1. Spirit Fanfics >
  2. Camellia (wooyu) >
  3. Capítulo 2

História Camellia (wooyu) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Dê suporte a fanfic, vote e comente.

Capítulo 4 - Capítulo 2


Era domingo de manhã, fui arrastado da cama por minha mãe e sabia que o começo de uma longa manhã havia chegado. Eu tive que mostra-lá que eu sei onde estão todas as coisas no meu quarto, por isso não devemos rotular ele como bagunçado mas sim como exótico. Nunca funciona, eu sempre tenho que tirar as roupas debaixo da cama e jogar as caixinhas de chocomilk da cabeceira da minha cama no lixo.


Depois de arrumar mais algumas coisas e terminar todas as suas ordens, posso ficar mexendo no meu celular ou lendo um mangá velho que já decorei as falas, era domingo não tinha muitas coisas para fazer. Um domingo chato como os outros, esperando que algo de legal acontecesse... e aconteceu:


Gu

Vou para o parque de 

diversão com meus primos😑

vamos comigo?


Você

Tá bom, não estou 

fazendo nada mesmo


Gu

Vou chamar o Yuto também,

te busco aí as 6


Você

Combinado👍


Hyunggu é tão legal e sociável, sempre nos chama para os rolês e ele quem salva nossos domingos chatos, um savaldor. Voltei para meu quarto e separei a roupa que eu iria apesar de ainda não estar nem perto do horário combinado.


— Mãe, mais tarde eu vou sair com Hyunggu e Yuto, tudo bem?


— Eu não me importo, mas você sabe que seu pai não gosta quando você fica saindo assim.— ela responde, ainda procurando um canal de receitas.


— Eu me resolvo com ele depois.


Eu voltei para meu quarto torcendo para que meu querido pai não volte tão cedo do trabalho, eu quero curtir com meus amigos não ficar remoendo suas lindas e seguinificativas palavras. Afim de ignorar um pouco a realidade, eu coloco meus fones de ouvido e escolho uma playlist aleatório para tocar, e assim o tempo passou faltando agora poucos minutos para o combinado.


Eu tomei um banho rápido e vesti uma calça jeans preta, um blusa de lã listrada e coloquei minhas coisas numa bolsa vermelha, penteie meus cabelo e estava pronto. Não demorou para que eu ouvisse a voz de Hyunggu no andar de baixo, fui até lá e o cumprimentei.


— Nós estamos indo agora, depois eu venho mais aqui senhora mãe do Wooseok.— ele disse gentilmente.


— Claro, venha mesmo.— ela disse e Hyunggu saiu esperando ser acompanhado por mim.


— Wooseok você está com dinheiro?


— Eu peguei tudo, mãe.— disse e deixei um beijo em sua mão, indo atrás do meu amigo de cabelos quase roxinhos.


Nós entramos no carro e o motorista deu partida. Yuto já estava lá, eu acenei para ele já que Hyunggu estava entre nós. Durante o caminho até o parque nós conversamos e rimos muito, já estava sendo bem divertido.


O parque era enorme, os brinquedos também e a música eletrônica alta, não mais do que os gritos alheios. Hyunggu parecia ansioso e Yuto como um gatinho assustado, para mim parecia legal. Todos os meus gritos internos seriam liberados sem serem julgados, parecia bem divertido.


— Temos que encontrar meus primos antes de ir nos brinquedos, mas se vocês quiserem ir entrando na fila de algum podem ir, eu não vou demorar.


— Nós vamos com você.— Yuto respondeu de imediato, Hyunggu nos agarrou e caminhamos por aí procurando os tais primos seus.


Quando os encontramos trocamos cumprimentos educados e decidimos em qual brinquedos iríamos primeiro, as duas garotas e o outro rapaz, primos de Hyunggu, optaram pela montanha russa e antes de Yuto começar a pensar muito Hyunggu concorda, eu faço também.


A fila não estava tão grande assim, como queríamos ir todos juntos até deixamos alguns passarem em nossa frente e quando já estávamos todos nos devidos lugar e protegidos com os cintos e afins, o moço na cabine fez os carrinhos andarem. 


Hyunggu, Yuto e eu estávamos juntos. Eu estava no meio deles, minha mão sendo apertada pelo o japonesinho e sentindo o pequeno no meu outro lado bater seus pés no piso rápido, ansioso. 


Na subida o carrinho foi devagar mas como já havíamos recebido spoiler do que acontecia depois o medo já nos consumiu, junto com a ansiedade e na decida todos nós gritamos, o estranho frio na barriga causada pela adrenalina, o vento batendo em nossos rostos atrapalhando nossa visão e sol quase se pondo lindamente, foi uma sensação incrível.


Nós fomos em mais uns três brinquedos, em um deles senti que fosse morrer mas não deixou de ser divertido, resolvi dar um pausa e ficar com Yuto que está pálido e acabou tendo uma emergência. 


— Eu acho que acabou.— ele disse ao sair de uma das cabines do banheiro masculino e lavou suas mãos e boca na pia.


— Vamos dar uma pausa e comer alguma coisa?— sugeri, ele provavelmente deve estar de estômago vazio agora e sei que ele não quer mais sentir tanta adrenalina, alguém tem que lhe fazer companhia.


— Okay.— quando saímos do banheiro Hyunggu nos esperava com uma expressão preocupada.


— Yuto está melhor?— indagou.— Eu vou ficar com vocês.


— Hyunggu você pode se divertir com seus primos, eu e Yuto vamos comer alguma coisa e talvez ir em brinquedos que sejam menos enjoativos.


— Tem certeza?


— Temos sim.— foi Yuto que disse desta vez.


— Okay, nos encontramos na frente da frente daquele lugar que tem pipoca, tá?— falou apontando.


— Tá bom.— nós acenamos rapidamente e Hyunggu correu para a fila de algum brinquedo com os primos.


Eu e Yuto caminhamos até o lugar da pipoca, comprando uma para nós.


— Yuto! Vamos na roda gigante?


— Vamos.— nós caminhamos até lá e conseguimos ir sozinhos, já que éramos os últimos da fila (que não estava nem um pouco curta).


Quando mais rodava mais alto nós chegamos, era realmente bonita a vista ali de cima. Yuto também parecia encantado, sem deixar de comer sua pipoca colorida. 


— Wooseok-ah, acho que eu quero vomitar de novo...


— Não, Yuto aguenta aí.— estava bom demais para ser verdade.— Não faz isso comigo.


Yuto se inclinou em um impulso como se fosse jogar tudo para fora outra vez mas assim que eu tive minha reação, que foi virar meu rosto para o lado oposto, ele olhou para cima com um sorriso sapeca a mostra. 


— Seu idiota, isso me assustou.— exclamei sorrindo também, enquanto o brinquedo rodava lentamente tivemos tempo de tirar muitas fotos e conversar também.


E quando finalmente nós podíamos descer fomos em mais alguns brinquedos tranquilos. No fim encontramos nosso outro amigo no lugar marcado e fomos embora depois de se despedir das suas duas primas e seu primo. No caminho de volta para casa, Hyunggu nos chamou para sua e aceitamos sem muita cerimônia.


Quando chegamos na casa do menor, tomamos banho e pegamos as roupas largas dele, logo estávamos decidindo se era melhor dormir ou conversar mais um pouco, decidimos conversar até não conseguirmos ficar mais acordados.


— Gente, me ajudem a trazer os lanches lá na cozinha.


— Estou indo.— disse me levantando.— Hyunggu onde está seu pai?


— Às vezes ele fica até mais tarde no trabalho e acaba dormindo lá mesmo, ou já deve estar no seu quarto dormindo.— Hyunggu não tinha uma relação muito boa com seu pai e sua mãe não esteve mais presente desde a separação, eu não sei muito bem ele nunca me disse muito sobre isso.


Depois de pegarmos o que procurávamos, voltamos para o quarto onde ficamos o resto da noite. Conversando muito, jogando jogos onlines e comendo, nós dormimos bem tarde pensando nas aulas que teriam nas próximas horas.


Quando a manhã chegou, nós tivemos que acordar mais cedo para podermos voltar para casa e nos arrumarmos para escola. Assim que eu coloquei os pés dentro de casa meu pai estava sentado a mesa, pronto para o trabalho. Eu não queria falar com ele então fui direto para meu quarto me arrumando rapidamente para não me atrasar.


[...]


Eu tentava prestar atenção nas palavras da professora mas sinceramente eu não conseguia entender nada de química. Queria voltar para os anos passados, no ensino fundamental, quando um aluno de humanas ainda recebia o mínimo de respeito. Enquanto eu tentava entender todos aqueles cálculos Hyunggu apenas os copiava de algum outro aluno e Yuto pensava em fingir um desmaio, pelo menos é isso que suas expressões dizem.


— Meu pai disse que encontrou um tutor para mim e eu perguntei se podia levar alguns amigos para estudar comigo e ele disse que não ligava, vocês querem ir?— Hyunggu disse, eles sempre nos metia em suas coisas quando não queria ficar sozinho. Mas não seria tão ruim assim, pelo menos poderia melhorar mais minhas notas.


— Okay, vamos.


— Não vou poder não, vai ter um jantar mais especial hoje e até minha irmã vai vir. Tenho que chegar mais cedo para ajudar minha mãe.— Yuto explicou.


— Ah, que sorte.— a esse ponto, nós não gostávamos de estudar mas não podíamos desistir na reta final também, por isso ter aulas extras era como nossa única opção. Principalmente para bolsista.


— Não se preocupem, eu vou precisar de uma nota acima da média em exatas para passar de ano então vou ter que ir com vocês de qualquer forma.— nós rimos da má sorte de Yuto, mesmo que estivemos no mesmo estado, e depois nos despedimos, a caminho da biblioteca onde iríamos estudar.


Assim que chegamos lá sentamos em uma mesa e vimos um garoto, parecia sério, era meio forte e muito bonito, não parecia ser muito mais velho que nós. Eu e Hyunggu sentamos na mesa aonde eles estava e esperamos sua atenção sair do livro que ele lia para nós.


— Ah...vocês chegaram, me desculpe pela falta de atenção.— minha impressão dele mudou assim que ouvi sua voz.


— Não se preocupe, nós fomos muito discretos.


— Não achei que viriam dois.— ele disse mas não pareceu incomodado.


— Na verdade, viriam três mas meu pai só falou de mim.— começou.— Eu sou Hyunggu.


— Eu sou Wooseok.— eu levantei minha mão esperando que ele terminasse o high-five, ele fez.


— Meu nome é Hongseok e vou ajudar vocês em exatas.— e assim começou quase duas horas de estudo e conversas aleatório.


Quando finalmente cheguei em casa, tirei meus tênis e me joguei na minha casa, buscando coragem no fundo do meu ser para tomar banho mas acabei encontrando apenas sono e dormi lá mesmo, sem nem trocar de roupa. 



💛[Continua]💛



Notas Finais


Oii pessoas, tudo bem?

Não esqueçam de deixar seu feedback é muito importante para mim, não tem muita coisa para dizer, então, até o próximo capítulo. 🐸💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...