História Call My Name - MPreg - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gravidezmasculina, Lemon, Mpreg, Namjin, Sexo, Vmin, Yaoi, Yoonkook
Visualizações 98
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


não vou falar muito aqui... Só um aviso rápido, Se eu sumir é porque estarei sem celular, okay?


Sorry demora!

Capítulo 4 - Chapter Three - Impossible !?


Fanfic / Fanfiction Call My Name - MPreg - Capítulo 4 - Chapter Three - Impossible !?

     | × 3 semanas depois... × |

E tudo mudou em um passe de mágica...

Eram 03:00 horas da manhã e Yoongi se encontrava acordado, motivo? Ele estava com fortes enjôos e tonturas, já não sabia quantas vezes tinha vomitado, já já ele seria capaz de vomitar os próprios órgãos.

As horas se passavam e ele já não conseguia mais dormi, seus olhos se quer pregavam, dores de cabeça lhe atigiam em cheio e já se passava das 06:15 e daqui algum tempo Taehyung o despertaria.

~×~×~×~

A surpresa maior do ômega, foi quando seu irmão vulgo Taehyung pós dois testes de gravidez em cima da mesa da cozinha, o olhar incrédulo do mesmo indicava tudo, ele não estaria! Ou estaria?

Fazia já três dias que Yoongi não ia para o colégio, seu estado tinha ficado pior, chegou até desmaiar. Jungkook o visitará todos esses dias, o forçando a ir ao hospital e sempre preocupado tentando ajudar em algo, comprando até remédios, por mais que os dois ômegas (Taehyung e Yoongi) viessem de uma família rica.

Mas o medo lhe atingiu quando ele viu o olhar do seu irmão mais novo, parecia também com medo de algo, e sim eles dois sabiam muito bem o que deixara os dois apavorados.

— Eu não vou fazer essa merda! — Disse Yoongi frio — Ah não vem de drama Min Yoongi! É para o seu bem... —

— não! Eu não acredito que você acha que eu estou grávido! —

— Eu não acredito, só quero ter certeza que o que você esta sentindo não são sintomas de uma gravidez não planejada e vinda de um cio. Vocês se protegeram, certo? Para que temer. —

Mas na verdade, nem ele e nem Jungkook se protegeram, o cio veio tão repentinamente que eles nem pensaram em comprar camisinha ou Yoongi tomar anticoncepcionais.

— N-Na verdade... Não tivemos tempo para pensar em usar camisinhas... O cio veio muito rápido, sem nenhum dos dois perceber —

Taehyung arregalou os olhos e pós a mão na boca suspirando

— Faz agora! — o tom do ômega mais novo foi autoritário ao ponto de Yoongi estremecer e pega os dois testes e ir ao banheiro.



Óbvio que vai dá negativo.



Impossível eu estar grávido.



Ômegas masculinos não engravidam tão rápido assim.


Coisa da cabeça de Taehyung.


E se eu estiver mesmo?

Jungkook me odiaria.

Eu nunca me perdoaria.


Puff, eu não estou grávido.




Essas frases se repetiam e ecoavam na cabeça de Yoongi, ele esperava mais Taehyung dá dez minutos para saber o resultado. Dois teste, se der positivo será mais uma vida no mundo, se der negativo, paranóia da mente fértil de Taehyung.

| Flashback - On |

Yoongi estava fazendo chocolate no apartamento de Jungkook enquanto esperava o mesmo termina o banho. Depois do ocorrido chamado "cio", a relação de ambos ficaram mais quente, de vez em quando rolava mãos bobas, mas não passava disso.

— Chocolate! — disse Jungkook rente ao ouvido do mais novo, Yoongi sentia as gotículas de água escorrer pelo abdômen deste, Jungkook virou o mesmo de frente e o pós na bancada ficando entre as pernas deste.

— Kookie, o que foi? — Yoongi virou o rosto e tentou se soltar dos braços deste — Quero Carinho Yoongi! —

— Vai ficar querendo! — Yoongi empurrou o mesmo devagar, mas nada adiantou, e por fim ele desistiu e teve que encarar o sorriso malicioso de Jungkook.

— Nem pensa nisso Jeon Jungkook —

— Para de fazer birra Yoongi! — Jungkook selou os lábios com o do mesmo, iniciando Um ósculo calmo — Eu te amo Min Yoongi!

— Eu te amo Jeon Jungkook!

| Flashback - OFF |

Yoongi e Taehyung correu até os testes e viram dois riscos, ambos se encararam e Lágrimas escorreram do olhinhos pretos de Yoongi

— N-Não pode ser...

— Ei... calma! — Taehyung o abraçou

| • | Min Yoongi | • |

Angústia.

Medo.

Ódio.

Raiva.

Quatros palavras que me representavam nesse momento, eu só sabia chorar. Minha juventude perdida... Eu realmente tinha engravidando, agora uma mini vida nascia dentro de mim. Jungkook irá me odiar, meus pais, Taehyung, amigos, mundo, todos!

Caí sobre o sofá soluçando alto e pouco me importando se Taehyung estava ao lado, eu ainda não acreditava, mas já tinha a noção do que aconteceu, eu tinha engravidado no meu primeiro cio!

Arrependimento, a primeira coisa que me atingiu, porque eu fui deixar Jungkook tirar minha virgindade?

‎porque logo comigo?

Só queria achar respostas para minhas perguntas, e acorda desse pesadelo que me cerca.

~ × ~ × ~ ×~ ×~

— Yoongi... Acorda... —

Abri os olhos devagar e vi Taehyung com olhar preocupado, pulei da cama e assim que vi os testes em cima da minha cômoda, eu desabei outra vez.

— Para de chorar... Não gosto de te ver assim... — ele me abraçou forte — sabe, corre até a sala e abraça o seu namorado e conta tudo para ele, afinal, ele também é o pai!

— J-Jungkook esta ai? — o mesmo assentiu e eu comecei a chorar em seu ombro — Não quero vê-lo... Mande-o embora... Não estou pronto ainda...

— Mas...

— Por favor Tae... — pedi e ele assentiu e saiu, me certifiquei que ele tinha fechado a porta e comecei a chorar.

— EU ODEIO ESSA CRIANÇA! 


Notas Finais


NHAA! Não sou boa em escrever narrativas em primeira pessoa.. Mas uma vez, desculpe a demora, estou organizando coisas da feira de ciências do meu colégio e esta tudo muito cansativo.

Bom dia/boa tarde/boa noite miojinhos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...