1. Spirit Fanfics >
  2. Campus New World >
  3. Cicatriz

História Campus New World - Capítulo 3


Escrita por: OnoderaD

Notas do Autor


Novamente vlwwww por lerem ^^

Capítulo 3 - Cicatriz


Fanfic / Fanfiction Campus New World - Capítulo 3 - Cicatriz

Luffy On

- Pega Luffy - Zoro joga uma lata de cerveja para mim, eu obviamente não vou abrir agora para não derramar. Estamos indo em direção na praça principal, é onde a galera do campus fica, e sim aqui é bem grande para caber tanta gente, e hoje não era tão diferente, não estava tão lotada, mas tinha um número considerável.

- Não sabia que aqui podia usar drogas - Eu digo, em casa canto tem algum grupo ou fumando maconha ou comendo cogumelos - Aonde vocês conseguem? - Zoro ri, e Sanji acende um cigarro e me dá um.

- É bom não ficar espalhando, mas a diretoria do campus meio que sabe que os alunos trazem drogas - Perona diz, ela também tinha se trocada, as roupas são rosas como o cabelo com detalhes pretos, parece até uma gótica - Então eles não enche o saco

- Entendi 

- O novato quer experimentar drogas - Robin que escosta em mim - Tô com um doce aqui, bom você ficar alegrinho - Eu dou uma risada de canto

- Tô falando, é bom aproveita a Robin - Perona diz de novo para mim.

Tinha mesas com bancos na praça e a grama pra sentar no chão mesmo, onde todos sentamos bebendo nossa cerveja,  as únicas que não estavam bebendo era a Nami e a Perona.

- Novato - Robin encosta em mim novamente - Bebe isso - Ela me oferece um cantil, tinha uma marca da banda Ramones, até que combina com ela, ela tem vibe de punk, eu peguei e dei um gole esperando uma vodka ou um Whisky, mas gosto era doce e fresco.

- Hum... Doce, é chá do que ? - Ela pegou e deu mais um gole, depois deu para Perona também, e ela bebeu também.

- É chá de cogumelo - Eu como sou um cara tímido normalmente ficaria desesperado porque nunca tinha usado essas coisas, só maconha com o meu irmão, mas de resto não, e tô bem calmo comparado - Você está mais calmo que esperava.

- Deixa o menino sua louca - Nami fala - Ei Luffy, é verdade que o Sabo é seu irmão ?

- Espera! - Zoro exclamou surpreso - Sabo, o veterano, capitão do clube de kendô é seu irmão? 

- Bem... Somos adotados, mas tecnicamente sim - Zoro me deu outro abraço, na verdade ele quase me jogou, reparei que ele gosta muito de abraçar as pessoas e também o bafo de pinga dele - Quer velho barreiro? 

- Não tô suave 

- Tem de tudo aqui Luffy - Sanji joga vários tipos de coisas, um vape (tipo de um narguilé portátil), maconha, alguns cogumelos, bala e LSD 

- Não sabia que vocês usam tantas drogas 

- Se acostume a essa vida Luffy - Robin falou - Óbvio que vimos aqui pra estudar, logo eu que quero virar um historiadora, mas no fim de semana temos que curti, não seja que nem o Zoro que bebe todo dia, vai acabar virando um alcoólatra

- Ei, eu não bebo tanto assim não - Ele deu mais um gole na garrafa de velho - Talvez um pouco - Todos rimos.

Enquanto conversarmos  reparei em todos em minha voltas, Usopp é um ótimo contador de história, ele conversando com o pessoal sobre o ano passado é muito engraçado, e parece que ele extrapola um pouco e o pessoal até chama ele de mentiroso, já a Kaya tem uma personalidade diferente mais é compatível com o Usopp, ela ri de suas histórias, os dois se dá muito bem, parecem que nunca brigaram, nunca vi um casal que se dá tão bem. O Zoro é o cara que fala meio alto e corta as pessoas de vez em quando, mas é um amor de pessoa e sempre gosta de falar do seu clube de kendô junto com Law, Law por outro lado é mais contido, mas não é tão tímido como eu imaginava, ele conversa e dialoga com todo mundo, ele até fez piada comigo sobre minha cicatriz na cara e me chamou de novato, e parece que todo mundo zoa ele porque ele não come pão, e eu tô tipo, porque ele não come pão, até comecei rachar de rir, me senti mais solto com todo mundo, consegui até falar um pouco mais sem parece um tanto isolado. 

O Sanji é o cara que tá mais de boa, só fumando seu vape (primeira vez que vejo ele sem estar fumando cigarro) ele ri e bebe bem suave sem chamar atenção e sem estar isolado, Nami do seu jeito que conheci, alegre e extrovertida, a laranjinha como todos sempre chamam, a Perona é do jeito que conheci fofoqueira e engraçada, e parece que ela é igual ao Zoro bebinha igual ele, e a todo momento eles se beija.

Já a Robin o que tem de louca tem de inteligência, ela é culta, gosta de filme antigo e vitages, e curte música antiga e MPB, e gosta bastante de nirvana ( Baseado no que vi no seu Instagram) e falando nele, todas as fotos delas são lindas, lendo livros, com flores, e parece que ela foi a que eu me dei mais bem, e só para ficar claro não é porque eu fiquei com ela, pode ser que sim sei lá.

- Por que você tá me encarando com ese sorrisinho bobo - Ela susurou no meu ouvido rindo, eu ri bastante.

- Tô meio bobo mano - Eu ri mais ainda
- O cogumelo fez efeito - eu alisei o cabelo dela e cheirei.

- Cheirinho de morango

- Mano para de me atiçar seu nóia - Ela riu e apoiou sua cabeça no meu ombro.

- A culpa não é minha que você é linda - Quando eu soltei isso minha espinha gelo de medo mais ela riu mais ainda.

- Você me convenceu cicatriz - Ela encontrou sua boca com a minha , primeiramente ela meu deu selinho, e aí mordeu meus lábios, e coloquei minha língua na boca dela, ela segurou no meu ombro e eu na sua cabeça, até parecia aqueles filmes de romance, só que no filme não tem uns idiotas rindo de nós, mas não liguei, paramos bem rápido e voltamos com mais intensidade e quando paramos ela susurou no meu ouvido outra vez - Foi como eu disse cicatriz, eu gostei de você - Eu sorri, ganhei meu dia com isso.

E foi nessa hora que fiquei mais solto, bebo várias latinhas com o pessoal, até bebi um pouco da pinga do Zoro, começamos a jogar a jogar uno, bao entendi direito a Perona e o Law sobraram por último, e fizeram uma aposta se a Perona perdesse beberia um shot de tequila (Descobri que ela odeia) e se o Law perdesse ele me daria um selinho, eu não liguei, eu pensei que ele reclamaria mas não, e advinha ele perdeu, ele foi bem rápido me deu selinho e se afastou .

- O Luffy ficou vermelho - Robin gritou, a menina já tava altona.

- Ele tá mesmo - Law também riu, e eu rachei também.

Quando demos conta já era umas 22:00, e alguns já começaram a levantar, uns voltaram para os dormitórios, como o Usopp e a Kaya, o Sanji e a Nami.

- Ei Perona - Eu disse - Rola alguma coisa com Sanji e a Nami.

- Eles não gostam de admitir mais rola, e digo mais os dois se amam mais não demostra.

Sobrou eu, Robin, Zoro, Perona e Law.

- Tem uma festa lá na República do Kid, bora?

- Vamos - Robin disse - Você vai né, Luffy?

- Bora

Enquanto andávamos até lá a Robin segurou minha mão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...