História "Can I Kiss You?" - Jarchie - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Chuck Clayton, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Frederick "Fred" Andrews, Mary Andrews, Pop Tate, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Archie Andrews, Cole Sprouse, Jughead Jones, Kj Apa, Lemon, Lgbt, Riverdale, Yaoi
Visualizações 43
Palavras 1.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tô Com Fogo no Rabo Então tá aí Mais um Capítulo Delícia Para Vocês, Espero Que Gostem ♡

Desculpem Qualquer Erro :)

Capítulo 11 - "House of Bad Memories"


                 ᴊᴜɢʜᴇᴀᴅ ᴊᴏɴᴇs

Eu Sou um Monstro…

É Tudo Que eu Consigo Pensar de Mim Mesmo Nesse Momento, Assim Que Corri da Escola, Vim em Direção a Minha Casa e Por Sorte Meu Pai Não Está.

Subo as Escadas e Vou Até Meu Quarto, Entro no Mesmo e Vou em Direção ao Meu Banheiro, Retiro as Minhas Roupas e Entro no Chuveiro, Ligo o Registro e Deixo Que a Água Caia Sobre Meu Corpo.

Sento-me no Chão do Box e Colo Meus Joelhos em Meu Rosto, Prendendo Eles Com as Mãos e Permitindo Que as Lágrimas Saiam do Meus Olhos Sem Controle.

Por Mais Que eu Tente Parar de Chorar, Tudo Que eu Consigo Lembrar Nesse Momento é do Rosto de Archie, Sua Feição de Medo, Eu Consegui, Eu Estraguei Tudo Mais Uma Vez.

                   ғʟᴀsʜʙᴀᴄᴋ

Uma Mulher de Pele Negra e Cabelos Pretos Entra na Sala Onde se Econtra o Menino Que Fazia Parte de Seu Caso, Um Acidente de Carro Que ao Que Tudo Indica, Foi Premeditado e Seu Objetivo Era Descobrir Quem Havia Feito Aquilo.

Ela se Senta em Uma Poltrona em Frente ao Menino Que Também se Encontra em Uma Poltrona, Ele Está Encolhido Nela Com os Joelhos Sobre o Rosto, Suas Roupas Estão Rasgadas e Com um Pouco de Sangue, Seu Rosto Corpo Estão Com Pequenos Machucados e Sujeira Também.

—Olá, Muito Prazer, Eu Sou a Xerife Juliette, Mas Você Pode me Chamar de Julie, Será Que Você Pode me Dizer Qual é o Seu Nome?

A Mulher Pergunta Empolgada e Com o Sorriso no Rosto, O Menino Apenas Olha Para Ela e Volta a Esconder a Sua Cara em Seus Joelhos.

—Hey, Não Tenha Medo de Mim, Eu Não Irei Machuca-lo, Okey? Só Quero Ajudar Você.

A Policial Coloca Nove Fotos em Uma Mesa e Divide em Três Fileiras, Uma Com Três Mulheres Aparentemente Adultas, Outra Com Três Homens Também Adultos, E a Última Fileira Com Três Meninas Que Provavelmente Tem a Sua Idade.

—Nós Estamos Tentando Achar a Sua Família, Será Que Pode me Ajudar?

O Garoto Olha Para Ela Novamente e Confirma Timidamente Com a Cabeça, Ela Então Sorri e se Ajeita na Poltrona Que Está Sentada.

—Okey, Qual Dessas é a Sua Mãe?

Julie Pergunta ao Garoto Apontando Para a Primeira Fileira de Fotos na Mesa, O Menino Então Aponta Para a Foto do Meio, Uma Mulher de Olhos Azuis, Cabelos Castanhos e Pele Morena.

—Sabe Qual é o Nome Dela?

O Menino Novamente Confirma Com a Cabeça e Ela Então Volta ao Exercício de Reconhecimento.

—Tá, Agora Qual Desses é o Seu Pai?

Ela Pergunta e o Menino Agora Aponta Para a Foto da Direita da Segunda Fileira, Um Homem de Pela Morena Quase Branca, Olhos Castanhos e Barba.

—Ótimo, Você Está Indo Muito Bem!! Agora me Diga, Qual Dessas é a Sua Irmã?

O Garoto Agora se Senta de Maneira Normal na Poltrona, Ele Pega a Foto da Esquerda e Uma Lágrima Escorre de Seu Rosto.

—Es-Essa…

O Garoto Agora Fala em um Sussurro Quase Inaudível, Uma Lágrima Escorre de Seu Rosto e a Mulher Que Está em Sua Frente a Enxuga.

—Hey, Não Chore Okey? Aliás, Você Não me Disse Seu Nome, Qual é?

—J-Ju-Jughead…

               ᴊᴜɢʜᴇᴀᴅ ᴊᴏɴᴇs

Saio do Chuveiro e Enrolo Uma Tolha em Minha Cintura, Me Olho no Espelho e Vejo o Estado em Que Estou, Meus Olhos Estão Vermelhos e Inchados, Meus Punhos Tem Marcas Vermelhas, Devo Ter Machucado Minha Mão Enquanto Socava Chuck.

Uma Última Lágrima Solitária Escorre de Meu Rosto e eu Limpo a Mesma, Saio do Banheiro e Visto Apenas Uma Calça de Moletom Cinza e Uma Camisa Preta (Que Por Acaso é de Archie), Me Deito em Minha Cama e Sinto Mais Lágrimas Escorrerem de Meu Rosto.

De Repente Ouço a Porta do Meu Quarto Ser Aberta e me Assusto, Quem Pode Ser? Meu Pai Não Volta do Trabalho a Essa Hora!!

Sinto a Pessoa Deitar ao Meu Lado e Acariciar os Meus Cabelos, Ela Então me Abraça Por Trás e Logo Consigo Reconhecer Quem é, Esse Calor, Esse Cheiro, Com Certeza é Archie.

—Me Desculpa Juggy…

Assim Que Ouço Essas Palavras, Começo a Chorar Descontroladamente, Archie Então se Senta na Cama e me Abraça, Me Entrego ao Seu Calor e Choro em Seu Abraço Por um Bom Tempo.

 Vez ou Outra Conseguia Sentir Camisa Que eu Estou Vestindo Molhar, Indicando Que Archie Também Derrubou Algumas Lágrimas.

Poucos Minutos Depois Nos Soltamos e Archie me dá um Beijo, Sem Língua, Apenas o Contato Calmo e Sauve de Nossos Lábios.

—Me Desculpa Arch… Eu Não Queria Que Você Visse Aquilo.

—Tá Tudo Bem Juggy, Você Não Precisa se Explicar, Você Perdeu o Controle, Isso é Normal…

—Não Archie, Não é Normal, Isso Acontece já Faz Muito Tempo, Desde Que…

Archie me Interrompe Com Seus Lábios, Agora Apenas um Selinho, Ele Descola Nossos Lábios e Sorri.

—Olha Juggy, Pelo Que eu vi Até Agora, Você Teve um Passado Muito Difícil e Traumático, Mas Você Não Precisa Falar Sobre Isso se Não Estiver Pronto.

Suspiro Aliviado e Sinto um Enorme Peso Sendo Retirado do Meu Peito, Eu Realmente Não Gosto de Falar do Meu Passado, E Ouvir Essas Palavras de Archie, Nunca Senti Algo Tão Reconfortante Assim.

—Eu só Queria Saber Uma Coisa… Por Que o Chuck Mexe Tanto Com Você?

Ouço as Palavras de Archie e me Sinto um Pouco Inseguro Novamente, Solto um Suspiro Pesado e Então Deito Minha Cabeça Nas Pernas de Archie Enquanto Ele Acaricia Meus Cabelos.

—Bem… Você Não o Primeiro Garoto Com Qual eu Fico Archie.

Archie Imediatamente Para de Acariciar os Meus Cabelos e me Olha Surpreso, Porém Ele Faz um Gesto Com a Cabeça Para Que eu Continue.

—Bem, Você é o Segundo na Verdade, Eu Fiquei Com o Chuck Por Algumas Semanas, Não Era Nada Oficial, Ele só Queria Saber de Sexo Sabe? E eu Nunca me Senti Pronto Para Esse Tipo de Coisa, Então Ele Terminou Comigo e Vive Falando Pelos Cantos Que a Verdade Era Que eu Havia Traído Ele.

Termino de Falar e Archie me Levanta e me Beija de Maneira Intensa e Amorosa, Ele me Deita na Cama e Fica em Cima de Mim, Entre as Minhas Pernas.

Alguns Minutos Depois, Descolamos os Nossos Lábios e Archie me dá um Último Selinho Rápido.

—Para Você Tirar Esse Gosto Nojento de Chuck da Sua Boca.

Archie Fala e eu Começo a Rir Junto Com Ele, Archie Tentou Pegar as Minhas Mãos e Sinto Uma Forte Dor Pois Meus Punhos Estão Bem Doloridos.

Nossa, Você Realmente Quebrou a Cara Dele, Vem, Vamos Fazer um Curativo Nisso.

Archie me Pega no Colo e me Leva Até o Banheiro, Me Sentando na Pia do Cômodo. Ele Pega Ataduras e Envolve as Minhas Mãos Com Elas.

—Prontinho, Mais um Incrível Trabalho Feito Pelo Doutor Andrews.

Archie Fala Dando um Beijo em Meus Punhos Enfaixados e eu Começo a Rir, Ele me Retira da Pia e me Coloca de Volta na Cama.

Então Passo o Resto do Meu Dia Assim, Com Archie me Mimando e Cuidando de Mim. Okey, Talvez eu Esteja Loucamente Apaixonado Por Ele



Notas Finais


Capítulo um Pouco Sad só Para Mostrar o um Pedaço do Passado do Nosso Querido Juggyzinho, Só Isso Mesmo, Bye :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...