diz impaciente.

Paulo: fala logo ,VC foi obrigada a fazer isso._ pergunta nervoso

Kethyny: fui sim obrigada satisfeitos era isso ou minha morte._ diz com um olha mortal.

Victor : explique melhor por favor._ pede educadamente ,só meu pai mesmo.

Kethyny: Assim como Alícia eu tive a sorte sqn  de encontra uma fenda temporal ou melhor ele mim encontro ,cai no submundo no meio da sala de jantar do senhor das sombras aquele serzinho do inferno,( sinta a ironia) ele disse que  se não mim juntasse a ele eu morreria da pior maneira possível, então eu não tive escolha era isso ou morre._ diz gritando de raiva

Alguns estavam assustado como estado da garota ela estava estérica gritava e chigava todos a sua volta.

Valéria off

(...)

Narrador (érica)

Todos ainda estavam na sala menos mhare e Nico ele levou ela para descansar um pouco ,alguns comentava sobre o ocorrido e kethyny foi trancandoa em dos quarto com a supervisão do Miguel. 

Paulo: Alícia olha isso ._ diz apontando para TV .

O que eles temia chegou, Manhattan estava sendo atacada era uma cena muito forte mais nossos escolhidos sabia o que tinham que fazer.

Alícia: chegou a hora ,esse pode não ser o fim  mais é o começo dele._ diz se levantando junto com todos.

Mário: o que faremos, como vamos chega lá?

Marga: posso abrir um vórtice temporal para lá e leva algumas pessoas comigo.

Valéria; posso teletransporta alguns._ diz se levantando

Alícia: muito bem,quero que fique uma equipe aqui o resto vem comigo .

Todos os CDs incluindo quatro novatos foram para Manhattan com ajuda de Valéria e marga, ao chega em seu destino vê uma cena horrível de guerra ,pessoas gritando e correndo criança chorando e monstro em todas as partes ,nem sinal do nick shezer .Todos estava em posições de ataque e devidamente vestidos com o traje da CDs , um grupo de monstro vem na direção dele.

Todos: atacá._ gritaram

 E eles começa a lutar mostrando suas habilidades e força ,a batalha estava calorosa mais nosso escolhidos não se deixava abater ,era impressionante com Paulo usava sua força para destruir os monstro e como Jorge usava sua pontaria para acertar os alvos como Alícia usava suas habilidades e como todos sabia o que estavam fazendo ,a batalha estava quasse ganhar até que Alícia ver um dos seus cair sangrando no chão, Valéria vai até Troy  que sangrava muito  Alícia vê e vai fazer a cobertura dos dois.

Troy: ahhhh ta doendo muito ._ ele gritava de dor enquanto os outros ainda lutava.

Valéria: fica calmo, você vai fica bem._ diz estancado o sangramento.

Troy: Não adianta Valéria é tarde demais._ diz fraco e torcia sangue.

Valéria: só fica acordado troy._ fala tentando reanimá_lo o que não estava sendo fácil.

Alícia: como ele esta?_ pergunta e ao mesmo tempo atirá nas criaturas com o arco.

Valéria: Mal, esta perdendo muito sangue..._ troy desmaio_ ... Troy acorda precisamos sair da qui ..._Alícia agachar perto de troy e escuta seu pulso.

Alícia: Ele se foi val._ diz triste e val chorar.

Paulo: Alícia precisamos sair da qui,estamos em desvantagem..._ diz chegando e ao ver Valéria chorando ao lado do corpo de troy fica triste_...sinto muito .

Alícia: vamos Valéria, não podemos fazer mais nada por ele._ diz ficando ao lado de Paulo .

Valéria se junta aos dois que olham uma última vez para corpo  e depois se juntá ao resto da equipe que já tinha se afastado por esta em desvantagem,eles estavam no estacionamento de um prédio se protegendo eles podia ouvir os gritos das pessoas desesperadas o choros das crianças.

Alícia: Não podemos nos esconder ,temos que sair e luta._ diz tentando sair mais Paulo a segurá pelo braço.

Paulo: esperá Alícia ,precisamos de uma estratégia não podemos simplesmente sair lá,vamos ser derrotados.

Daniel: Paulo tem razão,precisamos de algo grande ._ Daniel olha pra céu e diz_...é isso

Valéria: isso o quê? ._ ela ainda estava muito abalada.

Daniel: os helicóptero, podemos usa_los como armas.

Mário: como Daniel? Tem pessoas lá dentro.

Daniel: eu sei ,Valéria e Paulo pode se teletransporta e tirá os pilotos de dentro e depois Alícia usá a telecinesia para sustentar o helicóptero...._  Alícia o interrompi parece entende o plano de Daniel.

Alícia: eu entedi o que Daniel quer fazer pôde dá certo,venha comigo .

Todos saíram do estacionamento Alícia percebe que a maior concentração de criaturas então a sua direta perto de um posto de gasolina ela olha para céu e vê o helicóptero que esta no lugar certo prá plano de Daniel da certo.

Alícia: Paulo ,Valéria._ os dois se aproximá._ estão vendo aquele helicóptero vcs dois vão se teletransporta lá pra dentro e trazer o piloto e co piloto em segurança.

Paulo: acho que entedi o que os dois quer fazer._ diz sorrindo

Valéria: eu também, vamos Paulo?._ Paulo pega na mão de  Valéria que some com ele pra dentro do helicóptero.

Eles consegue tira os dois pilotos de lá em segurança Paulo comunica Alícia por telepatia para que ela saiba que quando eles tira o piloto o helicóptero vai cai, Alícia usá sua telecinesia para sustentar o helicóptero no ar o que estava muito pesado a garota ja estava com os olhos vermelhos e seu nariz começava a sangrar ,ela guiá o helicóptero até o posto de gasolina e o solta em cima causando uma grande explosão seguidas de outras menores ,todos os monstro foram destruído e as pessoas que sobreviveu começaram a sair dos esconderijo ,alguns encarava aquele grupo de heróis com sentimento de medo,curiosidade e agradecimento.

Alícia sorrir ao ver que a batalha tinha acabado e que eles venceram, ela se vira para seu amigos todos reunidos a olhando e sorrindo até que ela ficá tonta e levá a mão até o nariz e ver que esta sangrando, ela então olha novamente para seus amigos que agora estavam com olha preocupado, a garota simplesmente cair no chão desmaiada mais antes escuta um grito de Paulo.

Paulo: Alíciaaaa._ grito


Continua...
















 


Notas Finais


Esse foi o capítulo de hoje espero que gostem.
O que será que aconteceu com Alícia em ? Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...