1. Spirit Fanfics >
  2. Caídos >
  3. Prólogo

História Caídos - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


ESTÁ HISTÓRIA É UMA REPUBLICAÇÃO.
Ela tinha sido publicada anteriormente com o nome de HelenaSardotien, mas eu perdi aquela conta. Então abri outra, e resolvi publicar a história novamente.

NÃO VÃO ME DENUNCIAR POR PLÁGIO!
Ela também está publicada no Wattpad
Link nas notas finais.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Caídos - Capítulo 1 - Prólogo

Essa é uma história criada por mim, com base nos personagens da maravilhosa Lauren Kate e terá também inspirações do livro A batalha o apocalipse de Eduardo Spohr.

 

Na mais profunda das camadas dimensionais, em um lugar ondem nem demônios se arriscam a ir, um palácio reluz no horizonte. 

Sentado em um trono de ossos – feito dos restos dos inimigos do maior do tiranos – um homem com feições severas estava sentado, cercado por dois leais servos. Seu rosto contorcido na mais profunda cólera, admirava a morte de mais um que teve a ousadia de ficar no caminho de seus objetivos.

- Encontraram alguma pista? - Perguntou enquanto a pobre alma tinha a vida arrancada de seu corpo imundo.

- Não senhor. – O soldado na sua frente tinha olhos frios como gelo e coração duro como pedra.

- Espero que você tenha alguma explicação para a sua incapacidade de cumprir uma tarefa tão simples.

- Meu senhor, ele está sendo um empecilho. Aniquila qualquer pista que temos, usa das mais vis artimanhas para nos impedir, matando até seus aliados.

- Ele é um demônio?

- Não posso dizer com certeza, meu senhor.

- Dobre seus esforços na procura, ou então será você que estará pedindo por piedade amanhã.

- Claro meu senhor.

O homem foi embora, enquanto seu senhor descia do trono e com uma espada em punho cortava a cabeça do homem morto no chão. Para um tirano a única forma que encontrava de manter seus soldados na linha era através do medo, e ele não polpava esforços para demonstrar a mais brutal das violências.

- Livrem-se desse inútil. – Ele ordenou a um dos soldados de guarda.

- Precisa de mais alguma coisa, meu senhor? - Perguntou o outro.

- Preciso que vocês encontrem a menina, como lhes ordenei.

- Isso já está sendo providenciado, meu senhor.

- Não estou vendo ela na minha frente, ou ela está? Por algum acaso vocês acham que eu sou cego ou idiota?

- Não, senhor. – O soldado sabia que qualquer resposta que desagradasse seu senhor, poderia fazer com que fosse sua cabeça rolando naquele chão. – Só estava dizendo que nós...

- NÃO QUERO OUVIR SUAS DESCULPAS, ACHEM A GAROTA. – Sua voz reverberou por todo o palácio e do outro lado dos mundos uma garota ingênua acordava de mais um pesadelo regado a sangue e medo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...