História Call me, maybe? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Jane Foster, Lady Sif, Loki, Thor
Tags Jane, Loki, Sif, Thor
Visualizações 14
Palavras 989
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


eu de novo, kkkkkk
PARABÉNS ANAAAAAAAAAAAAAAA
Boa leitura, gente!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Call me, maybe? - Capítulo 1 - Capítulo Único


 Era um dia quente lá estavam elas, tomando um sorvete enquanto apreciavam o vizinho maravilhoso.


 Jane e sif eram as duas melhores amigas mais loucas que existiam, e nesse exato momento estavam apreciando a incrível beleza de Thor, vizinho de Loki, Sif as vezes só ia até a casa do 'amigo' para olha-lo.


 Thor era um cara muito bonito que todas as garotas queriam, e enquanto duas garotas lindas o encarava decidiu lavar seu carro.


 As amigas estavam sentadas no quintal de Loki, onde tinha uma mesa com muitos livros de romance que era de Loki amigo delas e de Thor, e tinha acabado de sair. Elas estavam tomando sorvete, já que era um dia muito quente. Sif tinham um de baunilha e Jane de chocolate.


 -cara ele é um Deus nórdico! - disse Jane 


 Sif apenas suspirava, e analisava ele.


 -Com certeza- respondeu com empolgação


 Nesse momento Jane terá uma brilhante ideia.


 -Tive uma ideia, vamos tentar chamar atenção dele!- disse como se fosse a coisa mais fácil do mundo.


 -Faço isso desde que eu conheço ele - diz 


 -Não como você tá pensando, quero dizer que iremos chamar a atenção dele de um modo diferente


 -E oque você tem em mente? - perguntou


 -Ah, sei lá. Pensa ai... vamos lavar o carro também - Sugeriu Jane 

                                                                                                                                                                                                                           -Eu não tenho capacidade para fazer isso - Sif se pronuncia  


 -Mas eu tenho- Jane saiu andando com um sorriso imenso no rosto


 Minutos depois elas já estavam dentro da casa de Loki, a procura de materiais de limpeza, para lavarem o carro. a relação de Sif, Jane e Loki era complicada, não eram amigos nem inimigos apenas ajudavam um aos outros quando precisavam, mas eles se conheciam muito bem um ao outro.


 -Onde tem aquele coisa de cheiro? - pergunta Jane


 -Eu não sei, a casa não é minha.

 
 -Cadê o Loki?


 -Saiu - responde Jane


 -E oque é que a gente faz? - Sif estava entrando em desespero


 -Continua o plano... - Jane disse como se fosse obvio


 As garotas ainda passaram um bom tempo procurando produtos de limpeza, até acharem todos.


 Ao chagarem na garagem, colocaram o carro de Loki para onde Thor pudesse vê-las e começaram o show.


Elas começaram a esfregar o automóvel, mas não estava fazendo efeito


 -Que show de horrores é esse com o meu carro? - Loki chegou perguntando 


 Elas o olharam com cara de que não estavam aprontando nada.


 Loki olhou para Thor, no outro quintal,  e olhou de volta para as meninas. Deu uma risada.


 -É isso? - Loki já estava gargalhando ironicamente


 -Ele é um deus, cara... - Sif disse


 -Não! o deus aqui sou eu, criatura ridícula - Loki disse autoritário


 -ata, me engana que eu gosto - Respondeu Jane com deboche


 Loki olhou, novamente, o loiro. Deu um pequeno riso de lado e foi para seu quarto buscar um livro.


 As meninas ficaram indignadas que o cara nem sequer olhou na cara delas, e já estavam ficando cansadas.


 -Parabéns! Foi realmente uma brilhante ideia, Jane! - Sif disse com tom de ironia


Jane a olhou como se estivesse tendo uma ideia.


 -Que foi? - Sif perguntou- Ah, não 


 Jane correu até a casa e após alguns minutos retornou com um tipo de aparelho de som. Ela olhou Sif com um sorriso maroto nos lábios. ligou o som o mais alto possível e voltou a lavar o carro, mas ainda sim o loiro não olhou para elas. Até que...


 -Mais que barulheira toda é essa aqui? - Loki apareceu com seu livro na mão - Estou tentando ler! posso? - perguntou ironicamente


 -Ah, para de ser chato... - Jane falou emburrada


Loki a olhou incrédulo


 -Vocês vem na minha casa, se aproveitam da minha boa vontade e eu sou chato?


 -Boa vontade? A por favor, conta outra - foi a vez de Sif


 - Vai me dizer que eu deixei vocês "lavarem" meu carro por maldade?


 -Nada disso, você que se aproveitou da situação para seu carro ficar limpo - Jane


 - O QUE?


 A briga entre os três continuaram por alguns minutos. Oque eles não sabiam é que do outro lada da pequena cerca um certo loiro observa eles.


Loki, Jane e Sif só pararam de brigar quando ouviram uma alta gargalhada. Eles olharam e viram o loiro caindo no humor.


 -Ah, era só brigar para chamar atenção dele...! - Sif pensou alto, alto até demais.


 -Cala boca, individua - Jane falava com reprovação.


 Loki olhou as meninas, balançou a cabeça negativamente e soltou um longo suspiro. Thor riu mais ainda.


 As meninas voltaram a lavar o carro do Loki, que sentou em uma arvore e foi ler seu livro, já Thor apenas observava.


Jane e Sif também estavam dançando, foi uma tarde bem divertida

.
Assim que terminaram, deram um suspiro.


 -Prontinho - Jane sorriu para Sif e olhou Loki que já estava de pé com o livro fechado em sua mão.


Quando eles viraram para o quintal de Thor, o loiro estava sorrindo com um papel e uma caneta na mão. 


As meninas se entreolharam e foram buscar papel e caneta e anotaram seus respectivos números.


Elas estavam com a folha na mão, Thor estava andado até elas. Porém quando Sif e Jane ia entregar seu Número, Thor passou direto por elas e foi até Loki e entregou uma folha com um número anotado.
 -Me liga - Thor fez cara de sedutor e um sinal com a mão indicando telefone.


 As meninas estavam com um 'O' perfeito na boca de tão espantadas


 -Meninas - Thor falou com elas, mas não movimentaram nenhum músculo
 O loiro voltou a sua casa.


 -Trapaceiro - Sif se pronunciou


-Traidor - Jane saiu puxando Sif


 -Eu disse que eu sou um deus. Deus da trapaça, queridinhas - Loki sorriu e foi para casa.


 E assim foi o fim de tarde daquela quinta-feira. Feliz para uns e não muito bom para outros.
 


Notas Finais


para você: Marvete fofinha, Ana Laura! ^^
Gostaram? Sim? Não? Porque?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...