História Caliban - Interativa - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Interativa, Tarab
Visualizações 257
Palavras 781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ATENÇÃO: Como disse na prévia anterior, se seu personagem não estiver aqui, não significa que ele não foi aceito, ainda aceitarei mais fichas. Nessa segunda prévia apresentarei mais 3 personagens que foram aceitos e mais um meu.

ATENÇÃO 2: Não se preocupem com as vagas, se eu achar necessário aceitarei até 25 personagens.

Gente, me desculpem se a prévia ficou fraca, espero que gostem.

Capítulo 3 - Prévia 2: Deixe a boa recepção com os humanos


Eu gosto de tudo sobre ser um lobisomem, eu gosto de como os lobos se balançam quando estão tentando secar seu pelo molhado e gelado da água do lago de Oslo. Eu gosto de uivar e me sentir superior aos humanos indefesos. Gosto de pensar que mesmo sendo uma aberração, a liberdade me cobre por inteiro e eu sou quem eu sou. A liberdade me liberta e me tira da realidade e prova que não sou o monstro que fui destinado a ser. Não tenho responsabilidades, pois sou um animal quando desejo e assim, fujo das responsabilidades de um homem, porque no fundo eu sei, não sou um homem. 

– Lobisomem. – Suspirou e fechou o livro. – Será que seria legal ter nascido um lobisomem? – O vampiro se questionou e olhou para o teto da biblioteca. 

Seus olhos puxadinhos pequenos e castanhos doeram um pouco por conta da luz forte da lâmpada. Ele segurou o livro delicadamente com uma mão e levou até a recepção onde se encontrava uma moça de longos cabelos ruivos. Baixa demais para uma professora, séria demais para uma aluna, foi o que ele pensou. 

– Bom dia. – Mostrou seu sorriso reto e branco.

– Bom dia. – Ela falou, transparecendo uma voz calma e doce. 

– Eu gostaria de pegar esse livro, você trabalha aqui? 

A moça riu fraco. 

– Eu sou aluna. – O vampiro pareceu surpreso. – Mas estou de voluntária aqui até o início das aulas e no intervalo. – Ergueu a mão, pedindo o livro. O garoto de cabelos pretos e estatura mediada entregou. – Ah, lobisomens? – Ela sorriu grande, mostrando também belos dentes. – Eu adoro eles. – Pegou uma caneta e escreveu o nome do livro em uma folha. – São uma loucura, não são? 

– Eles são. – Sorriu sem os dentes. 

– Seu nome? 

– Wo Hoon Do.

– Você tem vinte dias. – Devolveu o livro. – caso não acabe nesse tempo, pode vir renovar. Mas não esqueça, a dona Amélia odeia pessoas que não devolvem os livros no dia certo. 

– Amélia? – O asiático Indagou e a moça olhou para o quadro na parede. 

Um quadro enorme de uma moça idosa com um livro na mão. 

– Ela morreu há muito tempo, mas adora puxar os pé das pessoas. – Revirou os olhos. 

O vampiro engoliu em seco, ainda de olho naquele quadro enorme. 

– Você é novo, certo? 

– Sou sim. – A olhou.

– Certo… Ah, não se incomode com eles. – Olhou para trás e ele fez o mesmo. – Eles são como abelhas, não vão te machucar se você não provoca-los. 

– Eles quem? – Perguntou, mas a ruiva tinha sumido. 

Hoon respirou fundo e começou a subir as escadas da biblioteca, o que lhe motivou foi um barulho muito curioso. Era um papelão, metade dele estava grudado na janela, batendo nela como se fosse o vento, entretanto, todas as janelas – inclusive aquela – estavam fechadas e não tinha outro lugar para entrar vento. 

– Tem alguém aí? – Perguntou ao chegar perto da janela. – Dona Amélia? – Chamou sem medo. 

Uma risada alta, muito semelhante a um palhaço gargalhando ecoou. O vampiro derrubou o livro involuntariamente e deu um passo para trás, sentiu algo tocar sua cabeça e olhou levemente. Havia uma corda pendurada no teto, mas ela não estava ali antes. 

A corda de repente se amarrou sozinha no pescoço do asiático, ele mal conseguiu gritar. Seus olhos esbugalharam e com todas as forças ele tentou se livrar daquele sufoco, arranhou a corda e as presas de vampiro se mostraram involuntariamente. 


****

No intervalo, com cabelos cacheados que realçam seus olhos castanhos e sua pele morena, o menino conseguiu chamar a atenção de Alec. 

O asiático se aproximou como se não quisesse nada e começou a caminhar junto ao menino fada. 

– Alec. – Se apresentou de repente. 

– Rafael. – Deu um sorriso simpático. 

– Como o arcanjo?

Ele assentiu. 

– Você é um? 

– Eu pareço um? – Riu. Primeiro, pensou que fosse um elogio, entretanto logo sentiu um interesse estranho na pergunta. Alec parecia estar analisando o rapaz, e logo, Rafael não estava se sentindo tão seguro.

O garoto fada parou quando se viu no campo aberto da faculdade, haviam pouquíssimos seres, dava para contar no dedo e uma energia negativa o cercou. 

Dois seres se cruzaram, dois novatos, Seamus e Shari – uma indiana de cabelos longos e negros, da cor de seus olhos. E uma pele levemente morena. – Rafael não achou que fosse nada demais, Seamus parecia ter esbarrado no ombro da garota por acidente, entretanto, aquela mesma energia que os cercou, parecia estar em volta dos dois. 

Seamus se transformou em um leopardo, e Shari mostrou suas presas e garras. Os dois pareciam incrivelmente assustadores e prontos para se matar. Enquanto isso, Rafael observou uma expressão feliz no rosto de Alec, o garoto sorria grande observando o começo daquela luta sangrenta. 


Notas Finais


Gostaram? O que vocês acham que vai acontecer com Do Wo-Hoon? Será que ele vai ficar bem?
Teorias do porquê o Seamus e a Shari começaram a brigar do nada?

Aparências caso eu não tenho descrito o suficiente
Wo Hoon Do – https://pin.it/u7oohvhmjpi4yz

Rafael Lótus – https://images.app.goo.gl/ThFMZD7ybXzVyEsWA

Shari Sandhu – https://pin.it/y2qoeuyhuppvgj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...