1. Spirit Fanfics >
  2. Caminhos do coração - Kakasaku >
  3. Minha dor

História Caminhos do coração - Kakasaku - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Minha dor


Fanfic / Fanfiction Caminhos do coração - Kakasaku - Capítulo 1 - Minha dor

Sakura POV

Como sou idiota, eu sempre o tive perto de mim , cuidando de mim, me fazendo sorrir, sempre se preocupando se estava bem , feliz, não me deixando abater por besteiras, mais eu só fui me tocar disso tudo depois que o perdi, meu coração sangra, minhas lágrimas parecerem que nunca terão fim, só agora que ele se foi que realmente estou sentindo o que é sofrer, Deus por que dói tanto, por que nunca percebi que era ele quem eu amo, por que nunca notei isso, por que sou tão amaldiçoada no amor, na minha agonia atual, ando aos pedaços atrás de notícias, não quero acreditar que o tiraram de mim, era só uma missão besta, para entregar um pergaminho sem auto valor, mais aí ele não retornou e também não chegou ao destino e então comecei a entender ali o que realmente sinto por ele, Ino vinha me apoiando desde então, ela estava muito triste por mim, virou minha psicóloga de cabeceira, meses e mais meses se passaram, o que eu achava que era dor pelo sasuke, não era nada perto do que andava carregando por conta do kakashi, tudo , completamente tudo fazia me lembrar dele, sentia falta daquele sorriso terno, do toques sutis sobre minha cabeça, aquele beijo na testa, as suas invasões por minha janela, até respirar me doía sem ele, rezava todos os dias patota Deus me trazer meu kakashi, conversava com Deus fervorosamente, me agarrando aquele pequena ilusão que meu coração me pregava, sonhava com ele diariamente, ele sempre me abraçava e sorria para mim e falava que voltaria para casa, acordava chorando , soluçando desesperada, desejando tanto que aquilo fosse real.

Descobri o que era o verdadeiro vazio, o mundo cinza que sempre julguei carregar não era nada perto daquele mundo aos pedaços que eu carregava diariamente, tinha me tornando realmente triste, não existia nenhuma cor ao meu redor, estava morrendo aos poucos, nem a menção de que sasuke estava voltando me trouxe algum sentimento.

- Pois eu trocaria aquele idiota pelo meu kakashi sem ao menos precisar pensar – respondi Naruto que estava tão feliz pela retorno dele, não fiz questão de vê-lo, muito menos me preocupei em saber dele, batia ponto diária sobre a investigação sobre kakashi, todo os dias , o desejo da minha vida se tornou apenas ver o rosto dele mais um vez, aonde você está kakashi, você é muito forte e não acredito que nem se fosse emboscado por cem homens tenho certeza que você os finalizaria e só teria alguns ferimentos para eu cuidar, eu sei que você está vivo, volte para mim, esses eram meus pensamentos diários, arrombei seu apartamento e passei a quase morar lá, só para me sentir perto de você, eu juro meu Deus que esse homem aparecer na minha frente vivo, pode ter alguns arranhões, eu o beijarei com todo meu coração e perguntarei se todos aqueles te amos era algo sentimental de homem e mulher, eu o prefiro vivo , mais perto de mim, pode até se casar com qualquer pessoa , mais quero vê-lo vivo todos os dias, sorrindo e sendo feliz, pensava em lágrimas insistentes.

Estava entrando nos sete meses de procura pelo corpo e o idiota do Naruto me avisou que parariam de procurar, surtei e bati nele até cansar, ele não podia fazer aquilo.

- Por favor Naruto por esse tal amor que um dia você nutriu por mim, não pare de procura-lo- gritei enquanto apoiava minha cabeça em seu ombro depois de soca- lo, minhas lágrimas corriam por meus olhos e eu soluçava.

- Por favor Naruto eu preciso pelo menos do corpo dele para tentar seguir em frente , sonho com ele todos os dias Naruto e neles ele me fala que está voltando, por favor não faça isso!- pedi ente soluços do choro.

- me perdoa Sakura, mais já vasculhamos cada canto da região da pilha de corpos sakura, ele não vai mais voltar, sinto muito mais ele morreu- falou ele acariciando meus cabelos.

- Por favor Naruto, por favor- falei

Levantei dali e fui para o apartamento do kakashi, deitei em sua cama e chorei , chorei até dormir.

Não fui para o hospital por mais de um mês.

Agora tinha oito meses e alguns dias que ele estava desaparecido, resolvi voltar para meu apartamento, fiquei mais um mês sem ir trabalhar, Ino volta e meia vinha me visitar, não sentia vontade para nada, me forçava a comer por que sempre que sonhava com ele e ele dizia.

- Minha rosada precisa se alimentar, como você vai cuidar de mim assim, estou voltando e preciso que você esteja saudável, passei a dormir muito, pois naquele mundo eu não sentia medo ou dor, naquele mundo eu tinha meu kakashi e podia falar para ele que eu o amo.

Naquele dia estava me sentindo ansiosa, irritada ,meu coração estava disparado, aquela sensação de que aconteceria algo estava me deixando doída, paranóica, ficava descendo o tempo todo do meu apartamento e andando que nem uma barata tonta, ali em meio às árvores, todos os prédios eram próximos a florestas, nenhum era murado e como Konoha era um lugar pacífico não precisava dessas seguranças a torto e a direito, principalmente por que todos eram ensinados aprender vários tipos de lutas para se defender e defender a cidade se viesse a precisar. E assim chegou a noite e foi o dia que não consegui pregar o olho, era alta madrugada quando comecei a sentir falta de ar , agonia, desci para o térreo deixando minha porta aberta, sentindo um desespero, passei a andar ali sem nenhum ponto de para aonde ir, me peguei olhando para árvores, arbustos, movimentos, barulhos, ouvi um gemido, meu coração estava batendo ainda mais forte , passei a andar desesperada, procurando de onde vinha aquilo, andei por todos os cantos, me deu uma vontade de chorar, encostei numa árvore e deslizei meu corpo até o chão chorando, meu Deus estou ficando louca, nem sei que vim fazer aqui, suspirei e ouvi de novo aquele gemido carregado por voz bem baixa que parecia chamar meu nome.

- Sa...Sa...kura- ouvi ,respirei fundo e acalmei minhas lágrimas que desciam cada vez mais.

- Quem é você?- pare de brincar comigo!- gritei em meio aquele silêncio da mata

- Sou eu, me a..jude-ouvi de novo aquela fala gemida

- Aonde você está? -quem é voce?- perguntei olhando atentamente ali de baixo.- perguntou

Vi algo se mexer em meio a uma arbusto , parecia uma mão, levantei devagar e andei em direção aquele lugar, cheguei pensando em poderia ser alguma brincadeira, de muito mal gosto, cheguei bem perto e vi o que parecia ser uma figura masculino, tinha um cheiro forte de feridas infeccionadas, me aproximei e meu coração errou as batidas , esqueci como se respirava, era ele, meu Deus , é ele, minhas lágrimas já caiam mais que anteriormente, apertei seu corpo repleto de feridas abertas e infeccionadas.

- oh meu Deus kakashi, você você voltou para mim, meu Deus- falei diversas vezes , ouvi ele gemer de dor, ele estava demasiadamente magro, seu lábios estavam rachados e sem cor, coloquei minha mão sobre e iniciei uma dispersão de chacra.

- Eu vou fazer uma aplicação de chacra médico em você é depois disso se apoiará em mim e cuidarei de cada canto seu , balance uma vez a cabeça para confirmar- falei e o vi balançar bem calmamente.

Depois de quase uma hora de aplicação, ele estava 30% recuperados, se apoiou em mim e e andou com calma para meu apartamento, adentrei com ele é o levei direto para meu quarto,o deixei deitado ali e fui buscar o que precisava para cuidar dele, aproveitei de esquentei um sopa que havia feito .Liguei o time para não queimar e segui para o quarto com minha caixa de primeiros socorros, peguei a tesoura e cortei aquele resto de roupa e o levei para a banheira , o deitei lá, e passei a limpa- lo com calma, ouvi o time depois de alguns minutos.

- me espere um segundinho- falei e segui para a cozinha , coloquei a comida num prato fundo , e levei numa bandeja para o quarto, junto com quatro garrafas de água.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...