História Caído - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Tom Riddle Jr.
Tags Tomarry
Visualizações 170
Palavras 698
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


encontro vocês nas notas finais!

Capítulo 1 - Capitulo I - banido do céu?


 

- pegue-me - "A queda é muito mais agradável do que a ascensão". Ele era Lucifer, a Estrela Brilhante, o Caído, e os cantos de seus lábios tinham virado para cima em um sorriso irônico. "Eu vou pegar você na próxima vez que você cair, então

                                                                                        ***

Era noite, a lua cheia brilhava excepcionalmente aquela noite, iluminando o caminho para os viajantes da noite, o lugar tinha um toque sombrio, havia uma casa abandonada que era o que adornava quase toda a paisagem. Um jovem de cerca de dezesseis anos estava de pé com as mãos apoiadas na cintura, ele tinha a estatura baixa, com um corpo frazino, tinha olhos verdes brilhantes, finos lábios rosados, maçãs do rosto e queixo, não muito pronunciado, sua pele estava quase bronzeada pelo sol em Londres ... de onde ele havia escapado horas antes, seu cabelo era preto que disparava de todos os lados, dando-lhe um toque de rebelde e misterioso.

Uma capa cobriu a maior parte de seu corpo, a brisa desse lugar era refrescante apesar de estar no meio do verão, hoje, em meados de julho. Sentia, as lagrimas grossas rolarem por seu rosto, soluços angustiados. Deixou seu corpo cair em meio ao gramado. Ouviu um leve zunbido e depois passos. Aquele lugar não era para esta vazio? 

- Lugar interessante para se estar. Oque faz aqui eleito?- perguntou com escanio a voz atrás do jovem.

Reconheceria aquela voz até mesmo no próprio inferno, seu corpo imediatamente ficou tenso. Ali estava ele quem sempre lhe prometeu a morte mais dolorosa, Lord Voldemort. Naquele momento duvidava que existia algo mais doloroso do que estava sentindo agora, talvez a sentença que o homem sempre lhe  prometeu fosse sua salvação.
 

- Se eu lhe disse-se que estou perdido acreditaria?

- Nunca lhe disseram por onde andar, pois se perder assim poderar encontrar assassinos sem coração, ladrões, estupradores ou melhor; Eu. - disse o homem com a voz fria mais não perdendo o divertimento.

- Realmente,  mais como poderia saber meus pais não estão mais aqui. Como deve saber.- falou virando-se e encontrando o par de olhos rubis. Colocou-se de pé, enxugou os véstigios das lagrimas. Se morreria teria que ser pelo menos um pouco digno, dignidade essa que ele dificilmente acreditava ter depois de eventos que não gostara de citar aqui.

- verdade,- falou revirando os olhos-  Então Harry Potter conseguiu escapar da tutela de Albus Dumbledore. Fora banido do céu?

-  Possivelmente essa é a resposta mais correta, fiquei fugindo por três dias e parando de noite, mas o que realmente interessa?

- Nada não, talvez só ache estranho você esta vestido desse jeito e chorando como uma garotinha, realmente esperava mais do salvador.

- Também esperava, por isso que acho que neste momento lhe cabe apenas duas opções...

- Duas?

- Lançar um avada kedrava em mim, ou apenas me deixar aqui em minha autopiedade.- falou com amargura, viu os olhos vermelhos cintilarem em divertimento.

- Você mudou. O que aconteceu com você? E por favor não insulte minha inteligencia dizendo que fora expulso do céu ou que seja um anjo personificado - Tom zombou.

- Nada que seja relevante para você.

- Agora estou intrigado, poderia facilmente descobri oque passa em sua mente mais não fazerei. Tenho um plano melhor, pode chamar de terceira opção.- O homem sorriu.

- E qual seria?- perguntou hesitante. Não que liga-se muito pela forma em que Voldmorte pretendia mata-lo.

-Teriamos que aparantar primeiramente. Confiaria em mim para tanto.
 

- Confiar em alguem que quer me matar, não me parece uma ideia sensata. Mais já não me importo para tanto. - chegou mais perto do homem, onde finalmente conseguiu ver seus traços. Era um Tom riddle de aproximadamente 26 anos. Nada dele lembrava do homem esqueletico que vira em seu quarto ano. Tinha um nariz, labios fartos. Uma pele branca aparentamente saudavel, mesmo não tendo muita cor e por incrivel que pareça cabelos. Mas os olhos rubis que se intensificavam na escuridão ainda continuavam os mesmo.

- Você também mudou, parece um ser humano agora.- Agarrou o braço estendido.

- Não abuse garoto.

- Claro senhor- riu e sentiu o familiar pulxão pelo estomago. aparantou.
                                                                          


Notas Finais


Seram capitulos pequenos, por que esta historia me venho do nada. To escrevendo mais sem muitas espectativas, lembrando que meu foco principal é minhas outras fic's kkkk Essa fic sera aquelas bem nuttela se me entendem<3


atualização de Black Magic e MDG ainda hoje! NÃO PERCAM<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...