História Callidore - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alecto Carrow, Alvo Potter, Amycus Carrow, Antonin Dolohov, Augustus Rookwood, Avery (Riddle-era), Draco Malfoy, Evan Rosier, Harry Potter, Hermione Granger, Hugo Weasley, Kingsley Shacklebolt, Lílian L. Potter, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Mulciber, Narcissa Black Malfoy, Pansy Parkinson, Personagens Originais, Rabastan Lestrange, Regulus Black, Rita Skeeter, Rodolfo Lestrange, Ronald Weasley, Rose Weasley, Rosier, Scorpius Malfoy, Sirius Black, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley, Vincent Crabbe, Walden Macnair, Yaxley
Visualizações 14
Palavras 2.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Imagem do capítulo: Lily Potter!
Leiam e sejam felizes!
Pequenas e importantes alterações foram feitas no capítulo 4 ( Acerto de Contas). Essas mudanças são importantes para o desenvolvimento da fic, dêem uma conferida.
Boa Leitura.

Capítulo 24 - Por um Fio


Fanfic / Fanfiction Callidore - Capítulo 24 - Por um Fio

14/09/1987

"Princesa, vou treinar os seus feitiços."

Sys rolou os olhos e tocou na boca, chateada. Ela não conseguia fazer nenhuma atividade que exigisse falar, já que não conseguia falar. Em compensação, seus deveres eram perfeitos, ela fora considerada a melhor pocionista desde Severus Snape e a prof. Sprout amava o jeitinho dela com as plantas. O prof. Kevin de Trato das Criaturas Mágicas - TCM - também a tinha como preferida, uma vez que os animais iam para ela, não fugiam. E outra, os animais iam e defendiam ela, com uma empatia imediata! Até mesmo sua hipogrifo fêmea deixou Sys ir até o ninho e ficar junto com o filhote... Tirar a aluna de lá depois que foi um horror.

"Vou te ensinar fazer os feitiços não verbais, depois vou te ensinar os sem varinha... Lembre que a varinha é o foco facilitador para a sua magia fluir, e que a magia é intenção. Os bruxos atuais limitaram a magia, a verdadeira magia não tem limite... O único limite do poder de um bruxo é ele mesmo"

'E meu pai?' - Silvia perguntou mentalmente - 'Ele pode reviver?'

"A única limitação da magia é ressurreição, a não ser que use magia negra pesada... Mas o resultado é uma cópia deturpada do que a pessoa era. Essa fórmula ainda não existe, infelizmente"

'Hum.'

" Pense no quê o Wingardium Leviôsa faz... "

'Levita os objetos... Isso eu sei, Chris'

" Se concentre em querer que a pena levite. O movimento é importante para dar foco, imagine a sua magia correndo da sua mão para a sua varinha, e da varinha para a pena. Visualize na sua mente e faça o movimento"

Sys fez, e a pena levitou, causando assombro nos outros alunos e palmas no prof. Filius.

- Bravo! - Filius quase chorou de emoção - Dez pontos para a Lufa-Lufa!

"Isso, princesa! Agora faça mais 50 vezes, para começar!"

'Quê!?!'

"Tem que virar automático. Quanto mais você gravar o feitiço, mais rápido você reage. Eu vou te ensinar muita coisa...."

Sys sorriu, continuando a praticar. Nem prestou atenção no professor dando-a como exemplo de superação, além de disciplina. Ela fez exatas 50 repetições antes do sinal tocar, ganhando mais dez pontos pela tenacidade.

******************************

16/07/2041 - madrugada


Os ícones da guerra estavam na sala de pesquisa, examinando provas dos atos passados. Fotos, evidências e até mesmo um corpo preservado estavam disponíveis.

- Acho que o tal Justiceiro usa magia cinza - Draco falou, tocando uma ferida do    cadáver com a mão enluvada - Isso é intenso demais para magia branca ou negra.

- Vi coisas semelhantes quando Voldemort torturou uns desafetos - Harry suspirou, vendo as imagens dos outros corpos - Mas isso aqui tem um nível bem acima. É quase selvagem...

- Isso tudo foi feito por uma única pessoa - Hermione falou, séria - As marcas que a magia deixa são as mesmas, olhem as ondas de calor em linhas específicas! Nunca vi magia assim, a magia negra costuma ter de três a cinco camadas e a branca também. Essa tem de sete a dez camadas.

- Isso quer dizer? - Ron riu, olhando Hermione - Vocês repararam esse furo na cabeça? Tá em todas as fotos.

- Ninguém sabe o que é James respondeu, também examinando as evidência com a equipe.

- Eu conheço ele - Ethan soltou, trêmulo - Ele foi um secretário do nosso departamento quando eu entrei... Saiu a uns meses.

- Um dos nossos? - Sys apertou os olhos, irritada.

- Ele foi mandado embora - Harry falou, com a voz gelada - Peguei ele agarrando um cadete, que obviamente estava drogado com uma poção amortentia.

Lucian ergueu uma sobrancelha para Ethan, que corou e virou o rosto. Tocou o ombro dele em apoio, vendo-o corar muito e se aninhar nele, se sentindo seguro. 

- Ah, Merlin! - Scorpius gemeu ao abrir o corpo - Que coisa!

- O quê? - Draco perguntou, curioso.

- O coração dele tá arrebentado igual os que chegaram antes dele... Todos estão assim.

- Isso não está no relatório oficial - Harry falou, confuso.

- É circunstancial, não dá para colocar como parâmetro até ter ao menos dez iguais.

- Entendi - Harry respondeu, guardando a informação - Quantos mortos até agora?

- Esse é o terceiro, além do suicídio de um seqüestrador que me pegou e aos meninos - James apontou Lucian e Ethan, que estavam abraçados - O Guilherme que salvou o dia.

- Meu filho! - Stefania abraçou James, assustada e procurando machucados - Como você não me disse isso? Como?

- Mãe! - James corou, envergonhado - Foi a dias, estou bem!

Todo mundo na sala riu, divertido. Alvo tirou uma série de fotos de James tentando se esquivar da mãe, que o examinava criteriosamente sem deixá-lo escapar.

********************************

22/12/2026 - 5° ano do Lucian


Lucian estava sentado na biblioteca, lendo um livro de poções. Não reparava o olhar fixo de seus amigos, que praticamente devoram ele com os olhos.

Guilherme entrou na biblioteca, sorrindo para Lucian e se aproximando. 

O professor manteve a expressão neutra ao reparar o brilho malicioso no olhar dos meninos, decidindo alertar seu aluno favorito.

- Sr. Wade? - chamou, vendo Collin, Damian, Dennis e Jason se ajeitarem na mesa, disfarçando as expressões - Pode me acompanhar por alguns instantes?

- Claro, professor Aguillera - Lucian sorriu, fechando os livros - Já volto, não me copiem! Vou olhar seus pergaminhos, ok?

- Sim, Lucy - os quatro responderam em coro.

Guilherme guiou Lucian para fora da biblioteca, até seu escritório particular. Se sentou, preocupado.

- Lucy, posso falar abertamente?

- Claro, Gui - Lucian ergueu as sobrancelhas, pegando a mão do amigo, se sentando ao lado.

- Estou preocupadíssimo com você - Guilherme confessou, sério - Eu vejo como eles te olham, sabe? É um olhar faminto. Tenho medo, não sinto nada de bom vindo daí.

- Não vi isso, mas vou tomar cuidado - Lucian sorriu, apaziguador - Vai ficar tudo bem.

- Bem, você já tem seu distintivo de monitor, está indo bem nas rondas?

- Acho que sim, não peguei nada de mais ainda. Só dois alunos que estavam duelando numa sala vazia, precisa ver como eles estavam! Todos bagunçados, meio assustados. Mandei eles para as casas e descontei cinco pontos de cada...

Guilherme começou a rir, percebendo a inocência do albino.

- Eles estavam duelando? - Sorriu, divertido - Você os pegou amassados, suados e descompostos?

 - É! - Lucy sorriu de volta - O Hoppings tinha os cabelos pra todo lado, acho que foi um feitiço de choque...

- Ah, Lucy! - Guilherme gargalhou - Você separou um amasso, não um duelo! Eles deviam estar se agarrando na sala vazia!

Lucian corou como um tomate, totalmente sem graça. Não tinha sido atingido pelos hormônios ainda, diferente de quase todos os estudantes do seu ano.

- Eh... Então... O Hoppings e o Adams estavam... Ai, Merlin, que vergonha!

- Você ainda é um anjo, mas considere que a maioria aqui não é. Não leve aqueles seus amigos para o banheiro do monitor, por exemplo. Eles podem entender algo que você não quer.

Lucian corou, baixando os olhos.

- Nós fomos ontem - O albino confessou, tímido - Deixei eles me darem massagem, eu tava todo quebrado do jogo. O Dennis lavou meu cabelo, o Collin me deu massagem nas costas... Damian nos meus braços e Jason as minhas pernas, eu até dormi.

- Por Merlin, se afaste desse garotos - Guilherme insistiu, assustado - Lucy, por favor!

- Ok, vou desmarcar de ficar na casa do Jason nas férias.

- Vai lá pra casa, certo? Vou cuidar de você lá. Qualquer coisa, me diz...

Lucian saiu, preocupado. Confiava em Guilherme, então evitaria ficar sozinho com os meninos. Era o último dia de aula antes das férias, não seria tão difícil evitar os amigos.

Só que nenhum dos dois sabiam que o ataque seria apenas dois dias depois...

********************************

10/09/2020 - Sexto ano de Guilherme


Guilherme estava se sentindo aliviado naquela manhã. As aulas estavam suspensas enquanto os Aurores buscavam a desaparecida Geovania Rosier pelos terrenos da escola.

Guilherme se espreguiçou em seu dormitório vazio, que tinha apenas as suas coisas e uma cama extra vazia. 

Um sentimento de vingança justa tomou o castanho, que se deitou na cama do amigo e abraçou o travesseiro dele, emocionado.

- Obrigado, Lucas - Agradeceu, emocionado - Você me ensinou tudo o que eu precisava para me defender, eu finalmente vinguei a gente...

Afundou o rosto no travesseiro de Lucas, triste. Iria visitá-lo - Se inspirou do nada - Hermione lhe daria o passe.

Com a ideia em mente foi tomar banho, seus pensamentos correndo para aquele dia terrível...


12/10/2018 - Após o Jantar.


Lucas tinha ouvido toda a confissão de Guilherme, furioso. Seu amigo estava sendo torturado debaixo do seu nariz por aqueles idiotas?

- Fica aqui, vou resolver isso - Lucas falou, com a varinha em punho.

- Não, por favor! - Guilherme implorou, chorando - Eles vão te fazer desaparecer!

- Está pra nascer quem me faz desaparecer, Gui - Lucas sorriu, dando um selinho no amigo - Apenas confie em mim, eu já volto...

Guilherme concordou, muito corado. Bebeu obediente a poção de sono sem sonhos que Lucas lhe deu, adormecendo.

Ao amanhecer, acordou e viu Lucas deitado na cama. Guilherme riu e foi até Lucas, para acordá-lo cedo.

Ao tocar o ombro do amigo, Guilherme viu a expressão neutra dele e os olhos abertos, vazios. Um bilhete estava pregado na blusa de Lucas, com apenas duas palavras em letras impressas:

" Eu Avisei"

Guilherme gritou, em pânico. Seus gritos atraíram o chefe de casa, logo vieram aurores, um borrão horrível tomando o resto do dia.

Memória OFF


Guilherme balançou a cabeça, no banho. Tinha queimado o maldito bilhete junto ao corpo de Geovania, vendo os oito garotos tremendo e chorando pelos cantos... Eles não conseguiriam falar, a sua magia fez um bloqueio neles.

Se secou e vestiu, indo pegar a autorização com Hermione.

*********************************

17/07/2041 - Manhã.


Lily estava esperando a equipe, precisava falar com Lucian, Ethan, Scorpius, Guilherme e Alvo. Tinha dormido no dormitório do Coliseu e tomado café no refeitório. Seu humor estava abaixo do chão.

Viu a equipe toda entrando, agarrando suavemente o braço de Alvo. O irmão sorriu e a beijou no rosto, Lily aproveitando para sussurrar no ouvido dele.

- Eu vi vocês destruindo aquilo - informou baixinho - Quero explicações, agora.

Guilherme, Lucian e Scorpius viram Alvo enrijecer como uma tábua, engolindo em seco. Ethan estava rindo de algo que Sys e Silver estavam contando, enquanto James corava totalmente.

- Aí ele chorou - Silver falou, rindo - Eu só consegui pegar ele no colo e sair correndo do estádio, o idiota que o enfeitiçou foi suspenso.

- Pelo amor de Merlin, parem de me envergonhar! - James chiou, furioso - É cada uma!

- Qual a graça de ser mãe, se não posso envergonhar meus filhos? - Sys riu, divertida.

O olhar dela parou em Lucian, que estava olhando Guilherme. Ela engoliu em seco ao reconhecer a levíssima aura ao redor do albino, então era ali que Christian estava...

James aproveitou o leve devaneio da mãe e sumiu, aliviado. Ia se esconder junto com as fotos e evidências, fugindo das zoações que certamente viriam da equipe.

- Ethan, vem - Guilherme chamou, calmo - Lily vai nos mostrar uma coisa...

- Claro! - O sorriso de Ethan era enorme por estar sendo incluído no grupo - Até, sra. Potter!

- Até, querido - Sys sorriu, percebendo a agitação dos jovens, incluindo Alvo. Apenas Ethan estava alheio, indo alegremente com eles.

- Você percebeu também? - Silver falou, muito sério.

- Claro que sim - Sys Potter suspirou - Eles estão escondendo algo importante.

- Temo que seja algo sobre o caso... - Silver foi honesto com sua amiga - Lucian está meio que me evitando, ele gostava muito de mim. Começou com Lucian, depois o Guilherme, Scorpius, Alvo, Ethan e agora parece que Lily descobriu.

- Vamos descobrir, tenho uma fonte entre eles - Sys sorriu, apaziguando o amigo ansioso - Assim que eu souber, te conto.

- Certo! - Silver relaxou, muito mais tranquilo - Vamos rever os testes de solo?

- O Kingstley está sendo um idiota, todas as conclusões da equipe estão corretas... Ele escapou de me ouvir ontem, hoje eu pego ele de jeito!

No Departamento de Mistérios, Lily se sentava em uma cadeira, o broche de responsável auxiliar brilhando em seu uniforme. Ela conjurou cadeiras, vendo o grupo tenso se sentando diante dela.

- Abaffiato - Lançou ao redor - Prontinho. Quero uma boa explicação de vocês para o fato de terem destruído a profecia nova, sem ordem da Rose. Se não me falarem a VERDADE, vou ligar para a Rose agora mesmo e entregar vocês - Mostrou o espelho de dois sentidos que tinha em mãos - Falem.

Todos os cinco engoliram em seco, olhando uns para os outros.

- Não temos o dia todo - Lily pressionou, muito brava - Se eu não ouvir nada em cinco segundos, aviso a Rose!


Notas Finais


Não matem o autor, ok? Lembrem do capítulo de amanhã!
* Sai Correndo*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...