História Café da Manhã - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amor, Café Da Manhã, Poesia
Visualizações 20
Palavras 436
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse é um texto especial pra mim, por mais que ele não seja a realidade que vivo, posso dizer que esse seja o tipo de texto que eu gostaria de presentear para o meu futuro amor.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Café da Manhã


Fanfic / Fanfiction Café da Manhã - Capítulo 1 - Café da Manhã

Quando você chegou, eu jurei que você seria como os outros. Chegaria, beberia um pouco de café, comeria um bolo e no meio de uma mordida pra lá e de um gole pra cá, você me cativaria com o seu papo. Já estava tudo perfeitamente escrito na minha cabeça, o final era claro e direto pra mim, quando tudo chegasse ao fim, você sairia sem se despedir e eu permaneceria aqui recolhendo os pratos e copos e me recordando de todas as frases devidamente programadas que saíram da sua boca. Era assim que eu imaginava que você seria, só mais um visitante que não ficou nem para o jantar.

Sabe, eu não pensei que iria me enganar tanto. Você ficou, ficou para o jantar, ficou para o café da manhã do dia seguinte, ficou para o almoço, café da tarde, jantar e repetiu essa mesma rotina por dias. Confesso que tive medo de me acostumar demais com a tua presença na minha mesa, todos os outros que passaram por aqui se sentaram na mesma cadeira que você está agora, e se eles se foram, por que você não iria também?

Eu demorei para me abrir com você, me lembro que no começo eu aparentava ser uma pessoa sem muitas feridas ou memórias trágicas (Não é incrível o quanto uma pessoa é capaz de esconder dentro de si mesma? A capacidade humana de guardar suas dores e só expor o que lhe parece mais agradável, me faz questionar quantas pessoas a minha volta estão chorando por dentro enquanto seus rostos são iluminados por um sorriso). Com o passar do tempo você conseguiu me tirar da armadura e despir a minha alma. No momento em que você viu o quão machucada estava a minha pele e o meu coração, eu acreditei seriamente que você sairia correndo dali com alguma desculpa sem nexo só para poder fugir de mim e das minhas marcas, mas mesmo assim você permaneceu, até mesmo me ajudou a fechar algumas feridas abertas, posso afirmar que você fez um ótimo trabalho me curando.

Eu sinto muito por ter desconfiado de você, acredito que depois de tantas partidas eu acabei me acostumando com as despedidas e assim acabei me apegando a ideia de que todos vêm e vão sem nunca pensar em permanecer. Você foi a exceção, foi a pessoa que quebrou essa ideia ao meio e jogou no lixo.

Você permaneceu e ainda permanece aqui comigo. Eu não sei quantos anos as nossas vidas durarão, mas eu sei que enquanto o sol me acordar, é com você que eu quero passar todas as minhas manhãs. Vem tomar café, amor.


Notas Finais


E você? Você tem alguém que vc quer que passe todas as manhãs com você?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...