História Call Me Murderer (Vkook-Taekook) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Kookv, Markson, Menção Jikook, Taekook, Vkook
Visualizações 376
Palavras 3.133
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Sixteenth.


Fanfic / Fanfiction Call Me Murderer (Vkook-Taekook) - Capítulo 16 - Sixteenth.

-Me odeia?? Que pena.. E recíproco! - Falo atirando nele.. Várias lágrimas comecaram a descer pelo meu rosto, apenas virei costas e saí.. Desculpe Jeon.

________________

(3 anos depois)

Olho para a fonte à minha frente pensando em tudo que havia acontecido, depois de Taehyung me atingir eu não me lembro de mais nada, apenas de acordar no hospital com a única informação de que Jimin havia falecido, mas isso eu já sabia ele havia morrido na própria hora, confesso que chorei mas por um lado senti que estava livre.. Apenas porque agora Park não estava aqui para comandar minha vida como ele tinha o costume...

Passado alguns dias é que entendi tudo que havia feito e que sim.. Eu realmente amava Taehyung mas consegui ser otário ao ponto de ter feito tudo aquilo com ele...

Eu e o Jimin no início queríamos apenas procurar confusão com o garoto mais quieto da turma, porém Jimin queria machucar Kim, e com isso eu que era apaixonado por ele então eu aceitei.. O plano era conquistar o outro e logo o chutar na frente da escola.. Deu errado?? Podem querer... Todas as vezes que Taehyung me dava um pontapé na bunda, me ignorava me fazia ficar mais obcecado em o conquistar, eu amava seu olhar misterioso, seu jeito frio de ser, todas as vezes que ele me defendeu mas que o meu próprio namorado foram suficientes para eu começar a abrir os olhos e vêr que meu amor por Jimin era apenas uma atração, não passava disso, mas o que eu sentia por Taehyung era intenso, era algo que fazia meu coração acelerar apenas com a sua respiração... Quando ele me contou que era o V eu simplesmente surtei.. E num momento de desespero eu contei para o Jimin que logo não perdeu tempo e fez um plano para conseguir terminar com a vida de Kim.. E eu.. Mais uma vez aceitei fazer parte... No aeroporto eu estava pronto para não fazer nada.. Mas ver aquele olhar sobre mim, sua desilusão e tristeza, sua raiva e dor, mexeu comigo de um jeito horrível.. Meu coração apertou de um jeito inexplicável, minha mente falava para eu parar de ser louco, para não dar ouvidos ao Park, que ele é que estava errado e não o Taehyung, ele é apenas um garoto que viu sua vida acabada quando meus pais decidiram matar sua família, ele tinha toda razão no que fazia e eu tinha consciência disso.. Por isso que eu defendi ele, disse que não tinha sido Taehyung a matar eles.. Isso despertou a raiva do Jimin e eu já sabia que ele ia fazer merda e eu não queria ninguém machucado.. Por isso tentei fazer com que o Taehyung parasse e não matasse o Jimin, porém acabei falando o que não devia.. E no final eu quase morri e Park acabou por morrer do mesmo jeito.. Eu nem ao funeral dele consegui ir.. Foi algo que mexeu comigo de um jeito que eu tive de ir para um psicológico.. Os policiais vieram atrás de mim e eu não dei um único piu.. Fiquei calado nas situação que podia e as que não podia falei que não sabia a todas as perguntas que me iram dirigidas.. Afinal não ia trair o Taehyung de novo...

Nestes três anos eu ainda não consegui esquecer o Taehyung, sempre me pergunto se ele está bem... Se está feliz, se já encontrou alguém ou assim, afinal amar é querer o bem da pessoa, querer o bem estar dela.. Não me importa se ele esteja com outra pessoa, logo que esteja bem eu fico contente... Porém dói pensar nessa possibilidade.. Dói saber que talvez eu tenha o perdido de vez com todos os erros que eu cometi..

Suspiro com os meus pensamentos e vejo os pássaros cantar de um lado para o outro, sorrio ao ver um casal de pássaros caminhando, levanto o olhar e arregalo os olhos.. Dois garotos caminhavam lado a lado.. Mas não era o problema de serem dois garotos.. E sim de serem o Taehyung e o Mark...

_______________

(Taehyung on)

Durante estes três anos muita coisa aconteceu, Mark e Jackson se casaram, eu decidi parar durante algum tempo de fazer assassinatos porém logo recomecei fazendo com que V voltasse ao destaque no Canadá, eu sabia que o Jungkook estava vivo isso porque onde eu atirei não foi para o matar e sim para dar o aviso que não queria mais ter problemas.. Eu chamei a ambulância e assim nos mudamos para o Canadá, estava morando com o Youngjae, JB, BamBam e o casal Mark e Jackson, durante este periodo muita pouca coisa mudou, apenas que agora não havia Jeon e Park nos nossos caminhos, Yugyeom que se encontrava na Coreia nos deixava a par nas notícias, afinal se Jeon desse com a língua nos dentes daria em merda, ele seguia o Jungkook para todo o lado, soube que ele ganhou o vício de beber e chorar num beco enquanto gritava que queria morrer, não foi no funeral do Jimin, saiu do hospital 7 meses depois, sim 7 porque ele teve que fazer uma cirurgia de 17 horas e como foi perigosa decidiram que até quando ele não melhorasse ele não saíria do hospital, também soube que ele foi assaltado porém ele nem ligou apenas disse "Minha vida é uma merda mesmo" e foi o próprio Yugyeom que impediu que algo de pior acontecesse, eu havia já ultrapassado esse assunto sabe.. Dei um pulo e caminhei para a nova vida..

Depois de 3 anos, decidimos voltar apenas porque muita coisa ainda estava pendente lá, Yugyeom nos buscou no aeroporto, reservamos uma casa para todos nós agora incluindo o "stalker" de Jeon..

Atualmente eu e o Mark havíamos ido no mercado fazer as compras necessárias, porém ao passar pelo parque um garoto de cabelos negros me chama atenção..

-Aquele não é o Jungkook? -Pergunta Mark, o olho com atenção vendo que o mesmo já nos olhava, bufo de irritação e contínuo a andar isso se o desgraçado do biscoito não viesse até nós, o olho sério..

-Afinal você conseguiu sobreviver? -Pergunto fingindo estar surpreso.. Ele me olha sério... -E o Jimin? Sobreviveu? -Pergunto para provocar, ele nega abaixando a cabeça solto uma risada.. -Ao menos isso, pelo menos metade do trabalho foi realizado com sucesso! -Falo, ele me olha magoado, enquanto eu permanecia com um sorriso provocante no rosto..

-Ele era meu amigo! -Fala sério, reviro os olhos..

-Idai? Era seu amigo e meu inimigo! Quer que lhe console, fingindo sentir muito enquanto na verdade eu estou quase pulando de alegria? -Pergunto arqueando uma sobrancelha, ele me olha negando com a cabeça.

-Você não mudou não é mesmo? -Pergunta cruzando os braços, molho os lábios e inclino a cabeça para o lado..

-E você? Deixou de ser um mentiroso, traidor e idiota? Aprendeu o significado de "eu te amo"?? Apendeu a ser homem? Aprendeu que pode brincar com todos menos comigo? -Pergunto sério, ele me olha com uma cara de indignação..

-EU TE AMO DE VERDADE PORRA! VOCÊ NÃO ENTENDE ISSO? CUSTA ENTENDER QUE MESMO ERRANDO MEU OBJETIVO NUNCA FOI MACHUCAR VOCÊ? -Pergunta já gritando, reviro os olhos, Mark permanecia calado.. Enquanto eu solto uma risada alta..

-AMA? AH POIS CLARO, POR ISSO QUE TRAIU MINHA CONFIANÇA! POR ISSO QUE ME MENTIU E ME USOU VOCÊ REALMENTE NÃO SABE O SIGNIFICADO DE EU TE AMO! VOCÊ NÃO PASSA DE UMA CRIANÇA JEON, EU QUE NÃO MUDEI?? VOCE QUÊ CONTINUA NA MESMA, PODE TER A CERTEZA QUE DA SUA BOCA 99% DAS PALAVRAS É MENTIRA, NÃO ESPERE QUE EU VÁ ACREDITAR EM ALGUÉM QUE ME MACHUCOU, EM ALGUÉM QUE NÃO TEVE PIEDADE EM ME PISAR E JOGAR FORA CORRENDO PARA OS BRAÇOS DO PARK! -Grito me defendendo, ele suspira e nega com a cabeça tentando levantar sua mão para acariciar meu rosto isso se eu não tivesse impedindo pegando seu pulso com força.. -Entenda Jeon, comigo você não vai brincar mais, eu aprendi a não ser o bonequinho de ninguém então pode ir esquecendo se achava que eu ia voltar e abrir os braços para você com um sorriso no rosto, porque pode acreditar isso não vai acontecer, de você tenho pena e ódio.. Apenas isso.. Ou convive com isso ou caí fora da minha vida de vez! -Termino, nossos rostos estavam até que próximos, nossos corpos igualmente, nossos olhos se encontravam seus olhos negros como o carvão me encaravam sérios e magoados, sei que ele pode ter sofrido mas não tanto como eu, eu que fui traído, fui boneco de diversão e ainda tive de lidar com uma dor que demorei para esquecer...

-Taehyung, por favor para de pensar nisso, entenda que nem todos permanecem iguais, eu não permaneço sabe porque? Porque eu aprendi a dar valor quando vi você indo embora.. Eu soube que te amava de verdade, que te queria ao meu lado, que queria ficar junto a você em todos os momentos possíveis! Nem tudo que fiz era parte daquele plano do Jimin, eram sentimentos verdadeiros! -Responde ele sem retirar seu pulso sobre minha mão, o olho sorrindo, sabe aquele sorriso magoado, que só queres encher da pessoa de porrada.. Bem era esse..

-Cala a boca! -Falo apertando seu pulso com raiva.. Só de lembrar de todos esses momentos meu estômago dava uma reviravolta cá dentro.. -Sabe eu sei perfeitamente porque quer insistir que me ama, afinal o Park já não se encontra aqui para você correr para os seus braços, a segunda opção sempre fui eu e não o tente negar, mas se pensa que eu serei idiota ao ponto de aceitar tudo isso, pode ir se sentando e morrer esperando! Comigo sua história acabou, não têm mais volta, não tem mais continuação, o livro terminou, com um final infeliz mas terminou.. Agora ou você lida com isso, ou você morre tentando lidar! -Respondo largaparecia não lso, e dando as costas isso se eles não tivesse me abraçado por trás me impedindo de andar..

-Para Taehyung, não fale merda desse tamanho, você nunca foi minha segunda opção, nunca foi...-Sinto uma lágrima cair no meu ombro, possivelmente dele... -Entenda que eu te amo de verdade, que nunca quis brincar com seus sentimentos, nunca fiz isso para ferir você, Jimin que me pressionava.. Jimin que me obrigava a isso, e eu com medo de que sobrasse para mim acabei cedendo, mas sempre protegendo você..! Eu podia deixar você ser preso mas não o fiz, eu encarei o Park e neguei.. Porque eu te amava, porque eu queria seguir minha vida ao seu lado.. Não nos considere um ninguém.. Nós somos um para o outro, nossa história não terminou Tae, apenas está começando, e mesmo você negando, eu irei lutar até o final, já perdi muito tempo sendo um idiota não irei perder nem mais um minuto... Eu vou lutar por você até o final, eu vou fazer você ser feliz e foi recompensar todo o seu sofrimento, todos os momentos em que eu fui um otário, apenas me aguarde Taehyung... -Fala deixando um beijo na minha nuca e me largando, fico parado no mesmo local olhando para a frente, Mark que até agora parecianão estar ali finalmente se pronunciou.

-Kim, ele realmente parece arrependido.. Eu acho que deveria dar uma chance para o garoto! -Fala, começo a caminhar sem o olhar e nego com a cabeça..

-Pode ir esquecendo Mark, a única coisa que eu tenho certeza, é que esta história terminou à 3 anos atrás, e não vou o deixar que ele desenterre isso! -Falo firme..

___________

Alguns dias já se haviam passado, Mark andava muito distante de mim e do próprio Jackson, ele sempre ficava no celular ou então saia nos deixando para trás, não que eu me preocupasse comigo, mas sim com o Jackson que ficava mal com isso..

Eram perto das 23:00 horas e o Tuan ainda não havia regressado a casa, e isso sem dúvida estava acabando com o marido que já pensava em todas as ações possíveis.…

Quando finalmente Mark chegou eu me levantei e puxei o garoto pelo braço até o meu quarto, eu já tinha dito ao Jackson que ia dar um sermão nele, e podem esperar que vou!

O empurrei para dentro do quarto e fechei a porta ele me olha confuso..

-Qual a merda do teu problema? Esqueceu que tem marido Mark? -Pergunto, ele olha para o chão e depois afirma... Arregalo os olhos como assim minha gente, me segura que eu vou bater neste garoto!

-Eu só ando ocupado, prometo que amanhã vou ficar o dia com ele, me desculpa por isso.. -Fala, nego com a cabeça..

-Não é a mim que tens de pedir desculpa Mark! É a pessoa que está sofrendo com a sua ausência, lembra-te que vocês não são adolescentes, estam casados e o caso muda bastante.. Vê se dás valor a quem tens.. Agora sai! -Falo, gente eu estava bravo, Jackson estava bastante em baixo não sei qual foi a cena de Tuan!

_________________

Acordo com os raios de sol sobre meu rosto, mas porque raios eu sempre esqueço de fechar esta merda aqui?? Alguém me bate.. Pelo amor de deus.. Sento-me na cama até ouvir gritos..

-FICA CALADO MARK! COMO TEVE A MÍNIMA CORAGEM DE ME TRAIR COM O JUNGKOOK? -Pera ai, Mark, trair e Jungkook?? Muita merda numa simples frase, me levanto da cama apenas de calça moletom quem liga mesmo, e saio correndo até a cozinha vendo o casal, ou ex casal, discutindo, cada um de cada lado da mesa.. E um celular no meio..

-Jackson.. Eu... Me desculpa.. -Fala Tuan olhando para o chão.. Arregalo os olhos.. Eu vou matar este vadio...

-DESCULPA?? DESCULPA?? VAI SE FUDER GAROTO! VOCÊ TÊM IDADE PARA PENSAR NOS SEUS ATOS, EU NÃO SOU NENHUM BONECO! FICOU CONTENTE?? SENTIU PRAZER FODENDO COM ELE? GOSTOU DOS BEIJOS DELE E DEPOIS VOLTAR PARA CASA E ME IGNORAR? ME FAZENDO PENSAR QUE TINHA FEITO MERDA! ME FAZENDO ACHAR QUE EU QUE TINHA ERRADO! MAS NA VERDADE VOCÊ QUE NÃO PASSA DE UM GAROTO SEM NOÇÃO! -Grita Jackson chorando, Youngjae, JB e Yugyeom desceram também com a gritaria.. Olho para o Jackson e vou até o mesmo pegando na sua mão e o tirando dali.. O levei até o meu quarto e o olho..

-Faça suas malas, vamos nos afastar daqui.. Apenas nós dois.. -Falo, ele afirma antes de me abraçar chorando...

-Onde eu errei Taehyung? -Pergunta chorando, Ahh odeio ver pessoas que eu amo mal, e estou com uma vontade desgraçada de fazer um estrago na cara do idiota do marido dele.. O deito na minha cama e o deixo chorando no meu colo... Ele chorou por horas e eu permaneci ao seu lado, sei como é... Ser traído é algo que fere nossa alma, e nós sempre tentámos encontrar alguma resposta do porque daquilo, mas no fundo só encontramos a falta de carácter dos outros.. Assim que ele adormece o deixo no meu quarto dormindo e desço, vejo que o Mark se encontrava de pé olhando para a janela chego por trás do mesmo lhe acertando um soco no rosto do mesmo logo o pegando pela gola da camisa o pressionando na parede.

-Você esta contente? Esta feliz por fuder com outros, gemer nome de outros? Quebrar o coração daquele que mais ama você! Como consegue ser tão podre, tão sujo a esse nível?? Sabe o quanto ele se culpava pensando que você estava brigando com ele?? E no final enquanto ele chorava aqui em casa VOCÊ estava na cama com outro! Você não vale nem o ar que respira, não vale um pingo de paciência que eu estou tendo aqui para não encher você na porrada, mas fica esperto, com quem eu amo ninguém brinca! E só lhe deixo mais um aviso, se o Jackson.. Voltar a chorar por sua culpa.. Eu não terei pena em acabar com você! Pode ter sido meu melhor amigo, me ter protegido.. Sou bastante agradecido, mas não sou amigo de pessoas nojentas.. Me perdoa mas a nossa amizade acabou.. -Falo o soltando, o garoto já chorava.. Viro costas ao mesmo que me tenta agarrar..

-Taehyung por favor.. Não faz isso comigo! VOCÊ DEVIA FICAR DO MEU LADO! ERRAR É HUMANO PORRA! TODAS AS VEZES QUE VOCÊ ERROU EU NÃO DEIXEI VOCÊ PARA TRÁS!- Grita, me viro para o mesmo com cara de bravo, eu estava puto da vida e quase voando de vez no pescoço daquele ser..

-Você considera traição um erro? Eu considero falta de carácter! -Respondo sério, ele me olha e nega..

-Taehyung eu errei, e eu sei perfeitamente não precisa de me agredir nem disso tudo! O assunto é entre mim e o Jackson! -Fala agarrando meu pulso, me solto logo de imediato com força e o empurro..

-Não, o assunto é comigo quando vejo alguém que é meu amigo chorando por alguém podre que nem você, o Jackson já não lhe satisfaz? Ele não lhe dá amor? Atenção? Carinho? Ele lhe dá tudo que pode e só não lhe dá o mar e a terra porque é impossível! Então vê se ganha um pouco.. Mas um pouco de conciência para entender que ele não irá te perdoar fácil.. -Falo virando as costas e saindo ignorando os chamados do outro..

___________________

Era pouco depois da meia noite, eu e o Jackson já nos encontrávamos no lado de fora da casa, deixamos os celulares em casa mesmo.. Pois eles podiam nos localizar através dos aparelhos, apanhámos um taxi e assim fomos para um hotel, reservamos um quarto de casal, não havia necessidade de reservar dois quartos, qualquer coisa eu dormia no chão mesmo, ao chegarmos no quarto Jackson se joga na cama..

-Eu juro que tentei entender até agora o porque do Mark fazer isso.. Mas simplesmente não consigo..-Fala se colocando de cotovelos para me olhar..Me encosto à parede e cruzo os braços..

-Nem eu sabe.. Ainda por cima com o Jungkook, foi algo que minha cabeça ainda não entendeu... Amanhã já vou tratar do novo apartamento, enquanto você não se recompor a gente vai ficar afastado deles.. Depois nós vamos ver no que dará.. -Respondo.. Ele afirma e levanta-se e me abraça..

-Obrigado por estar do meu lado.. Não sabe o quanto quero arrancar meu peito fora para a dor ir embora.. -Fala chorando no meu ombro, sério eu quero muito esganar aqueles dois.. Jackson é alguém com um passado horrível, que sofreu bastante, que tinha depressão e gostava de se esconder de tudo e todos para não sofrer mais.. E vêm este desgraçado e o traí sabendo como ele era.. Mano eu juro que se ainda estou aqui e não matei ninguém é a respeito ao Jackson que neste momento só precisa do meu apoio. 

É melhor ficar quieto Mark e Jeon. 


Notas Finais


Ahhhhh voltei!! Lalalala quero nos comentários a palavra "la" porque sei lá.. Eu gosto da palavra "la" apenas isso.. Não gosta me processa.. Brincadeira à parte, espero que tenham gostado um beijão nessa sua boca com sabor a Nutella e byee!
@Mihaxii


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...