1. Spirit Fanfics >
  2. Caminhos sangrentos >
  3. Um encontro esquisito.

História Caminhos sangrentos - Capítulo 27


Escrita por: ZeroLiteraturas

Capítulo 27 - Um encontro esquisito.


Correndo bastante após uma explosiva fuga, Karina e Anne encontram o caminho para a cidade de Maketh novamente.

- Minha bolsa, onde está?

Karina pergunta na calmaria.

- Eu escondi perto de algumas árvores na estrada.

- Temos que chegar logo.

Karina se mostrava ansiosa para encontrar sua bolsa.

- Eu peguei o dinheiro, aquela comida já não é tão importante.

- Tem algo mais importante dentro da minha bolsa.

Anne não questiona, apenas segue o caminho.

- Você não tem mais munições?

- Não… acabaram as explosões.

Anne respondia com sarcasmo.

Karina ri enquanto diz :

- Precisamos comprar mais logo.

- Sim, suas foices não precisam de reparo?

- Sempre que possível eu limpo elas, eu acho estranho como elas nunca soltam pedaço nenhum.

Anne olha pensativa e responde :

- Talvez sejam "armas lendárias"!

- Armas lendárias? O que é isso?

- Quando eu era criança, tinha um menino no orfanato que estudava sobre armas. 

Anne dizia com um pequeno sorriso, e completa dizendo :

- Armas lendárias são feitas com uma técnica especial, elas são mais fortes, e quase nunca se quebram.

- Entendi! Eu já usei foices comuns, e essas parecem mais fortes mesmo, mais leves também, e o design vermelho e preto com adornos brancos, é tão lindo!

- Maníaca por foices!

Anne de repente para, e aponta para uma árvore :

- Eu deixei sua bolsa escondida ali.

Karina antes de responder, corre na direção da árvore.

- Achei! Obrigada!

Ela dizia com um entusiasmo fora do comum.

- Agora me conta, o que tem na sua bolsa de tão importante?

Anne perguntava, Karina pega do fundo da bolsa uma foto.

- É isso!

- Uma foto?

- São meus filhos, e meu marido!

Anne se surpreende, enquanto Karina parece estar animada com a foto.

- Só tem duas fotos com nós quatro juntos. Por isso, elas são especiais!

- Entendi, me conta mais sobre seus filhos.

- Quando chegarmos na cidade, eu posso passar horas contando tudo sobre eles!

Essa era a primeira vez que Anne via Karina tão entusiasmada, ela estava encantada pelas memórias com sua família.

Depois de mais alguns minutos andando, elas chegam em Maketh, novamente.

Quando viram uma frota de marinheiros, liderando o grupo estava Erick, perto dele estava o nobre Arthur que regia a cidade.

Elas observam de longe, e vêem Erick derrubando Arthur com um soco no estômago, e mandando um de seus subordinados amarrar o nobre.

- Seu nome é Erick, não é?

Karina pergunta se aproximando

- É. Quem diria que você me pouparia esforços, Roshi!

Karina olha confusa, enquanto o comandante continua a falar :

- Você está convidada para a base da marinha, sem direito a recusar!

Karina esboça mais confusão, enquanto o comandante termina :

- O líder Usuito quer te ver, partimos amanhã ao amanhecer! esteja pronta. O hotel e o restaurante estão por conta da marinha, sua companheira vem junto.

- Tudo bem.

Karina respondia ainda sem entender

- Não se atrase.

O comandante então se vira, e vai em direção ao restaurante.

Anne pergunta :

- Quem era aquele esquisito?

- Erick, ele é um comandante da marinha.

Anne vê apenas um vulto vindo em sua direção, quando sente algo a acertando na cabeça.

- QUEM AQUI É ESQUISITO?

Erick gritava de longe, segurando seu outro chinelo.

- VOCÊ ME ACERTOU COM UM CHINELO!? ISSO É DEFINITIVAMENTE ESQUISITO!

Anne gritava de volta.

- Vamos Anne, temos que dormir!

- Eu ainda vou dar um chute nele, daí ele aprende!

Anne dizia seguindo Karina, enquanto Erick voltava para buscar seu chinelo, os dois trocam um olhar sanguinário, e seguem seus caminhos.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...