História Caçadores sobrenatural( Carrossel) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Daniel Zapata, Jorge Cavalieri, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Valéria Ferreira
Visualizações 36
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom galera primeiro capítulo dessa saga de arrepia

Sem mais de logas boa leitura

Capítulo 2 - Em busca dos Melhores


Fanfic / Fanfiction Caçadores sobrenatural( Carrossel) - Capítulo 2 - Em busca dos Melhores

 

Narrador:

Paulo voltava de seu trabalho a noite como sempre fazia ,quando passava em um beco teve a sensação de está sendo observado, não deu muita atenção e continuo andando com as mãos no bolso do casaco ,quando e surpreendido por uma criatura horrenda com a pele transparente de caras e presas super afiadas que o atacar, imediatamente Paulo se defende mostrando sua super força jogando a criatura contra a parede que cai desacordada ,Paulo se aproximá e fica se perguntando, porque aquela criatura do submundo esta ali,ele e tirado dos seus pensamentos quando a criatura o ataca novamente ficando as garras em sua perna a deixando imobilizada ,quando os olhos dele começou a pesar ele sente a criatura ser arremessada longe e depois se desintegra ,Paulo se levanta com dificuldades por conta da perna, ela olha pro lado e ver uma sombra feminina o encarando então ele pergunta.

Paulo: quem e VC? E porque essa criatura esta aqui?

Xxx: quantas perguntas Paulo.

Paulo: como sabe meu nome?

Xxx: eu sei o nome de muito pessoas .

Paulo: da pra fala quem e VC? Diz estressado

Xxx: eu me Alícia Calen.

Paulo: espera ai,VC e  a filha de Vítor Calen? .Diz segurando a perna.

Alícia: sou eu mesma,VC conheceu meu pai?

Paulo: não,só ouvir falar, mais o que essa criatura fazia aqui ,ele deveria esta no submundo.

Alícia: e deveria ,mais infelizmente o portal foi aberto e essa e só uma das milhares de criaturas que estão soltas em todo mundo.

Paulo: VC sabe quem abril o portal?

Paulo sangrava muito e já estava ficando cansado.

Alícia: temos nossas suspeitas,agora vamos pra sua casa sua perna esta sangrando.

Paulo: não precisa, eu vou sozinho.

Diz caminhando com dificuldade.

Alícia: VC e bem teimoso ne? Eu sei que sua irmã pode cura-lo.

Paulo: como sabe de tudo isso? Afinal o que quer comigo?

Alícia: aff  VC faz muitas perguntas Paulo, já pensou em trabalhar com jornalista?

Paulo: haha  que engraçado ,to morrendo de rir. Diz irônico.

Alícia: VC vai morre e si não cuida desses cortes, agora vamos.

(...)

Chegando na casa dos Hart Paulo entra acompanhado por Alícia ,rapidamente Marcelina e margarida correm até Paulo que já estava sentado elas estava preocupadas nenhuma notou a presença de Alícia que se encontrava escorada na portá.

Marce: o que aconteceu?

Marga: você esta bem?

Paulo: e claro que não estou,Marcelina da um jeito na minha perna agora.

Marce: ta bom

Marcelina colocou a mão sobre o ferimento de Paulo que imediatamente sumiu sem ficar nem marca, depois as meninas notaram a presença de Alícia.

Marga: quem e você?

Alícia: Alícia Calen.

Marce: Nossa,Alícia Calen filha de Vítor Calen, o que faz aqui?

Alícia: eu preciso da ajuda de vcs ,o portal do submundo foi aberto e eu junto com CDS estamos reunidos os melhor para uma missão de encontra e acaba com quem ou que abriu o portal.

Marga: CDS esse lugar existe mesmo, achei que fosse só lenda.

Alícia: ele existe esta precisando de vcs pra continua existindo.

Paulo: mais porque precisa da gente, somos apenas pessoas normais.

Alícia: vcs acha que eu ia perder meu tempo vindo atrás de pessoas normais,não ne? E vcs não são normais, eu e a CDS estamos estudando vcs a muito tempo ,sei as habilidades de cada um,Você acha normal ter super força Paulo,acha normal voce ficar invisível e pode curá Marcelina, e você margarida acha normal abrir vórtice temporais e ver através de objetos eu acho que não.

Todos estavam impressionados ,como ela sabia de tudo ,Paulo era o único que não concordava em ir para o prédio da CDS  e também não quer que suas irmãs vá.

Alícia: Paulo, vcs tem que vim comigo.

Paulo: eu vou, mais minhas irmãs ficam.

Alícia: escuta Paulo, seja lá quem abriu o portal já sabe que eu estou reunindo vcs ,e aqui sera o primeiro lugar que ele vai vir ,comigo vc ee suas irmas estarão seguros eu garanto.

Paulo: então  nos vamos.

Então eles sairá e foram para o prédio da CDS era enorme e bem escondido por fora parecia um casa normal era ate simples demais, mais por dentro era incrível tudo na mais alta e moderna tecnologia, Alícia os guiavam por todo prédio até chega no centro de treinamento onde estava Valéria e os outros escolhidos ,todos em pocissão , Valéria abraça Alícia e fala algo em seu ouvido que rir.

Alícia: bom ,para quem não me conhecê eu sou Alícia Calen, sou a líder de vcs e essa e minha irmã Valéria vice líder caso aconteça algo comigo creio que ela já explico o que vocês fazem aqui,agora eu quero que cada um se apresente e mostrem suas habilidades OK?

Todos: OK .em coro.

Alícia: muito bem,VC começa loirinho.

Jorge: eu me chamo Jorge ,e tenho a super velocidade . 

Ele mostra na prática, e os outros se apresentam.Depois que todos se apresentaram ,foram meninos para um quarto e meninas pra outros assim se conhecerão melhor ,e amanhã começara o treinamento.

Continua...


Notas Finais


Ta ai primeiro capítulo espero que gostem ,

Lembrando que e a primeira história que eu Fasso com esse tema .

Sorry pelos erros.
Boa leitura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...