História Camren - Never be the same. - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Visualizações 200
Palavras 3.824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E ai galera, como estão?

Terminei agora o capítulo e já são 2h16min, então vou sofrer bastante pra acordar daqui à pouco, rsrs.

Gostaria de agradecer sempre pelo carinho de vocês e pelos seguidores do instagram, pois ultrapassamos os 800.

Bem, hoje eu não tenho uma dedicatória direcionada a uma única pessoa, mas sim, há algumas.
Eu quero dedicar as pessoas que passaram por uma transformação pessoal, um amadurecimento e que continuam passando por isso!

Quero dizer também, que vamos ter a oportunidade de aprender muito nessa nova fase que vai se iniciar, pois é agora que Lauren vai começar a amadurecer e a se tornar outra pessoa, então antes de julgamentos, quero que vocês entendam que eu tento ao máximo me basear na vida real e em algumas experiências pessoais, então é assim que a vida acontece, nem tudo vai ser como a gente quer que seja, porém lá na frente acredito que as coisas que tenham que se encaixar, vão se encaixar, as pessoas que precisam se reencontrar, vão se reencontrar, os sentimentos que precisam ir, eles vão para sempre e os que precisam ficar, estão apenas adormecidos, e no momento certo, vão voltar.

Vivam cada momento e tenham paciência com cada fase de sua vida! Tudo passa, nada é pra sempre.

Músicas:

Enchanted da Taylor

Like i'm gonna lose you versão Fifth Harmony

Boa leitura e muito amor pra vocês!

Ps. Eu nem ia postar, porque tô caindo de sono e não corrigi ainda, mas acabei de ler um comentário da Gisele e me senti tocada. Então seja lá o que que você está sentindo agora, saiba que isso vai passar e te dedico esse capítulo. ⚘mencione um usuário

___________________________________

Capítulo 27 - Despedida - Parte 02.


Fanfic / Fanfiction Camren - Never be the same. - Capítulo 27 - Despedida - Parte 02.

Pov Lauren

Adentrei a trilha com Camila em meus braços, e apesar da tamanha beleza daquele caminho, eu não conseguia olhar para mais nada que não fosse para ela.

Pov Camila

Enquanto Lauren caminhava comigo ainda em seus braços, eu ficava olhando para as folhas das árvores lá no alto, que se mexiam com soprar do vento.

O sol iluminava as brechas entre elas e batia no meu rosto, mas não atrapalhava a minha visão, pois estava suave e agradável.

Pov Lauren

Camila tinha os olhos um pouco fechados, devido ao sol que batia em seu rosto, e sua pele brilhava, devido aos raios.

Nossa! Eu podia ver cada traço seu, cada pequeno detalhe de seu rosto. 

Ela tinha uma marquinha debaixo do seu olho direito e o que eu mais achava bonita nela, era que maquiagem nenhuma conseguia apaga-la, e era exatamente assim que eu preferia Camila, sem maquiagem alguma, apenas com seus traços naturais.

Pov Camila

Fitei Lauren e ela não parava de olhar pra mim, então sorrir e ela sorriu de volta.

Eu estava tão feliz, que gostaria que aquilo fosse um sonho, pois só assim a realidade não nos atingiria logo mais.

Pov Lauren

Chegamos na cachoeira, então desci Camila e ela enlaçou meu pescoço com seus braços.

Pov Camila

- Lauren, eu só quero que você se lembre, que eu sempre amei você e que eu sempre vou amar, independente de qualquer coisa.

Então naquele momento senti outra vez a vontade de lhe contar aquilo que eu precisava dizer.

O problema era que agora eu não queria mais contar, mas eu não podia, infelizmente eu não podia.

Pov Lauren

Senti mais uma vez que Camila queria falar comigo sobre minha viagem, mas eu queria tanto aproveitar aquele lugar com ela, que se ela falasse naquilo agora, eu sabia que atrapalharia.

- Sim, tudo bem! Mas primeiro vamos aproveitar nosso dia. Temos todo o tempo do mundo!

A fitei e sorrir, pois sim, se dependesse de mim, nós teríamos todo o tempo do mundo, porque eu não iria mais embora. Não, eu não iria, sem ela eu não iria mais pra lugar algum!

Pov Camila

Ouvi aquela frase e senti um aperto em meu coração, pois nós não tínhamos todo o tempo do mundo como ela acabará de falar, a verdade, era que só tínhamos algumas horas.

- Tudo bem!

A abracei o mais forte que eu pude.

Pov Lauren

Camila estava mais carinhosa agora e eu gostava daquela sua nova parte também!

Levei minhas mãos até sua cintura, e beijei sua testa.

- Eu te amo amor!

Pela primeira vez a chamei de amor e eu sempre quis fazer isso.

Pov Camila

Ouvi aquele nome sair de sua boca e meu coração palpitou tão forte.

- Amor?

Sorrir pra ela.

Pov Lauren

- O que mais você seria?

Levei meus lábios até os seus.

- Você sempre foi o meu amor!

Falei ainda com meus lábios entrelaçados aos seus, a fazendo sorrir.

Pov Camila

- Sim, amor! 

Sorrir e soltei os seus lábios, para poder beijar cada parte de seu rosto.

- AMOR, AMOR, AMOR!

Disse um pouco mais alto.

Pov Lauren

Gargalhei quando ela disse aquelas palavras em um tom mais alto, então gritei para o universo ouvir.

- AMOOOOOR, AMOOOOR, MEU AMOOOR!

Logo ouvimos os barulhos dos pássaros voando entre as árvores.

- Tá vendo? Eles concordam!

Sorrir e a levantei pela cintura.

Camila continuava muito levinha e adorava poder fazer aquelas coisas com ela.

Pov Camila

- LAUREN!

Ela me levantou em seus braços e correu comigo em direção ao riacho.

- Nós vamos cair!

Pov Lauren

Entramos no riacho, então a joguei na água.

Os cabelos tomaram de conta de todo o seu rosto.

Pov Camila

- Você continua bruta também!

Tentava tirar os cabelos que estavam tapando a minha visão. Então ela se aproximou e começou a me ajudar.

Pov Lauren

Ela não estava conseguindo retirar sozinha, então me aproximei e fui ajuda-la.

- Eu nunca fui bruta! Aquilo era só uma forma de chamar a sua atenção pra mim, eu nem gostava de fazer aquelas coisas, era que às vezes parecia que você só me dava importância daquela forma e acabei me acostumando.

Pov Camila

- Não acredito nisso!

Agora já estava vendo-a.

- Quer dizer que você inventava briga só pra ter atenção?

Pov Lauren

Olhei para o céu e torci a boca.

- Nem sempre!

Pov Camila

Bati em seu braço.

- Eu sabia! Não podia ser!

Pov Lauren

- Mas a culpa era sempre sua, porque eu não era assim antes de você!

- Você me tirava do meu centro!

Então Camila veio pra cima de mim fingindo me bater.

- Não, não, tá bem, a culpa era só minha!

Gargalhei.

Pov Camila

- Hum, então não diga mais isso! Odiava sempre ser a culpada, todo mundo te achava um anjinho, mas só eu conhecia o teu verdadeiro gênio!

Então ela veio em minha direção tentando me abraçar.

- NÃO, pode sair! Agora que lembrei, fiquei com raiva.

Pov Lauren

Ia pra perto dela e ela se afastava.

- Ficou bravinha? Mas não pode, com seu amor não pode.

Então a alcancei e a segurei em meus braços.

- Me dá um beijo!

Tentava beija-la, mas ela se esquivava.

- Vamos ficar aqui então e já já, vai escurecer!

O sol já estava quase indo embora.

Pov Camila

- Não Lauren! Lembra da última vez que fizemos essa loucura?

Um dia eu e Lauren perdemos a noção do tempo e ficamos ali até escurecer.

Pov Lauren

- Eu lembro do quanto você é medrosa. Meu Deus! Só faltou morrer!

Camila corria e gritava de medo, e chegou a fazer ''xixi'' nas calças.

Pov Camila

- Não me lembra disso! E vamos logo!

E agora, como e onde eu iria contar aquilo pra ela? Mas de uma coisa eu sabia, eu já não queria estragar aquele lugar com aquela notícia.

  ( Deem play na música Enchanted de Taylor Swift )  

Pov Lauren

- Você quer ir pro hotel? Ou prefere passar naquela lanchonete e depois irmos no penhasco?

Também sentia saudade de ver as estrelas ao lado de Camila.

 Lá estava eu novamente esta noite
Forçando o riso, fingindo sorrisos
Mesmo lugar, velho, cansado e solitário
Paredes de insinceridade
Olhares perdidos e vazio
Sumiram quando eu vi o seu rosto  

Pov Camila

- Pode ser, já que temos toalha no carro!

Então seria lá no penhasco, o local que eu contaria a ela o que estava acontecendo.

- E lá conversamos!

Tudo que eu posso dizer é que foi encantador te conhecer  

Pov Lauren

- Sim, então conversamos lá!

E eu já sabia tudo que diria a ela.

Pov Camila

Então minutos depois já havíamos passado na lanchonete e comprado sanduíches, batatas e milk shake, pois essas eram as coisas que Lauren ainda gostava de comer.

- Seus hábitos alimentares não mudaram muito, não é?

Seus olhos sussurraram "Já nos conhecemos?"
Do outro lado da sala sua silhueta
Começa a fazer sentido pra mim
A conversa brincalhona começa
Contra todas as suas observações rápidas
Como passar bilhetinhos  

Pov Lauren

- Vai dizer que você não gosta mais de misturar doce com salgado? Quem me ensinou isso foi você!

Peguei uma batata e mergulhei no sorvete.

Pov Camila

- Sim, eu gosto!

Sorrir e fiz o mesmo que ela.

- Mas não costumo mais fazer isso com tanta frequência.

E foi encantador conhecê-lo
Tudo que posso dizer é que eu estava encantada em conhecê-lo  

Pov Lauren

Fiz novamente, então a fitei e questionei, ainda com a boca cheia.

- Por que?

Pov Camila

- Matthew não gosta que eu compre essas coisas... sabe, temos uma alimentação mais saudável.

De repente lembrei dele e senti culpa de não ter contado pra ela ainda, mas incrivelmente não sentia culpa por ter vivido o que vivi com ela durante todo aquele dia.

Pov Lauren

Ouvi aquele nome e fiquei sem palavras, pois o nome e Matthew me enojava e não era por culpa minha, era só porque sua fama não era nada boa na cidade, mas eu sempre tratei de me fazer de surda quando chegava até mim.

- Ah, que chato!

Foi a única coisa que consegui dizer, e enfim havíamos chegado ao penhasco.

Estacionei o carro mais longe, pois já haviam outros ali.

- Aqui está bom!

A fitei e sorrir.

- Vamos? Eu quero estragar essa sua vida saudável!

Esta noite está vibrante, não deixe-a fugir
Estou maravilhada, corando todo o caminho até em casa
Vou passar a eternidade me perguntando se você sabia
Que eu estava encantada em conhecê-lo  

Pov Camila

Sorrir ao ouvir aquilo e sentia uma felicidade inexplicável, apesar daquilo que estava me atormentando.

Pov Lauren

- Deixa que eu levo!

Peguei a comida da mão dela.

- Acho que você continua desastrada. 

Gargalhei e sai do carro, antes que ela pudesse me ''bater.''

A pergunta persistente me manteve acordada
2 da manhã, quem você ama?
Pergunto-me até que eu esteja bem acordada
Agora estou para lá e para cá,
Querendo você à minha porta
Eu abriria e você diria  

Pov Camila

Peguei a toalha e descemos do carro.

- Nossa, estamos bem distante do pessoal.

Pov Lauren

- Melhor assim!

Não poderia esquecer que Camila era casada e estávamos em uma cidade pequena.

Pov Camila

- Tudo bem!

Então coloquei a toalha no chão e nos sentamos.

- Nossa!

Fitei o céu e ele estava tão iluminado àquela noite.

"Fiquei encantado em conhecê-la."
Tudo o que sei é que eu estava encantada em conhecê-lo  

Esta noite está vibrante, não deixe-a fugir
Estou maravilhada, corando todo o caminho até em casa
Vou passar a eternidade me perguntando se você sabia  

Pov Lauren

- Hoje Deus caprichou pra nós!

A fitei e sorrir.

Esta noite está perfeita, não deixe-a fugir
Estou maravilhada, dançando sozinha
Vou passar a eternidade me perguntando se você sabia
Que eu estava encantada em conhecê-lo  

Pov Camila

- Sim, o céu está mais bonito agora, quanto estava na luz do dia.

Esta sou eu rezando para que
Essa seja a primeira página
Não onde a história termina
Meus pensamentos vão ecoar o seu nome
Até eu te ver de novo
Estas são as palavras que segurei
Ao ir embora cedo demais
"Eu estava encantada em conhecê-lo"  

Pov Lauren

- Pois é, tive uma conversinha com Ele, sabe..

Pisquei para ela.

Pov Camila

- Você nem sabia que eu estaria aqui hoje!

Balancei a cabeça em negativo.

Pov Lauren

- Pois é, mas não foi hoje..

Então de repente aquele sorriso que tomava de conta do meu rosto, foi embora, devido as lembranças dos dias tristes, que eu passava pedindo à Deus a volta dela para a minha vida.

Por favor, não se apaixone por outra pessoa
Por favor, não tenha ninguém esperando por você
Por favor, não se apaixone por outra pessoa
Por favor, não tenha ninguém esperando por você  

Pov Camila

Senti um aperto no meu peito, então me aproximei dela e a abracei.

- Me perdoa pelas dores que te causei, eu só não sabia como lhe dá com aquilo.

Pov Lauren

- Tudo bem! Isso já passou.

A fitei.

- Deu certo, não é mesmo? Você está aqui agora!

Olhei mais uma vez para o céu.

- Acho que Ele acabou me ouvindo!

Esta noite está vibrante, não deixe-a fugir
Estou maravilhada, corando todo o caminho até em casa
Vou passar a eternidade me perguntando se você sabia  

Pov Camila

Então naquele momento não consegui dizer uma palavra.

- Lauren, precisamos conversar mesmo!

Pov Lauren

A fitei e uma lágrima escorria pelo seu rosto.

- Você está bem?

Camila não disse nada, apenas balançou a cabeça em negativo.

- Olha.. eu não vou m...

Então fui interrompida por ela.

Esta noite está perfeita, não deixe-a fugir
Estou maravilhada, dançando sozinha
Vou passar a eternidade me perguntando se você sabia
Que eu estava encantada em conhecê-lo

Por favor, não se apaixone por outra pessoa
Por favor, não tenha ninguém esperando por você

( Deem play na música Like i'm gonna lose you versão Fifth Harmony )

Pov Camila

A fitei e antes que ela pudesse me impedir mais uma vez, eu disse.

- Lauren, eu estou grávida!

Encontrei-me sonhando em prata e ouro
Como na cena de um filme que todo coração partido conhece
Estávamos andando sob a luz da lua e você me puxou para perto
Um segundo e você desapareceu e então eu estava sozinha  

Pov Lauren

De repente o vento que soprava forte congelou todo o meu corpo e um silêncio profundo tomou conta de todo o lugar, agora só ouvíamos o barulho do assobiar dele no penhasco.

Acordei em lágrimas, com você ao meu lado
Um suspiro de alívio e eu percebi
Não, o amanhã não nos é prometido  

Pov Camila

Ela me olhava sem dizer uma palavra.

- Lauren, diz alguma coisa!

Então ela fechou os olhos e lágrimas começaram a escorrer pelo seu rosto.

Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Onde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder  

Pov Lauren

E a alegria de um recomeço, dava lugar agora a um fim ''trágico.''

Sentia aquela dor profunda que eu não sentirá há algum tempo voltar a apertar meu peito e a dificultar a minha respiração.

Fitei as estrelas e abri a boca, deixando o restante do ar que estava preso, sair por ali.

Num piscar de olhos, uma tragada
Você pode perder tudo, a verdade é que você nunca saberá
Então eu vou te dar um beijo longo, amor, em qualquer chance que eu tiver
Eu vou aproveitar ao máximo os minutos e amar sem arrependimento  

Pov Camila

Ela não dizia nada e aquilo já estava me enlouquecendo.

- Por favor Lauren, diz alguma coisa!

Ela me fitou mais uma vez e balançou a cabeça em negativo.

Então vamos usar nosso tempo para dizer o que quisermos
Usar o que nós temos, antes que tudo se vá
Não, o amanhã não nós é prometido  

Pov Lauren

- Eu não me importo Camila, eu não me importo!

Me levantei e estiquei minha mão em sua direção.

- Se casa comigo? Fica comigo, eu te quero, é só isso!

Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Onde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder  

Pov Camila

- Lauren, eu já sou casada!

E ela continuava ali com a mão estendida pra mim.

Pov Lauren

- Se separa Camila, você não é feliz, eu sei!

A minha vontade era de contar tudo que eu sabia, mas eu não podia, não, eu não podia!

Pov Camila

- Não é assim Lauren, esse filho é dele também!

Peguei em sua mão e me levantei.

- As coisas não são assim!

Pov Lauren

- Por favor Camila, não faz isso!

Já estava começando a me desesperar.

- Eu te imploro!

Me ajoelhei e segurei suas mãos, as levando para o meu rosto.

Pov Camila

- Lauren, você tem uma vida, eu também não posso fazer isso com você!

Comecei a chorar desesperadamente, pois a dor que eu sentia, era uma dor que eu nunca tinha sentido antes.

Pov Lauren

Agora ela estava falando da viagem.

- Que vida Camila? Que vida? Eu não tenho vida sem você! 

Me levantei e comecei a enxugar minhas lágrimas.

- Você acha que é vida, eu acordar de manhã e senti um vazio dentro de mim, uma vontade de permanecer deitada, sem ânimo pra nada? Você acha que é vida, eu sair de casa e a cada esquina que eu olhar, eu lembrar de você? Você acha que é vida, eu ter que ouvir teu nome sair da boca de cada pessoa que me encontra e perguntar sobre você?

'' - Oi Lauren, como você está? E Camila? Nunca mais a vi! '' Ou '' - Oi, Lauren, tudo bem? Vi Camila ontem na festa, mas você não tem mais aparecido nelas! ''

E toda vida que essas perguntas aparecem, eu ter que fingir que está tudo bem entre nós!

'' - Sim, ela está bem! Pois é, falei com ela esses dias! '' Ou '' É que eu estava muito cansada!''

Quando na verdade eu não podia ignora-los, como eu costumava fazer quando algum familiar meu citava seu nome, ou dizer que não estava em "tal festa", para evitar lhe encontrar, pois já bastava às vezes que eu sentia uma dor enorme, quando lhe via pelos corredores do fórum, ou em algum bar com nossos amigos.

É isso que você chama de vida? EU NÃO TENHO ISSO DESDE QUE VOCÊ PARTIU DA MINHA VIDA!

Joguei todas àquelas coisas que estavam dentro de mim há anos.

Pov Camila

Ouvia tudo aquilo e não conseguia me mover, nem dizer uma palavra, pois estava totalmente em choque.

Eu nunca imaginei que ela tinha passado por tudo aquilo, e por culpa minha! E agora mais uma vez, eu estava lhe machucando e talvez de uma maneira mais forte ainda.

Então ela ficou de costas e a única coisa que eu poderia fazer agora era lhe abraçar.

- Eu sinto muito!

Pov Lauren

Camila me envolveu em seus braços, então terminei de liberar aquela dor que estava presa dentro de mim, através de lágrimas.

Segurei seus braços com minhas mãos e chorei desesperadamente.

- Não me deixa mais, por favor!

Pov Camila

Chorava tanto, pois eu queria ficar, mas eu não podia, eu não podia!

- Me dá um beijo, por favor!

A virei, levei minhas mãos até seu rosto e tomei seus lábios, lhe dando o meu mais profundo e verdadeiro beijo.

- Eu nunca vou te esquecer Lauren! Você foi o meu primeiro amor e será o último. Eu vou guardar esse sentimento aqui dentro e sempre que você me ver, não esqueça que ele está aqui e pertence somente à você!

Eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Onde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder  

Pov Lauren

A beijei, mas logo parei, pois o soluço não deixava mais que eu continuasse.

A abracei bem forte e aquele era um abraço de adeus.

Então a soltei de meus braços e eu só queria partir dali, pois apesar de ter aquele sentimento por ela, Camila agora tinha feito a sua escolha e eu tomaria o rumo da minha.

- Vamos!

Pov Camila

Lauren me soltou e agora não me olhava mais.

Entramos no carro e ela começou a dirigir.

Pov Lauren

- Vou passar no hotel e pegar as nossas coisas.

Não olhava mais pra ela de nenhuma maneira, pois aquela dor já era  forte o bastante e eu não precisava de mais nada para aumenta-la.

Camila não quis largar tudo pra ficar comigo e apesar dela ter os seus motivos, eu já estava cansada de sempre ser assim, já bastava e se fosse pra doer outra vez, que fosse pela última vez.

Pov Camila

- Podemos voltar amanhã!

Disse aquilo, mas ela não falou nada, então achei melhor permanecer calada.

Pov Lauren

Chegamos ao hotel e subimos em silêncio.

Entrei no quarto e fui direto ajeitar a minha mala.

Pov Camila

Lauren pegou sua mala e começou a guardar suas roupas.

- Lauren, não faz isso!

Pov Lauren

- Você pode voltar comigo?

Lembrei que seu marido me detestava tanto quanto eu a ele.

Pov Camila

- Claro Lauren!

Agora ela já tinha começado a ser rude.

Pov Lauren

- Eu não sei.. eu não sei mais de nada!

Terminei de arrumar minha mala.

- Não vai arrumar a sua?

Camila permanecia sentada.

Pov Camila

Permaneci sentada, esperando que ela se acalmasse, então ela foi para a varanda e eu comecei a arrumar minha mala.

Sabia que o melhor agora seria ela ficar sozinha e tentar digerir aquilo e ver que eu estava certa de não poder fazer o que ela me pedia.

Eu estava grávida e eu tinha que pensar no bebê, além de pensar nela também, pois apesar de ama-la e conhecê-la, como eu iria ter a certeza de que Lauren realmente não estava agindo só pela emoção do momento?

Eu sabia que ela me amava, mas uma criança de Matthew, será que ela conseguiria? Além de ser muito egoísmo da minha parte, impedi-la de viver a vida dela, para cuidar de algo que ela não teve "culpa" de acontecer.

1 semana depois

Pov Camila

Desde que cheguei do Asheville Ladge que não conseguia mais dormir e nem trabalhar direito.

Eu não conseguia tirar Lauren da minha cabeça, tudo aquilo que havíamos passado em um único dia, foi muito forte!

Pensei em liga-la por diversas vezes, mas seria muita covardia da minha parte fazer isso, depois de ter feito a minha escolha, que agora nem tinha mais certeza se havia sido a certa.

Matthew percebia a minha indiferença desde que voltei. Eu já não conseguia mais ter uma relação com ele e sempre inventava algo.

A minha sorte era que ele achava que tudo era sintomas da gravidez.

2 semanas depois

Pov Camila

Eu já não estava mais aguentando aquela situação de ter que fingir está bem, quando na verdade não estava.

Como eu iria viver sem ela depois de tudo que passamos juntas?

Eu nunca tinha me sentido tão completa, como me senti naquele dia com Lauren!

Nos primeiros dias tinha a esperança de vê-la em algum lugar, pelo menos de longe, mas nunca acontecia, a minha sorte era que hoje teria uma audiência e seu nome estava na ata como representante da parte contrária.

Então desde que vi seu nome lá, decidi que iria conversar com ela novamente e pergunta-la se era isso mesmo que ela queria, se casar comigo e assumir uma responsabilidade grande, que era a de criar uma criança em uma cidade minúscula, junto com outra mulher.

Meu Deus, pensar naquilo me causava um certo pânico, mas eu estava disposta a fazer isso, agora bastava saber se ela, vendo toda essa realidade e sem está sob influência de emoção, também queria.

Peguei o carro e fui em direção ao fórum, que não ficava tão distante da minha casa.

- Bom dia, bom dia!

Adentrei e fui direto para ata do dia, que estava fixada na parede, e lá estava o seu nome mesmo!

Respirei fundo e me sentei ao lado do meu cliente, então começamos a conversar sobre como seria o seu depoimento.

Olhava para todos os lados, mas não a via chegar.

Fitava o relógio e já estava na hora de nossa audiência começar, então o secretário nos chamou e adentramos a sala.

Me sentei e meu cliente se sentou ao meu lado.

Pov Juiz

- Bom dia Dra. Cabello! Pelo visto, a outra parte não veio. 

Então vi um dos advogados do escritório Jauregui, adentrarem na sala.

Pov Pharrel

- Bom dia Excelência! Bom dia Dra. Cabello! Bom dia senhor!

Levei meu cliente até o outro lado da mesa.

- Me desculpem o atraso, é que como era a senhora Jauregui que estava designada para está audiência, mas não pode vim devido a sua mudança, eu fui chamado de última hora.

- Perdão Dra. Cabello, perdão senhor!

Pov Juiz

- Ah, sim! Fui no jantar que seu pai fez de despedida pra ela. Espero que ela tenha tanto sucesso em Nova Iorque, quanto tem aqui, cidade grande é bem diferente, mas pelo que conheço dela, logo logo saberemos notícias suas, pelas revistas.

Pov Camila

Ouvia aquilo e não conseguia me mover, então comecei a me sentir zonsa e em questão de segundos, um apagão tomou conta da minha visão.

Narrador

Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Onde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder  

E num piscar de olhos, tudo pode mudar, mesmo que você continue o mesmo, mesmo que o sentimento continue em você!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...