1. Spirit Fanfics >
  2. Caindo em tentações. >
  3. Equipe 7 Início

História Caindo em tentações. - Capítulo 2


Escrita por: nay_panda

Notas do Autor


Deixem seus comentários ♡ prometo que respondo todos ♡♡

Capítulo 2 - Equipe 7 Início


Fanfic / Fanfiction Caindo em tentações. - Capítulo 2 - Equipe 7 Início

Minha primeira impressão é ... Eu odeio todos vocês."

Kakashi coloca os sinos de volta na pequena caixa de joias e a coloca na prateleira.

Ramen e ser Hokage ... ódio e grande vingança ... e uma obsessão por um companheiro de equipe e desprezo pelo outro ...

Que combinação de sonhos.

Eles falharam na primeira chance, exatamente como ele esperava. Pior do que qualquer outra equipe, na verdade. Pelo menos suas equipes anteriores tinham algum conceito de que trabalhar em conjunto era uma coisa boa. Esta equipe não queria trabalhar junta em primeiro lugar.

Mas quando ele explicou a eles e lhes deu a regra de não alimentar Naruto, eles desobedeceram.

O que significava que eles passaram.

Foi apenas por algum instinto de ser contrário?

Ele se senta, tira a tampa do recipiente para viagem com arroz com curry e diz: “Itadakimasu”, em um tom monótono.

O que o Hokage estava pensando, colocando esses três juntos em primeiro lugar, e então tornando-o seu sensei? Colocar um aluno de alto nível e um de baixo nível juntos costumava fazer sentido - foi isso que eles fizeram com ele e Obito, afinal -

Ele faz uma pausa com um pedaço de cenoura em seus pauzinhos.

Essa não pode ser sua intenção? Recriando o triângulo estranho que era o Team Minato?

A cenoura cai com um toque suave.

Está doente, muito doente, se é isso que ele está tentando fazer. Sem falar que, se for esse o caso, é uma versão distorcida de algo que terminou em uma tragédia horrível já pela primeira vez. Obito tinha um poder que não podia controlar, mas nada no nível de uma besta com cauda. Kakashi era frio e distante de seus companheiros de equipe, mas não odioso e desdenhoso - enquanto o ódio do Uchiha claramente transborda para toda a humanidade. E quanto a Rin-

Rin ...

Se a Hokage pensasse por um momento naquele fracote de cabelo rosa, gritando por causa de um garoto e bufando de outro, tinha alguma semelhança com Rin ...!

Sim, o Time Minato tinha um triângulo amoroso, mas Rin amava Obito profundamente. Rin foi gentil com todos. Rin tinha uma queda por Kakashi, mas ela nunca teria, por um momento, corado e gaguejado enquanto vinculava sua identidade inteira ao querer estar com ele. Mesmo aos doze anos, ela exibia todos os sinais de se tornar uma kunoichi competente.

Rin pode ter sido um ômega, mas Sakura ... Depois de apenas um dia ele pode dizer que Sakura é um estereótipo ômega , e nada mais do que isso.

A única razão pela qual ela desobedeceu Kakashi foi porque Sasuke-kun disse a ela. Com quaisquer outros companheiros de equipe, ela não teria passado.

Bem, não há nada a ser feito sobre isso agora. Ele tem que tentar ensinar a todos eles. O Hokage está certo em uma coisa: os meninos têm muito potencial como ninja para não receber o melhor treinamento possível.

Enquanto Kakashi come o curry, ele pensa amargamente que a ideia de que ele de alguma forma se assemelha ou pode substituir o Minato-sensei é de longe a mais distorcida.

———

Quando Sakura chega ao apartamento de Kurenai-sensei, Hinata está parada no corredor, fazendo aquela coisa nervosa com seus dedos indicadores.

-Oh, olá Sakura-san,

ela diz sem jeito. 

-Eu só pensei ... que posso chegar cedo ... então ...

“Uh…” Essa garota está tão nervosa o tempo todo! Não é este o sua sensei? 

-Eu acho que se chegarmos cedo ... vai ficar tudo bem?"

-V-você provavelmente está certo ...

Sakura bate na porta e ouve a voz doce, mas de alguma forma autoritária, de Kurenai-sensei do outro lado. 

-Um momento por favor.

A porta se abre e Kurenai-sensei os recebe com um sorriso. Seu apartamento é muito arrumado, elegante e recatado, com exceção de um armário de bebidas proeminente com uma variedade impressionante de bebidas alcoólicas dentro dele. A professora os coloca em uma mesa e serve chá e um prato de umeboshi.

-Algum de vocês sabe cozinhar?

 ela começa casualmente.

As duas garotas se entreolham, e Sakura diz: 

-Coisas fáceis ... omurice ... sopa de missô ... kabocha no nimono ... okayu ...

Hinata se agita nervosamente. 

-E-eu não sei cozinhar ..

-Sakura-chan, vou te dar um conselho que só queria que alguém tivesse me dito quando eu era um genin: não deixe seus companheiros saberem que você cozinha! Se você conseguir a reputação de ser um bom cozinheiro, eles farão você cozinhar em todas as missões! 

Ela revira os olhos. 

-Confie em mim, ou então você será como eu em dez anos: destripando peixes, enquanto todo mundo está brincando com o fogo fingindo que isso é trabalho real e fantasiando sobre destripá- los. 


Sakura ri, mas Hinata diz baixinho.

 -Eu não me importaria de cozinhar ... quero dizer, se eu pudesse cozinhar ... já que eu ... eu realmente não contribuo de outra forma ...

-Agora, Hinata-chan, 

Kurenai-sensei diz com firmeza, 

-o que eu disse a você sobre se subestimar?

Há uma pausa, e Sakura olha para a herdeira ainda inquieta, se perguntando se Kurenai-sensei queria que Hinata respondesse ou não.

-É hora de chegar ao assunto real, você não acha?

 diz o jounin levemente. Ela pega um pedaço de giz e se vira em direção a um pequeno quadro-negro apoiado em alguns livros. 

-Como é um ômega?”

Há outro silêncio enquanto os dois genin esperam que Kurenai-sensei conte para eles.

-Sakura Chan?

Sakura sempre sabe a resposta em sala de aula, mas ela está perdida aqui.

-O que as pessoas dizem sobre ômegas? O que você diz sobre ômegas em seu coração? Dê-me um adjetivo. 

“Hum ...” Incapaz de dar a resposta certa, ela deixa escapar a primeira resposta que vem à mente. 

-Materno?"

-Excelente

 diz Kurenai-sensei, anotando isso. 

-O que mais?"

-Suave

Sakura arrisca.

Suave é escrita.

 -Hinata-chan?

Hinata congela no meio da agitação, e Sakura pensa que possivelmente não será capaz de responder, mas o Hyuuga diz, "Passivo!" em uma voz surpreendentemente alta, e então fica vermelho.

-Passivo, ótimo

diz Kurenai-sensei.

 -Me dê mais.

De alguma forma, isso abre um portão para ambos, e as palavras vêm, tão rápido quanto Kurenai-sensei pode escrevê-las.

-Feminino.

'"Nutrir."

-"Manso."

'"Receptivo."

-"Submisso."

"-Estragado."

-"Bonito."

-“Desejado.”

-"Vulnerável."

-"Impotente."

-Fraco."

“Fraco,” ecoa Hinata.

Kurenai-sensei escreve fraco no quadro e circula.

-Fraco

, diz Kurenai-sensei. 

-Esse é o ponto crucial, certo? Essa é a palavra que você guarda em seus corações. 

As meninas olham para o quadro. Certamente, ele contém algumas palavras positivas ou neutras, mas Kurenai-sensei está correto ao dizer que nenhuma parece tão importante quanto fraca .

Kurenai-sensei vira o quadro-negro e revela um reverso em branco. 

-Há algo que nenhum de vocês disse. É a palavra que guardo no meu coração e espero que você permita que ela substitua o fraco no seu. Deixe-me fazer um breve teste sobre kanji. ”

Ela escreve 忍 び no quadro e pergunta: “Hinata-chan, que palavra é essa?”

-Shinobi.

Ela apaga o hiragana para que apenas o 忍 permaneça. "Sakura-chan, a leitura on'yomi desse personagem?"

-Nin.

-E qual é o significado original disso - o significado de antes de haver ninja? Você sabe?"

Essa era uma pergunta que Sakura poderia responder. 

-Para suportar, para suportar, para se conter, para sofrer

-E com quais componentes esse personagem é construído?

-É um coração sob uma lâmina.

-Exatamente.

Seus lábios vermelhos se erguem enquanto ela circula o kanji.

 -esse é o cerne do que significa ser um shinobi. E é por isso que os ômegas são os melhores shinobi. 

Olhos verdes e olhos vazios se arregalaram, e Kurenai-sensei riu. 

-Um exagero, mas como muitos parecem pensar que não podemos ser shinobi, um pouco de exagero em troca parece necessário. É verdade que mesmo agora os ômegas raramente têm a oportunidade de se tornarem kunoichi, mas você ficaria surpreso com quantos dos mais lendários shinobis masculinos ao longo da história eram secretamente ômegas ... e ainda mais do que isso, quantos shinobis ômega nunca ganharam fama porque viveram a a vida shinobi mais antiga e fundamental: o sucesso silencioso e despercebido. 

Ela vira o quadro-negro de volta e os vários adjetivos, com círculo fraco , estão diante deles novamente.

“Qualquer um deles pode se aplicar a um ômega - e posso admitir, até mesmo, que muitos deles são mais propensos a se aplicar do que não - mas o segredo é ... podemos transformar qualquer um deles em uma força. Mesmo este. ” Ela bate no ponto fraco com o giz, depois vira o quadro novamente e escreve o kanji 無為 abaixo de "shinobi".

“'Mui', como dizem os sábios. Ação sem ação. A fraqueza que vira a força contra si mesma e a passividade que resiste e esgota a atividade. A grama que se curva ao furacão quando todas as árvores se quebram e, portanto, sobrevive. ”

Ela pousa o giz de forma lenta e deliberada. “Eu acho que isso é o suficiente do lado filosófico por hoje. Discutiremos mais na próxima vez. Por enquanto, vamos falar sobre algo pragmático. Qual supressor de ovulação você está usando e como está funcionando? Efeitos colaterais controláveis? ”

Eles acabam falando principalmente sobre os prós e contras de usar um jutsu de reforço antes de uma batalha difícil, e depois de mais meia hora, Sakura caminha para casa lentamente, tentando descobrir o que isso significa.

Você diz que eu posso ser forte sendo fraco ... mas eu não quero ser nenhum tipo de fraco ... eu realmente não quero ...

———

Ter uma equipe genin acabou sendo ... divertido.

Fazendo missões em torno de Konoha, ou melhor, lendo Icha Icha , enquanto seguem seus três estudantes bonitinho em torno de como eles fazer biscates em torno de Konoha-se quase como um feriado em comparação com a sequência de esgotante S e uma praça de missões ele estava fazendo antes esta.

Seu lado bobo adora usar fones de ouvido para perseguir gatos perdidos e fazer taijutsu enquanto verifica se há pontos perdidos em uma parede recém-pintada.

Atormentá-los é muito fácil, mas nunca para de diverti-lo. Suas reações às desculpas por estar atrasado, espionando-os quando descobrem que ele pulou a conta e, claro, suas tentativas de tirar a máscara ... hilário.

Nas raras ocasiões em que Kakashi se pergunta se está levando suas pegadinhas um pouco longe demais, ele justifica dizendo a si mesmo que eles estão inconscientemente se unindo através da miséria mútua de serem enganados por ele. Sem mencionar que sua própria afeição por eles cresce com cada grito indignado e adorável beicinho. Ele se pergunta se é assim que é ser um irmão mais velho.

Ele gostaria que continuasse assim para sempre, às vezes, mas não pode culpá-los por exigir uma missão fora da aldeia. Ah, bem, ele poderia fazer uma missão de rank C enquanto sonâmbulo, praticamente. O feriado ainda não precisa terminar.

“Tudo bem, nos encontraremos no portão em cerca de quinze minutos, Tazuna-san,” ele diz alegremente, e estende um pouco de ryo para Sakura. Ela olha para ele como se pudesse ter uma etiqueta explosiva presa a ele. “Aqui, Sakura. Compre quatro bento para nós na loja de conveniência e nos encontre no portão. ”

Ela aceita o dinheiro com cautela, obviamente incapaz de acreditar que seu sensei pagaria de bom grado por qualquer coisa. “Devo enviar uma mensagem aos meus pais que estou indo em uma missão fora da aldeia?”

Oh, certo. Estranho como ele passou a pensar em ser órfão como o padrão. “Ehhh ... acho que sim? Acho que o escritório da missão notifica os parentes mais próximos ... ”Ele coça o queixo. 

-Mas não tenho certeza ... não tenho nenhum ...

-Ei, Sakura-chan, pegue uma xícara de ramen em vez de bento!

-Quatro bento,

 repete Kakashi. -Vegetais extras no Naruto's.


-Eu não gosto de vegetais dattebayo! 

Grita Naruto enquanto Sakura ri e sai correndo.

-Agora. Vocês dois. É nossa primeira missão fora da aldeia, então você precisa carregá-los. 

Ele puxa uma bolsa, sacode duas cápsulas e joga uma para cada menino. Sasuke pega o seu, enquanto o outro acerta Naruto no nariz, mas ele o pega.

-Isto é um lanche?

 diz Naruto, chegando perigosamente perto de sua língua.

-Dobe! É um bloqueador de cheiro, 

rosna Sasuke. 

-Já sei como funcionam. Vejo você no portão. 

O Uchiha desaparece em segundos e Kakashi suspira. -

Como Sasuke disse, Naruto, é um bloqueador de cheiro. Bem simples. Segure-o na frente da boca, gire, quebre e inspire pelo nariz. 

Naruto inclina a cabeça de uma maneira vagamente animal. 

-Então ... para quando algo cheira mal ou ...

"Não, é para uma bateria."

-Tipo ... dias quentes ...?"

Como é possível para o filho de Minato-sensei ser tão estúpido? Kushina-san nunca foi assim ...

 -Naruto. Você sabe sobre omegas entrando em baterias? 

O Jinchuuriki de repente fica com o rosto absurdamente vermelho para uma criança que pratica Sexy no Jutsu há anos.

 -Sensei! Você não pode falar sobre coisas assim 'ttebayo! 


-Como seu professor, tenho que falar sobre isso.

Porque eu com certeza também não quero, garoto.

 -Você é um alfa, você tem uma companheira de equipe ômega, você precisa tê-la de volta para isso. Isso faz parte do trabalho em equipe. Se Sakura-chan - ou qualquer outra pessoa - entrar em um cio ao seu redor, o bloqueador de cheiros o ajudará a manter o controle. Entendi?

Naruto abaixa a cabeça e não diz nada.

-Você entende, Naruto? Isso é realmente importante. 


-Sensei ... você tem certeza que sou um alfa?

-Absolutamente positivo. Por que?

O menino esfrega o dedo do pé na terra. -

Bem ... eu pensei que ômegas deveriam gostar de alfas ... Sakura-chan gosta tanto de Sasuke ...

Aha.

 -Ser um ômega não significa que você gostará automaticamente de todos os alfa. Confie em mim.

-Mas Sakura-chan não simplesmente não gosta de mim


 murmura Naruto. "Ela me odeia ...


Kakashi bagunça o cabelo do garoto. 

-Eu não acho que Sakura te odeia mais, Naruto. Enfim, vamos, vamos para o portão. 

———

Eu escalei a árvore perfeitamente da primeira vez ... e por um momento me senti tão bem ... controle de chakra perfeito! ... mas apenas Naruto se importou.

Kakashi-sensei apenas usou meu sucesso para humilhar os outros dois ... e provavelmente fez Sasuke-kun me odiar ainda mais ... e agora estou preso sentado na ponte com Tazuna o dia todo em vez de treinar ...

Sakura é arrancada de seus pensamentos quando os dois garotos pedem mais comida e depois se afastam da mesa e vomitam no chão ao mesmo tempo.

A Sakura interior está de acordo com o seu eu exterior em reação a isso. 

-Você não pode comer mais se for apenas vomitar!

 ela grita.

Os meninos e até Kakashi-sensei quase não parecem incomodados com isso. ECA. Então os homens nunca param de ser nojentos?

———

Assim que Kakashi consegue voltar para seu apartamento vindo do País das Ondas, ele arranca a máscara e o protetor de testa no caminho para o banheiro, onde joga água no rosto.

Antes desta missão, ele tinha pensamentos sombrios de que o Hokage poderia ter selecionado intencionalmente os membros do Time 7 para lembrá-lo do Time Minato. Ele relaxou sobre isso enquanto eles se arrastavam por suas missões de rank D, conhecendo seus genins por quem eles eram, não como renovações de Obito, Rin e ele mesmo.

Esses pensamentos sombrios estão de volta, mas agora, em vez de culpar o Sandaime, ele se pergunta se não pode ser o universo finalmente o atropelando por seus pecados.

Sendo oprimido por Kiri-nin ... seu punho atravessando o peito de um jovem inocente em vez de seu alvo pretendido ... o paralelo era perfeito demais.

É difícil acreditar que ele se manteve firme até que eles voltassem para Konoha.

Ele espirra água no rosto novamente, mas não o acalma. Ele tira as roupas com impaciência, deixando-as no chão do banheiro em um estado de desleixo incomum, e entra no chuveiro.

Kakashi descansa sua cabeça contra o azulejo enquanto a água quente bate em seu corpo, então rosna e começa a se esfregar violentamente. O sabão gira no fundo do ralo como a tomoe do sharingan de Obito.

Um presente inestimável, com apenas um favor pedido em troca: proteja Rin.

Rin ...

Se ele pensava que não poderia estar mais enojado de si mesmo, ele está errado pela reação de seu corpo ao imaginá-la rindo.

"Merda", ele fala sobre sua ereção. "Você está brincando comigo? Agora?"

Ele abre a torneira para fria.


Logo após do exame Chuunin.

Hokage-sama anuncia uma pausa de um mês para aqueles que continuam nos exames para descansar, se recuperar e treinar.

Sakura passa basicamente o mês inteiro sem ver Sasuke-kun ou Kakashi-sensei. Naruto ela avista ocasionalmente com um homem mais velho de aparência estranha, que por algum motivo Naruto parece determinado a não deixá-la se encontrar ... é muito estranho porque houve pelo menos uma vez que pareceu pela linguagem corporal deles que o homem estava pedindo para ser assumido e apresentado a ela , mas Naruto de repente executou um Sexy no Jutsu, então ela fugiu com nojo.

É compreensível, já que os meninos estão indo para a final e ela não, mas ainda a deixa um pouco perdida e desorientada. No ano passado, os três foram uma presença constante em sua vida.

Ela até começa a sentir um pouco a falta da cor laranja.

Na primeira semana, ela tentou treinar sozinha algumas vezes, mas acabou desanimando a ponto de chorar de raiva. Ela não tinha ideia se o que estava fazendo era bom e nenhuma ideia de como melhorar.

No final da semana, ela desenvolveu uma rotina:

É uma existência bastante patética.

Kurenai-sensei dá uma aula semanal no hospital para Hinata e Sakura (agora Hinata-chan e Sakura-chan uma para a outra, porque você não pode visitar uma garota no hospital quase todos os dias e não ligar um para o outro -chan, como Sakura explica para persuadir Hinata). A professora diz a eles para não passarem muito mal no exame, que ela mesma foi um genin por quatro anos antes mesmo de tentar o exame e que ambos superaram muitos outros genins apenas por chegar ao terceiro estágio.

Quando Sakura questiona porque Kurenai-sensei tem tempo para gastar com alguém que não seja Shino, Kurenai-sensei parece surpreso. É claro que ela encontraria tempo para todos os seus alunos, ela diz, e além disso, Shino passa as tardes de segunda-feira aprendendo técnicas de clã com os mais velhos.

Deve ser incrível vir de um clã como esse. Ter pessoas ao seu redor para encorajá-lo e corrigi-lo o tempo todo. Ela não teria que estar se debatendo assim se tivesse isso.

Por outro lado, Hinata-chan é a prova viva de que as expectativas do clã têm um custo. Hiashi-sama aparentemente não se preocupou em treiná-la no jutsu do clã por anos.

Quando o mês está quase acabando, ocorre uma interrupção inesperada nessa rotina.

Ela faz sua visita matinal habitual a Yamanaka Flowers, mas a placa na janela foi virada para FECHADA.

Sakura o encara, perplexa, então lentamente faz seu caminho para o hospital. Suas mãos parecem estranhamente vazias sem uma flor. Ela percorre o caminho familiar em direção ao quarto de Lee.

-Ei, testa.

A voz cansada de Ino vem da sala por onde ela acabou de passar. Sakura para, recua e entra pela porta aberta. Ino está sentada na cama do hospital com os joelhos colados ao peito. 

-Eu pensei ter visto seu rosto estúpido fora da janela mais cedo. Vou visitar o Lee, certo? Desculpe por não poder vender seu narciso. Sinta-se à vontade para comer uma azaléia. 

 Ela aponta para o buquê em sua mesa de cabeceira.

-O que está acontecendo? Você está bem?

Ino ri. 

-Oh eu? Bem, você deve saber, certo. A supressão da ovulação de emergência realmente é uma droga. ”

-Você também é um ômega ?!

-Ha! Não. Eu sou um alfa, aparentemente. Mal posso esperar para dizer a Asuma-sensei que minha mandão é inata. Oh sim, Sasuke-kun é todo seu agora, a propósito. 

Sakura está dividida. Parte dela quer fazer uma dança da vitória - Sim! Sasuke-kun é MEU! - mas outra parte não quer que sua rival caia dessa forma. Com um severo aviso para seu interior ficar quieto, ela engole em seco e diz: 

-Só porque você é um alfa, não significa ...

-Oh, não é por causa disso. Estou interessado em outra pessoa. 

 Ela fica com aquele olhar travesso que leva Sakura de volta aos dias em que elas realmente eram as amigas mais próximas. Aquele olhar que significava que Ino tinha alguma fofoca suculenta que só precisava de um pouco de persuasão para contar.

Sakura se senta na ponta da cama e não precisa fingir seu intenso interesse. 

-Quem?!

Ino se inclina para frente e sussurra conspiratoriamente

-Shikamaru

“Shikamaru ?!"

Sakura estala.

 -Mas…

Ino ri e acena. 

-Sim, eu sei, mas acredite em mim, não é apenas a rotina falando. Quer dizer, esses sentimentos abriram meus olhos, mas quanto mais penso sobre isso, mais certeza tenho. Ele é ... bem ... não posso explicar realmente, mas posso ver quem ele é e quem vai ser agora, e quero que ele esteja comigo. É isso mesmo. 

Ela parece quase tímida quando diz isso. 

“Uau”, diz Sakura. 

-Sério ... uau! Bem, uh ... estou feliz por você! ”

-Obrigado. Ah, e fique trancado atrás dessa sua testa enorme, ok? O clã Nara não quer que se espalhe que ele é um ômega. 

 Ino revira os olhos. 

-Deve ser bom ter a opção de manter isso em segredo. Homens malucos têm toda a sorte do mundo. 

-Sim, é tão injusto. Mas meus lábios estão selados. 

-Ei, depois de visitar Lee, talvez você pudesse pegar um bentô e voltar para almoçar comigo? Contanto que você não se importe que minha mãe provavelmente estará aqui. 

Ela faz uma careta.

 -Eu realmente gostaria se você pudesse. Se você estiver aqui, minha mãe interromperá as palestras por cinco minutos. 

-Claro, eu posso fazer isso


Diz Sakura, se perguntando por que a mãe de Ino estaria dando um sermão nela. 

-Você está bem se eu for agora?"

-Ah, sim, posso apenas sentar aqui e apreciar a vista fascinante de absolutamente nada fora desta janela

 BRINCA Ino, apontando para ela.

-Aproposto, consigo sentir seu cheiro Sakura..

-Oque?!

Exclamou ela incrédula pensando que estava fedendo.

-Não esse cheiro e sim Feromonios! O seus são doces que bem Cereja, ou geleia de morango.

Ino aproximou de Sakura e cheirou mais perto para tentar diferenciar.

-É fraco, mas é gostoso.

Suas bochechas ficaram totalmente vermelhas e seus olhos brilhavam pelo fato de não saber disso Kurenai-sensei ainda não tinha a ensinado essa parte e ela não sentia ainda cheio disso.

-Como você ainda não passou primeiro Cio direito já começou a tomar remédios acho que não desenvolveu muito bem essa parte dos Feromonios hihi..

Ino ri por finalmente saber algo mais que Sakura e a ver toda com cara de espanto era prazeroso a loira.

-Mas preciso ir qualquer coisa pergunta ao Kakashi-Sensei ele ira te dizer.

----.

Então assim passou o dia Sakura ficou se perguntando qual seria realmente seu cheiro ate que indo ao hospital esbarrou com Kakashi-sensei que lia seu livro atentamente, mas ao reparar em Sakura sorriu sobre a máscara e disse.

-Está com a cabeça Avoada é? Pensei que só o Naruto era assim 

O olhar da menor estava brilhante pelo fato do que lembrava que sua amiga tinha dito outro dia por ser meio involuntária Sakura com seus olhos brilhantes disse.

-Kakashi-Sensei você pode me cheirar pra saber qual é o cheiro do meu Feromonio?

E assim Kakashi olhou supresso pra jovem ficando com as bochechas completamente avermelhadas até guardou o livro e coloca uma de suas maos aos cabelos sem reação.




Notas Finais


ESSES cap são mais explicativos kkkk partir do próximo tem mais coisas interessantes hehehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...