História Canção de Ninar- Imagine Kim Taehyung (V) BTS - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Basquete, Bts, Casal, Doença, Festa, Imagine, Infância, Interativa, Kim Taetae, Longfic, Morte, Nightcore, Psicopata, Romance, Saga, Suicida, Suícidio, Taehyung, Vida Universitária, Youandhe
Visualizações 105
Palavras 3.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem, tive alguns probleminhas com o cap postado ontem
Desculpem-me pelo sumiço, estive com um imenso bloqueio criativo e cheia de provas e trabalhos para fazer, e ainda por cima, agora estou sem meu notebook, estou postando pelo celular da minha mãe (já que também estou sem kkk)
Espero que gostem
Tentei deixar esse cap bem fofinho para vocês, mas tenho uma coisinha para dizer ...
LÁ NAS NOTAS FINAIS !!!!

Boa leitura
Espero que gostem
Divirtam-se, amores

Capítulo 10 - Capitulo 9


Fanfic / Fanfiction Canção de Ninar- Imagine Kim Taehyung (V) BTS - Capítulo 10 - Capitulo 9

Ele me lembra o Hoseok...
...E não é pela aparência...
...É pelo seu jeitinho desajeitado as vezes, pelo seu carisma e bom humor na maior parte do tempo...Pelo estilo mais descontraído e simples...Pelo bom gosto para músicas, filmes e livros...E  ainda por cima de tudo, por sempre estar sorrindo. E que sorriso mais bonito...Os dois são donos dos sorrisos mais lindos e sinceros que eu pude ver na vida...

- aqui está, senhorita- a mulher do balcão entregou-me minha bebida (Capuccino com creme)  e eu balancei a cabeça assentindo e agradecendo. Ela sorriu e voltou seus afazeres. Voltei minha atenção ao meu celular e fui até minha rede social abrindo algumas fotos da noite passada. 

Jimin e Jungkook haviam publicado nossas fotos no parque e vendo as palhaçadas acabei rindo silenciosa. Fui abrindo foto por foto e recordando aos poucos. Em uma parte haviam apenas fotos minhas com Jungkook e Jimin (fotos no qual tiramos fazendo caretas ou comendo cachorro-quente) , em outra haviam fotos de Jin e Mina, as tipicas fotos do casal mais que perfeito. Algumas outras passaram e eram fotos de Jungkook e Taehyung, Jin e Taehyung, eu e Jin e por fim algumas fotos que tirei com Tae. Uma das fotos era de nós dois sentados em um banquinho qualquer comendo pipoca, outra era nossa na fila da montanha-russa, outra comigo mostrando a pelúcia que ganhei de presente do rapaz junto com o mesmo que mostrava um grande e quadrado sorriso. 

- ele é muito bonito, ___- virei-me rapidamente vendo minha irmã parada ao meu lado com um sorriso no rosto.

Minha pequena sobrinha também estava ao seu lado com um bolinho de chocolate mordido na mão e as bochechas sujas de cobertura.

- ahh tudo bem ??- disse abraçando minha irmã lhe dando um beijo na bochecha e pegando minha sobrinha no colo- oi, meu amorzinho- disse beijando seu nariz delicadinho e suas bochechas rosadas e rechonchudas. - o que estão fazendo aqui ?- olhei para minha irmã.

- Helena queria fazer uma surpresa para Yoongi e comprar um bolo para ele e velinhas- respondeu ela indo até o balcão e pegando o bolo de forma redonda e tamanho mediano.

- hoje é aniversário do papai, Tia ____- a menina disse sorridente e meu colo. Sorri para ela e a mulher bagunçou seus cabelos. 

- eu sei , pequena. Estou devendo um presente desde o ano passado para seu pai- ela gargalhou e então coloquei-a no chão.- Eu levo vocês para casa.

(...)

- não vai entrar, ___ ?- perguntou minha irmã. 

- acho melhor ir embora, tenho trabalho a fazer - disse sorrindo de canto.

- por favor , tia - Helena fez um biquinho e os tipicos olhinhos-de-cachorro-que-acabou-de-cair-da-mudança.

- ok, eu entrarei então, mas só se sua mãe me oferecer um café e bolinhos de chuva - minha irmã riu soprado e assentiu me mandando uma piscadela. Tranquei o carro e então entrei em sua casa. Não mudou muito do que eu lembrava. Era o mesmo lugar de sempre. Simples , confortável e que eu adorava ficar nas férias da faculdade. Pena que faziam bons 2 anos que não vinha para ficar, sempre ocupada com os trabalhos e as vezes nem indo na casa de minha mãe direito, apenas passando para dizer um 'oi'. - Uau, quanto tempo não venho pra cá. - ri soprado fazendo minha irmã mais velha rir . 

- pois é. Saiba que Yoongi tem saudade de perder para você no video-game , ele vive reclamando que não tem mais ninguém para jogar- a mulher disse indo até a cozinha e colocando as coisas sobre a mesa. Fui até onde ela estava e sentei-e em uma das cadeiras da mesa. 

- diga a ele que eu virei hoje apenas para jogar com ele. Diga para ele se preparar - disse e ela riu. 

Minha irmã foi até o armário e pegou açucar junto do pó colocando junto da agua quente dentro da maquina de café. Em cerca de 5 minutinhos já estava pronto e ela já me oferecia um pedaço de bolo de baunilha que havia feito pela manhã. Ela se sentou a mesa comigo e começamos a comer e a conversar sobre coisas aleatórias , tais como sobre o trabalho dela, sobre Helena na escolinha e o novo emprego de Yoongi. Perguntei sobre meus pais e sobre nossa prima que estava grávida de algumas semanas. 

- quem é aquele rapaz da foto ?- perguntou de repente fazendo-me engasgar com o café com leite que eu bebia. 

- ah , é um amigo, o nome dele é Taehyung- respondi. 

- você parecia distante enquanto olhava as fotos. Diga-me ____, você está tendo algo com esse rapaz ? Você nunca comentou sobre ele - ela disse e eu cocei a cabeça meio se graça.

- não!! Eu apenas sou amiga dele- respondi envergonhada graças ao assunto repentino.

- mesmo? Ele parece ser legal- disse bebericando um pouco de café.

- Ele é!! - respondi rapidamente. Ela me olhou arqueando a sobrancelha e sorrindo logo em seguida.

- convide-o para vir hoje a noite - disse. Arregalei os olhos para ela que fez uma cara de confusa.- o que ?

- nada...- ri soprado para ela que e mandou uma piscadela.

(...)

- não sei se você gostaria de ir comigo...- disse cabisbaixa enquanto caminhava com as mãos no bolso do moletom preto que usava. 

- por que pensou isso ? Eu adoraria ir - ele respondeu sorrindo de canto e parando de andar. - isto é, se você quiser...- ri nasalado e o empurrei de leve ganhando uma gargalhada gostosa do rapaz.

- pare de ser besta, Tae. Claro que quero que vá...

(...)

- acho que me aprontei cedo demais- ele disse rindo parado no batente da porta. Ri ao ve-lo e abri cainho para que ele entrasse.

- eu já estou quase pronta, falta apenas calçar algo e pegar minha bolsa, espere aqui ok ?- disse e ele assentiu sentando-se no sofá da sala. 

Fui até meu quarto, peguei minha sandalia rasteirinha calçando-a e penteando o cabelo rapidamente. Olhei minha "maquiagem" no espelho - que não passava de mero corretivo e rimel junto de um batom claro - e peguei minha bolsa com carteira, celular e chaves do carro e casa. 

Voltei á sala e vi Taehyung mexendo os dedos de maneira que estivesse entretido ali. Pigarreei e ele virou-se olhando em minha direção. 

- o que acha ?- perguntei referindo-me á inha aparencia. 

- você está incrivel...- disse sorrindo frouxo e levantando-se. Ele deu alguns passos vindo em minha direção e parou na minha frente. - eu...queria te dar uma coisa...- ele disse colocando a mão no bolso da calça e tirando uma fina pulseira dourada.

- o que é isso, Tae ?- perguntei ao ve-lo sorrir e pegar meu pulso o trazendo para si. 

- eu a vi quando estava passando pelo shopping, pensei que você gostaria e que ficaria bem e você- ele disse colocando a mesma em mim. Eu estava sem palavras, ele realmente pensou em mim quando a viu? - pronto!!- finalizou com um sorrisinho. 

- eu não sei o que dizer...Muito obrigada, Tae, ela é linda...- disse olhando para a pulseira que estava em meu pulso. 

- por isso pensei que combinaria com você...- ele disse pegando minha mão. 

Eu não havia percebido que estavamos tão proximos. Aquela distancia era "perigosa", além do mais para mim que podia sentir seu perfume empreguinando em minhas narinas. Seu rosto baixo que olhava para minha boca. Os labios pequenos e tremulos como da ultima vez que estavamos nessa proximidade. 

- Tae...- minha voz saiu fraca e ele começou a se aproximar lentamente- É melhor irmos - virei meu rosto para o lado oposto do seu e ele assentiu ainda cabisbaixo. 

(...)

Aquele silêncio estava me matando por dentro. Não sabia ao certo o que fazer ou como reagir. Não era a mesma coisa que antes, estavamos diferentes. Taehyung parecia distante e eu ainda mais. Ele olhava para a janela com o rosto apoiado na mão e parecia suspirar diversas vezes. Enquanto eu , apenas olhando para o caminho, dirigindo sem nem sequer trocar uma palavra com o rapaz. 

- tudo bem ? Você parece distante - disse parando o carro no semaforo que estava vermelho. 

- estou bem- o rapaz virou-se para mim mostrando um frouxo sorriso e depois voltando sua atenção para a janela. Ri soprado e voltei minha atenção ao caminho. 

(...)

- Taehyung , essa é minha irmã- disse apresentando a mulher á ele que sorriu para ela apertando sua mão em um cumprimento.

- é um prazer em conhece-lo, Taehyung. ___ falou sobre você - ela disse alternando em olhar para mim e sorrir para ele. - vamos, entrem !! Tem pessoas esperando por vocês lá dentro.

Entramos na casa de minha irmã e como a mesma havia dito, haviam varias pessoas lá dentro. Desde nossos pais até alguns tios e primos proximos. Haviam alguns amigos de Yoongi como Kangin e Kyuhyun. Sua irmã , Uji , também estava presente junto de sua mãe. 

Assim que entrei , minha sobrinha , Helena, veio correndo em direção aos meus braços me abraçando e distribuindo alguns beijinhos em meu rosto.

- você veio , tia ___- ela disse animada com seu fofo sorriso gengival, identico ao do pai. 

- eu disse que viria- respondi apertando seu nariz pequeno e levantando-me puxando Taehyung pela mão para que se aproximasse.- meu anjinho, este aqui é Kim Taehyung, um amigo da tia ___.- disse e ela arregalou os olhinhos assim que o viu. 

- Olá...- ele disse tímidamente para a menina que se aproximou o fazendo se ajoelhar para ficar da mesma altura. A menina com os olhos arregalados tocou o rosto do rapaz e disse:

- você é um principe ?

Taehyung gargalhou minimamente e negou com a cabeça fazendo a menininha corar levemente. 

- você é bonito como um principe de um livro - ela disse com a boquinha aberta , como quem não estava acreditando no que estivesse vendo.

- muito obrigado. Você quem se parece com uma princesa. É linda como uma - ele disse bagunçando as madeixas lisas da garotinha que corou e sorriu imensamente. 

(...)

Taehyung era realmente muito amigavel e sociavel. Ele conheceu e conversou com todos, sem nenhum problema para se comunicar. Até mesmo Yoongi gostou do rapaz. Digamos que minha irmã não nos deixou em paz um momento sequer, ela estava sempre perguntando coisas esquisitas á ele e mandando piscadelas para mim. Foi bem estranho, mas engraçado. 

- ____, poderia me ajudar aqui ?- Namjoon apareceu com algumas sacolas de plastico nas mãos. Corri até a porta para ajuda-lo e vi minha prima aparecer com uma caixa de salgados encomendados e feitos por ela mesma. 

- olá, prima- ela disse abraçando-me com um pouco de dificuldade. Ajudei-a levar as coisas até a cozinha e coloquei os refrigerantes que estava nas sacolas no refrigerador. Assim que sai da cozinha, me deparei com um Yoongi e um Taehyung sentado no sofá da sala jogando The Elder Scrolls 5 e pelo que estava parecendo Taehyung era um pouco melhor que Yoongi. 

- acho que você perdeu, Yoongi - eu disse olhando para sua cara de "Como é possivel?".- Vamos, minha vez agora- peguei o controle de suas mãos e apertei o "Start", começando a jogar. Percebi de canto de olho que Taehyung me observava. Ele não parecia interessado no jogo, parecia distraido, o que facilitou minha vitoria,- Parece que sou a vencedora- disse e ele sorriu assentindo e bagunçando os próprios cabelos.

- É ...parabéns, ___...Eu...vou tomar um ar lá fora- ele levantou-se e saiu pela porta da sala. Tentei me levantar, mas Yoongi "empurrou-me" de volta ao sofá.

- não, não, não !!Onde pensa que vai ? Você não vai sair daqui enquanto eu não te vencer!!

(...)

Ele estava parado lá fora, encostado no capo do carro, com as mãos nos bolsos do moletom e o capuz cobrindo sua cabeça. Aproximei-me dele e enconstei-me ao seu lado no carro.

- você se enturmou rápido lá dentro - comentei e ele olhou para mim sorrindo de lado.

- obrigado- respondeu. 

- eles gostaram bastante de você, até Yoongi te elogiou- ele riu soprado. - está tudo bem ? Você ficou aqui fora por tanto tempo que eu pensei que tivesse acontecido alguma coisa.

- não é nada, apenas estava pensando um pouco- respondeu.

- em que ?- perguntei curiosa. 

- várias coisas, mas o que mais me martela aqui dentro...- apontou para a cabeça- ...é o fato de eu realmente estar apaixonado...- ele então ficou cabisbaixo e começou a rir para si mesmo - Eu não consigo tirar ela da cabeça, a cada momento que passa eu não consigo me concentrar em nada, apenas naquele lindo e sincero sorriso que ela tem...

Eu não sabia o que fazer naquele momento, não sabia se o abraçava ou dizia algo. Não queria ficar ali parada com cara de paisagem, queria o responder, queria mostrar que também sinto coisas por ele. Queria gritar para ele e dizer "Eu estou apaixonada por você há muito tempo, mas só agora percebi".

- as roupas folgadas e o cabelo bagunçado quase sempre, tudo a deixa linda. Não tem um momento sequer que deixei de acha-la linda...- estalei os dedos com o nervosismo e minhas pernas começaram a tremer - O jeito brincalhão e as piadas ruins. O jeito como gosta de proteger os amigos e irrita-los sempre, é um charme que apenas encontrei nela...- mordi o lábio nervosa . Por que as palavras simplesmente não saiam ? - Eu queria falar mais, mas o que isso iria adiantar ? Parece que ela não sente o mesmo que eu, e se sente...então me evita ...

- por que tem tanta certeza ?- minha voz saiu fraca. Pude ve-lo erguer a cabeça e vir em minha direção pegando meu rosto com ambas as mãos. Fechei os olhos automaticamente apenas querendo me concentrar em ouvir sua respiração suave e sua voz levemente rouca graças ao frio. 

- como assim ?- perguntou em voz baixa passando os dedos gélidos em minhas bochechas e meu queixo. Aquele toque era bom. 

- você não é idiota, Taehyung...entendeu muito bem oque  quis dizer - puxei seu rosto rompendo a distancia entre nós. Sua mão deslizou até minha nuca enquanto as minhas seguravam suas bochechas. Taehyung timidamente aprofundou o ato e foi correspondido imediatamente por mim que comecei a brincar com alguns fios de sua nuca. 

"Seus lábios são tão macios e viciantes...poderia ficar ali por longas horas sem me cansar..." 
POV ___ OFF
POV TAEHYUNG ON 

(...) 

Adentramos a casa da irmã de ___ e a mesma apareceu com um sorrisinho de canto olhando para as mãos de ____ que estavam entrelaçadas ás minhas. 

- nós precisamos ir agora, mas foi uma ótima noite. Obrigada por tudo, estava tudo maravilhoso, mana - disse abraçando-a. 

- Obrigado por me convidar, senhorita - eu disse sorrindo para a mulher que sorriu de volta, aproximou-se e me deu um puxão forte fazendo com que eu me curvasse á sua altura. 

- cuide bem da minha irmãzinha, ok ?- ela sussurrou e eu ri soprado. Ela soltou-me logo em seguida e abriu um imenso sorriso- Ahh imagine, querido. venha sempre que quiser !!- ela disse alto. Yoongi apareceu a puxando pela cintura e pousando o queixo em seu ombro. 

- vocês já vão embora ? Fiquem mais um pouco - ele disse fazendo um bico para ____ que sorriu e negou.

- não podemos, não é mesmo ? Temos que acordar cedo amanhã- ela disse e ele fez uma carinha de cachorrinho- que-acaba-de-cair-da-mudança. 

- nós voltamos para te dar uma surra no videogame - eu disse e ele riu alto.

- nem pensar, da próxima eu ganho. Tenho certeza que voces fizeram planos só por causa do meu aniversário, isso é um complo contra minha pessoa !!- ele disse apontando para nós dois que riamos da situação.

(...)
 

Minhas mãos soam tanto...meu coração palpita forte ...O que está acontecendo comigo ? Isso tudo é nervosismo ?

Haviamos chegado em frente aos nossos prédios. ___ parou o carro na garagem de seu prédio e então pegou sua bolsa e suas chaves. Ela olhou para mim e sorriu .

- quer me fazer companhia hoje ? - ela perguntou com as bochechas levemente ruborizadas. Eu assenti e ela fez sinal com a cabeça para que eu a seguisse. Saímos do carro e ela entrelaçou nossas mãos. Andamos até o porteiro pegando a chave de seu apartamento e entramos no elevador. Ela me olhou de canto e eu sorri minimamente. 

Quando chegamos ao seu andar, saímos do elevador e caminhamos pelo corredor. Quanto mais perto chegavamos de seu apartamento, mais nervoso eu ficava. Não pretendia fazer nada , eu não queria apressar as coisas. 

Tudo teria seu tempo...

Ela abriu a porta do apartamento e então entramos. ____ jogou a bolsa em algum canto da sala e tirou as sandalias as colocando atras da porta.

- desculpe a bagunça , eu não tive tempo para arrumar nada hoje - ela disse rindo sem jeito.

- tudo bem, minha casa também está uma bagunça- respondi.

- você...quer alguma coisa ?- ela disse brincando com os próprios dedos. Neguei com a cabeça sorrindo para ela.- eu já volto, ok ? Fique a vontade , Tae- ela saiu dali indo em direção ao seu quarto. Tirei meu moletom graças ao calor do apartamento e o pendurei no gancho atras da porta. Sentei-me no sofá e comecei a correr os olhos pelo lugar. O apartamento era um pouco maior que o meu, tinha as paredes claras e uma pequena varanda na sala que dava visão para a rua e possivelmente o parque que havia aqui em frente. 

"O que estou fazendo aqui ? Eu estou indo longe demais...Eu prometi ao meu melhor amigo que apenas a protegeria e cuidaria dela...Não queria me apaixonar...não ...mas eu não consegui evitar..."

Suspirei e joguei os cabelos para trás assim que percebi que estava suando.

- Tae ?- sua voz calma pôde ser ouvida pelo comodo e eu rapidamente virei-me a olhando. Ela estava linda como sempre, com os cabelos presos em um rabo de cavalo folgado, short de moletom e uma regata larguinha de cor azul claro. 

Automaticamente sorri, ela veio andando em minha direção meio receosa e sentou-se ao meu lado cabisbaixa. Percebi que ela estava tão nervosa quanto eu.

- eu te chamei para ficar comigo hoje...- ela disse com a voz baixa.  Mordi o lábio e a puxei para mais perto de mim. A abracei de lado no sofá e acariciei seus cabelos. 

- e eu ficarei. Isto é, se você quiser- disse e ela ergueu a cabeça olhando para mim. Seus olhos brilhavam e ela parecia analisar cada detalhe do meu rosto. Ela se aproximou lentamente e deu um leve selar em nossos lábios. Peguei seu queixo aprofundando um pouco o beijo e fui correspondido. Ela ajeitou-se melhor no sofá e comecei a deita-la lentamente. - Eu não quero apressar as coisas...- disse parando de beija-la e a olhando. A garota sorriu de canto, pegou meu rosto e  acariciou minha bochecha.

- eu também não -ela sussurrou e puxou meu rosto me dando alguns selares demorados. Ela se ajeitou no sofá e eu me deitei ao seu lado no mesmo, ela abraçou meu corpo e encostou seu rosto na volta de meu pescoço. Ficamos ali assim, conversando um pouco, trocando caricias e por fim adormecendo. 

Sim, eu esqueço as consequências
Por um minuto que eu perco meus sentidos
E no calor do momento
Minha boca se abre
E as palavras começam a fluir
E eu odeio ter te decepcionado
E me sinto tão mal com isso
Eu acho que o carma vai voltar
Que a confiança que tivemos foi quebrada
Então não me diga que você não pode me perdoar
Porque ninguém é perfeito


Notas Finais


Sabem...eu sei que querem me matar, mas tenho que confessar. Estou gostando muito dessa fic, espero que estejam gostando também, mas o momento mais esperado está chegando. O final da fic está bem proximo (pelos meus calculos, faltam mais alguns 4 ou 5 caps para o fim) . Se sair como planejado , obvio...
Eu sei que aqueles leitores que gostam, vão sofrer um pouco, mas pensem positivo, vamos aproveitar enquanto estamos aqui suhahusuha
SORRY !! RECADINHO DADO SUAHHUAS
(rindo de nervoso ao ver voces erguendo as facas pra me matar)

Viram só ?? Eu demorei bastante, mas tenho motivos. Eu estou sem celular, notebook, e internet, estou postando pelo celular da minha mãe e com o 3g . É triste, mas eu tinha que postar. Escrevi o cap ali na hora, tudo de improviso, tentei deixar bem fofinho, porque gosto de coisas kawaii <3 *-*

Espero que tenham gostado
Deem uma olhadinha nas minhas outras fics
Estou com uma "nova" (que foi escrita ano passado e postada só agora) , ela é com o tema Halloween e Sobrenatural, estou dando o melhor de mim para ela.
LINK- https://spiritfanfics.com/historia/happy-halloween--bts-10597917
LEIAM POR FAVOR <3 Tenho certeza de que vão gostar

Ahh deixa eu ir , tenho muita coisa pra escrever shuauhshu
Espero que tenham gostado
Obrigada pelos mais de 100 favs , fico muito feliz que a fic esteja evoluindo bastante
Obrigada pelos comentarios fofinhos dos caps anteriories
KISS KISS DA TIA KAY


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...