História Canada Style - Mark Lee (NCT) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT), NOW UNITED
Personagens Any Gabrielly, Bailey May, Heyoon Jeong, Jaehyun, Johnny, Josh Beauchamp, Mark, Sabina Hidalgo, Sina Deinert, Taeyong
Tags Clichê, Dorama, Josh, Josh Beauchamp, K-pop, Mark, Mark Lee, Nct, Now United, Romance
Visualizações 53
Palavras 995
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLHA SÓ QUEM VOLTOU DPS DE SEMANAS 👏👏👏 confesso que esses dias não estava me sentindo mto bem, portanto fiquei em "hiatus" um tempinho. Mas enfim, eu >por enquanto< estou pretendendo postar um capítulo uma vez por semana, nos domingos. Mas >talvez< eu possa postar mais por conta das férias. Estou pretendendo também fazer capítulos maiores pra fic não ficar tão longa. Mas é isso, espero que gostem e bom cap! ♡

Capítulo 17 - Cap. 6, 2 temp. - ainda quer experimentar?


Fanfic / Fanfiction Canada Style - Mark Lee (NCT) - Capítulo 17 - Cap. 6, 2 temp. - ainda quer experimentar?

Eu e o Mark chegamos na casa dele e estávamos muito cansados da festa e só queríamos dormir. Quando cheguei fui direto tomar um banho e tirar todo o cloro da piscina do meu corpo e do meu cabelo. Sentei no sofá enquanto secava meu cabelo com meu secador que eu tinha levado pra lá quando fui me arrumar pra ir pra festa. É, você pode estar pensando que eu praticamente já moro na casa do Mark. Mas agora que comecei a ir lá com mais frequência, principalmente com nossa aproximação.

Enquanto estava secando meu cabelo e já com um pijama - pois eu ia passar a noite lá - e ficava me destraindo um pouco assistindo algumas coisas na TV, escuto alguns passos vindo até a sala, e quando me viro era o Mark que tinha acabado de sair do banho; ele estava com uma blusa larga e uma bermuda larga, descalço, com seus cabelos pretos molhados e seu óculos redondo em seu rosto. Ele veio secando seu cabelo com a toalha dele mesmo, o que foi uma cena bem fofa. Nós dois apenas nos olhamos e rimos

- Vem, senta aqui, vou secar seu cabelo - digo o chamando pra sentar no sofá junto comigo, e logo começo a secar o cabelo dele com o secador que eu estava usando anteriormente. Ele estava tão encantador e fofo ao mesmo tempo que eu não tinha nem assunto pra falar naquela hora.

- Sabe, você seria uma ótima namorada... - o mesmo joga essas palavras no ar do nada e me surpreendo

- Você acha? Por quê? - perguntei o afrontando

- Ah, porque sim, apenas por você ser você...

- Mark, você bebeu né?

- Não, por quê a pergunta?

- É só porque você parece que tá meio louco...

- É verdade, eu tô louco mesmo...

Louco por você.

Quando ele disse isso, o mesmo me fitou com os olhos e eu fiquei paralisada, tanto que até desliguei o secador e o deixei no sofá mesmo e apenas fiquei o encarando com a expressão tipo "QUÊ?!". Alguns segundos depois, o mesmo sela seus lábios no meu com as duas mãos no pescoço e apertando com fraqueza. Com a intensidade do beijo, ele ainda com as mãos em meu pescoço, me empurra de leve me fazendo deitar no sofá e o mesmo ficar sobre mim. O beijo rolava enquando segurava os braços do mesmo. Por conta da falta de ar, separamos nossos lábios e ficamos ainda naquela mesma posição e nos encarando durante alguns segundos em meio de alguns sorrisos. Até que viro meu rosto e olho pra um relógio digital que ficava em cima de uma mesinha no meio da sala. Quando olho para o relógio, era exatamente 1:35 da manhã, e lembro que eu e o Mark precisamos estar cedo no estúdio no dia seguinte. Logo levo um susto com o horário e levanto rapidamente tirando-o de cima de mim

- Ué, o que foi? - ele responde desentendido

- Mark, já é de madrugada e a gente precisa estar 6:30 no estúdio! Vem dormir logo - digo pegando na mão dele e o puxando do sofá, fazendo o mesmo ficar com o rosto colado no meu

- Você vai dormir comigo hoje - o mesmo diz e me dá um selinho, logo também pegando minha mão e me puxando para o quarto dele

- COMO É QUE É, MARK? - pergunto assustada. Afinal, não é todo dia que alguém te chama pra dormir com ela

- Você tá doida, é? Eu falei dormir, você que pensou em outras coisas - ele disse e eu fiquei aliviada

Logo deitamos na cama de casal dele, batemos um papo e dormimos. Um tempo depois, acordo de madrugada e com bastante sede. Como eu sabia que não ia conseguir dormir, fui me levantar e ir na cozinha beber água e logo voltar pra dormir. Quando me ergui, sentada na cama ainda, sinto o braço do Mark se enrolando pela minha cintura. O mesmo também se levanta sentado apoiando seu rosto no meu ombro

- Você vai me deixar? - ele diz sussurando em meu ouvido ainda sonolento

- Mark, eu só vou beber água, fica aí tá?

O mesmo afirma com a cabeça e deita de novo

Ele devia estar sonhando com alguma coisa, porque, caramba, eu só queria beber água pô

Chegando na cozinha, peguei uma jarra de água que estava na geladeira e servi meu copo, bebendo a água, sinto duas mãos no meu ombro de repente, me fazendo cuspir a água de susto. Me viro e não era nada mais e nada menos do que o próprio Mark. O mesmo estava rindo da minha cara por conta do meu susto. Misericórdia, eu pensei que ele tinha voltado a dormir e ele já tá aqui de novo. Não posso negar que ele é meio grudendo, mas é bom às vezes

- O que você veio fazer aqui? Tá louco é?

- Eu vim pegar um chocolate que eu deixei aqui, me deu vontade

- Aah, eu quero - digo manhosa enquanto ele pega o chocolate da geladeira

- "Acafou" - ele diz de boca cheia depois de enfiar o pedaço de chocolate inteiro na boca

- Aff Mark, você é chato hein? - digo cruzando os braços vendo ele mastigar aquele pedaço delicioso de chocolate com os lábios sujos também

- Se você quiser, pode experimentar ainda - ele diz se aproximando de mim

Confesso que aquela cena foi meio engraçada por conta que sua boca estava suja de chocolate, mas soltei apenas uma risada de leve e logo me aproximei dele também, segurando seu pescoço e iniciando mais um beijo. Logo ele me pegou no colo e me colocou sentada na mesa da cozinha, ficando entre minhas pernas enquanto me beijava com as mãos na minha cintura. Durante o beijo, eu conseguia sentir o gosto de chocolate que vinha direto da sua boca. Pode parecer um pouco nojento mas, até que foi bom.

Depois disso, voltamos para cama e dormimos de verdade dessa vez.


Notas Finais


Aaaaa oq vcs acharam? Deixem seus feedbacks aqui pra eu saber doq vcs estão e não estão gostando ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...