História Cada uma das garotas é um sentimento? (Remasterizando) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Alexa, Ash Ketchum, Bianca, Black, Blue, Calem, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Drew, Gary Carvalho, Giovanni, Grace (mãe de Serena), Iris, Korrina, Lyra, May, Misty, Personagens Originais, Professor Birch, Professor Carvalho, Professor Elm, Professor Oak, Professor Sycamore, Professora Juniper, Rosa, Sabrina (Natsume), Serena, Shauna, White, Yellow
Tags Advanceshipping, Amourshipping, Ash X Blue, Ash X Korrina, Ash X Sabrina, Ash X Shauna, Ash X White, Colegial, Comedia, Drama, Fantasia, Ficção, Ficção Cientifica, Hentai, Horror, Luta, Magia, Negaishipping, Pearlshipping, Pokémon, Pokeshipping, Shalourshipping, Suspense, Terror, Xerena, Yuri
Visualizações 808
Palavras 8.948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(Capítulo remasterizado)
(Dia 01/09/2017)


- Qual é o nível do contador de palavras desse capítulo?

- É de mais de 8 mil!

- O quê? O que foi que você disse? Mais de 8 mil! Esse contador só pode estar quebrado!


Boa leitura!

Capítulo 5 - Vocês querem ir ao meu colégio? Iris, me conte sobre você.


Fanfic / Fanfiction Cada uma das garotas é um sentimento? (Remasterizando) - Capítulo 5 - Vocês querem ir ao meu colégio? Iris, me conte sobre você.

Casa dos Ketchum 05h50min da manhã.


- [Bocejo] Que soninho gostoso. – Fala Ash que tirou o cobertor de cima dele. [Levantando]. – Nossa! Ainda bem que acordei sozinho, o despertador não tocou... Será que ele quebrou? Ainda bem que consegui acordar sozinho. Se não eu ia ficar dormindo e ia me atrasar, agora... Vou escovar os dentes e tomar banho. – Ash foi para o banheiro.

(...) Um tempo depois...

- Quando será que o Ash vai acordar? – Pergunta Serena.

- Não sei... – Responde Dawn.

- Olha ele ali. – Diz May que vê Ash aparecendo na cozinha.

- Ah, bom dia meninas, espera, por que vocês já estão acordadas?

- É que sempre em nosso planeta sempre acordamos cedo, já que ficamos fazendo umas coisas. – Responde Dawn.

- Até porque somos princesas de lá. – Diz Serena.

- Até chega a ser chato. – Fala May com cara de cansada.

- É, mas fazer o que, não é? – Pergunta Iris.

- Sim, não tem nada o que fazer. – Responde May.

- Bem, agora vou tomar meu café... – Ash pegou as coisas para fazer seu café da manhã.

- O Ash, eu fiz o café para você, mesmo eu não sabendo a hora que você ia acordar direito. – Fala Serena com um sorriso.

- Eu falei que seria uma perda de tempo! Já que ele pode fazer isso sozinho. – Diz Misty.

- Bem, obrigado Serena, muita gentileza sua. – Ash sorri de leve.

“Olha, ele ainda está com o efeito de ontem.” Pensa Dawn.

- De nada.

- Daqui a pouco vou para o colégio... Espera, e vocês vão fazer o quê?

- Colégio? - Elas perguntam. Ash cai no chão.

- Verdade, nem falei sobre isso para vocês... Bem, é um lugar onde só tem chatice, se aprende as coisas, onde a maioria dos professores só querem te fuder, também é um local para se divertir, mas eu não me divirto só aprendo, porque eu não tenho amigos e ninguém gosta de mim... – Ash fica com a cabeça abaixada, Shauna chega perto dele.

- Ash não fique assim. – Shauna abraça o garoto.

- Isso mesmo você tem a gente. Principalmente eu que sou a felicidade e não gosto de tristeza, sem ofensas Shauna. – Fala a azulada, Ash volta ao normal, as outras ficam olhando a cena.

(...)

- Há! Meninas esse tal "Colégio" é parecido com o dos nossos planetas, mas eles são os nomes do nosso sentimento, como o nome da minha escola é School Of Fear, e têm as outras, mas não importa. O que importa agora é dar um jeito de ir com você! – Diz Sabrina.

- Vocês querem ir ao meu colégio? E m-mas como que vamos fazer para matricular vocês? E pelos menos para vocês entenderem os ensinos, vocês precisam saber mais coisa da terra e...

- Não se preocupe Ash, nós nos viramos e aprendemos, contando que você esteja do nosso lado... Nada mais importa. – Fala Serena dando um beijo na bochecha de Ash que corou um pouco.

- Já chega, não é Serena. – Diz White, Ash fica com uma gota na cabeça não entendendo nada.

- Nossas vocês são nojentos, ficam dando beijinhos! – Diz Iris mostrando a língua, Serena nem liga para o que Iris falou.

- Está bem, mas como vocês vão entrar no meu colégio? E vocês têm 17 anos, como que vocês vão para mesma sala que eu? E mais uma coisa, vocês ainda não são adultas, então também vocês não pode fazer isto sozinhas, apenas com um adulto acompanhando.

- Ash, aquele é seu pai certo? – Pergunta Dawn que viu um homem descendo as escadas.

- É Ash? – Misty pergunta olhando para o homem.

- Que estranho... Dificilmente ele fica de folga na terça-feira... – Fala Ash.

- Que tal você pedir para seu pai para nos matricular Ash? – Pergunta Korrina.

- Bem... Eu não sou muito de falar com meu pai...

- Vai logo Ash! Para de frescura! – Diz Misty séria olhando para o garoto.

- Não, vão lá vocês. – Ash vira o rosto para o lado.

- Ash... – Sabrina o chama, Ash olha para ela.

- É melhor você ir lá antes que eu arranque cada um dos seus membros!

- Um... Não estou muito afim não, sabe... – Ash fica normal terminando seu café, com os olhos fechados, o deliciando.

- Misty acho que alguém quer ir por mal, não é mesmo? – Pergunta a cabelos de vinho.

Sim. - Ash quando escuta isso e olha para as duas, ele ficou com os olhos esbugalhados quando viu uma aura negra em volta de Sabrina e Misty estralando os dedos.

- Está bem... Não precisam ficar assim. – Ash da um sorriso forçadamente com uma gota na cabeça.

- Bom mesmo! – Dizem as duas. O garoto como foi obrigado, foi até seu pai.

(...)

- Pai... Eu posso fazer uma pergunta? - Ash pergunta com os braços para trás das costas.

- Sim meu filho diga, mas diga logo! Porque eu preciso ir ao mercado. – Fala Giovanni.

- Está bem... Você pode matricular minhas amigas na minha escola? – Perguntou o moreno não querendo fazer essa pergunta forçada. – Giovanni agora que viu as garotas na cozinha que estavam os olhando.

- Caramba filho, você não fala com ninguém e do nada você já tem dez garotas com você, eu estou impressionado filho! Que orgulho do meu filhão! Está virando Homem! – Ele bagunça o cabelo do moreno, Ash cora um pouco quando seu pai falou que ele tem as dez garotas com ele.

- N-Não é o que você está pensando pai! Vamos conversar depois... Já, já eu vou para o colégio...

- Mas espera um pouco... De onde vieram essas meninas? – Giovanni olha para o garoto com olhar de curioso.

- Bem... “Pensa, pensa, pensa! O que eu digo? Não posso simplesmente falar que elas apareceram do nada...” – É que pedi para mãe adotá-las para eu não ficar mais sozinho. “Eu não acredito que eu falei isso, eu duvido que ele vá acreditar.” – As outras garotas o ouviramele falando isso e deram um tapa em suas próprias caras [Face palm].

- Estranho... Sua mãe não falou nada sobre isso comigo...

- “Me fudi!” – Pensa o mesmo suando.

- Bem... Já que é assim tudo bem, é difícil quando eu tento falar com ela, ela está sempre ocupada... Só consigo falar com ela quando ela vem para casa... Então... Está bem, vou fazer as compras e depois passo no colégio e matriculo-as. – Giovanni sorri.

- “Ufa!” Obrigado pai.

- De nada, agora vou sair, tchau. – Giovanni vai embora.

- Ash! - Sim? - Você beijou Dawn! Não foi? – Pergunta Misty com raiva, Sabrina com cara séria, Dawn sorrindo, Serena com bico, White com as bochechas infladas, Korrina fica se balançando para um lado e para o outro, Shauna fica normalmente, May com cara de maliciosa, Blue estava muito corada, Iris estava normal. Ash arregala os olhos e fica olhando para as meninas.

- Poxa Dawn, precisava falar? – Ash fica olhando para Dawn que corou.

- Desculpa-me Ash. É porque elas me obrigaram a falar... Já que elas sabiam que eu e você ficamos sozinhos. – Dawn cora mais um pouco.

- E como Dawn nos contou, vocês dois se beijaram! – Fala Sabrina séria.

- Mas...

- Silêncio! (Sabrina corta o garoto).

– Deixa-me falar! Nós ficamos conversando sobre isso... E! Chegamos em uma conclusão... Quando nós estávamos conversando, Dawn falou tudo sobre o beijo e tal, então sabemos que apenas dando um beijo pode ser mais fácil para passar os sentimentos mais rápidos... Então para o sentimento da Dawn não ficar mais elevado... Vamos beijar você também! Para ficar “Equilibrado”.

– Ash esbugalha os olhos.

É O QUÊ?

- Isso mesmo que você ouviu! – A garota de cabelos roxos, olha para ele com a cara séria.

- Poxa, eu queria que apenas eu soubesse disso, para eu beijar ele muito. – Diz Serena que fez um biquinho.

- Olha só! Ela quer o Ash só para ela! – Diz May com aquela carinha que só ela faz. Serena cora e desvia o olhar, Ash fica com uma gota na cabeça.

- Sim Ash, para seus sentimentos não ficarem desequilibrados, vamos te beijar, porém acho que vou fazer algo mais do que um beijo. – May fica com a carinha de maliciosa, Misty fica com uma veia na testa e puxa a orelha da morena.

– Aí! Está bem, parei. – May fica passando a mão na orelha.

- Bem, continuando... Nós fizemos um teste. – Fala Sabrina.

- Teste? – O moreno pergunta confuso.

- Sim, quando Dawn estava nos contando, Serena estava fazendo seu café, então falamos: Se ele agradecer a Serena pelo que ela fez, e sorrir pelo menos um pouco, então com certeza o sentimento da Dawn estaria mais elevado do que os outros. Então depois que você veio, íamos falar algo, porém como Misty é assim do jeito que ela é, não precisamos, então você agradeceu a Serena, então já sabíamos que você ficou com sentimentos da Dawn, continua a falar ai Misty, minha garganta está seca, vou tomar água. – Sabrina vai até a cozinha.

- “Sei, sei... Você quer colocar outra coisa para molhar a garganta”. – Pensa May nem disfarçando sua carinha de maliciosa. Misty viu a expressão da morena, ela dá um cascudo na morena.

- Aí! O que eu fiz?

- Não é o que você fez, e sim o que você pensou pela sua cara! – Responde Misty séria encarando a garota.

- Desculpa! “Acho melhor disfarçar minhas expressões para não me ferrar”. – Pensa May com a cara de tabaco.

- Continuando o que Sabrina estava falando... Então, como nós já sabemos sobre isso, vamos beijar você para não ficar desequilibrado.

- “O que eu faço?” – Ash fica bugado.

- Então todas nós temos que beijar você, menos eu e a Shauna. – Fala a azulada sorrindo.

- Isso mesmo, agora cada uma vai beijar você! – Fala Misty normalmente.

- Mas quem vai ser a primeira? – Pergunta Serena levemente corada.

- Bem, como você quer beijá-lo, então pode ser a primeira. – Fala Misty sentando no sofá. Serena cora um pouco e vai até o moreno.

- Ash... – Ela vai se aproximando.

- Não, não quero. – Ash se vira e começa a andar até a porta.

- Ash! Se você não sair, nem vou falar o que vai acontecer! – Fala Sabrina séria o olhando.

- “O que eu estou sentindo? Essa sensação novamente de sei lá... De obedecer ela por algum motivo... Acho que vou fazer o que ela está falando”. – Ash fica pensando.

- Você vai? Ou não? – Sabrina fica com a cara mais trevosa ainda.

- T-Tá, eu vou... – Ash fica tremendo e voltou onde estava. - “MAS O QUE FOI ISSO?” – O cérebro do garoto pega fogo.

- Muito bem...

-...

- Ash fica de frente da cabelos de mel e fica a olhando.

“Eu estou um pouco envergonhada”. – Pensa Serena.

- Vamos Serena, vai lá, você consegue! – Diz Shauna.

- E-Está b-bem. – Serena vai se aproximando rosto do moreno. Ash fica normal olhando ela se aproximando.

- Não! Eu quero que a May me beije primeiro! – Fala Ash sério e empurra Serena, e olhou para May com a cara de malicioso, as garotas até ficaram espantadas com a tal fala do moreno, até mesmo a própria May. Serena abaixa a cabeça e volta para onde estão as outras garotas, ela se senta no sofá continuando em silêncio com cabeça baixa.

- Serena... Você está bem? – Perguntou Iris que estava ao seu lado. Serena fica calada ainda com a cabeça abaixada.

- [Sussurros] Dawn, vai até a Serena para ver se ela fica mais feliz...

- [Sussurros] Ela está muito triste Shauna?

- [Sussurros] Bem, vamos dizer que eu choraria bastante, a noite inteira. Eu agora estaria chorando só por sentir a tristeza dela, mas como você está do meu lado, então estou normal...

- [Sussurros] Que bom Shauna (Dawn sorri para a morena) vou lá então...

- [Sussurros] Está bem. – Dawn vai até o sofá se senta. Dawn ficou ao lado direito de Serena conversando com ela baixinho...

(...)

- May, já que ele falou para você ir primeiro, vai lá. – Diz White.

- Mas... E a Serena? – Pergunta a morena que estava do lado da mesma.

- Eu acho que ela vai ficar bem...

- Então... Está bem... – May vai até o Ash.

- Ash... Por que você quer que eu seja... – May fica um pouco corada.

- Quero você primeiro! – Ash coloca suas mãos nos ombros de May e lasca um beijo nela. May se surpreendeu, mesmo assim, retribui o beijo, Ash pede passagem, May aceita, eles estavam num beijo de língua muito caloroso. Ash começa a pegar na bunda da morena, ele fica segurando, depois começou apalpá-la, May começa a dar gemidos abafados.

- Ei! Já está bom vocês dois! – Exclama Misty. Ash quando escutou Misty, voltou ao seu estado “normal”. Ele empurra May.

- Desculpa May! Não sei o que deu em mim... – Ash fica pensando sobre o que sentiu para fazer isso tudo que ele fez há instantes atrás. Ash olhou para Serena, foi até a mesma, ele ficou a olhando (que por sinal ainda estava com a cabeça abaixada).

- Serena... – Ash a chama.

-... – Serena ainda fica quieta.

- Serena você pode se levantar? – Ash pergunta. Serena mesmo não querendo, se levantou e encarou o moreno. Ash ficou vendo aquele belo rosto da cabelos de mel, coberto de lágrimas, com aquela carinha triste, isso fez com que o garoto sentir mais de mil estacas perfurando seu coração.

- “Que sensação estranha é essa? Esse sentimento no coração... Vou fazer o que meu coração está falando para fazer...” – Ash depois que parou de tentar descobrir o que estava sentindo, ele abraçou Serena.

- Serena desculpe... Eu sei que eu fui um babaca por ter feito aquilo com você... Eu não sei o que deu em mim, e não sei o que eu estou sentindo nesse momento, contudo, desculpe-me mesmo por ter feito aquilo com você, você não merecia isso, seu rosto belo, descendo essas lágrimas... Estou me sentindo mal... E eu acho que não vai passar esse sentimento que estou sentindo até você me perdoar – Ash a abraçou mais forte, Serena só agora que retribuo o abraço.

-...

- Você está bem? – Ash pergunta.

-... – Serena continua quieta.

-...

- Certo... Não faça mais isso! – Serena desfaz o abraço e fica olhando para o garoto, Ash limpa as lágrimas de Serena e a beija. Para ambos é um beijo muito bom, Serena pede passagem, Ash aceita. O beijo intenso, prazeroso, romântico, caloroso e sereno. Depois de um tempo por falta do ar eles param.

- “Que beijo bom! Até me fez esquecer daquilo” – Pensa Serena com as mãos nos lábios. – “Acho que eu quero beijá-lo novamente, é tão bom!” – Serena se aproxima devagar até o moreno, porém é surpreendida por outro beijo que Ash lhe deu. – “Por quê? Por que ele me beijou novamente?”. – Serena apenas aceitou o beijo novamente.

(...) Depois que o ar acabou, eles se separam...

- Desculpa por ter feito isso de novo, eu senti que eu deveria fazer isso de novo... Eu não sei o que estou sentindo... – Ash fica um pouco corado olhando para o chão e coçando a cabeça.

- Tudo bem Ash. – Serena sorri.

- Como tudo foi resolvido, vamos continuar... – Fala Dawn sorrindo.

- Sim... Então vai a-

- EU! EU QUERO! – Grita Korrina animada e cortando Misty.

- Então vai lá Korrina. – Fala Misty. Korrina se aproxima do moreno.

- Eu não sei o que faço. – Korrina fica com cara de bobinha engraçada. Ash como voltou ao seu estado normal, ele fica olhando para Korrina com uma gota na cabeça.

- É só você beijar ele apenas, que nem você viu. – Fala Serena que tinha voltado ao seu lugar.

- É que... Eu estava olhando para a parede. – Korrina sorri, todos ficaram com uma gota na cabeça.

- Essa doida sempre viajando, hahaha! – Dawn da risada.

- Vai logo Korrina. – Diz White.

- Certo... – Korrina vai se aproximando, ela encosta os lábios nos do moreno, Ash aceita, eles se beijam, Korrina pediu passagem, Ash cedeu, Korrina começa a ir com a língua tão rápido que o garoto não consegue acompanhá-la, depois de alguns segundos, Ash consegue entrar no mesmo ritmo. Os dois têm um beijo de língua bem agitado. Depois de um tempo o ar dele acaba, porém Korrina ainda tem fôlego e continua a beijar o garoto que está quase falecendo sem ar.

- Korrina! Você está quase matando o coitado do Ash! – Exclama Misty. Korrina parou o beijo.

- Desculpa hihihi. – Korrina fica com a língua para fora sorrindo. Ash fica tentando respirar de volta.

- Eu consegui ver minha vida passando diante dos meus olhos! – Ash consegue voltar ao normal.

- Calma Korrina, você quase o matou. – Diz Serena.

- Eu sei, desculpa. – Korrina faz biquinho.

- Certo... Agora quem vai querer ser a próxima? – Pergunta Sabrina.

- Bem... Eu quero... – Responde White.

- Certo, vai lá. – Fala a cabelos roxos. White vai até o Ash, ela fica corada olhando para o moreno.

- “Isso é um pouco vergonhoso... Imagino quando o for a Blue...”

- White? – Pergunta Ash percebendo que a mesma ficou parada, viajando em sua mente.

- Ah, desculpa... É que isso é meio... “Quer saber, não precisa ser um beijo demorado, apenas um selamento de lábios serve... Vou logo para acabar com isso!” – White beija o moreno rapidamente. Ash fica normal a olhando.

-... Não vai acontecer algo? – Pergunta a mesma olhando para o mesmo.

- Acho que só isso não serve... – Responde Shauna.

- “Humpf, vou ter que o beijar de novo... Mas qual o motivo de eu ficar com tanta vergonha? Acho que fiquei muito com a Blue... Eu acho... Bem, vamos acabar logo com isso.” – White novamente o beija, Ash retribui, White pede passagem, Ash cedeu. O beijo de início foi meio difícil para White, mas começou a pegar o jeito, o beijo começa a ficar bom caloroso e gostoso. Ash pega na bunda dela. White para o beijo.

- Hora seu! *Puft* O que pensa que eu sou? – White mete uma porrada no estomago do garoto.

- Desculpa! Eu não sei o que deu em mim! – Ash fica passando a mão no local atingido.

-... Por que ele ainda não demonstrou nada do meu sentimento? – White pergunta.

- Não sei... – Respondem todas.

- “Acho... Que sei como ele demonstrar...”. – Pensa May e vai até os dois e da um beijo na bochecha de White.

- Saía daqui! Ela é minha! – Ash fala inflando as bochechas e pegando White (ela ficou tipo deitada nos braços dele) White fica corada.

- Desculpa! *PA!!!* - Ash quando percebeu o que fez, por algum motivo que ele não conhece, ele abriu os braços e White caiu com tudo no chão. Ela se levanta...

(...)

- Ash, agora não estou com vontade de ter bater. – Fala a mesma com um sorriso fofo.

- Hein? – Ash não entendeu muito.

- Eu estou com vontade de te matar! – White de fofa foi para uma expressão assustadora de trancar o cu de verdade.

- “Que sensação estranha... Parece que vou morrer agora...” – Pensa o moreno olhando a mesma levantando os punhos.

- Calma aí White. – Fala May que segura os punhos da olhos de cristal.

- Humpf... Certo. – White e May voltam para onde as garotas estão.

- Bem, eu vou agora... – Fala Misty e vai até o moreno, Ash para sua sorte, os sentimentos não estavam dando bugs. Misty o beija.

- Nossa, seu beijo foi ruim! – Fala Ash meio irritado. – “Espera... Por que eu disse isto? Como se fosse um incômodo... Que sensação seria essa? Que estranho...” M-Misty por que você está olhando para mim desse jeito? – Ash fica olhando o olhar perfurador e mortal da garota.

- Ora seu! – Misty da um soco tão forte no pobre garoto que saiu voando até a porta e bate com tudo nela.

- Misty por que você fez isso? – Pergunta Shauna.

- Ele falou que foi ruim! Eu fiquei com raiva! – Fala Misty séria.

- Mas ele não fez isso por causa do seu sentimento? – Pergunta Iris com uma gota na cabeça. (Ela esqueceu esse detalhe quando Ash falou que era ruim).

- Eu tenho quase certeza que você esqueceu do seu sentimento quando Ash falou que era ruim, Haha. – Fala Dawn rindo da cara da estressadinha.

- Humpf, mesmo sendo meu sentimento, ele poderia fazer outra coisa, mas não, ele falou que era ruim! – Misty fica com uma veia na testa.

- Espera, será que ele está bem? – Perguntou Serena.

- Ele ainda está no chão. – Responde Sabrina o olhando. Ash estava com os olhos encaracolados e espatifado no chão.

Será que ele morreu? – Pergunta Korrina indo até o garoto. Korrina fica tocando em sua bochecha, Ash acorda.

- Alguém anotou a placa do Tiranossauro Rex que me bateu? – Pergunta o moreno meio tonto. Misty olha para ele com uma cara que vai o comer o cu dele sem cuspe (Isso não foi necessário).

- Aí, doeu... [Ash levanta] Misty por que você esta me olhando assim? – Ash fica andando para trás, já que Misty está se aproximando dele lentamente.

- Misty acalme-se. – Fala Sabrina.

-... Certo, dessa vez você escapou... Mas na próxima vou quebrar seu pescoço! – Misty volta a seu lugar.

- Bem... Eu vou agora... – Diz Sabrina indo até o garoto.

- “Ela vai me matar? Esse olhar dela parece que vai quebrar todos os meus ossos...” – Ash anda para trás.

- Calma aí, não vou bater em você. – Ela fala, Ash fica parado. Ela vai se aproximando do garoto, eles ficam um olhando para o outro, Ash olhando aqueles olhos, estava ficando com um pouquinho de medo, contudo Sabrina se aproxima seu rosto com o dele e eles selam os lábios.

- Não! Você quer me machucar! – Diz Ash que parou de beijá-la, e saiu correndo para trás do sofá. Ele fica tremendo.

- Mas o quê? – Sabrina fica com uma gota na cabeça.

- Sabrina, eu acho que seu sentimento passado pelo beijo foi igual o de Misty, de apenas de tocar já fez efeito. – Diz Dawn sorrindo.

- Ash, não vou fazer nada com você, a não ser, se você merecer... – Sabrina vai até ele e fica o olhando.

- Não! Você quer fazer sim! – Ash corre até as garotas e se esconde atrás da Blue, a mesma cora. Me protege dela Blue. – Ash quando disse isto abraçou Blue, que fez a mesma ficar toda vermelha.

- Deixa quieto Sabrina, se funcionou assim, Então deixa assim. – Fala Misty.

- Certo... Só falta Iris e a Blue. – Fala a cabelos de cor de vinho. Depois de cinco segundos Ash volta ao seu estado “normal” e saí de trás da garota.

- Quem vai? – Pergunta Dawn olhando para Iris e Blue.

- Iris vai primeiro estou com vergonha, me deixa ser a ultima? – Blue pede para morena que aceita.

- Mesmo eu tendo nojo de tocar os lábios, eu tenho que fazer isso mesmo, então... Está bem... “Affz, por que tinha acontecer isso? Bem... Vamos lá”. – Diz/Pensa Iris e vai até o moreno. Ash fica a olhando normalmente, Iris aproxima seu rosto ao dele, eles selam os lábios.

- [Cuspe] Que [Cuspe] nojo! – Fala Ash que tinha parado o beijo para cuspir. Iris fica com uma gota na cabeça.

- É Iris, seu sentimento foi também bem efetivo igual à de Misty e da Sabrina, apenas de se tocarem. – Fala May com a mão no queixo.

- É... Então se já deu, sem precisar beijar igual vocês fizeram então por mim tudo bem. – Iris vai até Blue. – Agora é a sua vez. – Falou Iris e se sentou no sofá.

- “A não! Agora é minha vez... Estou com vergonha” – Pensa Blue que ficou um tomatinho.

- Vai lá Blue, agora é você. – Fala a cabelos de mel.

- Mas Serena... Estou com vergonha... – Blue fala olhando para o lado. Serena sorri.

- Vai logo! Você consegue! – Diz Serena que vai empurrando a mesma até o moreno. Ela fica muito, muito mesmo corada.

- M-Mas...

- Vai Blue!

- N-Não tem como ele fazer isso? – Pergunta ela olhando para a cabelos de mel.

- Se meu sentimento for ativado em algum momento, acho que sim...

- Ou o meu, para fazer outras coisas. – Fala May com aquela carinha. Com isso fez o cérebro da garota explodir, até sair fumaça.

- Blue você está bem? – Pergunta Ash olhando a reação da garota, que para ele é estranha.

- S-Sim, claro! – Fala a mesma voltando ao normal.

- Certo... Você ia fazer algo comigo, não é? – Pergunta o mesmo corando um pouco.

“Olha só, estando bastante perto dele já funciona, mas por quê? Por que preciso beijá-lo? Isso é vergonhoso! Mas eu preciso fazer isso...” Pensa Blue olhando para o garoto.

- Vamos Blue, eu preciso ir para o colégio, acho que estou atrasado...

- T-Tá bem... “Vamos Blue, você consegue, você consegue” – Blue fica tentando dar coragem a ela mesma. Ela vai se aproximando lentamente do rosto dele, ela para e fica olhando nos olhos dele. – “Eu consigo!” – Blue encosta seus lábios aos dele. Finalmente eles selam um beijo. “Até que é bom...” – Pensou Blue, porém Ash parou de beijá-la.

- Desculpa! Estou atrasado! – Fala Ash que saí correndo, pega sua mochila que estava no chão. – “Por que senti vontade de correr por ela ter feito aquilo... Essa sensação que senti... Que estranho, e minhas bochechas estão queimando, bem, vamos para os estudos.” – Pensa Ash enquanto corre.

(...) Com as meninas...

- É, pelo visto Blue, o seu sentimento foi igual ao de Misty, Sabrina e Iris. – Fala White.

- É...

- Mas por que será que só nos sentimentos delas aconteceu isso? – Pergunta Serena.

- Haha não sei, mas a cara da Misty foi a melhor! Haha, quando ele falou que era ruim o beijo dela, hahaha! – May fica dando altas gargalhadas.

- Muito engraçado dona May, você não está a fim de quebrar uma perna... Sei lá, um braço... Qual você prefere? – Misty pergunta estralando os dedos.

- Q-Quê? N-não precisa ficar brava. – May vai andando para trás.

- Humpf, ele falou que era ruim mesmo sendo o primeiro garoto que eu beijo! – Misty fica com uma veia na testa, puta da vida.

- Sim, queria saber o motivo para ele falar aquilo... – Diz White.

- Aquilo o quê? – Pergunta Dawn.

- Aquilo... Quando May me deu um beijo na bochecha aí ele falou que eu era dele...

- Bem, acho que foi um pouco do meu sentimento na hora e depois foi o seu, só que, bem mais forte. – Diz Serena.

- Serena, você não conseguiu sentir na hora que ele estava com o seu sentimento?

- Não... Não White, não consegui... Acho que como fica tudo bagunçado, fica meio difícil de saber... Não sei direito...

- Ah...

- Serena você está realmente bem agora? Pergunta Dawn pegando na mão da mesma.

- Sim, estou, mas qual motivo ele ficou com o sentimento da May? Ainda do nada?

- Não sei de nada. – May fica olhando para o lado.

- May! Você fez algo com ele? – Pergunta Sabrina.

- Não, hihi, só estou apenas brincando. – May da uma risadinha com a língua para fora.

- Pior que é verdade o que Misty falou... A gente o beijou, e ele tirou nosso bv. “Queria beijá-lo mais...” – Fala/Pensa Serena. Blue cora extremamente, as outras coraram um pouco.

- E-Então meninas... Qual vai ser a próxima para o Ash conhecer? – Pergunta White mudando de assunto. Serena ia falar que seria ela, May também pensou o mesmo, mas deixou quieto.

- Bem... Acho que eu posso ser a próxima... – Diz Iris.

- Você Iris? – Pergunta May.

- Sim, ir logo com isso, também não gosto de perder tempo.

- Entendi bem surpreso... Ou será que você quer fazer algo como ele? – May pergunta com cara de safada.

- Lógico que não! Não sou igual a você! – Iris olha para May séria.

- Tá bom, não precisa ficar séria, você sabe muito bem que estou brincando com você. – May fala com a língua para fora.

- É May, você não mudou nada, desde criança você continua a mesma coisa. – Diz Dawn sorrindo.

- Sim, acho que quase ninguém mudou tanta coisa assim, e você também continua a mesma coisa, sempre sorrindo, até parece uma doida. – May começa a dar risada. Dawn a mesma coisa.

- Há, mas eu sou assim. – Fala azulada sorrindo agora.

- Sim, eu sei.

- E eu gente? Mudei algo? – Pergunta Korrina com os olhos brilhando.

- Hahaha! – May da risada.

- Qual a graça? – Pergunta a loira confusa.

- Sim, você mudou. – Diz Dawn antes que May dissesse algo.

- Sim, você mudou de doida para demente. HAHAHA! – A morena caí na gargalhada, com a expressão que Korrina fez. Todas ficam com uma gota na cabeça.

- [Biquinho] Sua sem graça.

- Ah Korrina você é engraçada, o que eu posso fazer?

- Hihi, tá bom. - Korrina sorri.

- Certo, tomara que quando formos ele não fique pervertido. – Diz Iris encarando May.

- Não sei de nada, bem, eu acho que ele só está um pouco, não é mesmo Dawn? – May pergunta com uma carinha pervertida para á azulada. (Dawn só contou para May o que aconteceu além do beijo, e também, ela perguntou sobre “algo” que ela sentiu a tocando naquele momento).

- É-é quem sabe, n-não é May... – Dawn fala corada.

- Dawn, o que foi? Você está com vergonha? – Pergunta Blue.

- N-nada Blue, hehehe.

- Hm está bem...

- Meninas... Agora eu pensei, eu lembro que o pai do Ash falou que: Só agora está virando homem. ELE NÃO É HOMEM NÃO? – Pergunta Korrina com a mão na boca e todas as garotas caíram para trás, depois elas se levantam com a mão na cara.

- Meu Deus Korrina, até para uma garota rápida ou energética você é bem lenta, sem contar que é doida e agitada. – Diz Sabrina balançando a cabeça para um lado e pro outro e Korrina fica boiando no que ela falou.

- Acho que ela pegou isso da mãe dela, até me lembro quando ela e sua mãe estavam juntas no dia que eu fui ao planeta dela, acho que a mãe é normal, só que de vez em nunca, ela é mais doida do que a filha, haha! Foi muito engraçado! – Dawn fica com uma cara de drogada rindo.

- Agora sabemos o porquê Dawn às vezes é meio lelé da cuca. – Fala Iris.

- Meninas... Até que o Ash... Mesmo sendo nossa primeira missão do nosso planeta, até que ele é legalzinho, fofinho e... – Dizia Serena, porém Misty coloca a mão na boca dela.

– Calma ai Serena você não acha que esta elogiando ele de mais não? Esqueceu o que ele fez com você? – Pergunta a mesma.

- Bem, acho que posso estar elogiando de mais mesmo... E eu lembro sim do que ele fez, mas isso já é passado. – A cabelos de mel fala sorrindo.

“Sim, tinha me esquecido que o sentimento do amor perdoa fácil e esquece coisas, mas se fosse no meu planeta se acontecesse isso, ia ser lembrado até a morte.” - Mas praticamente acabamos de chegar, e mesmo que você é o sentimento do amor, você já está assim! – Misty fecha os olhos e cruza os braços.

- Mas eu sou assim... E ele é o que eu falei, mesmo sem sentimentos.

- Mas Misty por que você ficou com raiva pelo fato do Ash falar que foi ruim seu beijo? – Pergunta Blue. Misty cora um pouco, quase nada.

- Foi pelo meu sentimento, claro!

- Mas quem você quer enganar? Eu sinto que... – Blue para de falar, quando viu a cara assustadora de Misty a olhando.

- Ela ficou assim só porque o primeiro beijo dela foi com o Ash e ele falou que foi ruim, Hahaha! – Falou May que dar risada da estressadinha.

N-não! May vou calar sua boca com um soco de fazer você engolir os dentes! – Misty fica com uma veia na testa olhando para a morena.

- E-está b-bem, Não está aqui quem falou.

- Mas Misty, você ficou com vergonha pela primeira vez, mesmo que seja bem pouco, mas eu senti hihihi. – Blue sorri para a mesma, Misty a olha com uma expressão dizendo: É melhor você parar de falar, se não você morre hoje! Blue ficou quieta.

- Nossa, parando para pensar a terra tem muitas coisas diferentes e legais, não é? – Pergunta Dawn sorrindo.

- Sim, muitas, e parece que vamos descobrir muito mais, nessa “nova terra”. – Responde Iris.

- Não sei não, mas se for pensar é muito diferente, não que já vi em outro como esse, é o primeiro, então só pensando como seria... – Fala Korrina olhando para o teto e com o dedo indicador nos lábios. Todas ficam olhando para a loira, elas começaram a ri dela.

- Do que vocês estão rindo, ainda mais você Misty e Sabrina?

- Não sei se é o sentimento da Dawn, mas você às vezes é doida mesmo além de engraçada. – Diz Misty.

- Sim, concordo. – Fala Sabrina.

- Um... (cérebro processando...) Hahaha! – Korrina mesmo não entendendo absolutamente nada, começou a ri também.

- Korrina, você é doidinha mesmo, fica rindo sem nem saber do que está rindo, hahaha. – Fala May que bagunça o cabelo da loirinha.

- Nhamm! Meu cabelo May! – Korrina faz bico e May sorri, ela tenta arrumar o que ela bagunçou.

- Não! Ai! Está doendo! Não, você está puxando! Não, espera ai! Isso coloca ai mesmo, não, um pouco mais para direta, a outra direita, AIII! – Korrina fica com biquinho choramingando pela May estar piorando ainda mais. As outras garotas ficam com uma gota na cabeça só observando.

- Deixa eu te ajudar May. – Diz Shauna e vai para perto de May e Korrina.

(...)

- Prontinho. – Shauna termina e Korrina abraça a garota.

- Obrigada Shauna. – Korrina sorri.

- De nada. – Shauna sorri de leve.

- Como é bom ver você sorrindo Shauna. – Fala Dawn.

- É, mas é difícil eu conseguir sorrir. – Shauna fica com uma carinha triste fofinha.

- Normal Shauna, esse é o seu sentimento. – Fala Dawn sorrindo.

- Ei Korrina, não vai me agradecer também? – Pergunta May com bico, todas olham para ela, elas ficam com três gotas na cabeça.

- Mas você não ajudou em nada! Só bagunçou May!

- Ah, mas pelo menos tentei, dá um descontinho vai. – May faz biquinho com uma carinha de pidona, depois começa a ri. Korrina ri junto.

- É, pelo visto não só a Korrina que é um pouco doida da mente, não é May? – Pergunta Sabrina sorrindo, May a olha.

- Sim, eu sou doida mesmo, e também em muitas outras coisas Sabrininha. –

A morena fala com cara de maliciosa e levanta a mão em forma de “atacar” Sabrina, Sabrina a olha.

- Nem vem com suas loucuras May... – May saiu correndo atrás de Sabrina, Sabrina entra na brincadeira e também saí correndo, para ela não a alcançar.

- Não May, saí, para sua louca. – Sabrina fica correndo em volta das outras garotas.

Heee! Vou também brincar! – Korrina como gosta de correr e se divertir, ela corre também. – Eu vou te ajudar May. – Em questão de segundos Korrina e May encurrala Sabrina, May vai chegando perto, ela levanta as mãos para cima e começa a balançar os dedos.

- May o que você pensa em fazer? – Pergunta a cabelos roxos, May chega mais e mais perto.

- Advinha! – May pula em cima dela. Elas caem no chão.

- May não, haha, não, não, não, hahaha! Para está me matando, haha! Vou ficar sem ar HAHAHAHAHA! – Sabrina se mata de rir porque May está fazendo cócegas nela. Korrina começa a fazer cócegas em Sabrina também.

- Haha! Como eu gosto de ver pessoas felizes! – Fala a azulada. – Também quero participar! – Dawn vai até onde elas estão, e ela começa a fazer cócegas na mesma também.


Em quanto isso com o Ash...


A professora Alexa estava dando sua aula normalmente, Ash por algum motivo estava com cara de drogado olhando para o teto, perdido em seus pensamentos...

- “Eu queria saber o que diabos estava acontecendo hoje antes de eu vir para escola, tudo que eu fiz, por algum motivo... Eu estava sentindo sensações estanhas em mim... O que eu fiz com a Serena... Quando joguei White no chão e tal... Aquele soco dela e da Misty, aí, ainda dói, pelo visto ficando com elas, de verdade minha vida vai mudar... Agora pensando... É meio louco essa sensação, tudo o que aconteceu hoje, agora pensando mais ainda... O que porra aconteceu?”.

- ASH! – Grita a professora.

- Ham?

- Ham?”Agora! O que pesa mais? Cinco toneladas de cocaína ou cinco toneladas de farinha? – Pergunta Alexa encarando o garoto.

- Ah professora perguntar uma coisa besta dessa para essa mula aí, claro que é a cocaína. – Fala um garoto qualquer sorrindo.

- Parabéns, você já fechou seu bimestre com zero. – Alexa fala sorrindo. O garoto fica com cara de cu olhando para a ela.

- M-Mas por quê?

- Primeiramente, a pergunta foi para o Ash e em segundo, você é burro! – Todos começaram a rir do maluco.

- Mas como assim?

- Acho que posso responder... Bem, mesmo sendo diferentes... Os dois tem o mesmo peso, não é? Então os dois pesam a mesma quantidade. – Fala Ash.

- Muito bom Ash, mas presta atenção na aula, chamei sua atenção porque você não estava prestando atenção na aula! Você tem sorte que eu sou uma professora legal, agora olhe para o quadro e copie o exercício. – Alexa volta para frente do quadro (já que ela foi até perto do moreno para ver se ele escuta já que ele não estava escutando ela o chamar). Ash volta ao seu normal, e volta a copiar a matéria.

Com Giovanni...

- “Hum, não sei não... Isso está muito errado... É muito estranho isso, como que do nada tem dez garotas com o Ash... Enquanto a mãe dele não estiver em casa para ele falar a verdade para mim, eu vou fingir acreditar que tudo isso é normal, contudo, isso até que é bom para ele, sempre o vejo sozinho. Acho que essas meninas até que podem o animar e mudá-lo, porém não tira o fato que elas estão ali por algum motivo, mas vou deixar como está, como se isso fosse normal, pelo visto elas também vão dormir lá, mas suspeito ainda, se bem que agora preciso comprar mais comida... (Gota na cabeça) Bem, vamos ver onde essa mentira dele vai dar... Agora preciso pegar o arroz...” – Giovanni pensa indo até as prateleiras de onde fica o arroz, e fazendo o resto das compras.

Voltando com as meninas...

Sabrina, Korrina, Dawn e May estão ofegantes de tanto se divertirem juntas. (Uma fazendo cócegas na outra).

- Vocês não acham que estão bem crescidinhas para ficarem ainda brincado de fazer cócegas? Eu não acredito que até você participou Sabrina, pensei que você ficou mais séria depois que cresceu. – Fala Misty.

- Sim, e eu sou, mas vamos dizer Misty que todo mundo gosta de se divertir um pouco, não é mesmo? A pessoa pode ser mais... Vamos dizer assim... Ranzinza, seria, chata, fria, porém no fundo, bem no fundo mesmo! Vamos dizer assim novamente, tem seu pequeno lado de criança, mesmo ela sendo adulta ou mais velha ou morta, não espera... Exagerei, mas mesmo a pessoa sendo madura (o) ela é uma pessoa doce por dentro. – Sabrina fala sorrindo olhando para Misty, Misty cruza os braços.

- Ainda bem que eu não tenho esse lado! Ou qual quer outro! – Misty fecha os olhos e depois de três segundos os abre novamente e quando olha para Sabrina, ela vê que tem uma “aura” sombria em volta dela.

- S-Sabrina p-por q-que você está a-assim? – Misty fica um pouco assustada com o jeito e a expressão da garota.

- EU DISSE QUE MESMO A PESSOA SENDO DURA POR FORA ELA É DOCE POR DENTRO! – Fala a olhos vermelhos que começou a correr atrás da mesma, á derrubando no chão e começando um ataque de cócegas.

- Não! Para, para, para, hahaha! Hahahaha Sabrina! Hahaha para, haha! Sabrina está me fazendo chorar, hahaha! Para, HAHAHA! – Misty se mata de rir. Sabrina para.

- Viu? Se você não tivesse gostando, você não estaria rindo e teria força para me parar de fazer cócegas em você. – Misty olha para o lado e fica de bico.

- Sim... Você tem razão Sabrina. – Misty fala baixinho.

- O que você disse Misty?

- TA EU DISSE QUE VOCE TEM RAZÃO SABRINA! PRONTO? FELIZ AGORA? – Grita Misty.

- Calma ai Misty, eu estou do seu lado, não estou no espaço para você precisar gritar. – Fala Sabrina mexendo em seu ouvido. – Acho que você estourou meus tímpanos...

- Sabrina... Queria fazer uma pergunta...

- Diga.

- Por que você é assim com a gente? E quando o Ash está perto você fica séria e mais assustadora para ele? – Perguntou Iris. – É mesmo Sabrina, por quê? – White também pergunta.

- Bem, são dois motivos... Primeiro: Vocês são minhas amigas e não tenho vergonha ou medo de demonstrar meu lado bom e brincalhão, mas claro que nem tanto assim, eu só abro uma exceção de vez em nunca, portanto, não vão achando que eu sou legal, continuando... E também quando éramos crianças, mesmo em tempo de guerra dos nossos planetas, nós nos encontrávamos naquele nosso planeta, sem habitação e que ninguém ia, apenas a gente, então por isso. Dois: Mesmo o Ash sendo de confiança, nós não deveríamos mostrar para ele nossas personalidades, que não sejam tão iguais os nossos sentimentos, exemplo, como a Shauna ou a May-

- Ei!... É verdade, hihihi. – Falou May.

- Ou até mesmo a Serena ou Blue, bom, qualquer uma tem sua personalidade ao sentimento, como o sentimento muda nossas personalidades, nem precisava eu falar, já que vocês já sabem disso. Então, para ele nem sempre precisamos mostrar nossa personalidade, e sim, o lado do nosso sentimento, para ele receber mais fácil nossos sentimentos, igual fazemos normalmente como um exemplo a Shauna, ela é sentimento da tristeza, normalmente, ela chora sem motivo nenhum e se magoa fácil ou chora fácil...

- É, mas não precisa exagerar Sabrina. – Fala Shauna com bico e um pouco lacrimejando.

- Está vendo? Haha, desculpa Shauna, só mostrando você como um exemplo.

- Eu estava pensando como seria essa escola ou colégio da terra... Será que é igual a do nosso planeta? Com mais coisas? Ou menos? Ou diferentes?

- Sei não Serena... Quem sabe... Só saberemos quando formos. – Responde Dawn.

- Meninas que tal assistirmos o que tiver passando naquela coisa, aquela caixa com tela? – Pergunta Korrina apontando para onde a TV está localizada.

- Hã? Você esta dizendo a TV? – Pergunta White.

- Sem duvida White. – Responde Blue.

- Esse é o nome? É que essas coisas da terra são ainda novas para mim. – Fala a loirinha

- Se me lembro bem, eu vi o Ash pegando aquele objeto e apertou uma espécie de botão e ligou a TV. – Diz Iris, todas foram até o sofá, elas se sentam. Serena que estava perto do controle o pegou e apertou o botão, indo em um canal de anime. Todas estavam concentradas assistindo...

- Pessoal... Agora me lembrei de uma coisa que já ia me esquecendo de falar. – Falou Blue e todas ficam curiosas.

- O que é Blue? – Perguntam todas ao mesmo tempo.

- Calma, é... Bem... (Corada) sobre o Ash, bem... É mais ou menos sobre ele, foi uma coisa que meus pais disseram.

- Para que tanto drama? Conta logo, que eu estou curiosa! – Exclama White e May ao mesmo tempo, as duas se olham e Blue as olha.

Se acalmem, eu já vou contar... Bem...

-FLASH BACK-(Bem antes de todas partirem para terra).

No planeta sentimental da vergonha...

Bem antes de Blue sair de seu reino e se encontrar com as outras no teletransportador, os pais dela a chamaram...

- Blue escute aqui filha... Eu sei que vai ser sua primeira missão... É... Bem... Deixa, sua mãe explica melhor.

- Está bem pai... – Blue fica meio confusa sobre o que seu pai tentou lhe dizer. Sua mãe chega um pouco mais perto.

- Bem... Blue vamos dizer assim... No caso você gostar desse garoto, não namore com ele...

- Mas por quê? Blue fica extremamente corada.

- Eu só estou dizendo isso... Porquê... Eu e seu pai sabemos o que pode acontecer com você, bem, não necessariamente com você, e sim com esse garoto, então... Não se apaixone por ele! “Se bem que ela estará com a Serena, ai ela pode gostar dele por causa do sentimento do amor de Serena, porém é difícil por causa da vergonha, contudo, não é Impossível... Bem, minha filha não vai gostar dele, disso eu tenho certeza.” Mas vocês podem ser amigos, não tem problema se for só isso...

- C-Certo mãe, eu juro que não vou me apaixonar por ele. – Falou Blue bem corada e sorrindo, ela os abraça.

- Tome cuidado. – Sua mãe acaricia seus cabelos. Ela foi para fora do seu reino para o teletransportador de seu planeta para ir ao outro teletransportador para se encontrar com suas amigas.

(FLASHBACK OFF).

- E foi isso. – Blue termina de contar.

- Ué? Que estranho, meus pais falaram que mesmo sendo o primeiro, e caso acontecer algo e eu acabar gostando dele, eles não iam dizer nada. – Diz Serena.

- Claro Serena, seu sentimento é o amor, lógico que seus pais não iam se importar...

- E os seus May?

- Os meus... Bem... (Cara maliciosa) vocês sabem como eles são hihihi.

- Sim, sabemos. – Repodem todas.

- Isso é estranho Blue, o que seus pais disseram... Mas tudo bem deixa para lá, agora que me lembrei May, eu pensei que você ia fazer outra coisa quando queria me atacar... Igual quando você fazia antes, quando nós éramos pré-adolescentes. – Fala Sabrina, May a olha e pensa, pensa e consegue se lembrar.

- Oh sim... Então... Você quer (ela levanta as mãos para Sabrina) que eu faça aquilo com você? Hihihi. – May fica com cara de pervertida, Sabrina fica com uma gota na cabeça e encarando a morena.

- Nem pense nisso! Se não te jogo pela aquela janela ali! – Sabrina aponta para janela que fica meio que perto da porta. May começa a dar risada.

- Só você May, haha. – Fala Serena, todas dão risadas também.

- Agora vamos assistir, está interessante olha lá! - Diz Dawn apontando para TV, ela fica com os olhos brilhando olhando a TV. Todas ficaram assistindo e conversando...

(QUEBRA DE PASSA TEMPO).

Ash estava chegando casa, o pai dele tinha chegado antes e foi fazer uns trabalhos no PC. Ash abriu a porta, Iris foi até ele.

- Ash, eu quero que você me conheça...

- Certo Iris deixa só eu colocar minha bolsa aqui, e vamos da uma volta na rua. As meninas continuaram assistindo. Ash colocou a bolsa no sofá. – Vamos...

- Mas você não vai tomar banho? – A morena pergunta.

- Sim, mas depois, já que vamos sair.

- Então eu não vou! Você precisa estar limpo! – Ash fica sem reação olhando a morena.

- O que está acontecendo? Eu quero assistir a TV! – Fala Misty encarando os dois.

- O Ash não quer se limpar para sair... – Iris fica encarando o moreno.

- Mas eu não falei nada. – Ash fica com cara de tabaco olhando para as duas. - É melhor você ir logo Ash. – Diz Sabrina encarando o garoto.

- “É impressão minha, ou elas fazem isso para os “tais” sentimento um fazer efeito no outro para vim para mim, parece que Sabrina fazendo isso, eu tenho essa sensação de obedecer ela sem motivo nenhum. Ainda não sei ai como, mas isso me faz querer mesmo tomar banho, para me limpar... Isso é muito estranho... Tipo foi o que Iris que pediu. Ai! Minha cabeça está pegando fogo, não estou entendendo mais nada.” – Ash fica com cara de drogado olhando para o nada.

- Você está bem Ash? – Perguntou Iris estranhando o jeito do garoto.

- S-Sim acho que estou, bem, vou tomar banho e já volto. – Ash sobe até seu quarto.

- Vou dar uma espiadinha, hehe. – Fala May baixinho levantando do sofá.

- Nem pense nisso, senhorita May. – Misty pega na blusa da morena.

- Poxa, esqueci que você estava do meu lado. – May fica com biquinho engraçado.

- Hm, preste atenção ali. – Misty aponta para a televisão.

- Ta bem... – May se senta novamente.

(...)

- Pronto, Iris você quer ir á sorveteira? – Fala o moreno que tinha decido as escadas.

- O que é “sorveteria”?

- Bem, é um lugar que eu gosto bastante de ir, lá tem umas coisas gostosas, como um sorvete, picolé, milk-shake e acho que só...

- O que é isso? – Pergunta Korrina.

- Deixa que ele explica depois Korrina, vamos logo, quero terminar logo isso. – Fala Iris.

- Está bem...

- Então vamos. – Fala Ash andando, Iris foi atrás, saíram pela porta e foram até a sorveteria...

Andando a caminho da sorveteria...

- Ash, o que esse esse... Esse... Sorvete isso, o que ele é? É feito de quê? - Bom, vamos dizer é uma coisa gelada com sabor bem gostoso, tem um sabor muito bom mesmo! É coisa gostosa de lamber ou chupar do jeito que você preferir e...

- Não é nada nojento, não é? – Pergunta Iris com uma cara meio que não querendo ir. Ash não diz nada apenas continua a andar (eles chegam à sorveteria) ele a chama com a mão, ela fica olhando para o moreno, mas aceita e entra junto com ele no local, Ash falou os sabores que tem.

- Eu quero esse de flocos... Parece ser bom. – Iris se senta na cadeira de frente do balcão. Ash pede um de chocolate, ele paga os sorvetes e se senta também.

- Iris, agora me conte sobre você. – Ash da uma lambida em seu sorvete, Iris para de lamber o dela.

- Nossa Ash é mesmo gostoso esse tal "sorvete" hmmu *lik* [lambida]. Bem, eu tenho 17 anos, como todas as garotas. Eu venho do planeta sentimental do nojo, mas olhe, nós não somos nojentos, só não gostamos de coisas nojentas, por isso, eu sou assim, mas somos legais, e minha missão agora foi vim também colocar meu sentimento em você, então você pergunta “por que eu deveria ter esse sentimento doido?” Simples, se você não tiver esse sentimento, você não vai saber diferenciar nada, exemplo: Saber o que é bom e ruim, explicando, se você não souber o que é nojento, você pode se ferrar, tipo... Eu você sabe o que é lixo, está bem, mas ai você imagina que você não sabe o que é lixo, ai você o come, sem mais nem menos, entendeu? – Pergunta Iris sorrindo agora.

- Está bem... Mas esse negócio de nojo, já está me dando nos nervos. – Ash fala normalmente, e dá mais uma lambida em seu sorvete.

“Acho que eu estou sendo um estorvo para ele... Mas eu não sou uma pessoa ruim... Poxa...” – Iris de feliz foi para sua expressão triste. Ash a olha.

- “O que fiz?” Desculpa-me Iris, eu não queria te ofender nem nada... Bem... Eu gostei de você, me deixa explicar melhor... É que esses negócios de sentimentos está me bugando completamente, sei lá, antes eu falava normal, fazia minhas coisas normalmente, mas agora praticamente não sei o que eu estou fazendo... Sei lá... Não consigo falar o que é realmente... E não fique assim, você é linda, seus olhos castanhos são incríveis, você também fofa, legal, amigável, o seu sentimento pode até ser ruim para algumas pessoas, mas o que realmente importa de verdade é você por dentro, sua verdadeira personalidade. – Ash coloca sua mão direita no ombro da mesma, Iris ficou mais feliz, porém, ela ainda continua com a cabeça abaixada. Ash abraça Iris, Iris cora e não sente nojo dele a abraçando, ela sentiu forte calor confortante, ela sai do abraço. Ela fica encarando o moreno. - ”Que sensação diferente que estou sentindo”. – Ela continua encarar o garoto, ela vai se aproximando do mesmo, os lábios de ambos se encostaram, eles começaram a se beijar. – “Mesmo eu achando um nojo, até que é bom...” – Ash dessa vez não ficou com o sentimento de Iris e sim nesse exato momento, ficou com a de May. Ele pega nas nádegas da morena e deu uma apertada forte, que fez a moreninha dar um gemido, fazendo o sorveteiro escutar.

- Ei vocês dois! Vão fazer isto em outro lugar, aqui tem pessoas como vocês podem ver, vão logo! – Reclama Dono, fazendo todos do estabelecimento ficarem olhando para eles e fazendo o moreno e a morena corarem tanto de tanta vergonha alheia. Ash pegou na mão dela e correu a puxando.

“Eu não a credito que fiz isso em público, quase perdi meu sorvete também, Iris por sorte pegou o dela também... Foi o sentimento da May, que é a perversão, que fez isso comigo caramba... Poxa não pensei que esses sentimentos poderia me ferrar tanto assim, e agora? O que Iris vai fazer agora comigo, o que ela vai pensar de mim? Ela vai querer me matar véi!” – Ash fica olhando para Iris e ela estava chupando seu sorvete calada, não olhando para o moreno...

Contínua... 


Notas Finais


Obrigado a todos por lerem, favorite caso não tenha favoritado e comente caso queira comentar algo que gostou ou achou engraçado ou ficou "P" com alguma cena, como a da Serena :v (não fiquei putos comigo ;-; faz parte da história e eu gosto do amourshipping)

(E para quem viu, tinha sim mais capítulos, porém eu os tirei por causa de erros, sem concordância verbal, falta vírgulas, etc. Então é só esperar terminar de fazer isso e vai ter capítulos novinhos, editados e mudados ^-^)

*Buum*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...