1. Spirit Fanfics >
  2. Caminhos paralelos (Jikook) >
  3. Reencontro?!?

História Caminhos paralelos (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Só passando para desejar uma boa leitura 📖👋.
.
.
.
Me perdoe os error!

Capítulo 1 - Reencontro?!?


Fanfic / Fanfiction Caminhos paralelos (Jikook) - Capítulo 1 - Reencontro?!?

Jungkook onde

Minha vida nem sempre foi aquele lindo mar de rosas, até porque as rosas possuem seus espinhos. Perdi a pessoa que mais amei em toda a minha vida a três anos, sobrevivo por fora.. . Sorriu.. . Brinco.. . Trabalho, mas não me encontro bem não o superei ainda. Fui obrigado a casar por negócios, minha esposa se chama Lalisa Monaban e hoje dou graças a Deus por está em processo de separação. Esse sou eu, Jeon Jungkook, que tem tudo nada mãos, mas disso não quer nada. 

Voltava para casa em mais um dia cansado de trabalho, olhando despercebido pela janela do carro enquanto meu motorista guiava pela grande e movimentada Avenida. 

Foi então que vi, o motivo do meu coração bater tão rápido, a pessoa que para mim seria impossível ver novamente, mas ela estava ali, vagando pelas ruas da grande Seul. 

De imediato mandei o motorista parar o carro em frente ao grande supermercado no qual o vi entrar, desci do carro escutando a voz de meu motorista, mas não compreendia o que falava. 


Vaguei por todos os corredores, na tentativa falha a cada minuto de o encontrar, o lugar era imenso e a cada segundo que se passava minha esperança de o ver iria se diminuindo, me deixando a um fio de frustação de ter sido apenas fruto da minha mente. 

Até, então, o ver, olhando as grandes prateleiras com várias marcas de biscoitos, devia ter adivinhado, era o que ele mais comia - o seu sabor favorito sempre foi cookies de chocolate - deixei uma pequena risada passar entre meus lábios enquanto o olhei de canto. Me encarava de forma confusa segurando um cookies em mãos - meu óbvio! - finalmente me  pós a encará-lo, suas bochechas cheias e redondas, como senti falta de admira las. Seu cabelo não era mais loiro como eu verá de me lembrar, está a um rosa, porém continuaca lindo, o rosa caiu muito bem em si. 

- perdão, lhe conheço? - minha ficha não chegou a cair a esse momento, ele realmente não se lembrará de mim?? 

Meu coração bateu mais forte, via sua expressão confusa, o que confirmação mais o fato de não me reconhecer, em minha cabeça um sussurro falava " Não... Ele está brincando, logo ele vai me abraçar e sorrindo vai dizer o quanto sentiu minha falta " , mas isso não aconteceu e quando menos vi, já chorava, deixava as lágrimas quentes molharem meu rosto e já não me importava então. 

- Jimin... Não brinque comigo - falava entre certa respiração que saia de minha boca, palavras falhas por conta do choro, enquanto o via como borrão, sua expressão de confusa a desesperado ao ver um homem, desconhecido para si, chorar q sua frente. 

- moço - o mesmo deixou o cookies no carrinho e chamou minha atenção, sempre o admirei pelo fato de sempre querer ajudar a todos - você deve está me confundindo com alguém... Desculpa, eu não sou o Jimin -

Suas palavras entraram em meu ouvido e saíram pelo outro, enquanto o flashback passou se em minha mente. 

                           *flashback on*

- não Jimin, eu não vou soltar você - segurava firme a mão pequena do menor que só sabia chorar pedindo socorro e eu não o podia ajudar além daquilo. 

Qual seria sua reação ao ter o amor da sua vida pendurado a beira de uma ponte, sobre a grande movimentação de um Rio abaixo, recebendo tiros em sua costa para que caísse? Eu agora passará por tudo isso. 

Jimin chorava enquanto eu o segurava com o fio de força que se restava em meu corpo, um caido ao chão ferido, que se desempenhava em terminar o serviço no qual lhe foz posto, atirava contra minhas costas, a dor era terrível, mas por Jimin eu aguentava mais um pouco. 

- Jungkookie... Por favor... - meu sangue escorria em meus braços e logo chegou a minha mão deixando por escorregar

- amor... Não... - eu não podia perdê-lo, eu não podia deixá-lo morrer, ele não tinha culpa pelos meus desvaneios quem devia morrer era eu não ele, ele não tinha culpa,não podia aceitar isso. Não podia aceitar o falto de alguém morrer em meu lugar, muito menos que esse alguém seja Jimin. 

-- eu te amo kook - falou a um suspiro longo quando se embalou em minhas mãos e se soltou, caindo sobre as águas que levaram seu corpo de minha vista. 

Eu iria pular atrás de si, se não fosse pela polícia que chegará e me segura, eu era um homem desesperado, chorando a beira da ponte. Nada disso me importava, fodasse meu status, fodasse meu bem está, eu queria Jimin. 

Não vi mais nada quando fui carregado por paramédicos e jogado sobre uma maca, só pude ver as luzes fortes e brancas do hospital, barulhos distantes o pipi da máquina que via os batimentos de meu coração, o que adiantada está vivo se uma parte de mim morreu quando caiu da ponte. 

Depois de uma semana as buscas forão encerradas e Jimin foi dado como morte e k corpo não encontrado. 

                   * flashback off *

Logo, quando sou tirado de meus pensamentos pela sua voz doce me chamando, em um ato impensável me pós o abraçar forte, rodeando meus braços em sua cintura tão bem curvada, apoiei minha cabeça em seu ombro sentindo seu cheiro gostoso, cheiro viciante para minhas narinas, não como droga, algo bem melhor. 

Isso durou poucos minutos já que tenho meu corpo empurrado Lara longe do seu, se virou desesperado e saio andando rápido para longe de minha presença, iria atrás de si se não fosse tal ato de sua parte - se o senhor vim atrás de mim eu chamarei a polícia - e se afastou, saindo de minha vista enquanto meu corpo ficou parado, estático como uma estátua no mesmo lugar. 

Quando me trago de volta ao meu consciente saio dali sem ter a minha vista o rosado, adentrando em meu carro me jogando no banco de trás

- o senhor está bem? - escuto a voz de meu motorista, que pelo Tom estaria sim preocupado comigo, passei minha mão sobre meus rosto e suspirei pesado

- direto pra casa - foi tudo o que pude falar antes de ouvir um suspiro de sua parte e o motor do carro sendo ligado voltando ao seu movimento. 

Continua... 🐝


Notas Finais


Espero que tenham gostado, é a primeira vez que escrevo e aceito críticas assim como elogios.

Comentem o que achou e recomendem, por favor.

Beijos nenéns e até o próximo!! 💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...