História Camp - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Karin, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Matsuri, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Shizune, Temari, Tsunade Senju
Tags Naruto Naruhina Sasusaku
Visualizações 15
Palavras 1.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom dia
Boa tarde
Boa noite

Lembrando que é a minha primeira fanfic :)

Capítulo 1 - I capítulo


Fanfic / Fanfiction Camp - Capítulo 1 - I capítulo

   

- Hinata onn :

E lá estava eu , deitada na cama , olhando pro teto com minha mochila ao lado.

É verão e eu estou de férias da faculdade (lê se inferno) , indo para um acampamento. 

Motivo: separação dos meus pais.  

Motivo da separação: minha mãe estava ficando desconfiada de traição, pois o mesmo estava mais frio e distante.

Um dia eu fui pra faculdade (tenho 19 aninhos e curso administração) , meu pai ficou em casa , era seu dia de folga, e minha mãe foi trabalhar mas, por causa de sua desconfiança, esperou até às 16:00 e voltou pra casa sem avisar , enquanto subia a escada ouvia gemidos , ela se desesperou mas seguiu firme . Afinal o que ela podia fazer?! quando começaram o relacionamento, estava apaixonada e o sentimento parecia ser recíproco, então deu tudo de si pra ele.  Parou em frente a porta, suspirou, e a abriu de uma vez, olhou pra cena e a única coisa que se permitiu fazer foi : rir.  Mas foi um riso de desespero. 

Meu pai (Hiashi) e seu amante (sim meus queridos meu lindo pai é homossexual) estavam deitados e abraçados na cama com apenas o lençol os cobrindo, deram um pulo ao ouvirem a porta sendo aberta.  Meu pai olhou no fundo dos olhos da minha mãe e pôde ver em sua face um misto de sentimentos contendo: raiva, tristeza, nojo e decepção.  Ele perdeu a fala e ficou sem reação enquanto via a minha mãe arquear uma sombrancelha e rir.

No outro dia a minha mãe pediu o divórcio .  E assim se fez.

Como eu me senti? Bom eu sempre soube que meu pai nunca foi 100% hetero então não foi um grande choque.

Decidi não opinar e deixar eles se resolverem.

Meus pais me amam e eu os amo igualmente mas resolvi ficar com a minha mãe, pq por mais que eu o ame eu nuca vou conseguir perdoa-lo. 

(Odeio pessoas que traem ou que são falsas)

Já a minha mãe se sentiu totalmente perdida.  Ela precisava de um tempo sozinha, claro que ela estava preocupada comigo mas eu ainda reconhecia o fato dela precisar de um tempo para pensar.

Então quando ela propôs um verão inteiro em um acampamento estupido eu , ainda que hesitante, aceitei.

Minha mãe me chamou , despertando-me dos meus pensamentos.  Peguei minha mochila,meu skate e meu headfone sem fio e desci.

Chegando na cozinha:

- mãe eu já estou indo tah

Dei um abraço nela

- ok, toma cuidado e lembra que eu te amo.

Ela disse devolvendo meu abraço

- também te amo thau! _ Disse fechando a porta , seguindo até o ônibus do acampamento que me esperava em frente a minha casa.

Entrei no ônibus e todo mundo me encarou

(Eu estava com o cabelo solto, ( que nem no anime) apenas com um batom vermelho, usava um cropped preto sem mangas, um short também preto com uma blusa flanela cinza amarrada na cintura e um all star cano longo todo preto)

aparentemente eu era a última que faltava para ir direto ao acampamento.

Eu fui andando pelo ônibus até achar um lugar vago , algumas meninas me olhavam torto e alguns meninos , bom me olhavam maliciosamente ou indiferente, me sentei no final do ônibus ao lado de um garoto loiro dos olhos azuis , não posso negar que ele é muito bonito e usava uma blusa do Ac dc (autora: uma banda de rock) o que me chamou atenção até pq Ac dc é uma das minhas bandas preferidas .

Ele estava de braços cruzados e sua cabeça estava encostada na janela com seus olhos fechados, do lado esquerdo do ônibus. Quando notou minha presença abriu os olhos devagar e sorriu de lado, presumi que ele não se importava que eu me sentase ali.

Olhei para o lado e tinha uma garota loira, muito parecida comigo, nos encarando com uma cara de cu. Logo arquiei uma sombrancelha e fiquei seria sem cortar o contato visual, ela bufou desviando o olhar, derrotada, sorri vitoriosa.

O ônibus deu partida.  Logo as pessoas começaram a conversar e alguns ficaram de putaria e outros metendo o loko.

A única coisa que me veio a mente foi : "BANDO DE DOIDO"

O garoto se ajeitou na cadeira olhou pro meu tenis, olhou pra mim e disse:

- Gostei do tenis, all star original

Olhei pra ele depois para sua camisa e disse:

- Gostei da sua blusa

- Só pra vc saber, não é uma marca (autora: como muitas pessoas pensam)

- Não me diga! Sério? Não sabia_ disse em tom de ironia

- Pra alguém tão bonita não pensei que fosse agressiva _ ele diz com uma voz rouca e com um pingo de sacarsmo no meu ouvido

Me arrepiei, ele percebeu e se afastou com um sorriso de lado, e eu apenas suspirei um pouco irritada.

- Você conhece? _ ele me pergunta

- Ac dc? É uma das minhas bandas preferidas.

- Curte rock clássico? 

- Sim, mas prefiro metal. E você?

- Também

Ficamos um tempo em silêncio, mas não um silêncio constrangedor e sim agradável.

Eu cruzei as pernas e ele olhou para as minhas coxas e depois olhou pra mim e perguntou:

- Qual seu nome?

- Hinata, prazer _ disse com o corpo reto e cabeça de lado olhando-o com a mão estendida.

Ele apertou, se aproximou de novo do meu ouvido e disse:

- Naruto, SÓ Naruto, pq  prazer só quando você estiver na minha cama .

É então se afastou um pouco. Dei uma leve gargalhada e disse em tom de deboche ficando frente a frente com ele:

- Ora ora , parece que temos um galanteador aqui _ confesso que minha voz saiu um pouco maliciosa 

Naruto - Há há muito engraçado _ disse no mesmo tom que o meu só que um pouco mais risonho

Ficamos um tempo nos encarando e nos afastamos.

Depois disso ficamos conversando sobre bandas e coisas que a gente gostava, fatos sobre nós, como: idade e tals, e algumas coisas banais, muitas vezes ele me fez rir e vice versa.

Descobri que ele também tem 19 anos e, por coincidência, também cursa administração e que ele gosta das mesmas bandas e animes que eu.

De vez em quando eu pegava a garota loira me encarando, não só ela como outras pessoas, mas quando percebiam, desviavam o olhar, eu não liguei.

Ele também me contou que sempre vinham as mesmas pessoas e que por isso quase todos eram amigos e raramente aparecia pessoas novas e quem ia nesse acampamento sempre tinham "um talento e um problema" quando disse isso eu não entendi então ele me explicou:

Naruto- bom como posso te explicar...ahnnn... Tá vendo aquele cara ali_ ele diz e aponta para um garoto que estava dormindo_ ele é um gênio, literalmente, o "problema" dele? Ele fuma . Ah e o nome dele é Shikamaru.

- espera, fumar não é um problema, quer dizer, eu fumo as veses_ disse a última parte dando de ombros

Naruto- eu também, mas ele é viciado

- ahhhhh ata, mas .... todos os outros tem esse tipo de problema?

Naruto- bom, tem casos mais leves e outros mais pesados

- entendi, mas e você, pq está indo?

Naruto- meus pais sempre me mandaram pra cá e a propósito foi aqui que conheci o dobe

- quem?

Naruto- o Sasuke, é aquele idiota que tá abraçado com a menina dos cabelo rosa

- e o que eles são seus?

Naruto- meus melhores amigos. Só que eles namoram 

- e isso é um problema?

Naruto- não, eu fico feliz que o emo emoso das trevas trevosas _ quando ele disse isso rimos de leve _ /dobe, tenha encontrado alguém como a algodão doce/jujuba/Sakura, que é o nome dela, tipo ela sempre gostou dele, então... _ ele da de ombros _  o "talento" dele é que que ele é muito bom em esportes, as meninas sempre dão em cima dele o que eu acho engraçado, eu diria que ele era um lek piranha, mas agora ele tá com a saky. Enfim... _ ele deu uma pausa e suspirou rapidamente _ o "problema" dele é que ele não se dá bem com os pais e todo verão vem pra cá. E você?

Eu ri e ele não entendeu então eu simplesmente disse:

- meus pais se separaram. Pq? Bom já é ruim pega no flagra seu marido te traindo, imagine com outro cara _ disse em um tom risonho

O Naruto ficou parado com o cenho franzido, parecia tentar entender a situação, quando ele entendeu fez aquele barulho: "pfffffffffff" e começamos a rir, as pessoas nos olharam com uma cara de tipo: Mano ceis tem problema?.

O ônibus foi parando.


C h e g a m o s   a o   n o s s o

d e s t i n o 










Notas Finais


Obrigada por terem lido :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...