História Call me your 'babyboy' - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Kim Mingyu, Lee Jihun "Woozi"
Tags Jigyu, One-shot, Seventeen
Visualizações 170
Palavras 340
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - And fuck me all night long; Único


Um tapa forte foi transferido na nádega do menor assim que este chegou em seu ápice pela primeira vez aquela noite, sujando a barriga de Mingyu com seu liquido e relaxando seus músculos após o ocorrido. Respirou fundo, e sorriu ao ver o mesmo continuar a se movimentar.

Ele parecia tão quente com aquele corpo moreno suado. Resgatou o ar em seus pulmões, encarou o garoto de cabelo desbotado.

- Sabe uma coisa que me excita? – sorriu ladino transferindo mais um tapa na bunda farta do baixinho e mordendo o lábio inferior ao ver a cor que a pele tomou. Um vermelho forte, como um lápis de cor – Me chame de ‘daddy’, Lee Jihoon. Hoje você será meu ‘babyboy’

E a noite continuou no mesmo ritmo. A melodia que ambos escutavam era apenas a de seus corpos se chocando e gemidos rouquinhos saindo da boca de Mingyu, enquanto Jihoon apenas gemia manhoso ao sentir o mesmo surrar sua próstata inúmeras vezes, e o chamava de ‘daddy’, como era desejado pelo moreno

Depois de alguns longos minutos, seu babyboy havia chegado em seu ápice novamente. Desta vez, sujando a si mesmo, pois o mesmo estava sentado no colinho do namorado. Mingyu continuou com os movimentos, até sentir seu gozo preencher o mais velho e saindo de dentro do mesmo depois.

Se deitaram um do lado do outro até sentir sua respiração normalizar. Babyboy subiu em cima de seu daddy, e sorriu fraco.

- Já cansou? – O lançou um olhar sapeca, enquanto o outro apenas o encarou chocado. Pulou no colo dele, que soltou um gemido baixo por culpa do contato – Você me chamou de ‘babyboy’ e espera que eu me satisfaça apenas com duas fodas na noite? – negou com a cabeça e passou a mão pelo abdômen de seu daddy – Eu quero que você me foda o resto da noite. Assuma as consequências do seu fetiche

Essa seria a consequência mais gostosa que Mingyu assumiria. Seu cansaço não ultrapassava sua vontade de comer a bunda de Jihoon quantas vezes ele quisesse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...